Infalibilidade papal

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Infalibilidade papal

Mensagem por Rafael Monteiro em Qua Nov 09, 2011 5:26 pm

A infalibilidade Papal não é sinônimo de impecabilidade Papal. O Papa não erra quando define solenemente algo em matéria de fé ou moral (ex cathedra) pela assistência do Espírito Santo, que o preserva de todo o erro.

Deus quer que todos conheçam a Verdade. Logo, quem prega e quem ensina a Verdade não pode errar, não pode ensinar o erro, pois então já não ensinaria a Verdade mas a Mentira.

Por isso Deus institui Seu Magistério através do Papa, que gozando de um carisma especial, anuncia a Verdade sem defeito, sem mancha, sem ruga, sem mácula. Mas não significa que o Papa não cometa pecados e erros em sua vida pessoal...
avatar
Rafael Monteiro

Mensagens : 85
Data de inscrição : 13/09/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Infalibilidade papal

Mensagem por Binhokraus em Qui Nov 10, 2011 8:21 pm

Só quero lembrar que este é um tópico recorrente no nosso fórum. Vamos evitar criar tópicos repetidos. Antes de postar sua dúvida faça uma consulta para evitarmos esse acúmulo de tópicos repetidos ok?

Para facilitar, seguem os links: http://quemtembocavaiaroma.livreforum.com/t182p15-o-papa-e-a-infalibilidade-papal?highlight=Infalibilidade

http://quemtembocavaiaroma.livreforum.com/t881-se-o-papa-e-a-igreja-sao-infaliveis-por-que-ele-pediu-perdao-aos-judeus-de-falhas-cometidas-por-um-papa-e-pela-igreja-ou-foi-mera-cortesia?highlight=papa

_________________
Cleber Nunes Kraus
Biólogo

"Quem não ora, não precisa de demônio que o tente." Sta. Tereza D'Avila
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Infalibilidade papal

Mensagem por Geovanni146 em Sex Nov 11, 2011 3:27 pm

Olá,

Partindo da idéia acima descrita pelo Ricardo, de que as escrituras sagradas são infalíveis, podemos compreender que mesmo sendo o Espirito Santo o seu autor primário, o mesmo, se serviu de pessoas e de uma cultura bem diferente que a nossa ocidental para nos deixar sua palavra. Mas não podemos nos furtar ao fato de que Deus dotou essas pessoas com o dom especial da infabilidade, não fosse assim alguém poderia questionar se a Bíblia é realmente infalível, o que seria uma heresia. Ora, se existiram pessoas infalíveis na história do povo de Deus (aqui não me refiro a pecado), porque negar esta possibilidade ao Santo Padre.

Abraço.
avatar
Geovanni146

Mensagens : 207
Data de inscrição : 18/10/2011
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Infalibilidade papal

Mensagem por Binhokraus em Sex Nov 11, 2011 5:09 pm

esse tópico não será bloqueado a princípio, e cabe um esclarecimento, nenhum tópico está Bloqueado definitivamente. Em todos os casos, ao persistirem dúvidas, pode-se mandar mensagem privada para o Pe. Anderson, e ele responderá, e se a questão for de fato pertinente, ele reabrirá o tópico. Os tópicos trancados só estão assim, por entendermos que a resposta ao questionamento inicial foi respondida de forma satisfatória.
Bom, se você tem dúvidas ainda a esse respeito que não foram sanadas nos tópicos referidos, pode coloca-las aqui, e tentaremos responde-lo de forma satisfatória. Permaneça em Deus.

_________________
Cleber Nunes Kraus
Biólogo

"Quem não ora, não precisa de demônio que o tente." Sta. Tereza D'Avila
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Infalibilidade papal

Mensagem por Binhokraus em Sab Nov 12, 2011 8:01 am

só para tentar ser mais claro, o Papa quando fala Ex Cathedra, ele se pronúncia sozinho, evocando a autoridade a ele confiada de Pastor Pastoris (Pastor dos Pastores) e quando ele faz isso ele não erra por ter a assistência do Espírito Santo. Exemplo disso são a proclamação dos dogmas. Porém, até se chegar a isso ele discute, conversa, estuda e pede que outros de sua confiança, como seus bispos e cardeais, também estudem a luz das escrituras tal assunto e só depois ele se pronuncia assumindo pra si toda a responsabilidade com o auxílio do Espírito Santo que lhe da sabedoria divina. Existem outros exemplos, mas acredito que esse responde seus dois questionamentos.

Quanto a segunda questão, apesar de também já estar respondida acima, quero só acrescentar mais um exemplo, que já foi dado pelo Alessandro em outro tópico já citado acima que mostra a importância e a influência dos bispos e cardeais nas decisões da Igreja.
A proclamação do infalibilidade papal não foi feita ex cathedra (quando o papa se pronuncia "sozinho" sobre um ponto de fé específico).

Foi feita no concílio Vaticano I que ocorreu no século XIX e foi convocado pelo Papa Pio IX. Vale ressaltar que este concílio não versou apenas sobre a infalibilidade papal...
E concluo com o Catecismo da Igreja Católica que diz o seguinte no número 891:
Só para complementar, vamos mais uma vez recorrer ao Catecismo. No número 891 o Catecismo ensina assim:

891 "Goza desta infalibilidade o Pontífice Romano, chefe do colégio dos Bispos, por força de seu cargo quando, na qualidade de pastor e doutor supremo de todos os fiéis e encarregado de confirmar seus irmãos na fé, proclama, por um ato definitivo, um ponto de doutrina que concerne à fé ou aos costumes..."

Permanecendo as dúvidas, só dizer. Permaneça em Deus.
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Infalibilidade papal

Mensagem por Binhokraus em Sab Nov 19, 2011 10:43 am

Isso depende do coração e da intenção da pessoa que fez tal gesto e não de quem recebe. De modo que é difícil para o Papa ou qualquer outra pessoa diferenciar quando está sendo venerado pela pessoa que é ou se já passou da esfera da veneração para a adoração. Claro que em alguns casos fica evidente demais, mas são casos extremos aonde o comportamento da pessoa é completamente fora dos padrões de normalidade.

O Papa permitir que beije seus pés pode ou não ter relação direta com essa passagem. Mas muito provavelmente não tenha, embora caso aconteça tal fato, este pode remeter sua santidade a se recordar dessa passagem. Por mais que tenhamos que imitar os santos apóstolos em seu proceder, isso é muito mais na esfera da vivencia dos mandamentos do que na forma como isso será vivido. O comportamento e a individualidade da pessoa devem ser mantidos. Ninguém precisa abdicar de ser o que é na tentativa de se parecer com um dos apóstolos na esfera comportamental. Antes, devemos imitá-los no seu amor por Cristo e pela igreja, na sua entrega e dedicação em pregar e viver o evangelho, mas a maneira comportamental como faremos isso pode ser toda peculiar, e é bom que seja. Embora, algumas vezes tenhamos atitudes que possam lembrar ou mesmo ser similares a dos apóstolos isso não deve ser uma regra para nossa vida.

_________________
Cleber Nunes Kraus
Biólogo

"Quem não ora, não precisa de demônio que o tente." Sta. Tereza D'Avila
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Infalibilidade papal

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum