O que é necessário para que me salve?

Página 1 de 9 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por Geovanni146 em Ter Dez 20, 2011 8:42 pm

Olá eleito... A paz do Senhor.

Se fossem abordados por alguém com desejo de se converter a Cristo que vos perguntasse "- O que é necessário para que me salve?" como lhe responderiam?
O que é necessário para que nos salvemos e não pereçamos no fogo eterno?"


Estar em estado de graça eu diria. A pessoa que tem a felicidade de se encontrar em estado de graça, no instante em que falecer está com a salvação garantida. Porém, enquanto estamos aqui na terra, ainda podemos perde-la por causa do pecado, pois nossa alma é livre e sendo tentada, ainda pode pecar gravemente. Em seguida, a concupiscência concebe o pecado e o dá à luz; e o pecado, uma vez maduro, gera a morte (Tiago 1,15).

Agora o que é necessário para alcançar a salvação: praticar as virtudes e as boas obras, pois só assim conquistaremos o Céu, se morrermos neste estado de graça.

Espero ter contribuído um pouco no que tange a questão proposta pelo amigo.

Abraço.



avatar
Geovanni146

Mensagens : 207
Data de inscrição : 18/10/2011
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por Geovanni146 em Ter Dez 20, 2011 8:47 pm



Ah! Só pra efeito de conciência, não sou tira-duvidas oficial, ok. ( p/ o Eleito).
avatar
Geovanni146

Mensagens : 207
Data de inscrição : 18/10/2011
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por Geovanni146 em Qui Dez 22, 2011 9:50 pm

Olá querido Eleito... A paz de Cristo.

Desculpe a ausência em postar a resposta da sua pergunta, é que não recebi o e-mail avisando. O amigo sabe que a teologia que envolve a salvação é bem ampla, quis evitar polemicas e dar uma resposta que atingisse o cerne da questão proposta, como o faço agora novamente.

Não quero acusa-lo mas a sua resposta não me parece muito acertada amigo... no entanto posso estar a entender mal... corrija-me se for o caso.

Eleito, o colega é livre para me contradizer, não tenho problemas em ser contrariado nas minhas convicções, ok. Entendo que em algumas ocasiões o debate fica meio acirrado e o tom das palavras escritas, as vezes, fica pesado.    

O que entendi é que para ser salvo tenho de estar sem pecado na hora da morte... mas então e se eu levar uma vida imaculada e antes de morrer, por algum motivo cometer pecado serei condenado?

Neste caso, a Igreja ensina, que embora tais pessoas tenham a salvação garantida, após a morte, passam por uma purificação: (...) No que concerne a certas faltas leves, deve-se crer que existe antes do juízo um fogo purificador, segundo o que afirma aquele que é a verdade, dizendo, que, se alguém tiver pronunciado uma blasfêmia contra o Espirito Santo, não lhe será perdoada nem no presente século nem no século futuro (Mat 12,32). Desta afirmação podemos deduzir que certas faltas podem ser perdoadas no século presente, ao passo que outras, no século futuro. (CIC 1031).

Ou ao contrário... se for o maior pecador da história, matar, roubar, etc... mas na hora da morte tiver a felicidade de me ter confessado serei salvo?

Se ouve sincero arrependimento dos pecados cometidos o perdão virá. 

Um dos malfeitores crucificados o insultava, dizendo: “Tu não és o Cristo? Salva-te a ti mesmo e a nós!” Mas o outro o repreendeu: “Nem sequer temes a Deus, tu que sofres a mesma pena? Para nós, é justo sofrermos, pois estamos recebendo o que merecemos; mas ele não fez nada de mal”. E acrescentou: “Jesus, lembra-te de mim, quando começares a reinar”. Ele lhe respondeu: “Em verdade te digo: hoje estarás comigo no Paraíso”. (Luc 39-43).

Abraço fraterno.




avatar
Geovanni146

Mensagens : 207
Data de inscrição : 18/10/2011
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por Geovanni146 em Sex Dez 23, 2011 8:01 am

Olá Eleito, bom dia.

Uma correção. Fiz uma pequena confusão ao usar o verbo "ouve" ao ivés de houve, só agora de pela manhã me toquei.

Abraço.
avatar
Geovanni146

Mensagens : 207
Data de inscrição : 18/10/2011
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Sex Dez 23, 2011 8:03 am

Caros Amigos,

Retornando ao tema proposto, sirvo-me de uma passagem do Evangelho que, ao meu ver, responde definitivamente essa questão:

Um certo dia, um jovem rico perguntou a Jesus o que fazer para obter a vida eterna (SALVAÇÃO). A resposta de Jesus foi muito simples e apontou, de início para a observação dos mandamentos. Entretanto, julgando-se a si próprio, aquele jovem afirmou que já cumpria os mandamentos, esperando um complemento ou algo mais específico na resposta que Jesus lhe tinha dado. E o que Jesus acrescentou foi também muito simples, tratando da busca pela perfeição que implica duas coisas a saber: o desapego dos bens materiais em favor dos mais pobres e o ato de seguir a Cristo incondicionalmente. (Mt 19,16-21; Mc 10, 17-21; Lc 18,18-22).

O desfecho dessa história nos mostra que aquele jovem saiu triste porque no seu coração estava o apego aos seus bens materiais, e com estes, possivelmente, as coisas do mundo, uma vez que quem é detentor do dinheiro em grande quantidade é também detentor dos prazeres do mundo, o que pode se constituir no pecado da idolatria.

Jesus nos deixa claro que a vida eterna (SALVAÇÃO) tem um preço que se nos manifesta em três dimensões:

1º) A FÉ (CRER NO SENHOR E OBSERVAR OS SEUS MANDAMENTOS);

2º) AS OBRAS DA FÉ (DESPOJAR-SE DOS BENS EM FAVOR DOS MAIS POBRES - O AMOR AO PRÓXIMO - A CARIDADE - AQUELE QUE TEM MAIS AJUDAR AQUELES QUE TÊM MENOS OU QUE NADA TÊM);

3º) SEGUIR JESUS (ESTAR NA SUA IGREJA, NA SUA COMPANHIA, NA COMPANHIA DOS IRMÃOS NA FÉ).

O livro dos Atos dos Apóstolos narra que os cristãos, a partir do momento em que abraçavam a fé, traziam os seus bens e os colocavam aos pés dos apóstolos para que estes os dividissem de acordo com as necessidades dos irmãos. Ninguém dizia serem seus os bens que possuiam... e não havia necessitados entre eles... eram assíduos ao ensino dos apóstolos... estavam sempre reunidos em torno da Eucaristia... tinham presente em si mesmos e enquanto comunidade dos cristãos o IDEAL DE JESUS (At 2, 41-47. 4,32-35).

Na sua carta aos cristãos de Corinto (12-14), São Paulo faz referência a este modo de vida, deixando claro que todas as obras da fé, todo o conhecimento da ciência, toda a doação dos bensaos pobres e o usufruto de todos os dons espirituais não têm qualquer valor SE NÃO FORMOS MOVIDOS PELO AMOR-CARIDADE.

Logo, a salvação exige de nós a fé (CRER NO SENHOR JESUS DE MANEIRA INCONDICIONAL), e a fé, se manifesta pelo ato de estar na comunidade dos filhos de Deus (IGREJA), movidos pelo amor ao póximo (CARIDADE), conforme nos ensina Tiago: "A FÉ SEM AS OBRAS É MORTA" (Tg 2,26).

Creio que este deva ser o caminho mais acertado.

Um grande abraço a todos !!!
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por Geovanni146 em Sab Dez 24, 2011 11:24 am

Olá eleito... Feliz Natal pra todos.

]Eleito disse: Amigo... não sei se já disse isto neste tópico mas se não disse digo agora para que não hajam dúvidas e alguém pense que tenho más intenções...
Em relação aos tópicos que abro tenho geralmente um entendimento já formado como neste caso, mas abro o tópico para discutir um tema que além de prioritário me parece haver muitas teologias e entendimentos diferesntes.... assim, falando com outros posso aprender mais, seja para corrigir, seja para ser corrigido. Continuando...]


O amigo já esclareceu isso sim, sobre o seu entendimento em relação aos tópicos que abre, agora  se realmente a intenção é aprender mesmo, com franqueza, tenho dúvidas, visto que você mesmo afirma que tem sua opinião formada. Dito isto, passemos a comentar seu post.

]Eleito disse: Quanto ao ladrão estamos totalmente de acordo... foi salvo sem obras mas pela misericórdia de Cristo somente.
Este foi um homem pecador mas que reconheceu o Senhor e reconheceu que era pecador... tanto uma coisa (reconhecer Cristo) como a outra (reconhecer-se culpado) como o resultado (ser salvo) foi misericórdia de DEUS e nunca auto-capacidade do ladrão pois ninguém possui nada que não lhe tenha sido dado por DEUS.]


O bom ladrão... Que bom que nisso então concordamos. Será mesmo? Muito bem. Ele realmente foi salvo pela graça de Deus ( Jesus é Deus), mas para receber o perdão houve (ops: agora não esqueci "H"... he he he) arrependimento dos seus pecados, ou seja, "ele se desviou da obrigação dos mandamentos" e assim se desviou do caminho do Céu. Quando nós, cristão católicos, dizemos que é necessário as obras, também afirmamos que é necessário a fé, ou seja, a fé salva com as obras. Nunca um católico instruído afirmará que, sozinho, por suas próprias forças realiza tais obras; somos assistidos pela graça de Deus, graça está, que Deus dá a todos; aqueles que fazem o que está ao seu alcance (o amigo há de concordar), nosso Pai celestial não negará sua graça; o amigo há também de entrar em acordo comigo, que a graça é necessária para a fé, e assim será necessária na observância dos mandamentos, e também para fazer qualquer ação boa que nos de méritos para a vida eterna. Resumindo, existe na obra de salvação a parte de Deus e a nossa (daí não segue que nos possamos realizar isto só por nossas forças naturais). Qual é a nossa parte, então? Nossa parte não consiste só na fé, mas também nas obras, na observância dos mandamentos de Cristo, e ainda assim precisamos da ajuda de Deus. Em suma, a salvação é, por vista disso, efeito da graça e das nossas obras ao mesmo tempo.

]Eleito disse: Por outras palavras... não foi mérito de Pedro ou da Lídia mas misericórdia de DEUS... não só aqui nestes casos mas sempre o foi assim e sempre será! 
Embora isto não esteja sempre específicado nas escrituras, quem entende que DEUS é tudo em todos, também entende e aceita isto e vê que a grande maioria das vezes as conversões eram um bocado estranhas até... pois não havia grandes argumentos para convencer ninguém... simplesmente criam na palavra de Cristo ou dos apóstolos embora não tivessem as mesmas escrituras que temos hoje e nos servem de apoio; ...]

Sobre os merecimentos, eleito, é preciso esclarecer que, quando passamos do estado de pecado (mortal) para o de graça (santificante), isto Deus nos concede sem merecimentos de nossa parte (até aqui tudo bem, concordamos), apenas por sua bondade e misericórdia, pois quando estamos em grave pecado nada podemos merecer. Para haver merecimento em nós é preciso que em nossas almas, haja aquela graça perdida no começo da criação, que nos foi alcançada em virtude da morte redentora do nosso Senhor Jesus Cristo. A escritura está cheia de textos em que o Justo Juiz nos promete um prêmio, um galardão, uma recompensa ou retribuição pelas nossas obras, coroando assim na eternidade os nossos merecimentos. Veja:

S. Paulo diz aos Colossenses: Tudo que fizerdes, fazei-o de coração, como para o Senhor e não para os homens, sabendo que é o Senhor que vos recompensará, fazendo-vos seus herdeiros. (Col 3,23-24). 

E escrevendo aos coríntios ele compara a vida eterna com o prêmio que se oferece nas competições esportivas, em que muitas vezes o atleta faz sacrifícios:

Todo atleta se impõe todo tipo de disciplina. Eles assim procedem, para conseguirem uma coroa corruptível. Quanto a nós, buscamos uma coroa incorruptível! Por isso, eu corro, não como às tontas. (1Cor 9,24-25).

Usando a mesma comparação das lutas esportivas, assim diz a Timóteo:

Igualmente o atleta, na luta esportiva, só recebe a coroa, se lutar segundo as regras (lei). (o parêntese é meu) (2 Tim 2,5).

E no fim da vida ele, S. Paulo, depois de ter combatido o bom combate, espera uma coroa, mas uma coroa de justiça, realmente merecida pelas suas boas obras juntamente com a sua fé: 

Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé. Desde agora, está reservado para mim o prêmio da justiça que o Senhor, o juiz justo, me dará naquele dia, não somente a mim, mas a todos os que tiverem esperado com amor a sua manifestação. (2Timóteo 4,7-8).

Aquele que planta e aquele que rega são a mesma coisa, mas cada qual receberá o salário correspondente ao seu trabalho. (1Cor 3-8).

E S. João dirá:

Tomai cuidado, se não quereis perder o fruto do vosso trabalho, mas sim, receber a plena recompensa. (2Jo v 8).

Tudo isso que os Apóstolos disseram, não é mais do que aprenderam do Mestre Jesus:

Felizes sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo mal contra vós por causa de mim. Alegrai-vos e exultai, porque é grande a vossa recompensa nos céus. Pois foi deste modo que perseguiram os profetas que vieram antes de vós. (Mt 5,11-12); E todo aquele que tiver deixado casas, irmãos, irmãs, pai, mãe, filhos ou campos, por causa do meu nome, receberá cem vezes mais e terá como herança a vida eterna. Mt 19,29); Amai os vossos inimigos, fazei o bem e prestai ajuda sem esperar coisa alguma em troca. Então, a vossa recompensa será grande... (Lc 6,35); Quem receber um profeta por ele ser profeta, terá uma recompensa de profeta. Quem receber um justo por ele ser justo, terá uma recompensa de justo. E quem der, ainda que seja apenas um copo de água fresca, a um desses pequenos, por ser meu discípulo, em verdade vos digo: não ficará sem receber sua recompensa”. (Mt 41-42).

]Eleito disse: ...pois não havia grandes argumentos para convencer ninguém... simplesmente criam na palavra de Cristo ou dos apóstolos embora não tivessem as mesmas escrituras que temos hoje e nos servem de apoio; ...]

Eleito!!! Como assim não tinham grandes argumentos para convencer ninguém??? Ora meu caro, isso foi uma grande bobagem dita por você, desculpe a franqueza. Os Apóstolos caminharam com o Mestre, são testemunhas presenciais. Não existe argumento maior que este!!! Passados mais de dois mil anos cá estamos nós discutindo os ecos das palavras desses homens, quanto mais os primeiros cristãos. Como se no fosse o bastante você ainda diz: Simplesmente criam na palavra de Cristo... Não! definitivamente, não, isso eu me recuso a comentar!!!

]Eleito disse: ...e as únicas que tinham eram o antigo testamento que na verdade eram contrárias ao Evangelho de Cristo.]

Não direi nada, sola Scriptura, como vocês tanto gritam.

Não penseis que vim abolir a Lei e os Profetas. Não vim para abolir, mas para cumprir. Em verdade, eu vos digo: antes que o céu e a terra deixem de existir, nem uma só letra ou vírgula serão tiradas da Lei, sem que tudo aconteça. Portanto, quem desobedecer a um só destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar os outros, será considerado o menor no Reino dos Céus. Porém, quem os praticar e ensinar será considerado grande no Reino dos Céus.(Mt 5,17-19).

Quem diz: “Eu conheço a Deus”, mas não observa os seus mandamentos, é mentiroso, e a verdade não está nele. (1Jo2,4).

Alguém aproximou-se de Jesus e disse: Mestre, que devo fazer de bom para ter a vida eterna? Ele respondeu: Por que me perguntas sobre o que é bom? Um só é bom. Se queres entrar na vida, observa os mandamentos. (Mt 19,16-17).

E este é nosso critério para saber que amamos os filhos de Deus: quando amamos a Deus e pomos em prática os seus mandamentos. Pois amar a Deus consiste nisto: que observemos os seus mandamentos. E os seus mandamentos não são pesados. (1Jo 5,2-3).

]Eleito disse: A conversão dos apóstolos foi qualquer coisa do tipo de Cristo dizer "venham" e eles tudo largavam par o seguir.
Em actos vemos Pedro apenas citar uma passagem do Antigo testamento e milhares se converteram].


Bem, acho que aqui seria o caso do amigo discorrer sobre as "tais qualquer coisa..." Mas vejamos então pelo menos o que diz S. Lucas sobre a conversão de S. Pedro: 

Jesus voltou para a Galileia, com a força do Espírito, e sua fama se espalhou por toda a região. (Lc 4,14).

Ele, porém, dizia: Sem dúvida, me citareis o provérbio: ‘Médico, cura-te a ti mesmo’. Tudo o que ouvimos dizer que fizeste em Cafarnaum, faze também aqui, na tua terra!; Jesus desceu para Cafarnaum, cidade da Galileia, e lá os ensinava, aos sábados; E sua fama se espalhava por todos os lugares da redondeza. (Lc 4,23.31.37).

Ops, parece que antes de chamar S. Pedro, Lucas diz que Jesus já era bem conhecido naquela região da Galiléia. Que inclusive visitou sua casa de S. Pedro e curou sua  sogra:

Jesus saiu da sinagoga e entrou na casa de Simão. A sogra de Simão estava sofrendo, com muita febre. Intercederam a Jesus por ela. Então, Jesus se inclinou sobre ela e, com autoridade, mandou que a febre a deixasse. A febre a deixou, e ela, imediatamente, se levantou e pôs-se a servi-los. (Lc 4,38-39).

Portanto, eleito, segundo o evangelista S. Lucas, quando do chamamento de S. Pedro (Lc 5,1-11) não foi "qualquer coisa do tipo..." Pedro já o conhecia muito bem.

]Eleito disse: A Graça é o pacto de salvação que DEUS fez com os homens... este pacto é tão simples como; quem crê tem a vida eterna, excluindo assim o comportamento no que diz respeito a salvação.
É na verdade correcto que tenhamos uma conduta digna de Cristãos, mas sempre sabendo que nao interfere na salvação pois nem sequer é contemplado na aliança (ou pacto) da Graça que diz que o justo vive da fé...]


Caríssimo, crer não é cair aos pés de Jesus e procurar sugestionar a você mesmo de que está salvo. Crer é aceitar tudo que Jesus disse, mesmo que pareça impossível. 

Veja o que S. Tiago fala sobre crer na existência de um só Deus: 

Tu crês que há um só Deus? Fazes bem! Mas também os demônios creem isso, e estremecem de medo. (Tg 2-19).

Veja que ele afirma que os demônios também crêem ( mesmo sabendo que não há esperança de salvação para eles).

]Eleito disse: A única forma então é reconhecer que não nos conseguimos salvar, deixar de querer ser salvo por bom comportamento (consequência de quem reconhece que não pode) e pedir misericórdia e confiar em Cristo... resumido em FÉ.]

Um dia apareceu homem que fez a seguinte pergunta a Jesus: Alguém aproximou-se de Jesus e disse: “Mestre, que devo fazer de bom para ter a vida eterna?” (Mt 19,16).

Ora, se bastasse somente a fé para a salvação, a resposta de Jesus seria: Se queres entrar na vida, basta crer em mim, não é preciso mais nada. Mas a resposta do Mestre foi:

 Ele respondeu: “Por que me perguntas sobre o que é bom? Um só é bom. Se queres entrar na vida, observa os mandamentos”. (Mt 19,17).

E pra que você não possa sofismar sobre o sentido desta palavra, a mesma pessoa se encarrega de perguntar que mandamentos são esses. Ao que o Senhor Jesus responde:

Quais?”, perguntou ele. Jesus respondeu: “Não matarás, não cometerás adultério, não roubarás, não levantarás falso testemunho, honra pai e mãe, ama teu próximo como a ti mesmo.

Se para a salvação basta a fé, se basta estender a mão para recebe-la, como você diz, como é que Jesus impõe tantas obrigações para o homem alcançar a vida eterna? 

E Tiago dirá abertamente que a fé sem as obras não pode salvar:

Meus irmãos, que adianta alguém dizer que tem fé, quando não a põe em prática? A fé seria capaz de salvá-lo?; Assim como o corpo sem o espírito é morto, assim também a fé, sem a prática, é morta. (Tg 2,14. 26).

Finalizando, Tiago refuta diretamente essa sua tese da salvação pela fé sem obras. Espero ter respondido bem, dentro das minhas limitações e possibilidades seus anseios. resta saber se o amigo é capaz de mudar suas convicções, pois senão, encerremos a discussão por aqui... 

Um forte abraço.
avatar
Geovanni146

Mensagens : 207
Data de inscrição : 18/10/2011
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por Geovanni146 em Sab Dez 24, 2011 9:33 pm

Boa noite eleito,

Disso eu já sabia, que você não mudaria suas convicções, relatei este pensamento no post acima. Parece que o amigo não gostou de ser contrariado, ficou meio ofendido por ser contrariado? Espero que não.

Não mudarei as minhas convicções assim pois não comentou o que lhe mostrei da Bíblia mas buscou outras passagens como se a escritura se contradissesse e pudesse combater umas passagens com outras... para me convencer tem de me mostrar que entendi mal as passagens que lhe mostrei e mostrar-me o correcto entendimento.

Nós temos opiniões divergentes, é normal que as passagens das Sagradas Escrituras ultilizadas por mim fossem diversas das suas. As passagens de difícil entendimento devem ser esclarecidas por outras mais claras, não há neste caso, paradóxo algum.

Quanto aos seus questionamento e afirmações, só reforça uma coisa: você não leu o que escrevi! E se leu não procurou meditar, como me orientou no seu post, ou seja, pra você o entendimento correto da verdade só está legítimo quando vem da sua parte. É mais um iluminado, cuidado para não se queimar com tanto fogo. É, fogo mesmo! O que você fez agora foi atirar para todos os lados. De qualquer modo, apesar das nossas divergências quanto a SALVAÇÃO, lhe desejo um FELIZ NATAL E UM PRÓSPERO ANO NOVO!!!

Na essência somos todos iguais, nas diferença devemos nos respeitar. (Sto. Agostinho)

Se ti magoei, perdão.









avatar
Geovanni146

Mensagens : 207
Data de inscrição : 18/10/2011
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por Geovanni146 em Dom Dez 25, 2011 2:28 pm

Olá eleito,

Cara! Tenho que ti pedir desculpas, ti tratei mal. Você é altamente capacitado, inteligente, só pensamos diferente. Fica co Deus!!! Há! Tem outro tópico com o tema: Fé e Obras. Lá estão discutindo muito este tema, tem muitas respostas boas...

Grande abraço pra vc e família.
avatar
Geovanni146

Mensagens : 207
Data de inscrição : 18/10/2011
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por Fabricio em Seg Dez 26, 2011 6:32 am

A Igreja já condenou tanto as heresias pelagiana (a qual ensina que o homem pode salvar-se por méritos próprios) quanto a calvinista (a qual ensina a dupla predestinação). Assim, ensina a Igreja que a salvação vem exclusivamente de Deus, mas o homem deve cooperar com a Divina Graça. Diz o Catecismo de Trento:

“[...] Tudo atribuindo à Sua bondade [de Deus], agradecemos sem cessar Áquele que nos comunicou o Seu Espírito, por cuja valia nos encorajamos a chamar ‘Abba, Pai!’

Depois, consideraremos, seriamente, o que nos toca fazer, e o que nos toca evitar, a fim de conseguirmos o Reino do céu. Com efeito, Deus não nos chamou para a inércia e preguiça, porquanto chegou até a dizer: ‘O Reino do céu cede à violência, e são os esforçados que o arrebatam’ [Mt 11,12]. E noutra ocasião: ‘Se queres entrar para a vida, observa os Mandamentos’ [Mt 19,17]

Por conseguinte, aos homens não lhes basta pedirem o Reino de Deus, se de sua parte não houver zelo e diligência para o alcançar; precisam pois, colaborar vigorosamente com a graça de Deus [1Cor 3,9], e manter-se no caminho que conduz ao céu”


Fabricio

Mensagens : 446
Data de inscrição : 04/02/2011
Localização : Fabricio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por Fabricio em Seg Dez 26, 2011 7:16 am

eleito,

Acho que a palavra "cooperar" já deixa isso bastante claro o que cabe ao homem e o que cabe a Deus.
Note que em todo o Evangelho Nosso Senhor sempre pede a cooperação dos homens para realizar seus milagres. Ele não precisava que removessem a pedra para ressuscitar o morto, mesmo assim pediu.
Ele não precisa de pão ou peixe para alimentar a multidão, mesmo assim pediu. Ele não precisava que lhe trouxessem água para fazer vinho, mesmo assim pediu. Ele não precisava de uma mulher para vir ao mundo, mesmo assim o fez. Portanto, cabe a Cristo a obra de redenção, a qual somente Ele pode realizar (nenhum homem pode salvar-se por si só, e muito menos salvar a outro). Cabe ao homem cooperar com essa obra, não porque Cristo precise, mas porque assim Ele quer!
Note que esta não é uma doutrina nova, mas uma verdade que sempre foi ensinada pela Igreja, conforme nos atestam os documentos patrísticos. Como exemplo, cito São Clemente Romano, sucessor de São Pedro no episcopado romano, que aproximadamente em 90 d.C. já dizia:

"Portanto, é bom que estejamos prontos e preparados para as boas obras, já que é d'Ele que tudo deriva. Assim Ele nos previne: 'Eis o Senhor! Tua recompensa está diante d'Ele, para que dê a cada um segundo o seu trabalho'. Contudo, o que nos pede? Que creiamos n'Ele com todo o nosso coração, para que não sejamos preguiçosos nem indolentes para com nenhuma boa obra" (1ª Carta aos Coríntios 34,2-4)

Fabricio

Mensagens : 446
Data de inscrição : 04/02/2011
Localização : Fabricio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por RenatoPaulo em Seg Dez 26, 2011 8:58 am

A minha doutrina me revela o Espirito Santo que habita na Igreja.
Acredite que o conheço muito bem.Isso me revela o Pai.

Na Igreja cada um assume seu papel.Somos todos o mesmo corpo e tal como um corpo cada orgão é diferente mas todos são importantes.

Eu realmente não atuo com palavras,mas sim com imagens.Sou um artista de Deus.
Por vezes uma imagem diz mais que mil palavras...

Tambem o Pai é por vezes ofensivo e ameaçador.Mas isso é porque Ele nos ama.

O seu erro,ja nos foi profetizado ha muitos anos por Cristo.
Vcs são os falsos Cristos que terão de aparecer nos ultimos dias.
Por onde andasteis pois nos ultimos 2 mil anos?
Quem pregou a palavra por todo o canto do mundo?
Quereis pois enterrar a palavra pregada e prega-la de novo?

"Eleito",acredita que tambem te posso amar.Aqui tens minha garantia de como falo a verdade.
Faz-te humilde e calmo e volta para casa.
Entra pois que tua cadeira ainda esta guardada.
Se quiseres,eu proprio a posso limpar o pó para tambem tu te sentares connosco.
Deixa pois tudo o que tens e segue o Senhor.
Nao quero dizer eu para abandonares tua casa ou familia se a tiveres.
Mas abandona as tuas ideias e renasce de novo.As portas ainda estao abertas.
Levanta-te e anda!
Faz isso pelo amor que tens por nosso Senhor Jesus Cristo.

Que o Senhor te proteja.
Amem

RenatoPaulo

Mensagens : 446
Data de inscrição : 04/05/2011
Idade : 43
Localização : germany

Ver perfil do usuário http://www.carvalho-de-araujo.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por Fabricio em Seg Dez 26, 2011 2:01 pm

eleito,
Acredito que o senhor seja protestante. Não sei se segues o arminianismo ou o monergismo, ou outra doutrina diferente, isto o senhor não deixou claro em suas postagens. Se o senhor crê na predestinação calvinista, já há um tópico neste fórum tratando de predestinação, peço-lhe gentilmente que consulte o que foi escrito lá para mantermos certa ordem. Aqui, vou confrontar a soterologia luterana (perdoe-me se cometo algum engano quanto a sua crença). Enfim, vamos às repostas dos seus questionamentos:

Em primeiro lugar, Deus quer que todos os homens sejam salvos. Sendo assim, a graça é oferecida a todos. Portanto, Deus nos dotou de liberdade, a qual podemos exercer aceitando ou rejeitando os desígnios Dele. Falando de maneira resumida, a obra da salvação exige a cooperação do homem em pelo menos três etapas:

Na aceitação da graça
No arrependimento dos pecados
Na prática das boas obras

A primeira e segunda etapa não deixam de ser atos da consciência do homem. Deus não nos obriga a aceitar a graça, e muito menos a nos arrependermos dos nossos pecados. Portanto, todo aquele que aceita a graça e se arrepende dos pecados o faz por livre escolha e está de certa forma cooperando com Deus para sua salvação. Estas duas etapas são importantíssimas, mas por si não bastam, a colaboração vai além, é preciso aceitar a graça e não rejeitá-la, é preciso manter-se na graça cumprindo a vontade do Pai, obedecendo os Seus mandamentos; mandamentos estes que Nosso Senhor sintetiza sublimemente: amar a Deus e ao próximo. Mas poderíamos nós amar ao próximo sem traduzir este amor em ato? E poderíamos nós amar a Deus sem amar o próximo?

Não há dúvida de que a fé seja fundamental, mas não nos basta crer. Até os “demônios crêem, e tremem” (São Tiago, 2:19). A fé deve-se somar o exercício da caridade, pois este dom (caridade) é tão sublime que chega ser superior ao da fé, como nos lembra São Paulo (I Cor, 13:13 ). Nós cristãos temos obrigação de buscar fazer o bem! Antes que apontes ser errado fazer boas obras como meio de barganha com Deus, digo-lhe que para a obra ser boa, não pode esperar recompensa, deve ser antes de tudo fruto da caridade (I Cor, 13:3), a qual, como São Paulo bem nos lembra, não “quer nada em troca”. Devemos vencer a preguiça e o comodismo e por em prática os ensinamentos do Mestre, que nos exorta a sermos como o “bom samaritano”. “Mesmo que [tivéssemos] toda a fé, a ponto de transportar montanhas, se não [tivermos] caridade, não [somos] nada. (I Cor, 13:2)”.

Podes me dizer tu: “Ora, o bom ladrão não praticou atos de caridade, mas ainda assim foi salvo...”. Respondo-lhe eu que, primeiramente, as Escrituras não nos revelam o que fez o tal ladrão antes de ir para a cruz, por isso não sei até que ponto ele não praticou atos de caridade. Seria leviano de minha parte afirmar que ele tenha sido bom ou mal. Em segundo lugar, Deus sabe a medida dos dons que foi dada a cada homem, e espera que nós executemos boas obras conforme nossas possibilidades. Deus nunca nos pede o impossível, e só Ele sabe o que nos é possível. De certo que Deus julgou os atos do bom ladrão suficientes para sua salvação na medida dos dons que lhe foram confiados, e também é certo que Deus seja mais severo para com uns do que com outros “porque, a quem muito se deu, muito se exigirá. Quanto mais se confiar a alguém, dele mais se há de exigir.” (São Lucas, 12:48).

Portanto, se julgas ter muito – creio eu que todo cristão deve sentir-se plenamente recompensado por Nosso Senhor, transbordante de sua rica graça e misericórdia, pense que Deus espera muito mais de ti que somente ter fé, espera principalmente que exerças o dom da caridade. Bem nos ensina o Santo Apóstolo:
“Haverá juízo sem misericórdia para aquele que não usou de misericórdia. A misericórdia triunfa sobre o julgamento. De que aproveitará, irmãos, a alguém dizer que tem fé, se não tiver obras? Acaso esta fé poderá salvá-lo?”(Tiago, 2-13:14)

Essa verdade é tão evidente que o próprio Lutero, para formular sua doutrina, rejeitou a Epístola de São Tiago, classificando-a como “carta de palha”. Por outro lado, a cooperação do homem com a obra salvífica através da prática das boas obras é uma Verdade amplamente ensinada no cristianismo desde os tempos mais remotos, o que está extensamente documentado nos escritos patrísticos. Portanto, a Igreja não introduz uma nova doutrina quando fala da necessidade de boas obras, apenas ensina o que recebeu dos apóstolos.

Resumindo tudo, cooperar com a salvação significa exercer livremente a fé, o arrependimento e a caridade! Em que medida será suficiente? Isso só Deus sabe!

Fabricio

Mensagens : 446
Data de inscrição : 04/02/2011
Localização : Fabricio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por RenatoPaulo em Seg Dez 26, 2011 7:03 pm

eleito escreveu:

Porque não criam os Judeus em Cristo?
João 12:40 Ele cegou-lhes os olhos, endureceu-lhes o coração, para que não vejam com os olhos nem entendam com o coração e se convertam e eu os sare {Is 6,10}.

Eleito,
Essa passagem esta mal escrita.
A devida passagem deve ser assim escrita:
"Deus cegou-lhes os olhos e endureceu-lhes o coração, para que não vejam com os olhos e não compreendam com o coração, a fim de que não se convertam e Eu tenha que curá-los!
E foi Isaías quem assim profetizou.
Essa profecia cumpriu-se na altura que Jesus entrava em Jerusalem.

eleito escreveu:Depois os conduziu para fora e perguntou-lhes: Senhores, que devo fazer para me salvar? (::::foi a minha pergunta:::::
Disseram-lhe: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua família.

Essa passagem se passa com o carcereiro,por isso penso que vc Eleito deve tambem escrever o que vem a seguir:
Conduzindo-os para fora, perguntou: «Senhores, que devo fazer para ser salvo?»
Paulo e Silas responderam: «Acredita no Senhor Jesus, e serás salvo tu e todos os da tua casa».
Então Paulo e Silas anunciaram a Palavra do Senhor ao carcereiro e a todos os da sua casa.

E qual foi a Palavra do Senhor?
Ora a palavra do Senhor é todo o Evangelho.

Eleito,vc tambem diz isto:
eleito escreveu:Logo, é pela fé que alguém se torna herdeiro. Portanto, gratuitamente;
Mas isso nao esta correcto!
Vc deve escrever assim:
"A herança, portanto, vem através da fé,para que seja gratuita e para que a promessa seja garantida a toda a descendência, não só à descendência segundo a Lei, mas também à descendência segundo a fé de Abraão, que é o pai de todos nós."



Tudo isso é relativo.
Repare que o condenado na cruz ao lado de Cristo,se salvou porque se arrependeu.
Alem disso,nós não vivemos na era do velho Testamento,nem na era de Jesus Cristo.Nós vivemos na era da Igreja criada por Cristo.
Foi por isso que Cristo criou sua Igreja,para a seguirmos.

Se a Igreja foi criada por Cristo,é obvio que o Espirito Santo vem atraves de Deus para a Igreja.E atraves da Igreja vem para nós.
Então temos de ser fieis e obedecer á Igreja,porque atraves dela recebemos o Espirito.
Se por acaso fossemos nós a receber o Espirito primeiro antes da Igreja,concerteza a Igreja não precisaria de existir.

Alem disso o homem não se pode salvar apenas por ter uma certa Fé.
Porque Fés existem muitas e todas diferentes.
A verdadeira Fé é aquela que é mantida pelo Espirito Santo.
Se não fosse assim,tambem o Espirito Santo evitava de ter vindo ter connosco.
Ora todo o mundo sabe que o Espirito Santo,é maior que a simples Fé de um homem.Por isso chegamos á conclusão que a verdadeira Fé,é aquela que tem o Espirito consigo.

Sendo assim,tambem chegamos á conclusão,como o escrevi em cima que a Fé precisa de ser mantida pelo Espirito Santo!
Ora se a Fé é mantida pelo Espirito,automaticamente a Fé se reveste de um amor intenso verdadeiro.E o amor todos sabemos que vem de Deus.
Por isso somando Fé + Amor intenso = Caridade
Automaticamente a Caridade para ser activada é preciso o "movimento".
E esse movimentos dá lugar a Obras.

Por isso é impossivel ao homem dizer que apenas a Fé basta.
Todo o homem que diz isso,nele habita uma falsa Fé.
Porque ja expliquei em cima que a verdadeira Fé precisa do Espirito Santo para a governar.
Assim é obvio que quem tem uma Fé revestida pelo Espirito Santo,automaticamente pratica Obras.



RenatoPaulo

Mensagens : 446
Data de inscrição : 04/05/2011
Idade : 43
Localização : germany

Ver perfil do usuário http://www.carvalho-de-araujo.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por RenatoPaulo em Seg Dez 26, 2011 7:38 pm

Alem disso,eleito...

Deus ao expulsar Adão e Eva para fora do Paraiso,os mandou para este nosso mundo precario e cheio de dificuldades.
Mas com essa expulsão,Deus nos dá uma hipotese para nos salvarmos.
Ora chegamos mais uma vez á conclusão que o homem precisa de Fé e de obras para se salvar.
Porque se o homem precisa-se apenas da Fé para ser salvo,Deus não precisava de ter expulso Adão do Paraiso,porque ele tinha Fé em Deus e chegou-se a arrepender.
Ou então se fosse preciso apenas Fé para o homem se salvar,Deus teria feito este nosso mundo sem dificuldades.
Mas não foi isso que aconteceu!
Este mundo existe tal e qual como o conhecemos,cheio de dificuldades.
Ora para se vencer essas dificuldades o homem precisa de ter Fé e praticar boas obras.

Alem disso,Cristo ao dar a ordem para evangelizar a Sua palavra pelo mundo inteiro,essa palavra apenas com Fé não teria um efeito positivo.
Para essa ordem de Cristo se concretizar foi preciso haver Fé e boas obras.

RenatoPaulo

Mensagens : 446
Data de inscrição : 04/05/2011
Idade : 43
Localização : germany

Ver perfil do usuário http://www.carvalho-de-araujo.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Ter Dez 27, 2011 12:34 am

Caro Carlos,

Em uma das suas postagens neste tópico encontrei o seguinte:

"Lembre-se que o ladrão na cruz morreu homicida, sem fazer qualquer obra, e foi para o paraíso' ( CarlosB em Sab Dez 24, 2011 3:34 pm ).

Não quero ofendê-lo, mas isso que você escreveu, além de conter um equívoco literário e outro teológico, não pode ser uma regra para todas as pessoas, nem pode ser usado para referendar o conceito protestante de que a salvação se opera exclusivamente pela fé.

O primeiro equívoco: De onde você tirou a idéia que o bom ladrão morreu homicida ? Observe o que diz a Bíblia:

São Mateus afirma que aqueles dois homens que foram crucificados aos lados da cruz de Jesus eram LADRÕES (Mt 27,38);

São Lucas afirma que ambos eram MALFEITORES (Lc 23,39).

São João afirma que Jesus foi crucificado ENTRE DOIS HOMENS, sem especificar se eram bons ou maus (Jo 19,18).

Em nenhum lugar nas Sagradas Escrituras está escrito que aqueles homens que foram crucificados aos lados de Jesus eram HOMICIDAS. Triste engano !!!

CONTINUO MAIS TARDE, POIS FUI DERROTADO PELO SONO !!!

Um grande abraço !







avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por Geovanni146 em Ter Dez 27, 2011 9:08 am

Olá Fabrício... A paz do Senhor,

Quero deixar aqui registrado meus parabéns pela sua excelente postagem direcionado ao eleito. A sua clareza de idéias e a forma que você aborda a questão estão em perfeita harmonia. E seria interessante se o eleito, além de expor sua doutrina sobre o que é necessário para a salvação, também nos apresentasse a qual denominação protestante pertence. 

Abraço.
avatar
Geovanni146

Mensagens : 207
Data de inscrição : 18/10/2011
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por Geovanni146 em Ter Dez 27, 2011 9:35 am

Olá eleito - A paz de cristo,

eleito disse:Sei que ainda tenho que responder ao Jotabc... assim que o conseguir falo-ei pois vai levar algum tempo a expôr as coisas claramente, se bem que este ultimo post responde ao conteúdo do que me perguntou...

Caro eleito, estou satisfeito sim. Penso que dentro daquilo que você se propós a defender, suas idéias estão claros.  E se me permite farei comentários das passagens propostas por você, uma vez que no post anterior o amigo queixou-se de eu não as ter comentado, e também porque o seu post foi direcionado a mim. Dito isto, passo a discorrer.

eleito disse: O que querem as seguintes passagens dizer segundo o entendimento que defende?

[Romanos 11:6

E se é pela graça, já não o é pelas obras; de outra maneira, a graça cessaria de ser graça.]

Nesta passagem S. Paulo fala sobre a GRAÇA DA VOCAÇÃO PARA A FÉ, não de SALVAÇÃO eterna, o que é bem diferente. 

Veja por exemplo como S. Paulo termina o capítulo 10 dessa mesma carta, referindo-se a incredulidade e rebeldia com que os judeus rejeitaram o Evangelho e citando as palavras de Isaías 65,2: Ao passo que a respeito de Israel ele diz: Todo o dia estendi as minhas mãos a um povo desobediente e teimoso (Rom 10,21). 

Em suma, o que S. Paulo fala é que Deus salvou-os da apostasia da fé, daí não se conclui que pela fé, todos os judeus que se converteram ao cristianismo infalivelmente conseguirão a salvação eterna; isso fica claro nas palavras do Apóstolo que diz:

Ao contrário, castigo o meu corpo e o mantenho em servidão, de medo de vir eu mesmo a ser excluído depois de eu ter pregado aos outros. (1 Cor 9, )

Romanos 11:29 
Pois os dons e o chamado de Deus são irrevogáveis

Nisso concordamos!

Romanos 4:4-8
[Ora, o salário não é gratificação (:::recompensa ou pagamento não é graça::, mas uma dívida ao trabalhador.
Mas aquele que sem obra alguma crê naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é imputada em conta de justiça.
É assim que Davi proclama bem-aventurado o homem a quem Deus atribui justiça, independentemente das obras:
Bem-aventurados aqueles cujas iniqüidades foram perdoadas e cujos pecados foram cobertos!
Bem-aventurado o homem ao qual o Senhor não imputou o seu pecado {Sl 31,1s}.]


Aqui S. Paulo refere-se a justificação do ímpio, ou seja, ao momento em que o homem ímpio torna-se um justo diante de Deus. Realmente nesse caso, sua justificação não poderia ser por obras, pois suas obras são más. É claro que Deus não vai perdoar os pecados de quem verdadeiramente não se arrepende. O verdadeiro arrependimento deve nascer da fé, QUE É GRAÇA DE DEUS; pois se tal arrependimento fosse baseado em algum motivo natural e humano e não vindo de Deus (ex. se ele se arrepende só porque perdeu a saúde, o dinheiro ou a liberdade) não seria suficiente para a sua justificação.

Romanos 4:16
Logo, é pela fé que alguém se torna herdeiro. Portanto, gratuitamente; e a promessa é assegurada a toda a posteridade de Abraão, não somente aos que procedem da lei, mas também aos que possuem a fé de Abraão, que é pai de todos nós.


S. Paulo está usando um argumento contra os judaizantes; eles pensavam que para haver justificação tinha que haver necessariamente a circuncisão, não sabiam separar uma coisa da outra, veja:

Quando lhe foi ela imputada? Depois ou antes de sua circuncisão? Não depois, mas antes de ser circuncidado. (Rom 4,10).
 

Onde o Apóstolo explica que a circuncisão outrora prescrita por Deus, foi abolida; agora em seu lugar Cristo prescreve o Batismo. Aquele que conhece a doutrina de Cristo,  A FÉ o impele ao Batismo:

 Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não renascer da água e do Espírito não poderá entrar no Reino de Deus. (Jo 3,5).
 

 
Atos 16:30-31
Depois os conduziu para fora e perguntou-lhes: Senhores, que devo fazer para me salvar? (::::foi a minha pergunta:::::
Disseram-lhe: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua família.

Neste caso a fé é o ponto de partida para a salvação. Quando S. Paulo diz ao carcereiro: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua família, você não pode concluir daí que bastava o carcereiro crer, que a família dele seria salva também. É evidente que sua família teria que crer também para ser salva. Portanto, o que se conclui por está passagem citada por você, é que a fé do carcereiro seria o ponto de partida para a família dele também crer, seguindo seu exemplo. Tanto a fé do carcereiro quanto a dos seus, teria que ser a fé que inspira as boas obras.

Também naquele tempo a inclinação do homem era para agir e não esperar em DEUS ao qual Cristo
respondeu:

João 6:28-29
Perguntaram-lhe: Que faremos para praticar as obras de Deus?
Respondeu-lhes Jesus: A obra de Deus é esta: que creiais naquele que ele enviou.

Eleito, aqui Jesus fala à judeus que conheciam a lei de Moisés, que sabiam quais eram as obras da lei de Moisés, e o que  Deus exigia nos seus mandamentos e nas suas prescrições. Veja que no contexto desta passagem Jesus está falando de um alimento de imortalidade, ou seja, Jesus está a falar da Eucaristia (conf. Vs 51 a 59). Neste contexto Ele pôde dizer:

...: A obra de Deus é esta: que creiais naquele que ele enviou.

 Parece fácil, não é? Mas quando Jesus revelar em que consiste essa comida, muitos não crerão na sua palavra e se afastarão Dele para sempre, porque os seus corações não mereceram receber o GRAÇA da fé.

Não sou bom exegeta, mas naquilo que procurei um entendimento, no mais básico, essas são as conclusões mais lógica a que alguém, com sinceridade no coração e sem interpretações fantásticas poderia chegar. 

Abraço.
avatar
Geovanni146

Mensagens : 207
Data de inscrição : 18/10/2011
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por RenatoPaulo em Ter Dez 27, 2011 4:25 pm

Eleito,
A raiz esta plantada num fundamento comum entre nós.
E a raiz tem vida,porque ela tambem esta plantada num fundamento com agua.
Ora se a raiz esta saudavel e cheia de agua para a regar,os ramos tambem esses crescerão.

Por isso até aqui estamos iguais,se nos compararmos com arvores.
Ambos somos batizados com agua certo?
Mas falta saber se o Espirito é o mesmo.

Vamos então voltar ás arvores.
Como todos sabemos,a natureza foi criada por Deus.Sendo pois ela criada por Deus,tambem sabemos que tudo o que Deus criou é perfeito e nada falha.Assim sendo uma especie de arvore de fruto conforme sua essencia,terá tronco,ramos e frutos.
Ora se vc afirma que para se salvar o homem precisa apenas de ter Fé,como pode essa mesma Fé ser verdadeira dentro de toda a criacão de Deus?
Não pode!Porque essa Fé não produziu frutos.
E porque preciso eu de citar aqui frutos?
Porque Cristo nos disse:
"Os conhecereis pelos seus frutos"
Ora não havendo frutos nessa sua Fé,tambem esses não serão conhecidos.
Assim quando vier o tempo da colheita,a sua Fé não será proveitosa.
Ficamos pois todos a saber que se compararmos vc a uma arvore,vc de fato será apenas uma arvore com raiz,tronco e ramos.Mas falta-lhe os frutos.
E porque deve vc produzir frutos?
Porque o Senhor nos avisou que um dia viria para fazer Ele proprio a colheita.
Que frutos irá vc pois dar a nosso Senhor Jesus Cristo?
Apenas a sua Fé Eleito?
Como pode vc apenas com sua Fé,carregar tambem a cruz de Cristo?

Continuando...
Vc me pergunta qual a minha opinião sobre a aliança que DEUS fez como seu povo para a salvação.
Ora bem,a minha opinião não é bem de minha autoria,mas foi simplesmente aprendida dos fundamentos da Igreja Catolica.
Para essa pergunta,eu quero lhe responder com as palavras de Maria,que são simplesmente estas:
"Fazei tudo o que Ele vos mandar."

Ora se fizermos tudo o que Cristo nos mandar,seremos salvos.
Por essas palavras mais uma vez reconhecemos que apenas ter Fé não chega.
Precisamos pois de fazer o que Cristo nos manda.


RenatoPaulo

Mensagens : 446
Data de inscrição : 04/05/2011
Idade : 43
Localização : germany

Ver perfil do usuário http://www.carvalho-de-araujo.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por RenatoPaulo em Ter Dez 27, 2011 5:51 pm

Carlos,penso que tu simplesmente não lês com atencão os comentarios aqui postados.

Mas ja que tu dizes que pelas obras diz a escritura que não há nenhum justo...
Olha então quando passares por mim na rua e me vires a mendigar por ser um aleijado,não me dês a tua casaca,nem esmola.
Da-me sim um pontapé!Ou melhor...da-me antes um tiro.
E não te preocupes,porque tudo o que me fizeres ou fizeres a quem necessita de ajuda,não o estas a fazer a Cristo.
Porque Cristo apenas deseja a Fé e não as obras.

RenatoPaulo

Mensagens : 446
Data de inscrição : 04/05/2011
Idade : 43
Localização : germany

Ver perfil do usuário http://www.carvalho-de-araujo.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por RenatoPaulo em Ter Dez 27, 2011 6:48 pm

[quote="CarlosB"]
Gàlatas 1:6-8 Estou admirado de que tão depressa passeis daquele que vos chamou à graça de Cristo para um evangelho diferente. De fato, não há dois (evangelhos): há apenas pessoas que semeiam a confusão entre vós e querem perturbar o Evangelho de Cristo. Mas, ainda que alguém - nós ou um anjo baixado do céu - vos anunciasse um evangelho diferente do que vos temos anunciado, que ele seja anátema.

Diante esta passagem eu te pergunto qual é afinal o teu evangelho?
O verdadeiro ou o falso?

Se dizes que o teu evangelho é verdadeiro e o da Igreja Catolica é o falso,como pode pois o teu evangelho ter sido inspirado pelo "falso"evangelho da Igreja?
Sim,inspirado porque sem o Evangelho da Igreja,tambem tu hoje não conhecerias a Palavra de Deus.

Assim pois chegamos á conclusão que tens e deves a partir de agora seguir esse teu evangelho.Porque se agora afirmares que o evangelho da Igreja é verdadeiro,tuas palavras serão automaticamente provadas falsas.
E nisto conhecemos o espirito que profere estas tuas palavras.
Ora estando tu nesta situacão em que te deixei,torno outra vez a te perguntar:
Se dizes que o teu evangelho é verdadeiro e o da Igreja Catolica é o falso,como pode pois o teu evangelho ter sido inspirado pelo "falso"evangelho da Igreja?

Bem...
Agora é a minha vez de mostrar o meu Evangelho!
E o meu Evangelho é o da Igreja Catolica.
Repara tu,que mesmo sem quereres ao escreveres a passagem em cima,me dás uma prova de como o meu Evangelho é verdadeiro e o teu é falso:
CarlosB escreveu: Mas, ainda que alguém - nós ou um anjo baixado do céu - vos anunciasse um evangelho diferente do que vos temos anunciado, que ele seja anátema.
Se S.Paulo nos diz que nos tem anunciado o verdadeiro Evangelho"(do que vos temos anunciado)",isso quer dizer que o verdadeiro Evangelho ja existia.
Ora como a Igreja Catolica tem 2 mil anos,tudo leva a crer que ensina esse mesmo Evangelho de S.Paulo.
Assim ficamos a saber que o meu Evangelho o da Igreja Catolica é verdadeiro.

Mas se por acaso vc insistir noutra doutrina diferente,então volta tudo ao mesmo e eu lhe perguntarei de novo:
Como pode ser o teu evangelho "verdadeiro",se esse mesmo evangelho é inspirado num falso?

Responde!
Ou assume que tambem tu pertences a estes:
"...há apenas pessoas que semeiam a confusão entre vós e querem perturbar o Evangelho de Cristo."
Porque se não responderes é sinal que o assumes.
Mas se responderes teras de dizer que o teu evangelho é diferente do da Igreja Catolica.

Não vale a pena dizer mais nada......







RenatoPaulo

Mensagens : 446
Data de inscrição : 04/05/2011
Idade : 43
Localização : germany

Ver perfil do usuário http://www.carvalho-de-araujo.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por Geovanni146 em Ter Dez 27, 2011 8:45 pm

Olá pessoal... Boa noite a todos.

Olha! sinceramente, estou impressionado com o grau de intelectualidade dos colégas. As respostas estão cada vez mais profundas, de verdade. E aqui não fica ninguém de fora, todos... Mas você RenatoPaulo. Ahhh... Você. Meu esta sua postagem foi de mais... Muito boa: A raiz esta plantada num fundamento comum entre nós.
E a raiz tem vida,porque ela tambem esta plantada num fundamento com agua.
Ora se a raiz esta saudavel e cheia de agua para a regar,os ramos tambem esses crescerão...


Grande abraço.
avatar
Geovanni146

Mensagens : 207
Data de inscrição : 18/10/2011
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por Geovanni146 em Qua Dez 28, 2011 9:55 am

Olá CarlosB... A paz de Cristo.

‘‘Jotabc, não estou ironizando ou contradizendo, nem leve a mal a minha resposta, é apenas uma observação sobre o fundamento cristão!

Embora seu texto soe irônico, como o amigo mesmo se apercebe, acredito mesmo que esta não foi sua intenção, penso não haver razões para ironizar meu texto, umas que também minha intenção foi elogiar todos, sem exceção, veja: Olha! sinceramente, estou impressionado com o grau de intelectualidade dos colégas. As respostas estão cada vez mais profundas, de verdade. E aqui não fica ninguém de fora, todos...

Quanto ao texto que citei do meu irmão RenatoPaulo, o tomei de uma forma geral, poderia ter cido um texto do nobre coléga também, ok. Você então poderá dizer, que eu o tomei num contexto de um debate sobre a salvação, portato está a razão da sua resposta. Ok, concordo. Mas de maneira alguma essa teria cido minha intenção!

Grande abraço.

avatar
Geovanni146

Mensagens : 207
Data de inscrição : 18/10/2011
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por RenatoPaulo em Qua Dez 28, 2011 4:03 pm

Eleito,

Que a paz do Senhor Jesus esteja consigo e aceite pois estas minhas palavras que lhe dou.
Não quero medalhas nem mergulhar em vaidades.
Apenas quero que atente para o poder de Deus.

Falei-lhe com agressividades e vc proprio me chamou de mal educado.
No fundo sentiu-se ferido e por isso vc se fez fera.
Respondeu com obras,mas eu para essas obras não reparei,mas em seu coracão me concentrei.
Mas afinal porque preciso eu de suas obras,se seu coracão me chama mais a atencão?
E aqui eu lhe provo o poder de Deus!Pois consigo pelo poder que Ele me destinou,conhecer seu coracão.

Por esse motivo,deixei de ameaçar todo o seu fundamento,todo o solo por onde pisa e todo aquele que o rodeia,para me concentrar apenas em sua pessoa.
Então resolvi dirigir-lhe a palavra.

Sirva-me pois café forte sem açucar,para ele ficar bem amargo.Assim o corpo não se deixará encantar e ficará bem acordado.

Eleito,
Não procure o que é demasiado dificil para si,e não investigue coisas que superam as suas forças.
Empenhe-se naquilo que lhe foi ordenado,e não se ocupe de coisas misteriosas.
Não se aplique em coisas que superam a sua capacidade,porque já lhe foi mostrado mais do que a inteligência humana pode compreender.

Por causa disso deitei eu atencão a seu coracão!

Quanto mais importante for,mais humilde deverá ser,e encontrará favor diante do Senhor.

Estas coisas que vc me pergunta eu respondo-as:
eleito escreveu:
E sabemos que uma árvore boa NÃO PODE dar maus frutos e uma árvore má NÃO PODE dar maus frutos... foi isso que Cristo disse certo?
Diga-e então:
Nunca viu um homem bom fazer más obras?
E nunca viu um homem mau fazer boas obras?
É isso o critério infalível de discernimento entre a àrvore boa ou má?

Eleito,uma arvore má,nunca pode dar bom fruto!
Por vezes tenta-se esconder esses maus frutos com aparencias humanas,mas na realidade os frutos dessa arvore serão sempre maus.

Enquanto que uma arvore boa deverá dar sempre bom fruto!
Mas não pudemos esquecer que tanto as arvores boas como as más estão sujeitas á natureza...sujeitas a tempestais,chuvas fortes,etc.

Ora se compararmos o homem a uma arvore,tambem ele esta sujeito neste caso a tentações.
Por isso acontece que por vezes o homem devido ás muitas tentações existentes,ele não consiga dar o fruto que deveria dar.

Ora bem...
Nas respostas que responderei a seguir,o chamarei a atencão para reparar na sua idolatria.
Uma Idolatria inocente neste caso,por isso não quero julgar mas sim chamar a atencão.
eleito escreveu:Se dois homens ricos em competição, ou por vaidade, ou por inveja de qual qual deles tem melhor reputação entre os homens, alimentarem mil famílias pobres é isso bom fruto?
O que saiu das suas mãos? Realmente a obra foi boa!
Mas e o que saiu dos seus corações? Qual a intenção? Bom ou mau?
Como serão estes homens julgados por DEUS?
Foram estes frutos bons ou maus?
Ou outro exemplo ainbda mais extremo...
Diga-mos que alguém com a intenção de ganhar confiança de outra pessoa a fim de usá-la a seu bel-prazer ajuda-a numa ora de necessidade...
É boa obra das mãos.. mas o que saiu do coração foi bom fruto?
O que julgará DEUS? A acção das mãos ou a intenção do coração?
E outro caso:
Um homem cria uma vacina milagrosa que acredita que irá curar o cancro... mas ao aplicar essa vacina acaba por matar milhares de pessoas pois calculou mal a dosagem.
A obra é má realmente... mas e o coração do homem? Era bom ou mau? O que julgará DEUS?
Impediu essa má obra que o coração fosse bom?

Eu carregei suas frases a negrito,para assim todos perceberem melhor.
Ora vc pergunta 3 vezes o que julgará DEUS!
De fato vc ja sabe como Deus irá julgar.Vc apenas quer ler a resposta que vc proprio muito bem a conhece.
Ora no primeiro caso a resposta é: "Mau"
Na segunda a resposta é:"Deus julgara a intenção do coração que foi má."
Na terceira a resposta é:"O coração do homem era bom,mas teve azar coitado..."

Ora todos perfeitamente sabem que tal e qual respostas como essas o dá a lei humana na perfeicão e sem erro.Neste caso os tribunais.
Por isso,assim mesmo julgamentos como esses o devem fazer os tribunais(lei humana)porque foi Deus que tambem criou essa lei.
Neste caso,com uns exemplos tão simples que vc nos dá,qualquer pessoas de senso normal sabe responder perfeitamente tambem a essas perguntas.
Você próprio consegue responder a essas perguntas.
Ate aqui,tudo bem...mas agora vem a questão da sua Idolatria.Por isso eu lhe escrevi em cima isto:
Não procure o que é demasiado dificil para si,e não investigue coisas que superam as suas forças.

Vc sabendo perfeitamente essas respostas tal e qual como a lei humana as sabem,pensa que tambem DEUS irá agir do modo tal e qual como a lei humana age e tal e qual como vc pensa e acha!
Isso é Idolatria.

Assim chegamos á conclusão que suas palavras provêm de coração humano e não do Espirito.
Porque sabemos muito bem que palavras provenientes de coração humano falam e entendem como as leis humanas e palavras provenientes do Espirito falam coisas do Espirito.

Mudando de assunto:
Ja lhe expliquei aqui que quem tem verdadeira Fé,automaticamente pratica as boas obras.
Volte a ler tudo com atencão se o desejar.

Quanto ás passagens Biblicas que vc aqui nos mostra,apenas lhe digo que o Velho Testamento deve ser lido á luz do Novo Testamento,para o entender na perfeicão.
Como nos diz S.PEdro,as Sagradas Escrituras não devem ser deixadas à interpretação individual e isolada,mas sim devem ser entendidas e interpretadas dentro da familia.Neste caso na Igreja Catolica.
Pois o Espirito Santo esta dentro dela para nos ajudar.
Aqui lhe dou o meu exemplo:
Se eu entendo algo das Sagradas Escrituras é porque tambem me considero filho da Igreja e o Espirito Santo com Sua graça me ilumina.







RenatoPaulo

Mensagens : 446
Data de inscrição : 04/05/2011
Idade : 43
Localização : germany

Ver perfil do usuário http://www.carvalho-de-araujo.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por RenatoPaulo em Qua Dez 28, 2011 4:14 pm

@CarlosB....

Penso que vc deve ler tudo muito bem lido e com muita calma.Porque se não o fizer,apenas se confunde mais.
Se vc possuir,como afirma possuir o verdadeiro Espirito Santo,concerteza saberá distinguir as coisas que aqui se escrevem.

Para ja vc apenas confirma que nada entende...

RenatoPaulo

Mensagens : 446
Data de inscrição : 04/05/2011
Idade : 43
Localização : germany

Ver perfil do usuário http://www.carvalho-de-araujo.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por Geovanni146 em Qua Dez 28, 2011 5:29 pm

Olá CarlosB,

''Boa tarde, Jotabc, de facto não estava a ironizar, mas se assim transpareceu, peço imensa desculpa, porque não foi essa a minha intenção. Quis apenas realçar o fundamento da salvação. Outra vez digo: não foi a minha intenção ofendê-lo.

Carlos, de forma alguma me senti ofendido com seus comentários, já disse e repito, não tenho problemas em ser contrariado nas minhas convicções. Se é nisso que pensou quando diz que sua intenção não é me ofender, fica em paz. Estamos aqui pra isso, discutir idéias, e respeito sua posição embora discorde de não pouca coisa.

Outro abraço.
avatar
Geovanni146

Mensagens : 207
Data de inscrição : 18/10/2011
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O que é necessário para que me salve?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 9 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum