Cães santos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Cães santos

Mensagem por Fabricio em Qua Abr 04, 2012 9:13 pm

NOTA DA MODERAÇÃO: Teor inicial do tópico: Foi surpresa descobrir mas na História da Igreja houve veneração a cães, como São Guinefort e São Cristóvão Cinocéfalo.

Guinefort é o nome de um célebre cão que viveu na Idade Média (século XIII) em França. O dono deixou-o com o seu filho que ainda era bebé. Quando regressou a casa deparou-se com um espectáculo assustador: o quarto da criança em reboliço e o cão com marcas de luta. Julgando que Guinefort tinha morto o filho, o dono matou-o. Pouco depois apercebeu-se que a criança estava viva, mas que tinha perto de si uma víbora morta. Guinefort tinha sido envenenado ao defender o bebé de um ataque do réptil. A partir desse momento tornou-se um Santo e foi objecto de culto. Não foi um caso único. No País de Gales eram comuns santuários cristãos dedicados a cães. Santo António dava a comunhão ao seu cavalo enquanto São Francisco de Assis pregava aos corvos e amava os lobos. Ler mais em: http://www.galgos.com.br/cms/index.php/menartigos/46-catartigos/202-sao-guinefort-greyhound-gelert-galgo-martirNa Igreja Ortodoxa existem certos ícones que retratam a figura degenerada de São Cristóvão com a cabeça de um cão. Segundo relatos, o santo, antes de conhecer o Cristo e converter-se, tinha comido um homem e latido. Arrependeu-se ao converter-se pelo batismo, e foi recompensado com a forma humana. Retirado de: http://pt.wikipedia.org/wiki/Cinoc%C3%A9faloO padroeiro dos cães é São Roque e alguns donos têm levado seus cachorros às missas.
_____________________________________________

Prezado,
 
O culto a são Guinefort não passa de uma manifestação popular supersticiosa, e de forma alguma é aprovado pela Igreja. Esse sincretismo com superstições locais não é novidade, há por exemplo a veneração a Santa Morte, no México. Porém, há de se lembrar que tudo isso não faz parte da Sã Doutrina, são tradições populares veementemente repudiadas pela Igreja.
 
Quanto a São Cristovão, foi um mártir nascido aproximadamente em 250 d.C. Sua vida foi pesquisada pelo jesuíta Nicholas Serarius e comentada por grandes estudiosos, como São Gregório Magno. Em sua biografia, não há referência ao episódio canino. Isso não passa de lenda.
 
Já li algumas biografias de Santo Antônio de Pádua. Não encontrei nenhuma referência de que ele praticasse esse sacrilégio de dar a comunhão a cavalos. Aliás, se ele praticasse esse ato não seria jamais canonizado, visto a importância que a Igreja dá a Eucaristia. Quanto a São Francisco de Assis, dia desses acabei de ler uma compilação dos seus escritos publicada pela Editora Vozes. Sinceramente, quando lemos as orações deste santo no contexto adequado, não há nada que nos leve a crer que ele pregava a corvos...
 
Muitas pinturas medievais retratavam São Francisco e Santo Antônio como que pregando para animais. Mas lembremos que estas pinturas, feitas por leigos, não têm compromisso com a realidade, muito menos podem ser tomadas como ponto de referência biográfico.
 
Fique com Deus

Fabricio

Mensagens : 446
Data de inscrição : 04/02/2011
Localização : Fabricio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cães santos

Mensagem por Ralão em Qua Abr 18, 2012 3:20 pm

Boas,

Por favor não levem a mal, mas Santo António é de Lisboa e não de Pádua.
Aliás no dia 13 de Junho ocorre em Lisboa a sua maior festa anual, sendo esta dedicada a Santo António.

Cumprimentos,

José Ralão
avatar
Ralão

Mensagens : 92
Data de inscrição : 17/10/2009
Idade : 49
Localização : Portugal - Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cães santos

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Sab Abr 21, 2012 8:09 pm

Caro Ricardo,

Que a paz de Nosso Senhor esteja no seu coração !

A alegação que você nos apresenta de que "Santo António dava a comunhão ao seu cavalo" ( http://pt.wikipedia.org/wiki/Cinoc%C3%A9falo ) não é verdadeira. Trata-se de uma interpretação tendenciosa e de uma deturpação da história de Santo Antônio. Vejamos como a história é diferente:

Enquanto o Fr. Antônio pregava a respeito do Pão da Vida, um dos ouvintes que desacreditava do Santíssimo Sacramento passou a negar a presença real de Jesus na Eucaristia.

Ao término do culto, Fr. Antônio desafiou o herege a deixar o seu cavalo sem comida durante três dias e, após este período, iriam juntos, o herege levando comida, e Fr. Antônio conduzindo a Eucaristia.

Quando se colocaram diante do cavalo, este se prostrou diante da Eucaristia em vez de aceitar a comida que seu dono levara.

O herege se converteu, e o cavalo só comeu depois que Fr. Antônio se retirou conduzindo o Santíssimo Sacramento.

Creio que dá para distinguir entre a história verdadeira e a falsificada. Aliás, como temos afirmado inúmeras vezes no nosso fórum, precisamos ter muito cuidado com as informações passadas por alguns sites que, por não serem confiáveis, deturpam histórias verdadeiras e criam fábulas.

Um grande abraço !!!







avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cães santos

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum