Livros deuterocanônicos

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Livros deuterocanônicos

Mensagem por diogo0912 em Seg Jul 02, 2012 10:45 am

Olá pessoal,

Primeiro, me desculpem por abrir um tópico que é similar a outro já existente. Entretanto, como o outro tópico estava parado a pelo menos 2 anos, e não consegui encontrar as respostas necessárias lá, então resolvi criar este. Se errei, posso voltar àquele tópico.

Recentemente, ontem, debati com meus amigos adventistas sobre o cânon bíblico. Na conversa, expus muitos argumentos presentes no tópico que fala sobre as diferenças de cânon protestante e o cânon católico. Entretanto, eles me apresentaram alguns argumentos que gostaria da ajuda de vocês para refutar. Eles disseram que não há nenhuma prova escrita ou histórica de que no sínodo de jânmia foi decretado um grupo de livros do antigo testamento como canônicos pelos judeus, e que já havia um cânon no tempo de Jesus. Eles disseram que não faria sentido que anos de escrituras não já tivesse sido canonizadas quando Jesus veio a terra.

Quando falei que Jesus e os discípulos usavam a versão septuaginta em suas citações (300 de 350), eles falaram que Jesus usava os textos originais, e que esses textos pareciam com a tradução da septuaginta porquê foi feita uma tradução para o grego. E como a septuaginta era grega, só poderia parecer mesmo.

Eles disseram que os deuterocanônicos não foram aceitos pelos pais da igreja, e que, inclusive, na vulgata, São Jerônimo nos alerta que não devemos usar os deuterocanônicos como mensagem inspirada. Também disseram que essa canonização ocorrida no concilio de trento só ocorreu por causa da reforma protestante.

Pois bem, marcamos uma nova reunião para quarta, e gostaria, sinceramente, que vocês me ajudassem nessa empreitada.

Espero, ansiosamente, uma resposta,

Atenciosamente,
Diogo
avatar
diogo0912

Mensagens : 64
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 26
Localização : Natal/RN

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Qua Jul 04, 2012 8:00 am

Caro Diogo,

Que a paz de Jesus esteja sempre no seu coração !!!

Cânone é uma palavra de origem tanto grega quanto hebraica. No grego temos KANON, e no hebraico temos QAMEH, tendo o significado de "CANA" (instrumento de medição). Assim, a palavra "CÂNONE" corresponde a "MEDIDA" ou "NORMA".

Para facilitar o desenvolvimento deste tópico, procurei fazer uma divisão dos nossos estudos em três partes distintas:

1. A primeira trata de generalidades, conceitos e definições a respeito do cânone.

2. A segunda trata do "cânone do antigo testamento" (ENTRE ASPAS MESMO).

3. A terceira trata do cânone do Novo Testamento.


CONTINUO DAQUI A POUCO !!!
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Qua Jul 04, 2012 10:24 am

1. GENERALIDADES, CONCEITOS E DEFINICÕES A RESPEITO DO CÂNONE

Algumas vezes o termo aparece no Novo Testamento se referindo a um campo ou um setor apostólico, e ainda, numa outra conotação, como uma afirmação comum de um ponto doutrinário.

No primeiro caso, se referindo a um campo ou um setor apostólico, nos ensina São Paulo:

"Do que somos, não nos orgulhamos sem medida; mas chegamos até vós aceitando a medida do lugar que Deus nos assinalou. Não ultrapassamos os limites, como se nossa competência não chegasse até vós. Chegamos até vós por primeiro, anunciando a boa nova de Cristo. Não nos excedemos, gloriando-nos de trabalhos alheios, mas esperamos que, ao aumentarem entre vós os fiéis, possamos ampliar muito entre vós nosso campo de ação e pregar a boa notícia mais além, sem nos gloriarmos de campos alheios já cultivados" (2Cor 10,13-16).

No segundo caso, como uma afirmação comum de um ponto doutrinário, o mesmo São Paulo nos ensina:

"Paz e misericórdia para todos os que seguem esta norma, o Israel de Deus" (Gl 6,16).

No primeiro caso, devemos observar que tal questão é colocada quando São Paulo escreve aos romanos, comunidade que não tinha fundado ( "Eu me empenhei por anunciar o Evangelho onde ainda não tinha sido anunciado o nome de Cristo, pois não queria edificar sobre fundamento lançado por outro" [Rm 15,20]). Ainda neste sentido, lembremo-nos do que disse Jesus aos seus discípulos: "Um semeia e outro colhe" (Jo 4,37-38).

No segundo caso, ponderemos que quando São Paulo se serve da expressão "Israel de Deus", se refere a um novo povo judeu, ou seja, aos judeus convertidos à verdade e reconhecendo Jesus como Messias com todas as consequências, se opõem aos judaizantes que, por um lado, não cumprem inteiramente a Lei e se apegam à circuncisão, e por outro, buscam triunfos em seu proselitismo à custa da liberdade alheia ( "Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Percorreis mares e terras para fazer um prosélito e, quando o conseguis, fazeis dele um filho do inferno duas vezes pior do que vós mesmos" [Mt 23,15]).

No uso eclesiástico, o termo "cânone" passou a designar a norma de fé, ou seja, a afirmação do dógma cristão, tanto na sua totalidade, quanto em algum dos seus aspectos. É exatamente por esta razão que as definições dos concílios eram chamadas "cânones".

Os regulamentos disciplinares das autoridades eclesiásticas passaram a ser chamados de "cânones", ou seja, regras de vida.

Também é chamada de "cânone" a parte fixa da missa que se distingue da parte variável de acordo com o tempo liturgico e as festas da Igreja.

A palavra "cânone" exprime ainda "relação" ou "enumeração", e é neste contexto que compreendemos o Cânone da Bíblia enquanto objeto do nosso estudo neste tópico.

CONTINUO MAIS TARDE !!!

Um grande abraço !!!


avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Qua Jul 04, 2012 11:12 am

VOLTEI...

O cânone da Bíblia corresponde a relação dos livros contidos na Bíblia. Assim, um livro é chamado CANÔNICO quando é considerado INSPIRADO, mesmo que estes dois termos não tenham o mesmo significado.

Um livro inspirado diz respeito a um livro que foi escrito por um ser humano que, ao escrevê-lo, recebeu toda a inspiração divina para tal, ao passo que um livro canônico é um livro reconhecido pela Igreja como INSPIRADO e PROPOSTO aos fiéis como Palavra de Deus e Fonte de Doutrina Revelada.

CONTINUO MAIS TARDE... O TEMPO ANDA MEIO CURTO !!!
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Qua Jul 04, 2012 11:59 am

Para a fé católica, a canonicidade da Bíblia é inteiramente determinada pela tradição da Igreja. A nossa Igreja é a única que tem o poder de determinar os livros sagrados custodiado pela revelação divina:

"E eu te declaro: Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei A MINHA IGREJA (única... não existem outras); e as portas do inferno não prevalescerão contra ela. Eu te darei as chaves do Reino dos Céus: Tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus" (Mt 16,18-19).

A partir deste poder conferido por Nosso Senhor a sua ÚNICA IGREJA, compreendemos que a Fé Católica difere da fé protestante, que determina a canonicidade da Bíblia com base na capacidade do livro de transmitir uma experiência religiosa com base na tradição hebraica.

Para a fé católica, o cânone compreende o Antigo Testamento aceito pelos Apóstolos e o Novo Testamento como coleção de escritos apostólicos.

Um grande abraço !!!
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Qua Jul 04, 2012 3:24 pm

2. O "CÂNONE DO ANTIGO TESTAMENTO"

Não é correto se falar de um cânone hebraico da Bíblia antes do advento da era cristã. Indubitavelmente, a controvérsia com os cristãos foi, com toda exatidão, o que tornou necessária a determinação do cânone.

Os hebreus possuiam uma coleção de livros sagrados, sem contudo haver uma catalogação que fosse comum a todos, uma canonização que os determinasse como livros sagrados antes da era cristã. Isto se torna evidente quando, perquirindo as Sagradas Escrituras, podemos encontrar no Antigo Testamento algumas alusões à redação e à conservação dos livros ou de partes dos livros:

"O Senhor disse a Moisés: Escreve-o num livro de memórias e leia-o para Josué: Apagarei a memória de AMalec debaixo do céu. Então Moisés pôs por escrito todas as palavras do Senhor" (Ex 17,14; 24,4);

"Moisés registrou as etapas da marcha, segundo a ordem do Senhor" (Nm 33,2);

"Quando Moisés terminou de escrever no documento os artigos desta lei até o fim, ordenou aos levitas que carregavam a arca da aliança do Senhor: Pegai este código da lei, depositai-o junto à arca da aliança do Senhor vosso Deus, para que fique aí como testemunho contra ti" (Dt 31,24-26);

"Nesse dia Josué selou a aliança com o povo e lhe deu leis e mandatos de Siquén. Escreveu as cláusulas no livro da lei de Deus" (Js24,25-26);

"Samuel explicou ao povo os direitos do rei e os escreveu num livro, colocando-o diante do Senhor" (1Sm 10,25);

"Outros provérbios do rei Salomão, recolhidos pelos escreventes de Ezequias, rei de Judá" (Pr 25,1);

"Agora vai e escreve-o numa tabuinha, grava-o em bronze, para que sirva no futuro como testemunho perpétuo" (Is 30,8);

"Pega o rolo e escreve nele todas as palavras que eu te disse sobre Judá e Jerusalém e sobre todas as nações, desde o dia em que comecei a falar-te, sendo rei Josias, até hoje. (...) Então, Jeremias chamou Baruc, filho de Nerias, para que escrevesse no rolo, ao ditado de Jeremias, todas as palavras que o Senhor lhe havia dito" (Jr 33,2.3).

Observadas estas passagens, logo percebemos que elas não indicam em qualquer momento o caráter sagrado dos livros em questão. De maneira antagônica, essa característica é notória em outras passagens bíblicas. Referir-me-ei a estas passagens na próxima postagem.

Um grande abraço !!!
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Qua Jul 04, 2012 4:41 pm

VOLTEI...

"No primeiro ano de seu reinado ( do reinado de Dário, filho de Xerxes), eu, Daniel, lia atentamente no livro das profecias de Jeremias o número de anos que Jerusalém haveria de ficar em ruínas: eram setenta anos" (Dn 9,2);

"E ainda com os estímulos dos livros santos não necessitemos de tais alianças, nos aventuramos a vos enviar uma embaixada para renovar convosco nossa aliança fraterna, a fim de não nos olhar como estranhos, pois já se passou muito tempo desde que nos enviastes aquela mensagem" (1Mc 12,9-10);

"Então todo o povo se reuniu como um só homem na praça que se abre diante da Porta da Água, e pediu ao letrado Esdras que trouxesse o livro da Lei de Moisés, que Deus havia dado a Israel. O sacerdote Esdras trouxe olivro da Lei diante da assembléia composta de homens, mulheres e todos os que tinham o uso da razão. Era meados de setembro. Na praça da Porta da Água, do amanhecer até o meio dia, leu o livro aos homens, as mulheres e aos que tinham o uso da razão. Todo o povo seguia com atenção a leitura da Lei" (Ne 8,1-3);

"Também se conta isso nas atas e nas memórias de Neemias, e que para organizar uma biblioteca reuniu os anais dos reis, os escritos dos Profetas e de Davi, e as cartas reais sobre doações. De forma parecida Judas reuniu todos os livros dispersos por causa da guerra que sofremos, e agora os temos à mão. Se necessitais deles, enviai-nos alguem para que os leve" (2Mc 2,13-15).

Estas passagens nos deixam muito claro que a extensão da coleção não está determinada com certeza, ou seja, não havia uma catalogação exata de quais os livros que cumpunham o todo.

CONTINUO MAIS TARDE !!!
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Qui Jul 05, 2012 8:03 am

No tempo atual os hebreus reconhecem o cânone da maneira como se encontra no texto massorético que é formado por 24 livros a saber:

a) A Lei - Gênesis, Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio;

b) Profetas mais antigos - Josué, Juizes, 1-2 Samuel, 1-2 Reis;

c) Profetas Posteriores - Isaias, Jeremoas e Ezequiel;

d) Profetas considerados como um só livro - Oséias, Joel, Amós, Abdias, Jonas, Miquéias, Naum, Habacuc, Sofonias, Ageu, Zacarias e Malaquias;

e) Os Escritos - 1-2 Crônicas, Esdras e Neemias, Ester, Rute, Salmos, Provérbios, Jó, Lamentações, Eclesiastes, Cântico dos Cânticos e Daniel.

Observe-se, neste caso que alguns livros estão agregados, como é o caso dos dois livros de Samuel, os dois livros dos Reis, os dois livros da Crônicas e Esdras e Neemias, além do grupo de livros dos doze profetas considerados como um único livro. Assim, sem estas agregações, o total de livros específicos deste cânone seria 39.

CONTINUO MAIS TARDE !!!

Um grande abraço !!!
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Qui Jul 05, 2012 10:26 am

No tempo atual os hebreus reconhecem o cânone da maneira como se encontra no texto massorético que é formado por 24 livros a saber:

a) A Lei - Gênesis, Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio;

b) Profetas mais antigos - Josué, Juizes, 1-2 Samuel, 1-2 Reis;

c) Profetas Posteriores - Isaias, Jeremoas e Ezequiel;

d) Profetas considerados como um só livro - Oséias, Joel, Amós, Abdias, Jonas, Miquéias, Naum, Habacuc, Sofonias, Ageu, Zacarias e Malaquias;

e) Os Escritos - 1-2 Crônicas, Esdras e Neemias, Ester, Rute, Salmos, Provérbios, Jó, Lamentações, Eclesiastes, Cântico dos Cânticos e Daniel.

Observe-se, neste caso, que alguns livros estão agregados, como é o caso dos dois livros de Samuel, os dois livros dos Reis, os dois livros da Crônicas e Esdras e Neemias, além do grupo de livros dos doze profetas considerados como um único livro. Assim, sem estas agregações, o total de livros específicos deste cânone seria 39.

CONTINUO MAIS TARDE !!!

Um grande abraço !!!


Última edição por Flávio Roberto Brainer de em Sex Jul 06, 2012 7:59 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Qui Jul 05, 2012 10:41 am

A catalogação grega alexandrina feita pelos hebreus nos séculos III II a.C. (SETENTA) inclui os dois livros dos Macabeus, Tobias, Judite, Eclesiástico, Sabedoria e Baruc, além das partes agregadas nos livros de Daniel e Ester, sendo estes livros considerados DEUTEROCANÔNICOS.

Estas duas coleções (massorética e alexandrina) são de origem hebraica, de maneira que a compreensão da relação entre ambas é algo ainda não explicado e marcado por uma complexidade a ser desvendada, ponderada a diferença de livros entre uma e outra coleção.

Aqui, convém acrescentar que os próprios hebreus, ao considerarem os livros de suas coleções, não chegaram à unidade em torno do cânone como podemos comprovar quando nos situamos diante dessa divergência.
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por Paulo Henrique Viana em Sex Jul 06, 2012 2:02 pm

Olá, Flávio

Primeiramente, gostaria que soubesse que tenho uma grande admiração e respeito pelo sua pessoa, baseado nos seus escritos e seriedade de como trata os assuntos. Já nos falamos anteriormente em outros temas.

Estou lendo em partes, o seu comentário. Estou curioso quanto algumas afirmações, pode me ajudar a entendê-las, eu creio.

A questão da igreja Católica ter o poder de determinar os livros sagrados, já está fechado, ou pode ocorrer de, em algum momento introduzir outos livros?

Quem de fato determina, é o Papa ou o Concílio?

Além dos livros do Antigo Testamento aceitos pelos apóstolos e do Novo escritos por eles, existe uma outra posição para se aceitar os livros atuais como inspirados por Deus?

aguardo seu parecer, um abraço



Paulo Henrique Viana

Mensagens : 110
Data de inscrição : 19/11/2010
Localização : Minas Gerais

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Sex Jul 06, 2012 7:53 pm

Caro Paulo,

Que a paz de Jesus esteja no seu coração !!!

Agradeço as suas palavras. Elas são para mim um estímulo para que continui a fazer sempre melhor tudo o que me for possível para assim glorificar sempre mais o nosso Deus.

O seu questionamento é muito interessante e trata de algo que eu nunca tinha imaginado antes. Acredito que o cânone da Bíblia seja algo acabado por parte da nossa Igreja.

Há muitos documentos e escritos inerentes à vida da Igreja e ao testemunho de mártires e santos que, muitas vezes fundamentados nas Sagradas Escrituras e até mesmo enriquecendo-lhe tanto o conteúdo quanto o significado, são conservados pela Igreja, sem contudo integrarem o cânone dos livros sagrados.

Entretanto, como a Igreja é regida pelo Espírito Santo de Deus e detém a autoridade dada por Jesus para ligar e desligar, não posso descartar a possibilidade de algum livro ser acrescentado. Quanto a quem faria isso, creio que a exemplo da eleição de Matias na qual Pedro, o primeiro dos Papas, reuniu os apóstolos para tomar uma posição, aconteceria algo de forma semelhante.

Acredito que no nosso tempo há muitos livros inspirados por Deus e muitos ainda surgirão. Entretanto, entre serem inspirados por Deus e integrarem as Sagradas Escrituras existe todo um processo a ser deliberado pela própria Igreja segundo o propósito de Deus.

Acredito também que há vários livros antigos escritos nas várias épocas em que foram escritos os livros da Bíblia que também foram inspirados por Deus e que não fazem parte do canone. Aliás, a própria Bíblia descreve que muito do que aconteceu naquele tempo não foi escrito, pois se assim o fosse, não haveria livro que coubesse o volume de escritos.

Ao término deste meu colóquio dirigido de modo específico a sua pessoa, quero deixar bem claro que ESTE PENSAMENTO É MEU, ou seja, ESTOU FALANDO POR MIM E NÃO PELA IGREJA.

Um grande abraço !!!
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Sab Jul 07, 2012 6:29 am

VOLTANDO AO TEXTO...

Há um fato muito curioso escrito no Eclesiástico aproximadamente por meados de 180 a.C. na Palestina. Trata-se do "Elogio dos Antepassados" (Eclo 44-50). O texto faz referência a todos os livros do cânone, excetuando-se os livros de Daniel, Esdras e Ester.

Aqui se percebe mais uma vez que não havia unanimidade nas várias catalogações dos livros entre os hebreus.

Em uma outra dimensão de pensamento, ponderando-se esta descrição do Elogio dos Antepassados aqui apresentada, poder-se-ia afirmar que os livros de Daniel, Ester e Esdras, pelo menos até aquela data, não faziam ainda parte do "cânone hebraico" embora que, por outro lado, tal afirmação se tornaria conflitante, uma vez que várias "catalogações" anteriores consideradas pelos próprios hebreus incluem estes livros ou partes deles.

CONTINUO MAIS TARDE !!!
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Sab Jul 07, 2012 7:15 am

No ano 93, já na era cristã, Flávio Josefo, historiador hebreu, nos seus escritos, faz referência ao total de 22 livros sagrados e de inspiração divina identificados como integrantes do "cânone hebraico", considerando-se que os livros de Juizes e Rute eram agregados, bem como os livros de Jeremias e Lamentações.

Estas agregações dos livros de Juizes e Rute e de Jeremias e Lamentações tiveram como finalidade fazer com que o número de livros do "cânone hebraico" fosse o mesmo número das letras do alfabeto do povo hebreu.

Flávio Josefo se refere ainda nos seus escritos a uma outra tradição rabínica na qual o "cânone hebraico" se encerrava com o livro de Esdras, numa forma de antagonismo ou contraposição à coleção alexandrina dos livros sagrados.

Outra tradição rabínica se refere à possibilidade de um "cânone hebraico" definido no Sínodo de Jamnia na Palestina, por volta do ano 100 da era cristã. Entretanto, muito pouco se sabe a respeito deste sínodo, considerando que praticamente não existem documentos históricos que nos dêem uma idéia clara ou precisa de suas finalidades, suas atividades e suas definições.

Até aqui, percebe-se com muita clareza que há um emaranhado de informações conflitantes a respeito do "cânone hebraico", ou seja, os relatos de caatalogação são divergentes entre si, numa demonstração inequívoca de que não havia unidade entre os hebreus no que diz respito a um cânone oficial. Assim, o cânone hebraico era "OFICIOSO", e não "OFICIAL".

CONTINUO MAIS TARDE !!!

Um grande abraço !!!
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Sab Jul 07, 2012 10:12 pm

VOLTEI...

Tanto a coleção palestinense (versão hebraica) quanto a coleção alexandrina (versão grega) surgiram de forma desordenada e não planejada. A divisão dos livros em Lei, Profetas e Escritos é comum às duas versões e, para alguns historiadores, está relacionada a possibilidade de ter havido três fases na catalogação dos livros. Entretanto, tal afirmação não pode ser ponderada com exatidão, uma vez que, por exemplo, na época do Eclesiástico, a coleção dos Escritos não estava definidas.

A coleção alexandrina não segue a coleção palestinense na estruturação e na ordem sequencial dos livros. Estas diferenças vem causando uma inquietude nos historiadores, uma vez que os hebreus de Alexandria seguiam fielmente as orientações dos rabinos de Jerusalém e, considerando esta questão, não há como se compreender a existência de tantas diferenças entre uma e outra coleção, quando as orientações dos dois grupos de hebreus procediam dos mesmos rabinos, da mesma fonte.

É importante considerar também a questão dos samaritanos que, separados dos hebreus cerca de 400 anos a.C., não aceitavam qualquer livro para além do Pentateuco (Gênesis, Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio).

Diante do exposto, não há dúvidas de que não existia um cânone do Antigo Testamento. Existiam algumas coleções de livros tidos como sagrados e que diferiam umas das outras, embora nelas existissem alguns livros que eram comuns e outros não. Não havia critérios de catalogação dos livros por parte do povo hebreu, nem unidade no ato de determinarem quais eram os livros considerados inspirados como inspirados por Deus.

AMANHÃ CONTINUO...

Um grande abraço !!!
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Seg Jul 09, 2012 5:44 am

CONTINUANDO...

No Novo Testamento, perquirindo o seu conteúdo, logo chegamos à conclusão de que Jesus e os apóstolos aceitam uma coloeçção de livros sagrados, cujos nomes correspondema tríplice divisão dos livros dos livros hebraicos. Todos os livros da coleção hebraica são citados no Novo Testamento, exceto Esdras, Neemias, Ester, Rute, Eclesiastes, Cântico dos Cânticos, Abdias e Naum.

Aproximadamente trezentas das trezentas e cinquenta citações do Antigo Testamento que aparecem no Novo correspondem à versão dos LXX, ou seja, a versão dos LXX constitui a fonte principal dessas citações. Nas denais, encontamos ecos e alusões aos livros 1-2 Macabeus, Eclesiástico e Sabedoria.

A partir de São Paulo, não há dúvida de que a versão dos LXX, incluindo os livros deuterocanônicos, constituia o Antigo Testamento da Igreja Primitiva, tendo sido adotada possivelmente pelo fato do grego ser a língua mais comum na região do mediterrâneo, onde era muito grande o número de pessoas que abraçavam a fé.

CONTINUO MAIS TAREDE !!!

Um grande abraço !!!


Última edição por Flávio Roberto Brainer de em Sab Jul 21, 2012 2:03 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Ter Jul 10, 2012 5:07 am

Com excessão de Melitão de Sardes (193 d.C) que adotava a coleção hebraica, a aceitação dos livros sagrados tal como está na versão dos LXX foi partilhada por todos os escritores eclesiásticos dos três primeiros séculos da era cristã.

A existência de uma diferença entre a coleção hebraica e a so LXX é menciobnada por Orígenes (254 d.C) que defende que os cristãos têm o direito de se servirem dos livros deuterocanônicos mesmo não sendo eles aceitos pelos hebreus.

O mesmo cânone é encontrado em várias comunidades dos primeiros cristãos como documento oficial:

Cheltenham (350); Hipona (393); Catargo (397), além do cânone de Inocêncio I (405).

A única excessão trata-se do cânone de Laodicéia (360).

COINTINUO MAIS TARDE !!!

Um grande abraço !
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Ter Jul 10, 2012 10:13 am

No século VI, alguns padres rejeitaram os livros deuterocanônicos, destacando-se Hilário de Potiers (366), Atanásio (373), Cirilo de Jerusalém (386), Gregório Nazianzeno (390), Rufino (410) e Jerônimo (420). Eram padres latinos que viveram muito tempo no Oriente e, por esta razão, retornaram ao cânone hebraico.

Esta posição destes padres permaneceu em discussão em vários círculo cultos até parte do século XVI, mesmo com a retomada do cânone de alexandrino no Concílio de Florença em 1441.

Uma minoria de padres queriam que fosse adotado o cânone hebraico ou que fosse pelo menos resolvida a questão dos livros deuterocanônicos no Concílio de Trento. depois de algumas controvérsia, no dia 8 de abril de 1546, o Concílio de Trento encerrou esta questão para os católicos e estabeleceu COM IGUAL DEVOÇÃO E REVERÊNCIA o cânone do Antigo Testamento assim definido:

Os cinco livros de Moisés, Gênesis, Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio, seguidos dos seguintes livros: Josué, Juizes, 1-2 Samuel, 1-2 Reis, 1-2 Crônicas, Esdras, Neemias, Tobias, Judite, Ester, 1-2 Macabeus, Rute, Salmos, Provérbios, Jó, Lamentações, Eclesiastes, Cântico dos Cânticos, Eclesiástico, Sabedoria, Isaias, Jeremias, Ezequiel, Baruc, Daniel Oséias, Joel, Amós, Abacuc, Miqueias, Jonas, Naum, Habacuc, Sofonias, Ageu, Zacarias e Malaquias.

Depois deste concílio, as igrejas protestantes aderiram ao cânone judaico, embora que algumas dentre elas admitam o valor espiritual de alguns dos livros deuterocanônicos.

CONTINUO MAIS TARDE...

Um grande abraço a todos !!!
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por diogo0912 em Ter Jul 10, 2012 11:04 am

Caro Roberto,

Muito obrigado por todas essas informações valiosíssimas! Gostaria, porém, que me tirasse algumas pequenas dúvidas que ficaram de suas postagens, para que assim, possa entender esse assunto com a plenitude que lhe deve ser devido.

Nas denais, encontamos ecos e alusões aos livros 1-2 Macabeus, Eclesiástico e Sabedoria.

Poderia, por favor, mostrar onde estão esses ecos e alusões?

A partir de São Paulo, não há dúvida de que a versão dos LXX, incluindo os livros deuterocanônicos, constituia o Antigo Testamento da Igreja Primitiva

Como assim?

No mais, você tem sido um grande amigo, e seus colóquios sempre me são de grande ajuda! Mais uma vez, muito obrigado!

att,
Diogo
avatar
diogo0912

Mensagens : 64
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 26
Localização : Natal/RN

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por Da Silva em Ter Jul 10, 2012 2:51 pm

Olá, prezados amigos. Achei interessante o questionamento suscitado por Diogo e gostaria de dialogar sobre o tema do Cânon Bíblico do AT e dos livros Deuterocanônicos. Desde o início, quero ser honesto na minha discussão e desde já explico: não compartilho completamente da concepção tradicional da Igreja, no tocante aos deuterocanônicos. São bons livros, possuem ensinos elevados e relativo valor histórico; mas não são inspirados, no sentido teológico do termo, nem possuem autoridade doutrinária. Após essa confissão, gostaria de saber: o amigo Diogo e os demais gostariam de dialogar comigo sobre esse assunto? Aguardo resposta e desde já agradço pelo espaço e o amor fraternal que nos une.

Da Silva
Cachoeira-Bahia.

Da Silva

Mensagens : 4
Data de inscrição : 10/07/2012
Localização : BAHIA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por Da Silva em Sex Jul 13, 2012 2:24 pm

Ainda estou aguardando respostas. O amigo Diogo aceita conversar comigo sobre o cânon do Antigo Testamento? como disse, não aceito os deuterocanônicos como normativos em termos doutrinários e gostaria de debater a questão (debater no bom sentido). O Diogo ficou com a pulga atrás da orelha quando conversou com seus amigos adventistas. Então, como não sabia do assunto, levantou a questão no fórum e pediu socorro para que o ajudassem a refutar os adventistas. Agora que foi bem auxiliado, Diogo, gostaria de debater comigo sobre o assunto? Aguardo pacientemente sua resposta.

Da Silva

Mensagens : 4
Data de inscrição : 10/07/2012
Localização : BAHIA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por Da Silva em Sex Jul 13, 2012 2:39 pm

Gostaria muito de conversar sobre o tema por que, infelizmente, ainda circula em nosso meio (mas não nos melhores centros acadêmicos), antigas e ultrapassadas teses liberais sobre a formação tardia (pós-cristã) do cânon do AT e sobre o sínodo de Jâmnia. Alguns, desatualizadamente, ainda defendem que o cânon autorizado pela Igreja é o suposto "cânon alexandrino" representado pela Septuaginta (LXX). pensam que os "deuterocanônicos" eram concebidos pelos pais da igreja como inspirados por Deus e não conhecem absolutamente nada sobre as decisões tridentinas. Que pena que essas ideias ainda proliferam entre nós.

Que Deus abençoe cada vez mais nossas vidas e ilumine nossos caminhos!

Da Silva
Bahia.

Da Silva

Mensagens : 4
Data de inscrição : 10/07/2012
Localização : BAHIA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por diogo0912 em Dom Jul 15, 2012 5:19 pm

Olá, Da Silva,

Gostaria muito que você expusesse sua opinião! Um bom debate é muito bom! Ainda estou esperando a continuação do texto do Brainer!
avatar
diogo0912

Mensagens : 64
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 26
Localização : Natal/RN

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por Da Silva em Seg Jul 16, 2012 3:52 pm

Tudo bem, prezado Diogo. Então vamos aguardar que o restante do texto do Roberto seja postado. A Paz de Cristo a todos!

Abraço.

Da Silva
Bahia.

Da Silva

Mensagens : 4
Data de inscrição : 10/07/2012
Localização : BAHIA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Sab Jul 21, 2012 2:27 pm

3. O CÂNONE DO NOVO TESTAMENTO

A coleção dos livros do Novo Testamento como livros sagrados teve início com a conservação dos escritos por partedos ambientes apostólicos, testemunhas oculares da vida e dos ensinamentos de Jesus, sobre os quais o Espírito Santo havia descido em línguas de fogo no dia de Pentecostes, tornando os apóstolos os legítimos sucessores dos profetas.

É importante observarmos que desde o século I já se tem o começo dessa coleção. Muitas citações dos escritos do Novo Testamento, geralmente implícitas, já eram encontradas nos escritos de São Clemente de Roma (100), Santo Inácio de Antioquia (107), São Policarpo e Esmirna (156), no Pastor de Hermas eswcrito em Roma por volta dos anos 140-155, e na Didachê Apostolorum (Doutrina dos Apóstolos) escrita na Síria e/ou Palestina entre os anos de 80 e 100. Depois de 150, o Novo Testamento é citado como Escritura no mesmo nível do Antigo Testamento.

O mais antigo cânone do Novo Testamento se deve a cristãos heréticos, e não a cristãos ortodoxos. Marcião (150) rejeitou todo o Antigo Testamento e, do Novo Testamento, aceitou Lucas, Romanos, 1-2 Coríntios, Gálatas, Efésios, Colossenses, 1-2 Tessalonicenses, Filipenses e Filemon. Este fato foi de fundamental importância para a definição de um cânone ortodoxo que aparece pela primeira vez no Fragmento de Muratori por volta do ano 200, omitindo Hebreus, Tiago e 1-2 Pedro.

CONTINUO MAIS TARDE...

avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livros deuterocanônicos

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum