a trindade

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

a trindade

Mensagem por quemtembocadizaverdade em Qua Jul 04, 2012 10:27 pm

são 3 pessoas distintas com um só propósito ou é uma só pessoa que se divide em 3?
avatar
quemtembocadizaverdade

Mensagens : 342
Data de inscrição : 15/09/2010
Localização : sao paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a trindade

Mensagem por Adriana V. em Qui Jul 05, 2012 2:49 pm

Até onde eu sei são 3 pessoas distintas, mas que possuem uma única natureza (substância).

Adriana V.

Mensagens : 9
Data de inscrição : 03/05/2012
Localização : Arapiraca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a trindade

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Qui Jul 05, 2012 3:13 pm

Esta temática está abordada no nosso fórum no link:

http://quemtembocavaiaroma.livreforum.com/t88-santissima-trindade?highlit=Santº/
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a trindade

Mensagem por quemtembocadizaverdade em Seg Jul 09, 2012 10:55 pm

Li o link e gostei muito da abordagem. Até porque já estou estudando as escrituras e investigando por mim mesma pedindo auxílio a Deus. Já não tenho aquele precedente, se é que posso chamar assim de achar que tudo que minha igreja ensinar é que é o certo. Quero achar na Bíblia toda verdade revelada por Deus, como um tesouro escondido. Sei que seu Espírito me guiará nessa busca. eu só tenho umas d´vidas já antigas. Ouvi dizer que esse verso de Mateus que manda batizar em nome dos 3 não existe no original, assim como aquela passagem de uma epístola de João que diz que são 3 que testificam no céu. uma testemunha de Jeová me mostrou em uma bíblia antiga que eu tinha aqui em casa que esse verso não tinha. e realmente não tinha. como é isso?
Realmente, sempre pensei que a solidão não combina com Deus. E se eu não crer na trindade, sabendo que ele é eterno vou ter que admitir que ele viveu uma eterna solidão. Isso não combina. Obrigada pelo esclarecimento e se puderem me responder sobre esses versos, agradeço.
avatar
quemtembocadizaverdade

Mensagens : 342
Data de inscrição : 15/09/2010
Localização : sao paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a trindade

Mensagem por Pe. Anderson em Sab Ago 18, 2012 12:24 pm

Cara Erenice,

Como vai? Quanto tempo, não? São boas as suas questões e melhor ainda é o seu novo modo de se posicionar diante do estudo e das discusões conosco. Parabéns e que Deus sempre lhe abençoe.

Não há nada que demonstre que aqueles versículos não esteja no original da Bíblia. Primeiro porque não temos nenhum original da Bíblia. Tudo o que temos são cópias dos séculos III e IV (são os papiros mais antigos). Em todos eles aqueles versículos aparecem. Não há como provar que não são originais. Além disso, esses versículos estão de acordo com toda a Revelação do Novo Testamento, no qual a grande novidade é a Revelação de Jesus Cristo como o Filho único de Deus, que é Pai e que age sempre ungido pelo Espírito Santo. Veja os outros textos que antes já citamos e comprove como estão totalmente de acordo.

De fato, "Deus é único mas não é solitário". O Catecismo da Igreja Católica diz o seguinte:


I. «Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo»

232. Os cristãos são baptizados «em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo» (Mt 28, 19). Antes disso, eles respondem «Creio» à tríplice pergunta com que são interpelados a confessar a sua fé no Pai, no Filho e no Espírito Santo: «Fides omnium christianorum in Trinitate consistit – A fé de todos os cristãos assenta na Trindade») (33).

233. Os cristãos são baptizados «em nome» do Pai e do Filho e do Espírito Santo, e não «nos nomes» deles porque não há senão um só Deus – o Pai Omnipotente, o Seu Filho Unigénito e o Espírito Santo: a Santíssima Trindade.

234. O mistério da Santíssima Trindade é o mistério central da fé e da vida cristã. É o mistério de Deus em si mesmo. E, portanto, a fonte de todos os outros mistérios da fé e a luz que os ilumina. É o ensinamento mais fundamental e essencial na «hierarquia das verdades da fé» (35). «Toda a história da salvação não é senão a história do caminho e dos meios pelos quais o Deus verdadeiro e único, Pai, Filho e Espírito Santo, Se revela, reconcilia consigo e Se une aos homens que se afastam do pecado»(36).

O DOGMA DA SANTÍSSIMA TRINDADE

253. A Trindade é una. Nós não confessamos três deuses, mas um só Deus em três pessoas: «a Trindade consubstancial» (64). As pessoas divinas não dividem entre Si a divindade única: cada uma delas é Deus por inteiro: «O Pai é aquilo mesmo que o Filho, o Filho aquilo mesmo que o Pai, o Pai e o Filho aquilo mesmo que o Espírito Santo, ou seja, um único Deus por natureza» (65). «Cada uma das três pessoas é esta realidade, quer dizer, a substância, a essência ou a natureza divina» (66).

254. As pessoas divinas são realmente distintas entre Si. «Deus é um só, mas não solitário» (67). «Pai», «Filho», «Espírito Santo» não são meros nomes que designam modalidades do ser divino, porque são realmente distintos entre Si. «Aquele que é o Filho não é o Pai e Aquele que é o Pai não é o Filho, nem o Espírito Santo é Aquele que é o Pai ou o Filho» (68). São distintos entre Si pelas suas relações de origem: «O Pai gera, o Filho é gerado, o Espírito Santo procede»(69). A unidade divina é trina.

255. As pessoas divinas são relativas umas às outras. Uma vez que não divide a unidade divina, a distinção real das pessoas entre Si reside unicamente nas relações que as referenciam umas às outras: «Nos nomes relativos das pessoas, o Pai é referido ao Filho, o Filho ao Pai, o Espírito Santo a ambos. Quando falamos destas três pessoas, considerando as relações respectivas, cremos, todavia, numa só natureza ou substância» (70). Com efeito, «n'Eles tudo é um, onde não há a oposição da relação» (71). «Por causa desta unidade, o Pai está todo no Filho e todo no Espírito Santo: o Filho está todo no Pai e todo no Espírito Santo: o Espírito Santo está todo no Pai e todo no Filho»(72).

Fonte: http://www.vatican.va/archive/cathechism_po/index_new/p1s2c1_198-421_po.html

Grande abraço a voce e a todos.
avatar
Pe. Anderson
Admin

Mensagens : 952
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 35
Localização : Roma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a trindade

Mensagem por quemtembocadizaverdade em Seg Ago 20, 2012 3:22 pm

O prazer é meu padre. Entendi suas colocações. Fico realmente emocionada em pensar nesse Deus maravilhoso. Muito obrigada pelas explicações. Deus abençõe a todos ricamente.
avatar
quemtembocadizaverdade

Mensagens : 342
Data de inscrição : 15/09/2010
Localização : sao paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Trindade

Mensagem por rgsp12 em Qua Ago 29, 2012 12:50 pm

Oi,
Ao ler sua postagem muito me interessei, pois, desde criança tive a curiosidade de entender esse mistério. E foi, exatamente, ele que me fez buscar um estudo mais aprofundado em saber quem seria Deus, Jesus e o Espírito Santo.
Hoje, entendo que são pessoas distintas ou seres distintos, conforme afirma o catecismo, nº 254 citado:
1 - Deus – criador de tudo.
2 - Jesus – Revelador da Verdade e o que nos traz o Espírito Santo, vejamos em João 14, 16-17: “E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre; O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós.”
3 - Espírito Santo: Revelador da Verdade que habita em nós, que o mundo não vê, mas intercede por nós a todo momento e solta gemidos inexprimíveis quando contrariamos a sua Verdade, vejamos em Romanos 8 e alguns de seus versículos: 11 E, se o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita. (...) 16 O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. (...)26 E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis. 27 E aquele que examina os corações sabe qual é a intenção do Espírito; e é ele que segundo Deus intercede pelos santos.
Nosso Senhor Jesus Cristo em muitas das suas passagens deixa sempre muito claro que o Pai convivia com Ele e testemunhava a seu favor, eram dois em um só, ou sejam, duas pessoas que conviviam interligados, unos; vejamos a passagem que Filipe questiona Jesus em João 14: 8-9: “ Disse-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai, o que nos basta. Disse-lhe Jesus: Estou há tanto tempo convosco, e não me tendes conhecido, Filipe? Quem me vê a mim vê o Pai; e como dizes tu: Mostra-nos o Pai?"
Que concluo que em nós habita um Ser Santo que nos guia, nos orienta, nos mostra o caminho de Jesus e que se seguirmos chegaremos a unificação com esse Ser e nos tornaremos Santos.


rgsp12

Mensagens : 6
Data de inscrição : 29/08/2012
Localização : Belém/Pa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a trindade

Mensagem por Pe. Anderson em Qua Ago 29, 2012 5:43 pm

Caro "Rgsp12",

Seja muito bem-vindo ao nosso fórum. Obrigado pela sua participação. Só gostaria de lhe fazer uma ressalva: em Deus só há um ser, pois só há um Deus; o que é Trino em Deus é exatamente as "pessoas", palavra que indica as diferentes relações de origem no seio da Santíssima Trindade: é o Pai quem gera o Filho; o Filho quem é gerado pelo Pai; e o Espírito Santo que procede do Pai e do Filho.

O Mistério central da nossa fé é que há um só Deus e tres pessoas divinas.

Eu procurei esclarecer bem esse tema com textos meus em outro tópico. Vejam:

http://quemtembocavaiaroma.livreforum.com/t1226p15-ser-pessoa#12841

Grande abraço e que o Senhor sempre lhes abençoe.
avatar
Pe. Anderson
Admin

Mensagens : 952
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 35
Localização : Roma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a trindade

Mensagem por rgsp12 em Qui Ago 30, 2012 9:57 am

Caro Pe. Anderson,
É com satisfação que participo deste fórum, sou nova por aqui e vejo que o respeito e a apresentação das opiniões são colocadas com o intuito de aperfeiçoar o ser humano.
Para mim em Deus não há mistérios, como posso amar alguém que não conheço? Deus é todo amor e todo bondade, há em mim uma porção Dele e essa porção que me faz conectar com o que é bom, meu Espírito Santo.
Acredito e como coloquei na postagem que Jesus é um Ser, o Espírito Santo é um Ser e Deus é o Todo, é Amor.
Eu já li o tópico sugerido, obrigada!
Abraços!!!

rgsp12

Mensagens : 6
Data de inscrição : 29/08/2012
Localização : Belém/Pa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a trindade

Mensagem por Adriana V. em Qui Ago 30, 2012 2:44 pm

Caro(a) rgsp12,

Acredito que o mistério na Santíssima Trindade é:
Como, em um único ser, podem haver três pessoas?
Acredito que, por mais que se tente explicar, e por mais comparações que se use, não é possível para um ser humano compreender plenamente à Trindade. Santo Agostinho, Doutor da Igreja e grande filósofo, tentou. Ele chegou à conclusão de que o homem, com sua capacidade de compreensão limitada, não é capaz de compreender plenamente a Deus.

Adriana V.

Mensagens : 9
Data de inscrição : 03/05/2012
Localização : Arapiraca

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a trindade

Mensagem por quemtembocadizaverdade em Qui Ago 30, 2012 10:50 pm

rgsp12, olha só uma observação: vc falou sobre as atribuições dos 3 quero fazer uma observação: o Criador, não é somente Deus o Pai. Os 3 me parece estão ligados à criação. Isso podemos ler em gênesis: façamos o homem... no plural como em hebreus 1 e João 1. Esses capítulos revelam Jesus como Criador.
avatar
quemtembocadizaverdade

Mensagens : 342
Data de inscrição : 15/09/2010
Localização : sao paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a trindade

Mensagem por rgsp12 em Ter Set 25, 2012 1:42 pm

Bom dia,
Acredito que à medida que crescemos (evoluimos) espiritualmente conseguimos compreender a natureza das coisas, foi assim com Jesus, que viveu 33 anos e 3 deles foi anunciando a Verdade. Ele evolui: "Eu venci o mundo, vocês também podem". Se vivo segunda sua Verdade, logo, creio, que eu possa fazer o que Ele fez, ou seja, evoluir e me santificar.
Santo Agostinho, certamente, se deparou com essa questão, mas quem nos garante, que ele já não conseguiu desvendar esse mistério?
Quanto às atribuições? Concordo, difere da natureza das pessoas em questão, então, vejamos a natureza, conforme eu já consegui alcançar:
Deus: energia de amor, individualizou-se para proceder com a criação, sua essência está em tudo que criou: nos homens, na natureza e nos anjos.
Jesus Cristo: "Filho do homem", então, sua natureza é humana, descendente de Adão e Eva, constituído de matéria e espírito. Jesus conseguiu que sua essência divina tornar-se maior que a carne, santificou-se em matéria, rompeu com este mundo.
Espírito Santo: Ser espíritual que se santificou. Porém, essa santificação pode ocorrer de duas formas: em matéria, o que aconteceu com Nosso Senhor Jesus Cristo e com muitos santos que conhecemos e os que não conhecemos, renunciam a si mesmo, as vontades da carne, carregam a sua cruz e tornam-se um só com o Pai que habita em nós.
E em espírito, depois do desencarne, o ser toma consciência de sua condição e passa a evoluir e atinge a sétima frequência.
Tanto em um e outro caso, esses Espíritos Santificados resolvem acoplar-se aos seres humanos que nascem.
É por isso que NSJC afirma que o Espírito Santo ninguém o pode ver e que habita em nós, ninguém o vê, porque está isolado no nosso sétimo campo magnético, em nossa casa magnética. Cada pessoa tem um Santo que nos orienta, dia e noite, seu amor é tão grande que Ele nos enche de otimismo e sabedoria, entristece-se com os nossos erros. Apóstolo Paulo nos diz que Ele solta gemidos inexprimíveis, sabem o que é isso: é o coração apertado, é a consciência que reclama quando contrariamos a nossa própria Verdade.
Poderiam até perguntar e porque ainda não o Vi e ainda nem sei seu nome? Ele fala incansavelmente conosco, porém, existe a barreira do subconciente (segundo Freud), que conheço como elementos da Mente: vaidade, gula, orgulho, egocentrismo, volúpia, ciúme, avareza, arrogância, mentira, mimo, etc. Para Freud, Ele é o nosso inconsciente, o super ego. Assim , a natureza do Espírito Santo é humana. Só um humano poderia entender as dores que passamos, foi por isso que a salvação veio por um ser humano (NSJC) e continua sendo pelos nossos Espíritos Santos, que não deixou de ser humano quando perdeu a matéria.
Quanto aos anjos, eles também tem a essência de Deus, porém sua natureza é angelical, são diferentes dos seres humanos.
Abraços.

rgsp12

Mensagens : 6
Data de inscrição : 29/08/2012
Localização : Belém/Pa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a trindade

Mensagem por rcassiadcn em Sab Out 27, 2012 7:05 pm

Muitas pessoas acreditam na trindade, mas qual a base dessa crenca se a palavra trindade nem nas Sagradas Escrituras aparece. Interessante que o relato sobre o bastimo de Jesus aconteceu da seguinte maneira as Sagradas Escrituras diz o que aconteceu em Mateus 3:16,17 "Depois que Jesus foi batizado, saiu logo da água. Eis que os céus se abriram e viu descer sobre ele, em forma de pomba, o Espírito de Deus. E do céu baixou uma voz: Eis meu Filho muito amado em quem ponho minha afeição." Se lemos com atencao e meditarmos vemos que nao desceu sobre Jesus uma pessoa mas o Espirito de Deus em forma de uma pomba. Entende-se que o Espirito é uma forca e nao uma pessoa. Esta forca vinha de Deus e desde aquele momento Jesus se tornou o Messias ou o Cristo pra ser Lider e Rei.
E a voz vinda do Céu era do Proprio Deus, visto que ele disse "meu Filho muito amado", entao nao poderia ser o proprio Jesus. Mas sim seu Pai que
vive no Céu. O que notamos 2 pessoas Pai e Filho e uma forca ativa.

rcassiadcn

Mensagens : 22
Data de inscrição : 20/05/2012
Localização : ALEMANHA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

YHWH

Mensagem por MSPP em Qui Nov 08, 2012 2:28 pm

Eu queria realçar que o termo «pessoas» divinas vem dos teólogos e do grego «Prosopon» (latim «persona») que originalmente significava «máscara».
Com a evolução das línguas e por influência dos teólogos a palavra «pessoa» foi gradualmente tomando um significado diferente que para os teólogos passou a ser «o que distingue o PAI, Filho e Espirito Santo» assim como a sua relação entre si.
Na verdade o significado desta palavra usada pelos teólogos é muito vaga, mas na linguagem popular continuou a evoluir no sentido que agora a conhecemos e que é muito diferente do sentido dado pelos teólogos, apesar da sua imprecisão. Assim as pessoas normais, sem estudos de teologia enfiam um garruço na cabeça e não sabem do que estão a falar já que isso não tem sido bem explicado. O facto misterioso da imprecisão pode ter motivado tal interesse, mas o que me impressiona é continuarem a falar em Trindade e até a dogmatizar esse palavrão cujo sentido é impreciso e até enganador, para os não teólogos.
A verdade é que no nosso meio todos conhecem o termo SS TRINDADE (e até há muitas mais trindades, em diversas religiões do paganismo e podemos mesmo encontrar uma espécie de trindade satânica na Biblia: Confirme isso clicando aqui para ver Apocalipase 16:13-14.).

Muito pouco se sabe acerca da Natureza divina, pois é para nós impossível definir YHWH, que como devem saber é o verdadeiro nome de DEUS.
Porque é que se fala em «trindade» ou até mesmo em SS. TRINDADE em vez de YHWH (na linguagem escrita) ou, em Português, Javé (ou Jeová) na linguagem oral?! ...
Será uma reação anti semítica de desprezo para com os Judeus por terem sido considerados o povo da eleição divina?
Yeshua (Jesus) era judeu e disse claramente que a salvação vem dos judeus!
Vós adorais o que não conheceis; nós adoramos o que conhecemos, pois a salvação vem dos judeus.
(João 4:24)
Eu não adoro nenhuma «trindade» mas YHWH!
Nesta minha expressão não deixo qualquer dúvida!
avatar
MSPP

Mensagens : 429
Data de inscrição : 07/04/2012
Idade : 73
Localização : Ermesinde - Portugal

Ver perfil do usuário https://sites.google.com/site/rrfn001/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a trindade

Mensagem por rcassiadcn em Dom Dez 09, 2012 12:11 pm

Saber a Verdadeira pronuncia do nome de Deus esta claro que nimguém sabe mas, sabemos que o nome existe e deve ser usado e é isso que Deus Jeová espera de cada um que passa a o reconchecer como Deus o Todo Poderoso faça. "Para que saibam que só tu, cujo nome é Jeová, És o Altíssimo sobre toda a terra". Salmos 83:18
A trindade é uma crença nao Biblica, porque é a ideia de um Deus Trino e nao é isso que a Biblia ensina, ela diz que Pai e Filho sao pessoas distintas e que o Espirito Santo é a Força ativa de de Deus.

rcassiadcn

Mensagens : 22
Data de inscrição : 20/05/2012
Localização : ALEMANHA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a trindade

Mensagem por rcassiadcn em Dom Dez 09, 2012 12:15 pm

Mais de 500 anos após este restabelecimento, o Messias realmente se apresentou aos judeus em Jerusalém. Isto aconteceu também no tempo designado, em 33 EC, cumprindo a profecia de Daniel, do capítulo 9, versículos 24-27. Mas foi o Messias acolhido por Jerusalém? Não, porque as esperanças dela se haviam tornado políticas. Jerusalém havia apostatado dos ensinos da Palavra de Jeová, e os governantes dos judeus cometeram o crime imperdoável de assassinar o próprio Filho de Deus! Apenas três dias antes de ser cruelmente pregado numa estaca de tortura, o Messias, Jesus, dissera àquele povo: “Jerusalém, Jerusalém, matadora dos profetas e apedrejadora dos que lhe são enviados — quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, assim como a galinha ajunta os seus pintinhos debaixo de suas asas! Mas vós não o quisestes. Eis que a vossa casa vos fica abandonada.” (Mateus 23:37, 38) A Jerusalém terrestre foi julgada e abandonada por Jeová naquele ano de 33 EC. Em 70 EC, os exércitos romanos arrasaram Jerusalém e eliminaram a maior parte de seu povo, destruindo também o templo, junto com os registros genealógicos e outros referentes ao sistema judaico.
9 Será que a reconstruída Jerusalém terrestre tem usufruído alguma bênção de Deus desde aquele tempo? Sua turbulenta história dos últimos 1.900 anos fornece a resposta. E hoje em dia, Jerusalém continua a ser uma cidade dividida quanto à religião. Não há ali nenhuma “posse da paz dupla”, nenhuma glória para Jeová. A Jerusalém terrestre não ocupa mais nenhum lugar no seu propósito divino. Os relatos nos faz entender que a salvaçao jamais viria pelos judeus da atualidade.

rcassiadcn

Mensagens : 22
Data de inscrição : 20/05/2012
Localização : ALEMANHA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a trindade

Mensagem por MSPP em Dom Dez 09, 2012 3:10 pm

Qual a diferença entre modalismo e o pré-trinitarismo?
Sabemos que os trinitaristas fazem derivar a palavra «pessoa» de «prosopon» que significava «máscara».
Os modalistas (Sabelianismo) diziam que DEUS teria três "faces" ou "máscaras" (em grego: πρόσωπα - prosopa; latim personae)
http://pt.wikipedia.org/wiki/Sabelianismo

Contudo agora, a palavra «pessoa» tem um significado muito diferente do que dão os defensores da Trindade.

Para mim e baseando-me nas Escrituras há um só DEUS: O PAI; e ELE é uma só PESSOA divina (com o sentido normal de pessoa). O LOGOS (VERBO) e o Espírito Santo fazem parte de DEUS, da sua substância e que poderemos considerar como que atributos de YHWH - DEUS. Foi através do VERBO (LOGOS), que para mim é a SUA VONTADE, que YHWH criou TUDO. Usando duas analogias também posso dizer que é com a MINHA mão direita que escrevo e com o meu pensamento que raciocino.
YHWH não criou do NADA, mas do seu PODER (ou força, ou energia) a que chamamos de Espírito Santo. Espirito é acção, força, poder. É santo porque é de YHWH (DEUS).
O homem Yeshua Messiah (Jesus Cristo Homem) ainda não existia, na altura da criação, já que ele é um homem: uma PESSOA humana. Este homem (a que os teólogos chamam de «natureza humana» de Yeshua) foi criado por YHWH (aqui criar e gerar são praticamente sinónimos), mas como sabemos a sua Conceição foi diferente da das outras pessoas, pois não teve intervenção de um ser humano masculino. A matéria genética feminina veio do óvulo de sua mãe. A matéria genética masculina que normalmente vem de um espermatozóide foi criada na altura da Conceição. Ao mesmo tempo houve também uma encarnação do LOGOS, (natureza divina, na linguagem dos teólogos) ficando assim Yeshua ligado espiritualmente a YHWH, desde a sua conceição, mas os seus atributos foi desenvolvendo lenta e naturalmente ao longo do seu crescimento (Lucas 2:52). O LOGOS não foi nunca criado, já que sempre fez parte de YHWH: O PAI.
Yeshua não são duas pessoas: uma divina e outra humana, mas uma só PESSOA HUMANA. Os teólogos chamam a esta unidade de união hipostática das duas naturezas do Cristo.

Assim YHWH para mim não tem 3 máscaras (caras), nem no sentido dado pelos «modalistas», nem no sentido que agora dão os teólogos com a sua teoria duma trindade enigmática.

O modalismo, também chamado de Monarquianismo http://pt.wikipedia.org/wiki/Monarquianismo
foi rotulado de «patripassianismo» porque por seu intermédio se podia concluir erradamente que O PAI morreu, quando Yeshua foi pregado no madeiro. Talvez o trinitarismo fosse o resultado de uma reacção contra o «patripassianismo» que foi evoluindo até que se converteu em dogma da igreja Católica.
Os teólogos trinitários dividem YHWH em 3 «pessoas divinas» num só SER (DEUS). Essas «pessoas divinas» são distintas umas das outras, de acordo com as suas características próprias, mas partilham uma só substância divina. Contudo, a palavra «pessoa» (ou «pessoas») não tem o significado que tem agora a mesma palavra «PESSOA» dado pelo povo. Esse significado é difícil de definir e eles reclamam o direito de usarem essa palavra com o significado enigmático que eles lhe dão, pois se deve aos trinitaristas a evolução dessa palavra, antes de ter evoluído para o significado que agora lhe dá o povo.
Assim, podemos considerar na palavra «PESSOA» vários significados:
1) inicial (prosopon) que significava «máscara».
2) o significado bastante indefinido que lhe dão os teólogos.
3) o significado corrente e bem definido que foi derivado do significado indefinido que lhe davam e dão os teólogos.

Eu uso nos meus comentários o 3º significado, tanto no sentido de PESSOA DIVINA (o PAI:YHWH), como no sentido de PESSOA HUMANA (no caso de qualquer homem ou mulher incluindo Yeshua: Jesus) e PESSOA ESPIRITUAL, no caso dos anjos e dos demónios incluindo Satã.
Pessoa também tem um significado colectivo no vocabulário jurídico quando dizem que uma sociedade é uma pessoa jurídica da qual fazem parte muitos seres (pessoas ou entes) humanos, como sócios dessa sociedade.
avatar
MSPP

Mensagens : 429
Data de inscrição : 07/04/2012
Idade : 73
Localização : Ermesinde - Portugal

Ver perfil do usuário https://sites.google.com/site/rrfn001/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a trindade

Mensagem por MSPP em Dom Dez 09, 2012 3:22 pm

Amigo rcassiadcn,
É verdade que a Jerusalém terrestre do tempo de Yeshua foi abandonada por YHWH, mas em Apoc. 20:9 fala-se de uma cidade predilecta que suponho estar na terra e ser Jerusalém (após o tempo dos gentios).
A sua tradução do Novo Mundo chama de «cidade amada».
Ora veja aqui: http://www.jw.org/pt/publicacoes/biblia/Revela%C3%A7%C3%A3o/20#v-9
Se ler o cap. 11 da carta aos Romanos poderá concluir que YHWH não rejeitou o seu povo para sempre, mas que voltará a ter um papel predominante após o tempo dos gentios.
Também os profetas do A.T. predizem grandes bênçãos localizadas num futuro para os judeus, que são o seu povo escolhido: «as SUAS TESTEMUNHAS».
avatar
MSPP

Mensagens : 429
Data de inscrição : 07/04/2012
Idade : 73
Localização : Ermesinde - Portugal

Ver perfil do usuário https://sites.google.com/site/rrfn001/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a trindade

Mensagem por rcassiadcn em Ter Dez 18, 2012 6:49 pm

A nação de Israel tinha a possibilidade exclusiva de suprir os membros para “um reino de sacerdotes e uma nação santam, mas perderam este previlegio. Como nação, os judeus do primeiro século rejeitaram a Jesus. Assim, a oportunidade de produzir o descendente de Abraão deixou de ser exclusividade deles. Mas no Pentecostes de 33 EC, quando começou a escolha dos que comporiam o celestial “reino de sacerdotes”, certo número de judeus de retidão aceitou o convite. Note a resposta do apóstolo Paulo: “Não é como se a palavra de Deus tivesse falhado. Porque nem todos os que procedem de Israel [literal] são realmente ‘Israel’. Tampouco por serem o descendente [descendência] de Abraão são todos eles filhos [parte do descendente de Abraão] . . . Quer dizer, os filhos na carne não são realmente os filhos de Deus, mas os filhos da promessa é que são contados como o descendente.” (Rom. 9:6-8) Portanto, ser descendente natural de Abraão não era um requisito rígido para cumprir o propósito de Jeová com relação ao descendente.

rcassiadcn

Mensagens : 22
Data de inscrição : 20/05/2012
Localização : ALEMANHA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: a trindade

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum