Consagração da Rússia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Consagração da Rússia

Mensagem por Halmenara em Sab Nov 03, 2012 12:32 pm

Alguém saberia dizer o porque, ou explicar o rastro de raciocínio que impediram os papas de consagrarem a Rússia conforme foi pedido por N.Sra.de Fátima?

Halmenara

Mensagens : 105
Data de inscrição : 01/02/2012
Idade : 58
Localização : São Bernardo do Campo - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consagração da Rússia

Mensagem por MSPP em Ter Nov 06, 2012 2:27 pm

Quanto a mim é porque sabem que a «Sra. de Fátima» é uma tentação sedutora que não leva a NADA nos propósitos de YHWH.
Também não quiseram «correr riscos» .... ... ... ...

MSPP

Mensagens : 429
Data de inscrição : 07/04/2012
Idade : 72
Localização : Ermesinde - Portugal

Ver perfil do usuário https://sites.google.com/site/rrfn001/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consagração da Rússia

Mensagem por MSPP em Sab Nov 10, 2012 1:27 pm

Eu ponho as coisas ao contrário!
Já antes dos acontecimentos de Fátima se rezava o terço.
Esses acontecimentos de Fátima com o nome de aparições foram muito acarinhados e possivelmente até provocados pelo clero para entre outras coisas porem as pessoas a rezar o terço.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Ter%C3%A7o_(religi%C3%A3o)#Forma_de_rezar_o_Santo_Ros.C3.A1rio_de_Nossa_Senhora

Interessante:
Antigamente o terço era 1/3 do Rosário.
Agora o rosário passou a ter 4 "terços".
Poderemos então chamar ao terço de quarto, já que cada terço passou a ser 1/4 do Rosário?! ...
Lógica: 1/3=1/4.

MSPP

Mensagens : 429
Data de inscrição : 07/04/2012
Idade : 72
Localização : Ermesinde - Portugal

Ver perfil do usuário https://sites.google.com/site/rrfn001/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consagração da Rússia

Mensagem por Halmenara de saco cheio em Sab Nov 10, 2012 2:57 pm

Quanto a mim é porque sabem que a «Sra. de Fátima» é uma tentação sedutora que não leva a NADA nos propósitos de YHWH.
Também não quiseram «correr riscos» .... ... ... ...


Quanto vale o seu “quanto a mim”?

Não levou a nada? Levou sim! Na sua terra levou 70.000 pessoas a verem com os próprios olhos um milagre que embasbacou até os céticos, secou a roupa de todo mundo e o solo encharcado em que pisavam. Hoje leva milhões até lá.

Leva-nos a repetir, para quem reza o terço, “perdoai as nossas ofensas (ou nossas dívidas) assim como nós perdoamos aos que nos tem ofendido” seis vezes por dia, 180 por mês, 2.160 vezes por ano. O mesmo número para “santificado seja o Vosso nome, venha a nós o Vosso reino e seja feita a Vossa vontade”.

Leva-nos a vivenciar e manter vivas na nossa memória, cotidianamente, todas as passagens importantes da vida de Cristo e de Maria e, no mínimo, a comparar o que Eles sofreram com o que nós sofremos, conscientizando-nos do que eles passaram para que nos salvemos.

Leva-nos a colocarmo-nos numa posição de humildade pedindo a Ela “ rogai por nós”
(rogar a quem?) , “depois deste desterro, mostrai Jesus, bendito fruto do vosso ventre”..
E para que sejamos dignos das promessas Dele.

Conforme sua própria citação:

A oração do Santo Rosário surge aproximadamente no ano 800 à sombra dos mosteiros, como "Saltério" dos leigos. Dado que os monges rezavam os salmos (150), os leigos, que em sua maioria não sabiam ler, aprenderam a rezar 150 Pai-Nossos. Com o passar do tempo, se formaram outros três saltérios com 150 Ave Marias, 150 louvores em honra a Jesus e 150 louvores em honra a Maria.
Segundo uma tradição a Igreja católica recebeu o Rosário em sua forma atual em 1206 quando a Virgem Maria apareceu a São Domingos Gusmão e o entregou como uma arma poderosa para a conversão dos hereges e outros pecadores daquele tempo . Desde então sua devoção se propagou rapidamente em todo o mundo com incríveis e milagrosos resultados.


Eu ponho as coisas ao contrário!
Acho que é esse o seu problema

Lógica: 1/3=1/4.


Não.

Isso é lógico:

4/3 = 3/3 + 1/3

.



Halmenara de saco cheio

Mensagens : 6
Data de inscrição : 03/11/2012
Localização : Marília - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consagração da Rússia

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Sab Nov 10, 2012 10:56 pm

Grande Halmenara,

Muito boas as suas colocações e, principalmente a aula de matemática !!!

Um grande abraço !

Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consagração da Rússia

Mensagem por MSPP em Seg Nov 12, 2012 2:09 pm

Halmenara de saco cheio escreveu:
Lógica: 1/3=1/4.


Não.

Isso é lógico:

4/3 = 3/3 + 1/3
Ainda bem que viu que na Igreja Católica, nomeadamente no «terço» não existe lógica nenhuma.
Ora veja:
estabeleceram 1º o Rosário papagueado (eu rezei-o muitas vezes, como os outros) com 150 avé-marias para substituir os 150 salmos. Dividiram-nos em 3 partes a que chamaram terço. Aqui, ainda há lógica!
João Paulo II providencialmente acrescentou ao Rosário mais 50 «ave-marias« (nos chamados mistérios luminosos), assim o «Rosário» ficou com 4/4, pois uma unidade tem 3/3 ou 4/4, mas continuam a dizer que vão resar o terço, logo o terço é logicamente igual ao quarto, segundo a lógica de quem diz que vai rezar o terço, pois deveria dizer que vai rezar o quarto, isto é 1/4 do Rosário.
A falta de lógica está ao nome que dão às coisas.

Mas o mais importante não está nos nomes, mas em verificar se estamos a contrariar ou a fazer conforme as palavras de Yeshua, que disse aos seus discípulos que não usassem vãs repetições como os «gentios». Nós não somos judeus, assim só podemos ser gentios, mas quem faz assim não deixa de ter os costumes do paganismo dos tempos de outrora, isto é dos nossos antepassados que adoravam muitos deuses a quem os gregos chamavam também de «demónios (δαίμων)» (sem sentido pejorativo).

δαίμων (divindade, destino) http://pt.wiktionary.org/wiki/daemon



Halmenara de saco cheio escreveu:
Quanto a mim é porque sabem que a «Sra. de Fátima» é uma tentação sedutora que não leva a NADA nos propósitos de YHWH.
Também não quiseram «correr riscos» .... ... ... ...


Quanto vale o seu “quanto a mim”?

Veja bem, o «quanto a mim» vele precisamente isso «quanto a mim», isto é segundo a minha consciência e tem muito mais valor que ser hipócrita, ou um «Yes men». mas .... pode nada valer para si, mas eu não tenho NADA com isso. ... ... ...



Não levou a nada? Levou sim! Na sua terra levou 70.000 pessoas a verem com os próprios olhos um milagre que embasbacou até os céticos, secou a roupa de todo mundo e o solo encharcado em que pisavam. Hoje leva milhões até lá.
Eu queria dizer que «NÃO LEVOU A NADA DE BOM».
Mas eu não vi nada, Nem sequer ainda tinha nascido, Mas não havia poucos anos, quando eu nasci (1944-1917=) e passados apenas uns 27 anos eu vivi e presenciei qual a mentalidade das pessoas que existiam na terra onde nasci e apercebi-me da forma como eram facilmente seduzidas. As pessoas que acreditavam nisso, sem nada terem visto, eram as mesmas que diziam que viam na lua um homem com um molho de silvas às costas que deus tinha colocado na lua por causa de ter ido cortar um molho de silvas no DOMINGO (veja bem: no «domingo» que é um mandamento humano). Se alguém viu alguma coisa que parecia um milagre, isso não é suficiente para podermos dizer que veio da parte de YHWH ou de Yeshua, nem que seja obra do Espirito Santo de YHWH. Satanás, os seus demónios e os seus coadjutores humans têm o poder de fazer semelhantes maravilhas, como está escrito nos evangelhos, que são tão convincentes que até podem seduzir os «escolhidos».

Nas vossas orações, não sejais como os gentios, que usam de vãs repetições, porque pensam que, por muito falarem, serão atendidos.
(Mateus 6:7)

* porque hão-de surgir falsos messias e falsos profetas, que farão grandes milagres e prodígios, a ponto de desencaminharem, se possível, até os eleitos.
(Mateus 24:24)

Halmenara de saco cheio escreveu: Leva-nos a repetir, para quem reza o terço, “perdoai as nossas ofensas (ou nossas dívidas) assim como nós perdoamos aos que nos tem ofendido” seis vezes por dia, 180 por mês, 2.160 vezes por ano. O mesmo número para “santificado seja o Vosso nome, venha a nós o Vosso reino e seja feita a Vossa vontade”.
Ora tudo isso são vãs repetições como disse Yeshua. Eu sei que era método pedagógico o decorar e a repetição, mas esses métodos estão ultrapassados na pedagogia dos nossos dias. Mas já Yweshua, há quase 2.000 anos nos advertiu do insignificante valor que tinha esse método, mas apontou outro que é «adorar YHWH (DEUS) em espírito e verdade.

Mas chega a hora - e é já - em que os verdadeiros adoradores hão-de adorar o Pai em espírito e verdade, pois são assim os adoradores que o Pai pretende.
(João 4:23)




Halmenara de saco cheio escreveu:
Leva-nos a vivenciar e manter vivas na nossa memória, cotidianamente, todas as passagens importantes da vida de Cristo e de Maria e, no mínimo, a comparar o que Eles sofreram com o que nós sofremos, conscientizando-nos do que eles passaram para que nos salvemos.
Quanto a manter viva na memória quotidiana, é um método ultrapassado, assim como o método da porrada e dos castigos físicos. Agora há outros métodos mais eficazes e que não são NUNCA anti-pedagógicos, mesmo nos bancos da escola primária. São os métodos da compreensão e o método do amor «agape». Esse métodos que dizem ser modernos já eram pregados por Yeshua há cerca de 2.000 anos. Quanto a «vivenciar» isso é um erro que posso desmascarar. Eu chamo.lhe antes «sugestão», coisa que está ligada ao hipnotismo e como sabe o hipnotismo é um engano mental semelhante ao "placebo".

Dizem «meditemos ... no mistério ....» mas não dá tempo para meditação. Ainda há pouco tempo liam trechos da bíblia para ajudar essa meditação, o que comprova que para a meditação é preciso tempo e silêncio. Não é no simples papaguear de «padre-nossos» e «ave-marias» que se consegue meditar. Nâo sei se há pessoas excepcionais que consigam pensar em duas ou 3 coisas ao mesmo tempo. 1) meditar no « mistério» 2) pensar e analisar as palavras das rezas decoradas e repetitivas até à exaustão. 3) e ao mesmo tempo pensar nos problemas da vida pessoal e compará-las com alguém por mais santo que seja.

Agora lembrei-me de uma tradição que existia na minha terra. Quando um defunto era enterrado, pagavam ao «padre» para ir, durante os 4 domingos seguintes, rezar e presidir com o povo à porta donde antes morava o falecido, vários «padre-nossos» por ALMA DELE e dos familiares falecidos.
O padre dizia « por alma de fulano de tal ... PATER NOSTER» ....
O padre recitava o padre-nosso em latim em voz alta e o povo em português em voz baixa.
Ora eu estava muito atento ao que dizia o «padre» na tentativa de decorar o que dizia, mas quando chegava à parte «perdoai as nossas ofensas assim como nós perdoamos ... "dimitte nobis debita nostra sicut et nos dimittimus debitoribus nostris " ele engolia em seco essas palavras de modo que eu não percebia o som do que dizia. Muito interessante!
Ora isso mostra que tudo isso, além de ineficaz, era mecânico, repetitivo e sem ser acompanhado pela mente.


Halmenara de saco cheio escreveu: Leva-nos a colocarmo-nos numa posição de humildade pedindo a Ela “ rogai por nós”
(rogar a quem?) , “depois deste desterro, mostrai Jesus, bendito fruto do vosso ventre”..
E para que sejamos dignos das promessas Dele.
Ora o rogai por nós, pedido a uma pessoa morta, ou até mesmo que morreu e ressuscitou, mas que não pode comunicar connosco directamente sem a intervenção de DEUS é como que dar murros no ar, de nada serve.



Halmenara de saco cheio escreveu:

Conforme sua própria citação:

A oração do Santo Rosário surge aproximadamente no ano 800 à sombra dos mosteiros, como "Saltério" dos leigos. Dado que os monges rezavam os salmos (150), os leigos, que em sua maioria não sabiam ler, aprenderam a rezar 150 Pai-Nossos. Com o passar do tempo, se formaram outros três saltérios com 150 Ave Marias, 150 louvores em honra a Jesus e 150 louvores em honra a Maria.
Segundo uma tradição a Igreja católica recebeu o Rosário em sua forma atual em 1206 quando a Virgem Maria apareceu a São Domingos Gusmão e o entregou como uma arma poderosa para a conversão dos hereges e outros pecadores daquele tempo . Desde então sua devoção se propagou rapidamente em todo o mundo com incríveis e milagrosos resultados.

Eu não citei nada do que você escreveu, apenas coloquei um link,
Isso não prova que eu concorde com isso, como já demonstrei acima.
O facto de eu ter posto o link foi para que as pessoas fiquem a saber como é que essas coisas aconteceram, independentemente de preconceitos, mas o senhor realça precisamente os preconceitos.


Halmenara de saco cheio escreveu:
Eu ponho as coisas ao contrário!
Acho que é esse o seu problema
Eu não tenho PROBLEMA nenhum relativamente a isso.
Os meus problemas vieram todos dos recalcamentos que recebi em pequeno devido a métodos antipedagógicos de inibição que me aniquilaram completamente (e a igreja católica tem muitas responsabilidades nisso) e que o tempo, por mais que seja, não pode reparar neste mundo.
A única solução para mim é a vinda do REINO de Yeshua Messiah e o perdão universal, coisas às quais adiro e anseio com toda a força da minha alma.

MSPP

Mensagens : 429
Data de inscrição : 07/04/2012
Idade : 72
Localização : Ermesinde - Portugal

Ver perfil do usuário https://sites.google.com/site/rrfn001/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consagração da Rússia

Mensagem por diogo0912 em Seg Nov 12, 2012 2:40 pm

Olá amigos!


Gostaria de, aquí, colocar a minha tristeza ao ver que nossos irmãos protestantes sempre conseguem desvirtuar o sentido do debate...

Não estou aquí falando que fulano ou cicrano fazem isso, mas só percebo, não só nesse tópico mas em muitos outros, que muitas pessoas vem com dúvidas sobre a posição da igreja a cerca de determinado assunto, e aí vem pessoas criando contenda.

Acho que essas questões entre os protestantes e os católicos devem ser discutidas em outros tópicos, que eles mesmos podem criar.


Mas, é só minha opinião, livre para o debate.

Na paz,
Diogo

diogo0912

Mensagens : 64
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 25
Localização : Natal/RN

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consagração da Rússia

Mensagem por Halmenara em Sab Nov 24, 2012 11:38 am

João Paulo II providencialmente acrescentou ao Rosário mais 50 «ave-marias« (nos chamados mistérios luminosos), assim o «Rosário» ficou com 4/4, pois uma unidade tem 3/3 ou 4/4, mas continuam a dizer que vão resar o terço, logo o terço é logicamente igual ao quarto, segundo a lógica de quem diz que vai rezar o terço, pois deveria dizer que vai rezar o quarto, isto é 1/4 do Rosário.
A falta de lógica está ao nome que dão às coisas.

Ô cabeça-dura, se adicionarem mais 30 mistérios ou, sendo 34/3, nós continuamos a rezar APENAS 1/3 dos 34/3. E o rosário continuaria tendo 3/3 apenas de qualquer um dos hipotéticos 34 e ainda obedecendo a ordem diária/semanal de contemplação .

Nossa Senhora pediu para rezarmos o rosário e eu obedeço a ela. Se cada sumo sacerdote achar que deva acrescentar mais mistérios ao rosário e tivéssemos que rezar todos eles, passaríamos a vida só rezando sem tempo para se concentrar no trabalho. “Dê a Deus o que é de Deus e à César o que é de César”.

Mas o mais importante não está nos nomes, mas em verificar se estamos a contrariar ou a fazer conforme as palavras de Yeshua, que disse aos seus discípulos que não usassem vãs repetições como os «gentios». Nós não somos judeus, assim só podemos ser gentios, mas quem faz assim não deixa de ter os costumes do paganismo dos tempos de outrora, isto é dos nossos antepassados que adoravam muitos deuses a quem os gregos chamavam também de «demónios (δαίμων)» (sem sentido pejorativo).

Você quer dizer que seu contato diário com Deus não é uma repetição?

Repetição ou intensidade?

Qual a diferença entre o período de contato com Deus ser de dias, semanas, meses ou anos, ou de segundos?

Enquanto você pede pela paz no mundo uma vez por ano, nós pedimos diariamente.

Nas orações do terço, o que pedimos para ser atendidos? O pão de cada dia? Perdão diário pelas falhas diárias?

Ou devemos esperar acumular?

Onde está escrita essa norma?

A não ser que você já seja santo, aí é mérito seu! Quem dera pudéssemos alcançar tal graça!

Será que fomos abandonados por Deus nesses 2000 anos? Qual manifestação divina você conhece que seja digna de crédito? Conte-nos?

Conte-nos também QUAL É A SUA RELIGIÃO, sua norma de conduta, sua doutrina.
Seus adeptos quantos são?
Quantos confiam em você?
O que você já difundiu nesse mundo em prol do que você esteja convicto?

Mas eu não vi nada, Nem sequer ainda tinha nascido, Mas não havia poucos anos, quando eu nasci (1944-1917=)

Qual a sua lógica?

“Disse-lhe Jesus: Porque me viste, creste? Bem-aventurados os que não viram e creram.”

Não é para seguir Yeshua?

Ora tudo isso são vãs repetições como disse Yeshua. Eu sei que era método pedagógico o decorar e a repetição, mas esses métodos estão ultrapassados na pedagogia dos nossos dias.

Falácia “argumentum ad novitatem” e aqui não se trata de pedagogia, trata-se de prática.

Mas chega a hora - e é já - em que os verdadeiros adoradores hão-de adorar o Pai em espírito e verdade, pois são assim os adoradores que o Pai pretende.
(João 4:23)

Onde está dito que não adoramos ao Pai?

“Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo...”
“Pai nosso que estais nos céus, santificado seja o vosso nome...”
“Glória ao Pai, ao Filho, e ao Espírito Santo, assim como era no princípio agora e sempre...”

Quanto a manter viva na memória quotidiana, é um método ultrapassado, assim como o método da porrada e dos castigos físicos. Agora há outros métodos mais eficazes e que não são NUNCA anti-pedagógicos, mesmo nos bancos da escola primária. São os métodos da compreensão e o método do amor «agape». Esse métodos que dizem ser modernos já eram pregados por Yeshua há cerca de 2.000 anos. Quanto a «vivenciar» isso é um erro que posso desmascarar. Eu chamo.lhe antes «sugestão», coisa que está ligada ao hipnotismo e como sabe o hipnotismo é um engano mental semelhante ao "placebo".

Não é sugestão, é uma lembrança daqueles que sofreram por nós. Você sofreria assim por alguém?


Dizem «meditemos ... no mistério ....» mas não dá tempo para meditação. Ainda há pouco tempo liam trechos da bíblia para ajudar essa meditação, o que comprova que para a meditação é preciso tempo e silêncio. Não é no simples papaguear de «padre-nossos» e «ave-marias» que se consegue meditar. Nâo sei se há pessoas excepcionais que consigam pensar em duas ou 3 coisas ao mesmo tempo. 1) meditar no « mistério» 2) pensar e analisar as palavras das rezas decoradas e repetitivas até à exaustão. 3) e ao mesmo tempo pensar nos problemas da vida pessoal e compará-las com alguém por mais santo que seja.

Faça um "terço" de cada vez tongue :

Lembre da passagem do fato, imagine o que Maria ou Jesus sentiu no momento, diga de coração aberto “Ave cheia de graça, o senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus...”

Repita

Repita

Repita... aumenta a concentração

Agora se você não sabe o porque não fizeram a consagração da Rússia, por favor não desvirtue o tópico nem exija perfeição dos outros, porque duvido que com o seu raciocínio religioso você também não erre.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Eu agradeceria que o Doutor sabe-tudo, o senhor Lucas B., se manifestasse respondendo ou explicando o porque não saber do questionamento a que este tópico se refere, mesmo que continue querendo anular TRÊS sacramentos da minha vida e da minha família, dizendo que eu não sou católico por discordar de alguns pontos da doutrina da nossa Igreja.



Halmenara

Mensagens : 105
Data de inscrição : 01/02/2012
Idade : 58
Localização : São Bernardo do Campo - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consagração da Rússia

Mensagem por Halmenara em Seg Dez 03, 2012 9:54 am

cri...cri... cri... cri...

Halmenara

Mensagens : 105
Data de inscrição : 01/02/2012
Idade : 58
Localização : São Bernardo do Campo - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consagração da Rússia

Mensagem por MSPP em Qua Dez 05, 2012 2:31 pm

Halmenara escreveu:Ô cabeça-dura, se adicionarem mais 30 mistérios ou, sendo 34/3, nós continuamos a rezar APENAS 1/3 dos 34/3. E o rosário continuaria tendo 3/3 apenas de qualquer um dos hipotéticos 34 e ainda obedecendo a ordem diária/semanal de contemplação .
... ... ... ... ...
cri...cri... cri... cri...
Está ver o ERRO matemático em que caíu?!
Antigamente 1/3 tinha 5 mistérios.
Nessa ordem de ideias mais 30 mistérios seriam mais 30/3 ou sejam 10 terços com os 4 existentes seriam 14 terços.
Mas qualquer unidade, mesmo um rosário só tem 3/3. Assim, ou 14/3 seriam 4 Rosários e mais 2/3 do rosário. 4x3+2=14.
Mas nunca 34/3, isto é 11 Rosários mais um terço do rosário.
Está a ver, que até na sua óptica há confusão?!
Mas pronto! Está tudo bem! Eu é que sou cabeça dura!

Mas se um rosário passar a ter 20 mistérios em vez de 15, cinco mistérios será um quarto do rosário.
Ou será que 20 mistérios é mais que um rosário, isto é um rosário e um terço do rosário!

Mas voltando ao livro dos «salmos», acha que um rosário pode alguma vez substituir o livro dos salmos.
Na verdade é uma coisa nova, diferente dos salmos.

Mas voltando ao tema.
Pode alguma vez um ou mesmo um trilião de rosários fazer o que quer que seja pela Rússia?!
E consagrar um país a uma mulher, por mais virtuosa que tenha sido é de aprovar ou digna de reprovação?! ..

MSPP

Mensagens : 429
Data de inscrição : 07/04/2012
Idade : 72
Localização : Ermesinde - Portugal

Ver perfil do usuário https://sites.google.com/site/rrfn001/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consagração da Rússia

Mensagem por Halmenara em Qui Dez 06, 2012 2:21 pm

Aparição em Fátima: Maio de 1917
Revolução Bolchevique: Outubro de 1917
Resultado do comunismo ateu: já contam mais de 100 milhões de vítima


Halmenara

Mensagens : 105
Data de inscrição : 01/02/2012
Idade : 58
Localização : São Bernardo do Campo - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consagração da Rússia

Mensagem por MSPP em Qui Dez 06, 2012 3:53 pm

Halmenara escreveu:Resultado do comunismo ateu: já contam mais de 100 milhões de vítima
E ... não é uma religião! E se o fosse?! Talvez houvesse ainda mais!
É isto o que faz a ambição do PODER!

MSPP

Mensagens : 429
Data de inscrição : 07/04/2012
Idade : 72
Localização : Ermesinde - Portugal

Ver perfil do usuário https://sites.google.com/site/rrfn001/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consagração da Rússia

Mensagem por Jonas E. em Dom Jun 09, 2013 8:45 am

Caro Halmenara,

Enquanto conversava com alguns católicos e estudava sobre o tema, me deram uma resposta que eu gostaria de compartilhar aqui. Caso eu esteja errado, peço desculpas.

O caso de Fátima não foi "confirmado" pela igreja (isto é, a igreja ainda não tomou uma posição oficial se foi um milagre ou não). Sendo assim, seria complicado tomar uma decisão dessa sem uma confirmação. A Igreja, embora defenda que foi um fato verídico e milagroso, por não ter uma posição oficial ainda não teria abençoado o local.

Como já disse, esta minha afirmação foi baseada em estudos e diálogos com outros católicos, então espero que se não for a melhor resposta, mas que ao menos ajude no seu questionamento ^^

Que Deus nos abençoe

Jonas E.

Mensagens : 169
Data de inscrição : 12/09/2012
Localização : Alagoas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consagração da Rússia

Mensagem por Catholic em Ter Jul 02, 2013 3:42 am

A Rússia foi consagrada, sim.

Pelo Papa Pio XII (Sacro Vergente Anno, 7 de julho de 1952):

Cuando el Año Santo iba felizmente a terminar, después que por designios divinos, Nos fue dado el definir solemnemente el dogma de la Asunción en alma y cuerpo al Cielo de la gran Madre de Dios la Virgen María, fueron muchísimos los que, desde todas las partes del mundo Nos manifestaron su vivísima alegría; entre éstos no faltaron quienes al dirigirnos cartas de agradecimiento, suplicaran insistentemente que, en las tribulaciones del momento presente, consagráramos todo el pueblo de Rusia al Corazón Inmaculado de la misma Virgen María [...]

Consagración de Rusia al Corazón Inmaculado de María.

Nos, por tanto, para que Nuestras oraciones y las vuestras sean escuchadas más fácilmente y para daros una prueba especial de Nuestra particular benevolencia, lo mismo que hace pocos años consagramos todo el mundo al Corazón Inmaculado de la Virgen Madre de Dios, así ahora, de manera especialísima, consagramos todos los pueblos de Rusia al mismo Corazón Inmaculado, en la firme confianza de que con el poderosísimo patrocinio de la Virgen María se realizarán cuanto antes los votos que Nos, vosotros, y todos los buenos formulan por una verdadera paz, por una concordia fraternal y por la debida libertad para todos y en primer lugar para la Iglesia; de forma que, mediante la oración que Nos elevamos junto con vosotros y con todos los cristianos, el Reino salvador de Cristo, que es el  Reino de verdad y de vida, Reino de santidad y de gracia, Reino de justicia, de amor y de paz[11] triunfe y se consolide establemente en todas las partes de la tierra."

A discussão não gira em torno se a Rússia foi Consagrada ou não pelos Papas, isso já fizeram várias vezes, na verdade, está relacionada com as condições que a Irmã Lúcia disse existir. Por exemplo, em 1929 a Irmã Lúcia teria sido revelado que essa Consagração teria que ser "em união com todos os bispos do mundo" (cf. Frère Michel, The Whole Truth About Fatima, vol. II, p. 555). Quanto a essa condição alguns fatimistas dizem que a união 'espiritual' já valeu. Outra coisa, nenhum católico está obrigado a acreditar em Fátima sob pena de ficar fora do rebanho, muito menos estaria obrigado a acreditar que os acontecimentos posteriores a 1917 são também dignos de confiança.

Segundo o Papa Bento XIV:

"Nas revelações particulares, ainda que aprovadas pela Igreja, não se deve crer do mesmo modo como se crê nas verdades reveladas por Deus. Elas podem ser aceitas com uma fé humana. Pode cada um, sem dano para sua fé, livremente aceitar ou rejeitá-las, contanto que não ultrapasse os limites da modéstia e conveniência, e se acautele de desprezá-las."

Imagina, então, acreditar sobre outras supostas revelações particulares que nem a Igreja confirmou.

Mas de qualquer sorte a própria Irmã Lúcia admitiu que a Consagração foi válida. Na carta de 8 de Novembro de 1989 diz: "Sim, está feita tal como Nossa Senhora a pediu, desde o dia 25 de Março de 1984"
Refere-se sobre o Ato de Entrega de João Paulo II que aqui está integralmente: http://www.santuario-fatima.pt/portal/index.php?id=15355

Catholic

Mensagens : 103
Data de inscrição : 18/10/2010
Idade : 24
Localização : Porto Alegre

Ver perfil do usuário http://www.digitusdei.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consagração da Rússia

Mensagem por mazzzo em Qua Jul 03, 2013 7:41 pm

[quote="Catholic"]
Imagina, então, acreditar sobre outras supostas revelações particulares que nem a Igreja confirmou.[\quote]

Normalmente, primeiro o povo acredita, há frutos, conversões, milagres e então, só depois de algum tempo, a Igreja aprova....
Fátima demorou mais de 10 anos. Já pensou se nesses 10 anos o povo não participasse, não rezasse, não se convertesse, mas ignorasse pois ainda não era aprovado ?
O problema é acreditar em uma revelação reprovada oficialmente. Quando é aprovada ou quando a Igreja não se manifestou oficialmente, a liberdade permanece muito ampla.


mazzzo

Mensagens : 415
Data de inscrição : 02/08/2011
Localização : Pinhalcity

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Consagração da Rússia

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum