Blasfêmia contra o Espírito Santo - Um caso

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Blasfêmia contra o Espírito Santo - Um caso

Mensagem por Cristão em Qua Nov 28, 2012 3:26 pm

Senhores não sei se é repetitivo mas gostaria de tirar uma dúvida.

Utilizar o Espírito Santo como prova de algo errado é blasfêmia ou tomar o Santo nome de Deus em vão? Se a pessoa tem medo de ter cometido esse pecado significa que ela ainda não o cometeu, uma vez que tem medo de perder a Deus (lembrando que esta pessoa não nega a existência do Espírto Santo)?

Desde já obrigado

Cristão

Mensagens : 1
Data de inscrição : 28/11/2012
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blasfêmia contra o Espírito Santo - Um caso

Mensagem por MSPP em Qua Nov 28, 2012 4:18 pm

Blasfemar contra o Espirito Santo é atribuir as obras de YHWH DEUS ao Diabo e as do DIABO a YHWH DEUS,
Assim prefere servir ao sedutor e aceita as suas seduções em vez de confiar em YHWH.
A propósito de sedução vou contar uma experiência minha.
Quando era novo tinha complexos por não ter vocação para a música e quando pretendia comprar alguma música pedia ajuda aos rapazes da minha idade e até a mais jovens que eu, pois eu era um ZERO à esquerda.
Agora, mais tarde, consegui aperceber-me que eu até aborreço a música, mas há algumas excepções, muito poucas, apenas uma ou duas.
Quando estava na prais, há cerca de 12 anos ouvi uma música muito bela de verdade que muito me impressionou. Era uma música que me parecia celestial e angélica.
Depois de ter apreciado a música e de me ter deleitado com ela durante escaços minutos resolvi concentrar-me na letra que era em inglês.
Reparem com muita atenção: ERA UM HINO EXPLICITO a Satã!
Leiam também aqui: http://quemtembocavaiaroma.livreforum.com/t1244-por-que-a-biblia-nao-tem-imagens#13187
avatar
MSPP

Mensagens : 429
Data de inscrição : 07/04/2012
Idade : 73
Localização : Ermesinde - Portugal

Ver perfil do usuário https://sites.google.com/site/rrfn001/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blasfêmia contra o Espírito Santo - Um caso

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Qui Nov 29, 2012 10:07 pm

Meu Caro Cristão,

Que a paz de Jesus esteja no seu coração!

Não se pode utilizar o nome de Deus, de Jesus ou do Espírito Santo para dar crédito a nada que não seja verdadeiro, que não seja justo, que não seja correto. Isso é ferir o mandamento do amor a Deus sobre todas as caisas, é tomar o nome do Senhor em vão no sentido de justificar o que não é justificável.

Em relação a pessoa ter dúvida no sentido de ter cometido esse pecado, essa dúvida é um fator determinante para o discernimento da existência do pecado. Acredito que se uma pessoa cometeu tal pecado, sabe que o cometeu, a menos que tenha algum tipo de problema de memória que o leve ao esquecimento e a falta de consciência a respeito de suas próprias atitudes, de suas próprias palavras.

É importante percebermos que para existir pecado é necessário que haja um auto-consentimento, é preciso que se tenha o uso da razão, é preciso que exista uma convicção interior de que aquilo que se está a fazer não é correto.

Penso que deu para dar uma clareada. Porém, havendo esse tipo de dúvida, mesmo que eu não a compreenda, acredito que o melhor caminho é buscar no sacramento da confissão a Palavra de Sabedoria a esse respeito, sabendo que Deus se serve dos seus ministros para esta finalidade.

Um grande abraço !
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

O Espírito da Verdade

Mensagem por drtoivowillmann em Seg Jan 28, 2013 4:00 pm

Irmãos:

Sem querer questionar seus meritos nesse tópico, vamos lembrar uns fatos bíblicos:
* O Espírito Santo, por ser assim mesmo, também é chamado Espírito da Verdade.
* Quem nunca na sua vida caluniou Deus como mau, por estar revoltado, não tendo sido ouvido na sua prece?
Então todos temos blasfemado contra o Espírito Santo?
* Blasfemar contra o Espirito Santo significa, já estar convertido ao Cristo (=à verdade), porem conscientemente continuar polemizando contra a verdade, ja aceita.
Yehoshua acusou Caifas e seus comparsas ja, graças aos enormes conhecimentos das escrituras profeticas dos fariseus, já saberem, que Ele, de fato, é o Messias, porem não querer reconhecê-lo, por medo de perder para Ele seus privilégios como sacerdotes, tendo-se transformados eles em obsoletos. Motivo então: a mais egoista cobiça de poder e não falta da Fé. Caluniaram Ele, estando plenamente conscientes, que era calunia!

Blasfemia contra o Espírito Santo = conscientemente atrapalhar a divulgação da verdade de Deus!

Abençoo-vos no Nome de Yehoshua: Toivo

drtoivowillmann

Mensagens : 49
Data de inscrição : 22/01/2013
Localização : Brasil, Santo Antônio do Monte - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blasfêmia contra o Espírito Santo - Um caso

Mensagem por Geovanni146 em Seg Jan 28, 2013 6:53 pm

Olá amigos,

Uma opinião. Partindo da idéia de que não há perdão que não possa ser perdoado por Deus-todo-poderoso se a gente se arrepender, podemos concluir que o pecado contra o Espírito Santo seria tavez a recusa do perdão, ou não aceitá-lo (Aqui não se inclui aqueles que estão vencidos de ignorância).

Podemos usar o exemplo dos demônios, que crêem em Deus, possuem o conhecimento, mas não se arrependem e recusam a força do perdão de Deus.

Abraço.
avatar
Geovanni146

Mensagens : 207
Data de inscrição : 18/10/2011
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

continua ser amigo do Espírito Santo!

Mensagem por drtoivowillmann em Qui Jan 31, 2013 3:48 pm

Geovanni146 escreveu:Olá amigos,
Partindo da idéia de que não há perdão que não possa ser perdoado por Deus-todo-poderoso se a gente se arrepender, podemos concluir que o pecado contra o Espírito Santo seria talvez a recusa do perdão, ou não aceitá-lo

Querido jovem Irmão:

Muito obrigado e parabéns!
Ontem li seu comentário e senti que tinha coisa certa nele, porem sem saber provar com as Santas Escrituras.
Hoje consigo.

Yehoshua foi caluniado efetuar suas curas espirituais de doenças físicas usando o "poder de Belzebu".
Cristo rejeitou essa ideia com sua famosa argumentação: "o Inferno não pode estar em guerra consigo mesmo" e colocou assim os acusadores no seu lugar. Depois advertiu sobre a blasfêmia contra o Espírito Santo.

Uma cura espiritual é uma misericórdia de Deus e o Espírito Santo a pessoa da Trinidade, quem a realiza, verdade? Declarar uma cura ou outra graça Dele coisa sinistra e rejeitá-la, segundo tua argumentação, seria então uma "blasfêmia contra o Espírito Santo". Concordo!
Então qualquer rejeição da Graça de Deus não apenas te faz perder a tua benção senão encaminha-te ao Beleleu.
Outro Exemplo: os Espíritas declaram, que as doenças são causadas pelo "Kharma" de cada pessoa e ensinam, que terias que "aguentar com resignação", pois acreditam, que purificasse tua alma. Essa heresia, em clara contradição à salvação e libertação ("pelas suas pisaduras sois sarados") no Calvário de Cristo, seria uma rejeição da Graça Divina em forma de cura e, por isso, se a seguires, te levará diretamente ao Inferno, obstruindo o Perdão Dele!

Amigão, conserva-te tua amizade com o Espírito Santo, quem te aparentemente inspira! bounce

Abençoo-te no Nome de Yehoshua:Toivo Very Happy

drtoivowillmann

Mensagens : 49
Data de inscrição : 22/01/2013
Localização : Brasil, Santo Antônio do Monte - MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blasfêmia contra o Espírito Santo - Um caso

Mensagem por Geovanni146 em Qui Jan 31, 2013 7:51 pm

Olá meu irmão Toivo, a paz de Yehoshua.

Não tem o porque agradecer, estamos a crescer juntos.

Gostaria de fazer uma pequena intervenção no meu texto, corrigir uma palavra que grafei equivocadamente, podendo ter dado um outro sentido ao meu post, se o amigo não a tiver notado: "não há pecado"! (não perdão!) que não possa ser perdoado por Deus. Pecado!!!

Recusar o perdão de Deus é recusar sua graça. Recusar a graça de Deus (salvo por ignorância) realmente nos joga obrigatoriamente na danação (ou beleleu) eterna. Porém, diferente dos demônios, temos a possibilidade do arrependimento. O pai de misericórdia fez isso no caso, por exemplo, do filho pródigo. Este exige sua parte na herança, gasta tudo com ilusões mas volta ARREPENDIDO, nem bem é avistado e seu pai já o está a perdoá-lo. Assim é Deus, às vezes permite um "mal" para dele tirar um bem maior.

Como o Espírito Santo irá agir em nossas vidas se o recusamos!? Deus não perdoa aquilo que não queremos, não acha?!

Grande abraço.
avatar
Geovanni146

Mensagens : 207
Data de inscrição : 18/10/2011
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blasfêmia contra o Espírito Santo - Um caso

Mensagem por MSPP em Sex Fev 01, 2013 2:18 pm

Vocês estão certos quanto ao argumento, mas podem não estar quanto às pessoas nos exemplos citados.
YHWH é que conhece tudo e é ELE o único que sabe, sem se enganar, quem é que se vai perder e vai ser condenado ao castigo eterno.
Mas uma coisa é verdade só é condenado quem não aceitar o perdão de YHWH, colaborando com ELE, na reconciliação universal.

Ser perdoado também significa perdoar.

Eu sou muito pequenino e ignorante quanto a adivinhar quem é que se vai perder, por pior que essa pessoa tenha sido.
Yeshua disse quando estava pregado no madeiro a um dos malfeitores que ele (o malfeitor) já tinha a sua salvação garantida, e ao SEU lado, no Paraíso.
avatar
MSPP

Mensagens : 429
Data de inscrição : 07/04/2012
Idade : 73
Localização : Ermesinde - Portugal

Ver perfil do usuário https://sites.google.com/site/rrfn001/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blasfêmia contra o Espírito Santo - Um caso

Mensagem por Geovanni146 em Sex Fev 01, 2013 2:51 pm

MSPP escreveu:Vocês estão certos quanto ao argumento, mas podem não estar quanto às pessoas nos exemplos citados.
YHWH é que conhece tudo e é ELE o único que sabe, sem se enganar, quem é que se vai perder e vai ser condenado ao castigo eterno.
Mas uma coisa é verdade só é condenado quem não aceitar o perdão de YHWH, colaborando com ELE, na reconciliação universal.

Ser perdoado também significa perdoar.

Eu sou muito pequenino e ignorante quanto a adivinhar quem é que se vai perder, por pior que essa pessoa tenha sido.
Yeshua disse quando estava pregado no madeiro a um dos malfeitores que ele (o malfeitor) já tinha a sua salvação garantida, e ao SEU lado, no Paraíso.

Estou de acordo.
avatar
Geovanni146

Mensagens : 207
Data de inscrição : 18/10/2011
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blasfêmia contra o Espírito Santo - Um caso

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum