profecia de são malaquias

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: profecia de são malaquias

Mensagem por Geovanni146 em Qui Fev 14, 2013 11:43 am

quemtembocadizaverdade escreveu:digo com respeito aos papas. seria o próximo o último?

Olá Erenice, paz do Senhor.

Não vejo necessidade da senhora ter criado este tópico. Do que você quis falar mesmo, da renúncia do Papa, é isso? Já existem tópicos tratando do assunto.

Abraço.
avatar
Geovanni146

Mensagens : 207
Data de inscrição : 18/10/2011
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ideias ocas: A «Nova Ordem Mundial»: a Terra OCA e os intra-terrestres.

Mensagem por MSPP em Qui Fev 14, 2013 12:46 pm

Penso que a Erenice está a especular.

Profecias não bíblicas como as de S. Malaquias, Nostradamus, Bandarra, Fátima, etc. não são dignas de crédito, para mim, tanto podem acontecer como não.
Quanto às profecias bíblicas, podemos constatar que a maioria, só são conhecidas como profecias relacionadas com muitos acontecimentos depois de esses acontecimentos se terem cumprido. Aconteceu isso com a maior parte das profecias cumpridas em Yeshua (Jesus).
Quando YHWH não faz uma revelação direta só nos resta especular. Eu não sou contra a especulação, mas nunca devemos interpretar uma simples especulação como sendo a revelação profética de algo que se vai inevitavelmente cumprir.
Acertar numa especulação é semelhante a estarmos a jogar no totobola, ou no totoloto.

Quanto aos PAPAS eu gostava que o próximo a ser eleito que fosse o último.
Porquê?! Porque isso seria que a vinda do Senhor Yeshua seria durante o seu reinado.
Eu gostava muito que Yeshua (Jesus) viesse ainda este ano de 2013, durante o mês judaico de Tishri (ou Etanim), altura em que os judeus celebram o 1º mês civil, o dia do PERDÃO (ou Expiação) e a semana dos Tabernáculos. Também foi nessa altura que mais provavelmente ocorreu o nascimento de Yeshua há cerca de 2.020 anos.

Neste ano, para mim, subsiste uma grande esperança: «Pode ser que se concretize um sonho que tive na noite de 9 para 10 de Dezembro de 2012 (domingo para 2ª feira), que me dizia que Yeshua viria à terra fundar o seu Reino, já neste ano de 2013.» É um grande sonho que pode ou não ser concretizado. Para a maioria das pessoas será muito bom, mas é muito mau para os que têm muitas regalias, devido a serem grandes parasitas da sociedade. Estive a fazer pesquisas na internet e lendo outras correntes de opinião relativas à vinda do Messiah cheguei à conclusão que a altura mais provável da vinda do Messiah será em princípios do Outono deste ano 2013, mais propriamente no dia 1, 10 ou 15 do mês de Tishri (também com o nome de ETANIM) do ano 5774 do calendário Judaico que corresponde aos dias 5/9/2013, 14/9/2013 e 19/9/2013 que é quando os judeus celebram respectivamente o ano novo civil (dia das trombetas: Rosh Hashana); o dia do perdão (ou expiação: Yom Kippur) e o dia em que começa a semana da festa dos Tabernáculos. Também foi no mês destas festividades judaicas a altura em que nasceu Jesus (Yeshua) segundo o cálculo de muitos entendidos: Cliquem nestes links para verem uma explicação:
http://www.jacinto-mendes.eti.br/estudosbiblicos/evangelhos/aulas/nascimento.htm
http://www.montesiao.pro.br/estudos/curiosidades/nasceu_jesus.html
Assim, se o meu sonho se concretizar Yeshua (Jesus) virá no 1º mês do ano 5774 do calendário Judaico que começa no dia 5/9/2013 no calendário Gregoriano.
Era muito bom que isso acontecesse. Nessa altura Satã seria preso depois de Cristo depôr todos os governantes da terra que irão guerrear contra ELE.
Esta profecia vem em Apocalipse cap 19 versos 11 até 21 que podem ver na Bíblia dos Capuchinhos neste link:
http://www.paroquias.org/biblia/?c=Ap+19:11-22

http://quemtembocavaiaroma.livreforum.com/t1270-tive-um-sonho#13283

Assunto relacionado com o tema:
Não sei se sabem que há uma teoria (embora seja pouco provável que seja verdade) que diz que a Terra (e outros planetas) são ocos por dentro.
Eles dizem que os extra-terrestres de que tanto se fala, mas com poucas provas credíveis, não são extraterrestres, mas intra-terrestres.
Dizem que habitam na camada interior da «terra oca» (nós habitamos na camada exterior).
Pensam que a ligação entre as duas camadas habitáveis da terra (a exterior e a interior) se faz através de buracos bastante largos existentes nos pólos da terra e também noutros lugares como o triangulo da Bermudas e um outro triangulo semelhante, perto do Japão, no meio do mar.
Pensam que esses seres humanóides intra-terrestres são os deuses do paganismo e os demónios (ou semi-deuses) do cristianismo e os «filhos de deus» de Génesis 6. http://www.paroquias.org/biblia/?c=Gn+6

http://www.bibliaonline.com.br/vc+acf/s/*/1/Abismo
Também há quem pense que o ABISMO das ÁGUAS de que tanto fala a Bíblia se refere à parte da terra habitável intraterrestre, pois julgam que ambas as superfícies comunicam por meio de oceanos abissais. Que tanto a Besta e o falso profeta, já controlam este mundo a partir de lá e que têm gente humana, na camada externa ao seu serviço. Que são eles os responsáveis pela crise económica mundial atual que a provocaram de propósito para depois fundarem uma Nova Ordem Mundial, e se armarem salvadores da humanidade.
Há muitas mais especulações, tanto relacionadas com o último PAPA, como com a NOVA ORDEM MUNDIAL.
Como este tema se baseia na especulação, cada qual poderá informar acerca de outras especulações semelhantes relacionadas com o tema e se quiserem dar a sua opinião especulativa
.


http://www.youtube.com/watch?v=xLEBRbC5D04
http://www.youtube.com/watch?feature=endscreen&NR=1&v=_N2i9v66XN4
http://www.youtube.com/watch?v=QiY8QB1fNAY
http://www.youtube.com/watch?v=wWgj6L9mM5c
http://www.youtube.com/watch?v=qdpsT8nQSAY
http://www.youtube.com/watch?v=EzcRoh2-DLo

http://www.youtube.com/watch?v=GYHMC_itckg
avatar
MSPP

Mensagens : 429
Data de inscrição : 07/04/2012
Idade : 73
Localização : Ermesinde - Portugal

Ver perfil do usuário https://sites.google.com/site/rrfn001/

Voltar ao Topo Ir em baixo

levantai a cabeça (Lucas 21:28)

Mensagem por MSPP em Seg Fev 18, 2013 1:44 pm

Muito bem!
Nós nem sabemos o dia nem a hora e nada do que está para lá deste mundo nem como é o Reino do Cristo. Mas podemos confiar em YHWH em vez de ficarmos ansiosos.

1*Vi, depois, um anjo que descia do céu. Trazia na mão a chave do Abismo e uma grande corrente. 2Agarrou o Dragão, a Serpente antiga, que também se chama Diabo ou Satanás: prendeu-o por mil anos 3*e lançou-o no Abismo que depois fechou e selou, para que ele não mais enganasse as nações, até que se completassem mil anos. Depois deste período, o Diabo deve ser solto por algum tempo.
4*Vi também alguns tronos; e aos que neles estavam sentados foi dado o poder de julgar. Vi ainda as almas dos que foram decapitados pelo testemunho de Jesus e pela Palavra de Deus, os quais não adoraram a Besta, nem a sua estátua, nem trouxeram na fronte ou na mão o sinal da Besta. Eles reviveram e reinaram com Cristo durante mil anos. 5*O resto dos mortos não voltou à vida antes de se cumprirem os mil anos. Esta é a primeira ressurreição.
6*Felizes e santos os que tomam parte na primeira ressurreição! Sobre eles a segunda morte não tem qualquer poder; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo e reinarão com Ele durante mil anos.
7Quando se cumprirem os mil anos, Satanás será solto da sua prisão 8*e partirá para seduzir as nações dos quatro cantos do mundo, a Gog e Magog, a fim de os reunir para a batalha. O seu número será tão grande como a areia da praia. 9*Eles subiram à planície da terra e cercaram o acampamento dos santos e a cidade predilecta. Mas um fogo que caiu do céu devorou-os. 10*O Diabo, que os tinha enganado, foi precipitado no lago de fogo e de enxofre, onde também estão a Besta e o falso Profeta. Aí serão atormentados de dia e de noite, pelos séculos dos séculos.

11Depois, vi um trono magnífico e branco e alguém sentado nele. Os céus e a terra fugiram da sua presença e desapareceram definitivamente.
12*Vi também todos os mortos, grandes e pequenos. Estavam diante do trono; e foram abertos uns livros. Foi aberto também um outro livro, que é o livro da Vida. Os mortos foram julgados segundo aquilo que estava escrito nos livros, segundo as suas obras.
13O mar devolveu os mortos que nele havia, a Morte e o Abismo entregaram também os seus mortos, e cada um foi julgado segundo as suas obras.
14*Então, a Morte e o Abismo foram lançados no lago de fogo. Este lago de fogo é a segunda morte. 15E todos os que não foram encontrados escritos no livro da Vida foram lançados no lago de fogo.

Consulte aqui Apocalipse 20
Peçamos a YHWH que tudo isto comece a acontecer ainda este ano de 2013.
avatar
MSPP

Mensagens : 429
Data de inscrição : 07/04/2012
Idade : 73
Localização : Ermesinde - Portugal

Ver perfil do usuário https://sites.google.com/site/rrfn001/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: profecia de são malaquias

Mensagem por camiloabc em Qui Mar 07, 2013 5:08 am

cleofas. com.br/ bento-xvi-e-as-profecias-de-sao-malaquias/

Nos últimos Conclaves para a eleição de João Paulo II e Bento XVI voltaram à baila as “profecias” de São Malaquias (não é o profeta São Malaquias, do Antigo Testamento), que, segundo o monge beneditino Dom Estevão Bettencourt, “carecem de toda e qualquer autoridade, segundo os resultados da boa crítica histórica”. A Igreja nunca se guiou por tais profecias. (cf. Revista “PERGUNTE E RESPONDEREMOS”, n. 227/1978, pg. 451s). Coloco aqui algumas informações do citado artigo:
“São Malaquias (1095-1140) foi bispo do Armagh na Irlanda no século XII. Até o século XVI nenhum autor ou documento mencionou as suas “profecias”; estas foram ignoradas até 1595, quando o beneditino Arnoldo do Wyon as inseriu no seu opúsculo “Lignum Vitae”. Hoje em dia pode-se dizer que tal documento teve origem em 1590 durante o conclave que devia eleger o sucessor de Urbano VII; entre os Cardeais mais em vista estava Simoncelli, cidadão do Orvieto e antigo bispo desta cidade; ora os amigos do Simoncelli quiseram favorecer a eleição deste prelado, apresentando uma lista “profética” de 111 Papas, em que o sufragado após Urbano VII era o Papa “De antiquitate urbis” (Da antiguidade da cidade). Isto é, o Papa de Orvieto (= Urbs vetus, cidade antiga); em vista disto, forjaram uma série de dísticos papais mais ou menos condizentes com a realidade desde Celestino II (1143-1144), mas assaz arbitrária após Urbano VII. Toda­via essa fraude foi vã, pois quem saiu eleito do conclave em 1590 foi o Cardeal Sfrondate, arcebispo do Milão, que tomou o nome de Gregório XIV. Estes dados bastam para dissipar qualquer dúvida acerca da pretensa autoridade das “profecias” de São Malaquias”.
Como agora, já na eleição de João Paulo II, em 1978, estiveram em destaque as ditas “profecias de São Malaquias”. A imprensa as mencionava como referencial para se predizer a identidade do futuro Papa. Verificou-se, porém, que os resultados foram totalmente diversos do que se previa. A Igreja é conduzida por Deus e não pelos homens.
As “profe­cias” de São Malaquias previam o fim do mundo para o ano 2000 aproximadamente… Segundo o antigo intérprete dessas “profecias”, Ciacconio, contam-se 38 Pontífices desde Urbano VII († 1590) até o fim do mundo, sendo que o Papa João Paulo II, que vem a ser “De labore solis” (Da fadiga do sol) ainda teria dois sucessores, o último dos quais, Pedro II, verá, com a geração dos seus contem­porâneos, a consumação da história.
A Profecia de Malaquias, logo depois de divulgada em 1595, obteve sucesso considerável. Segundo Dom Estevão Bettencourt, essas profecias “carecem de autoridade”, e os bons críticos não hesitam em rejeitar a sua autenticidade, por isso a Igreja não lhe dá importância. Quem primeiramente a impugnou apelando para argumen­tos ainda hoje plenamente válidos, foi o Pe. Ménestrier S. J., no seu livro “’Réfutation des Prophéties faussement attribuées à S. Malachie sur les élections des Papes”’ (Paris 1689). Eis as principais razões desde então aduzidas contra a genuini­dade das Profecias:
1) Durante cerca de 450 anos, isto é, desde São Mala­quias († 1148) até o opúsculo “Lignum Vitae” (1595), jamais autor algum fez alusão aos oráculos de São Malaquias; nem os historiadores medievais e renascentistas, ao escrever a Vida dos Papas, mencionam tal documento, que certamente deveria ser citado, caso fosse conhecido.
2) A finalidade da Profecia (insinuar a época do fim do mundo) contraria a intenção de Cristo, que em mais de uma ocasião se negou a revelar aos homens a data do juízo final (cf. Mc 13,32; At 1,7). A aplicação dos dísticos aos respectivos Papas baseia-se em notas acidentais e arbitrárias.
Alguns críticos julgam que a “Profecia de São Malaquias” foi forjada justamente nesse ano de 1590, quando o falsificador já conhecia parte da his­tória dos Papas que ele havia de caracterizar, ficando-lhe desconhecida a outra parte (a do futuro).
“Diante destas observações da crítica abalizada, vê-se que vão seria evocar a “Profecia” de São Malaquias, seja para ilustrar a história do Papado, seja para prever o decurso dos futuros tempos ou mesmo a época da segunda vinda de Cristo”.
O bom católico deve acreditar piamente nas razões pelas quais disse o Papa que renunciou, sem se deixar levar por fantasias, elucubrações, medos, e outras interpretações. Isso assusta as pessoas e não é bom. Confiemos plenamente no Papa. Ouçamos apenas o que ele e a Igreja nos dizem, nada mais. A Igreja pertence a Cristo (“a Minha Igreja”), e as forças do inferno jamais a vencerão.

Prof. Felipe Aquino

camiloabc

Mensagens : 67
Data de inscrição : 06/03/2013
Localização : portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: profecia de são malaquias

Mensagem por MSPP em Qui Mar 07, 2013 1:21 pm

Meu caro camiloabc,

É certo que as chamadas profecias de S. Malaquias, não nos merecem, por si só qualquer credibilidade divina, tal como as profecias do Bandarra e as profecias de Nostradamus.

Contudo, isso não impede que haja especulação e até que a mesma seja justificável.

Mesmo nos textos sagrados há coisas que à primeira vista nos parecem incríveis.

Por exemplo em Isaías 7:14 acerca do Emanuel
14*Por isso, o Senhor, por sua conta e risco,
vos dará um sinal. Olhai:
a jovem está grávida e vai dar à luz um filho,
e há-de pôr-lhe o nome de Emanuel.
o texto hebraico fala de uma jovem.
No entanto na tradução da Septuaginta verteram para virgem.
Mateus 1:22-23
22Tudo isto aconteceu para se cumprir o que o Senhor tinha dito pelo profeta: 23*Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho; e hão-de chamá-lo Emanuel, que quer dizer: Deus connosco.
Não seria de esperar que a tradução se cumprisse no N.T. em Yeshua, pois era uma simples tradução grega do hebraico.
Esse ERRO de tradução afinal não era um ERRO, mas uma segunda profecia.
A profecia hebraica já se tinha cumprido no tempo de Isaías e o Emanuel era o seu filho, como podem ver no contexto, se se derem ao trabalho de ler.

Isto é para dizer aos muito «crentes» que pode ser pouco prudente acreditar em tudo o que nos dizem.
Assim como também dizer aos muito «céticos» que pode ser pouco prudente não acreditar em nada, como se fosse tudo «simples especulação».

Eu, prefiro ter uma atitude de expectativa e aguardar pelo resultado.
Lucas 2:19
Quanto a Maria, conservava todas estas coisas, ponderando-as no seu coração.
avatar
MSPP

Mensagens : 429
Data de inscrição : 07/04/2012
Idade : 73
Localização : Ermesinde - Portugal

Ver perfil do usuário https://sites.google.com/site/rrfn001/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: profecia de são malaquias

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum