A parábola do Trigo e do Joio

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: A parábola do Trigo e do Joio

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Seg Jul 15, 2013 10:25 pm

Caros amigos,

As Parábolas do Reino são alusivas a Igreja que está presente no mundo. Não podemos entender a Igreja como um ciclo fechado e destinado a participação de uns e outros não. O desejo de Jesus é que a Igreja fecunde todo o mundo e que todos os homens se salvem e cheguem ao conhecimento da verdade. Assim, a Parábola transcende os átrios da Igreja e permeia o mundo, de maneira que uma coisa não pode se dissociar da outra. Não foi por acaso que Jesus afirmou: "Vós sois a luz do mundo", quando poderia, numa visão restrita e equivocada, ter definido os cristãos como luz da Igreja e não do mundo.

Tomando posse dessa verdade, posso afirmar que nesta passagem bíblica, a imagem do joio no meio do trigo torna-se proverbial de uma maneira tal que a parábola evangélica nos é muito transparente. Ela nos mostra com muita clareza que existem poderes empenhados em malograr a boa colheita, se aproveitando dos momentos de descuido ou de descanso legítimo (Sl 127,2), como também, nos mostra que é preciso levar em conta o joio com paciência e lucidez, e isso só pode ser entendido no contexto social da Igreja como um capítulo de uma Igreja que tem a missão de transformar o mundo, fazendo alusão a uma realidade descrita por São João: "Saíram do nosso meio, mas não eram dos nossos" (1Jo 2,19).

Por ultimo, na explicação da imagem do joio podemos apreciar exemplarmente o trabalho alegórico dos pregadores posteriores. A imagem intensa e eficaz se converte num rosário de correspondências menores. Várias alusões ou semelhanças do Antigo Testamento enriquecem ainda mais a explicação da parábola no que se refere ao fogo para os malfeitores ((Jr 29,22; Dn 3,6), e no que diz respeito aos justos que brilharão como o sol (Dn 12,3).

Assim, a parábola se refere a toda a caminhada humana no mundo como um percurso cujo ápice diz respeito ao julgamento escatológico conforme nos foi profetizado (Is 27,11). A partir de então, termina a vida presente e é inaugurada uma outra onde os salvos estarão definitivamente com o Senhor, ao passo que os condenados serão lançados no fogo eterno.

Não há como fugir dessa realidade.

Um grande abraço a todos !!!
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A parábola do Trigo e do Joio

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Ter Jul 16, 2013 7:48 am

Caro Eleito,

Para não se ficar pensando em "saladas", é necessário observar a explicação da parábola nos versículos 26 a 43, que não sei por qual razão não foram transcritos na sua postagem de abertura deste tópico, o que é algo inexplicável, uma vez que estes versículos são a explicação do próprio autor da parábola, do próprio fundador de nossa Igreja. Entretanto, como esse costume não é novo e está sempre muito transparente nas suas postagens, deixo isso à parte e me atenho ao que é fundamental em relação aqueles a quem você diz se dirigir de maneira muito "especial", fazendo uma relação TEXTO-SALADA:

37 - "AQUELE QUE SEMEOU A SEMENTE BOA É ESTE HOMEM" (Jesus - como afirmei na salada)

38 - "O CAMPO É O MUNDO; A BOA SEMENTE SÃO OS CIDADÃOS DO REINO" (A Igreja presente no mundo - como também afirmei na salada);

38B - "O JOIO SÃO OS SÚDITOS DO MALIGNO;" (todo o conjunto de falsas doutrinas - como afirmei na salada - 1Jo 2,19)

39 - "O INIMIGO QUE SEMEIA É O DIABO" (autor e princípio de toda a doutrina antagônica a sã doutrina - como afirmei na salada - Sl 127,2);

29b-42 - "ASSIM COMO SE RECOLHE O JOIO E SE LANÇA AO FOGO, ASSIM ACONTECERÁ NO FIM DO MUNDO: ESTE HOMEM ENVIARÁ SEUS ANJOS PARA QUE RECOLHAM EM SEU REINO TODOS OS ESCÂNDALOS E OS MALFEITORES; E OS LANÇARÃO NO FORNO DE FOGO. AÍ HAVERÁ PRANTO E RANGER DE DENTES" (Juizo escatológico e destino dos condenados - como afirmei na salada);

43 - "ENTÃO, NO REINO DE SEU PAI, OS JUSTOS BRILHARÃO COMO O SOL" (Juizo escatológico e destino dos salvos - como afirmei na salada Dn 12,3);

43b - "QUEM TIVER OUVIDOS, ESCUTE" (Não há como fugir dessa realidade - como afirmei na salada).

_________________________________

Esta é a crença da Igreja Católica, FIEL AQUILO QUE ESTABELECEU O SEU AUTOR. Se para os que não estão nela isso é uma "SALADA", para os que são fiéis a Jesus na sua única e verdadeira Igreja ESSA SALADA SERÁ SEMPRE BEM-VINDA !!!
_________________________________

TÓPICO TRANCADO !!!
_________________________________

Um grande abraço !!!
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum