Dúvida em Mt 23,8: Jesus nega a autoridade da Igreja?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Dúvida em Mt 23,8: Jesus nega a autoridade da Igreja?

Mensagem por claudiof em Seg Set 09, 2013 5:29 pm

Boa tarde,

em Mateus 23:8 está escrito que Jesus disse "Mas vós não vos façais chamar rabi, porque um só é o vosso preceptor, e vós sois todos irmãos."

Rabi na época eram entre os judeus as autoridades que ensinavam o que é hoje o antigo testamento. Preceptor, segundo o dicionário, é aquele que ensina, ou seja, mestre.

Jesus disse que ele deve ser o único mestre, então? O que quis dizer Jesus neste versículo?

claudiof

Mensagens : 29
Data de inscrição : 22/02/2013
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dúvida em Mt 23,8: Jesus nega a autoridade da Igreja?

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Seg Set 09, 2013 10:14 pm

Caro Claudiof,

Que boa essa sua questão !

É importante que contextualizemos este versículo no texto das Sagradas Escrituras para que não caiamos no erro de dar-lhe um significado diferente daquilo a que ele se propõe, ou para não darmos margem a hipóteses como essa que se coloca como antagônica a autoridade da Igreja.

Os versículos anteriores, a partir do primeiro, nos coloca diante da invectiva de Jesus contra os fariseus em um tempo onde se fazia presente uma grande polêmica da comunidade cristã com as autoridades religiosas judaicas. O texto, possivelmente, remonta a época em que os cristãos já passavam pelo processo de exclusão da comunidade judaica.

Observando-se cada detalhe, logo se percebe que o estilo polêmico explica indubitáveis exageros ou simplificações ao descrever o contrário, tendo como pano de fundo as circunstâncias daquela época, onde letrados, fariseus e hipócritas de vários grupos religiosos se colocavam como verdadeiros mestres, onde a contradição entre o dizer e o fazer se torna uma severa advertência de Jesus para a sua Igreja.

De modo mais específico, no oitavo versículo, as palavras de Jesus são dirigidas de forma muito direta aos cristãos, no sentido de preservarem a unidade da fé e da doutrina, da qual somente Ele é o Mestre e o Senhor. Isso não implica negar a autoridade da Igreja, mas reforça-la a partir do princípio de uma unidade tão estreita que caracterize a todos como irmãos, como ouvintes e praticantes daquilo que é em si mesmo a vontade do Senhor. Essa irmandade fica fortemente reforçada no seio da comunidade, de maneira que todos possam dizer a mesma coisa por estarem estreitamente ligados a Jesus e extremamente fundamentados na Sua Palavra.

Mais na frente, em um conjunto de sete "ais", Jesus condena letrados, fariseus, hipócritas, pessoas que são extremamente rigorosas com a lei, com os juramentos e com os dízimos e não se preocupam com a misericórdia, como se tais prescrições fossem mais importantes que a prática do amor ao próximo.

Por ultimo, mais precisamente no trigésimo quarto versículo, Jesus CONFIRMA A AUTORIDADE DA SUA IGREJA afirmando: "VEDE, PARA ISSO VOS ENVIO PROFETAS, DOUTORES E LETRADOS", sendo estes constituídos de acordo com o Seu coração, a Sua vontade e a Sua Palavra.

Enfim, foi isso o que Jesus quis nos ensinar.

Um grande abraço !!!




Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dúvida em Mt 23,8: Jesus nega a autoridade da Igreja?

Mensagem por claudiof em Ter Set 10, 2013 9:39 am

O Flávio, obrigado eu estava pensando que nesse versículo 8 Jesus quis dizer que não se façam de rabi, ou mestres no sentido espiritual, ou como que substitutos de Deus, isso está errado então?

Pois perceba nos versículos seguintes está escrito Mestre com "M" maísculo, ou seja, mestre no sentido espiritual:
"9. E a ninguém chameis de pai sobre a terra, porque um só é vosso Pai, aquele que está nos céus.
10. Nem vos façais chamar de mestres, porque só tendes um Mestre, o Cristo."

É como se Jesus não estivesse falando de pais e mestres com relação ao mundo temporal, mas ao espiritual, até porque ele menciona "sobre a terra", ou seja, "acima da terra", e depois quando fala em mestre ele menciona a Si mesmo, e para que houvesse um substituto de Deus, só poderia ser alguém que se portasse como Deus, então estava falando não de um mestre aqui na terra, mas acima da terra.

Meu raciocínio está errado ?

Abraço.

claudiof

Mensagens : 29
Data de inscrição : 22/02/2013
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dúvida em Mt 23,8: Jesus nega a autoridade da Igreja?

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Ter Set 10, 2013 2:53 pm

Ok, Claudiof,

Essa referência de Jesus aos vocábulos "Mestre" e "Pai" se contextualiza exatamente no sentido espiritual como você bem o afirmou, e não no sentido puramente humano. Foi por esta razão que no meu colóquio citei o versículo 34 no qual Jesus afirma: "VEDE, PARA ISSO VOS ENVIO PROFETAS, DOUTORES E LETRADOS". Do contrário, Ele não se serviria dos termos profeta, doutores e letrados, mas "mestre", o que em absoluto não o fez. Assim sendo, entendo que está correto o seu raciocínio.

Um grande abraço !!!

Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dúvida em Mt 23,8: Jesus nega a autoridade da Igreja?

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 12:50 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum