Dúvida com o os padrinhos de crisma

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Dúvida com o os padrinhos de crisma

Mensagem por gleidsonmacedo em Qua Dez 18, 2013 7:47 pm

1. Pode um Santo (Ex.: Santo Agostinho) ser padrinho de crisma de alguém? como faz para "nomeá-lo" padrinho e como faz durante a cerimonia? Alguém o "representa" ou fica "vago" o lugar do padrinho?

2. Pode alguém ser padrinho a distância? Poderia um Sr. que previamente aceitou ser padrinho, mas que não poderá está no dia da cerimônia, pois mora em outro país, ser padrinho? Da mesma forma, como seria durante a cerimônia?

3. Pode alguém escolher uma pessoa ilustre para ser seu padrinho, mesmo sem conseguir um contato, autorização ou dar ciência a essa pessoa (Ex. Papa Francisco) de que ela seria seu padrinho?

Porque padrinhos tão "difíceis" ? Porque foram pessoas que influenciaram indireta mas eficazmente na formação cristã do crismando e até mesmo em sua conversão a fé católica e sua busca pelo sacramento.

E então? é possível? como fazer?

Obrigado.
avatar
gleidsonmacedo

Mensagens : 38
Data de inscrição : 09/12/2012
Idade : 34
Localização : Abreu e Lima - PE

Ver perfil do usuário http://arautodejesuscristo.blogspot.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dúvida com o os padrinhos de crisma

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Seg Dez 30, 2013 9:20 pm

Caro Gleidson,

Em relação aos padrinhos, devemos estar atentos ao que estabelece o magistério da Igreja. Esta questão está muito clara no número 1.311 do nosso catecismo:

"Para a Confirmação, como para o Baptismo, convém que os candidatos procurem ajuda espiritual dum Padrinho ou de uma Madrinha. É conveniente que seja o mesmo do Baptismo, para marcar bem a unidade dos dois sacramentos."

Para além do que estabelece o Catecismo, o Código de Direito Canônico estabelece alguns itens que facilitam a nossa compreensão:

Cân.873. – Haja um só padrinho ou uma só madrinha, ou então um padrinho e uma madrinha.

Para ser Padrinho :

874/1 - Deve ser escolhido pelo baptizando ou por quem faça as suas vezes.

874/2 - Tenha 16 anos completos.

874/3 - Seja católico, confirmado e tenha recebido a Eucaristia.

874/4 - Não esteja abrangido por nenhuma pena canónica.

874/5 - Não sejam os pais.

___________________________________
Convém lembrar que, em um passado não muito distante, muitos santos eram adotados como padrinhos por ocasião da recepção dos dois sacramentos. No nosso tempo esta prática não existe mais. Por ultimo, acredito que as disposições do Catecismo e do Direito Canônico devam ter esclarecido as suas dúvidas.

Um grande abraço !!!
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dúvida com o os padrinhos de crisma

Mensagem por gleidsonmacedo em Ter Dez 31, 2013 12:34 pm

nessa materia do ACI digital que fala da conversão de uma ateia http://www.acidigital.com/noticia.php?id=24517
lê-se:
"A escritora de 22 anos indicou no seu blog que escolheu a Santo Agostinho como seu santo padroeiro de Crisma, pois "queria um santo de crisma com o que possa me sentir mais diretamente surpreendida e desafiada".

Pelo que entendi foi no dia 18/11/2012, ou seja a pouquíssimo tempo atrás. Então Santo Agostinho foi o "padrinho" de crisma dela? ou esse escolha de um santo padroeiro do sacramento é outra coisa?
avatar
gleidsonmacedo

Mensagens : 38
Data de inscrição : 09/12/2012
Idade : 34
Localização : Abreu e Lima - PE

Ver perfil do usuário http://arautodejesuscristo.blogspot.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dúvida com o os padrinhos de crisma

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Ter Dez 31, 2013 1:41 pm

Caro Gleidson,

Afirmei anteriormente que essa prática era comum até certo tempo, algo que, de certa forma, pode ter se tornado tradicional em algumas regiões. Creio que o fato a que você se refere deve ser um fato isolado, uma "exceção de regra".

A finalidade dos padrinhos está associada ao acompanhamento dos afilhados, verificando suas condutas, aconselhando, orientando, ensinando e dirigindo os seus passos na vida eclesial. Trata-se de alguém cujo compromisso é ajudar os pais na formação cristã dos filhos por meio da oração e do exemplo de uma vida cristã.

Ao se adotar um santo como padrinho, com certeza se tem a garantia de alguém que, na sua essência, se trata de um intercessor, o que é muito bom. Entretanto se trata de alguém com quem não se mantém um relacionamento pessoal que possa garantir o ensino, a admoestação, a orientação e tudo o que é pertinente a função de padrinho.

Não podemos deixar de lembrar que, dentro da doutrina do culto aos santos, está a imitação das suas virtudes, o que é muito salutar. Mas é preciso que haja um convívio bem maior, uma relação de confiança, de afeto, de reciprocidade, algo que transcende ao exemplo histórico e a realidade da intercessão dos santos.

Não existe comunicação entre nós e os santos. Eles intercedem por nós diante de Deus como nos ensinam as Sagradas Escrituras, mas não nos dão qualquer resposta, não se comunicam conosco. A resposta às nossas orações acontecem por meio do próprio Deus. É Ele que nos concede as graças que lhe pedimos de forma direta ou por meio da intercessão dos santos.

Os padrinhos têm o dever de conviver com os afilhados, como afirmei anteriormente, e isso não é possível aos santos que estão diante do trono de Deus.

Penso que fui um pouco mais claro do que antes.

Aproveito a oportunidade para desejar que o ano novo seja repleto das bênçãos do nosso Salvador.

Um grande abraço !!!
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dúvida com o os padrinhos de crisma

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Ter Dez 31, 2013 1:55 pm

Ainda complementando o que já descrevi anteriormente, coloco aqui algo que escreví em outro tópico e que está na mesma linha de pensamento:

"O que é ser padrinho? Para nós católicos, ser padrinho é assumir a responsabilidade pelos afilhados, principalmente em matéria de fé e de acordo com a nossa doutrina, o que se configura em um compromisso que não se reduz à mera participação na realização da cerimônia de um sacramento, considerando-se que um sacramento não se constitui em apenas um momento do cristão na vida da Igreja. Ele transcende ao momento da cerimônia, se perpetuando para o resto da vida de quem o recebe. Aos padrinhos compete o bom exemplo, o acompanhamento, a oração, o aconselhamento, a correção fraterna e, em resumo, a corresponsabilidade."

Um grande abraço !!!
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dúvida com o os padrinhos de crisma

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum