Feliz aquele que se apoderar de teus filhinhos, para os esmagar contra o rochedo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Feliz aquele que se apoderar de teus filhinhos, para os esmagar contra o rochedo

Mensagem por claudiof em Qui Maio 08, 2014 11:24 am

Pessoal, estou com dificuldades para entender este trecho da Bíblia:

Salmo 136,8-9 "Ó filha de Babilônia, a devastadora, feliz aquele que te retribuir o mal que nos fizeste!
Feliz aquele que se apoderar de teus filhinhos, para os esmagar contra o rochedo!"
http://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/salmos/136/

Tentei procurar no google uma explicação e não encontrei, o que Davi quis dizer ao escrever esse salmo, seria moral matar crianças numa situação como aquela ?

claudiof

Mensagens : 29
Data de inscrição : 22/02/2013
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Feliz aquele que se apoderar de teus filhinhos, para os esmagar contra o rochedo

Mensagem por claudiof em Sex Maio 30, 2014 12:00 pm

Pessoal, fiz mais umas buscas e continuo sem entender, tem outras duas passagens que são igualmente difíceis:
ÊXODO 21:20-21 Com a aprovação divina, um escravo pode ser surrado até a morte sem punição para o seu dono, desde que o escravo não morra imediatamente.
Dt 21, 18-21: Quando o filho se torna contumaz e rebelde, os pais devem levá-lo à porta da cidade para ser apedrejado pelos homens da cidade.

O Catecismo ensina que toda a Escritura é inspirada por Deus, e mesmo que no Antigo Testamento existam ensinamentos transitórios, como essa por exemplo de apedrejar o filho rebelde, é difícil entender que esta punição fosse justificada em qualquer tipo de situação.

Essas passagens estão me dando um nó na cabeça, não quero perguntar isso ao Padre porque não temos muito contato, exceto quando vou me confessar, mas esse não é um bom momento, então se aqui na internet o pessoal souber instruir eu fico agradecido, qual seria a explicação católica sobre essas passagens?

claudiof

Mensagens : 29
Data de inscrição : 22/02/2013
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Feliz aquele que se apoderar de teus filhinhos, para os esmagar contra o rochedo

Mensagem por rcassiadcn em Ter Jun 10, 2014 1:39 pm

Ola, claudiof tudo bem? Olha existe uma resposta Biblica mas nao Catolica vc ainda tem interesse em saber?

rcassiadcn

Mensagens : 22
Data de inscrição : 20/05/2012
Localização : ALEMANHA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Feliz aquele que se apoderar de teus filhinhos, para os esmagar contra o rochedo

Mensagem por claudiof em Seg Jun 16, 2014 10:28 am

Sim, qualquer informação que possa me ajudar a encontrar a verdade é bem vinda, estou perseguindo essa resposta há muito tempo.

claudiof

Mensagens : 29
Data de inscrição : 22/02/2013
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Feliz aquele que se apoderar de teus filhinhos, para os esmagar contra o rochedo

Mensagem por rcassiadcn em Qui Jun 19, 2014 11:28 am

Oi claudio este texto nao se encontara em Salmos "
Salmo 136,8-9 "Ó filha de Babilônia, a devastadora, feliz aquele que te retribuir o mal que nos fizeste!
Feliz aquele que se apoderar de teus filhinhos, para os esmagar contra o rochedo!" Acredito que vc deve ter errado, mas minha pergunta e sobre este texto que vc quer uma explicacao?

rcassiadcn

Mensagens : 22
Data de inscrição : 20/05/2012
Localização : ALEMANHA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Feliz aquele que se apoderar de teus filhinhos, para os esmagar contra o rochedo

Mensagem por claudiof em Seg Jun 23, 2014 2:34 pm

Sim, eu quero uma explicação, a minha pergunta é como podemos entender esse trecho de forma metafórica, se o contexto todo é literal?

Ou seja, os versículos anteriores trazem expressões muito específicas que são difíceis de interpretar de maneira metafórica, como em Salmos 136,2-3:
"Nos salgueiros daquela terra, pendurávamos, então, as nossas harpas, porque aqueles que nos tinham deportado pediam-nos um cântico. Nossos opressores exigiam de nós um hino de alegria: Cantai-nos um dos cânticos de Sião. Como poderíamos nós cantar um cântico do Senhor em terra estranha?"

Como interpretar o significado de "salgueiros daquela terra" de forma metafórica? Teria como Davi querer dizer outra coisa que não fosse o significado literal dessas palavras? "pendurávamos, então, as nossas harpas", o que significariam então as arpas?

Segundo os apóstolos o Antigo Testamento é palavra de Deus, e segundo o Catecismo:
"121. O Antigo Testamento é uma parte da Sagrada Escritura de que não se pode prescindir. Os seus livros são divinamente inspirados e conservam um valor permanente (99), porque a Antiga Aliança nunca foi revogada."

O Catecismo também diz que o Antigo Testamento contém "coisas imperfeitas e
transitórias".

Porém, mesmo supondo que seja um ensinamento passageiro e que aquela situação exigia uma medida drástica, não dá pra imaginar que matar crianças inocentes fosse justificável em qualquer situação.

claudiof

Mensagens : 29
Data de inscrição : 22/02/2013
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Feliz aquele que se apoderar de teus filhinhos, para os esmagar contra o rochedo

Mensagem por Paulo Henrique Viana em Qui Set 24, 2015 9:04 pm

Cláudiof, boa noite
gostaria de abordar o primeiro texto que você mencionou, talvez você consiga mais alguma informação ou entendimento além do que irei passar.
O Salmo em questão está relacionado a um evento histórico, o exílio de Judá para a Babilônia, no século VI. Existe alguns conflitos quanto ao Salmo se foi escrito durante ou depois do exílio, porém isto não anula a sua historicidade. Você percebe que o sentimento de desespero e ao mesmo tempo de ira é expresso no Salmo.
"Às margens dos rios da Babilônia, nós nos assentávamos e chorávamos, lembrando-nos de Sião" o povo de Judá chorava por causa de trágica situação, foram levados cativos pelo império babilônico, estão distantes de Sião e do templo, o que resta é somente chorar e se lamentar.

"Nos salgueiros que lá havia, pendurávamos nossas harpas". As harpas eram instrumentos de alegria, após alcançar alguma vitória, Israel reagia com canções. O foco aqui não são os salgueiros (árvores de longos ramos ), mas sim as harpas.

"Pois aqueles que nos levaram cativos nos pediam canções, e os nossos opressores que fossemos alegres, dizendo: Entoai-nos algum dos cânticos de Sião." Os babilônicos ridicularizavam dos judeus.

"Contra os filhos de Edom, lembra-te, Senhor, do dia de Jerusalém pois diziam: Arrasai, arrasai, até os fundamentos." O profeta Obadias (leia) testemunhou sobre a hostilidade dos edomitas quando Jerusalém caiu diante dos babilônicos.

"Filha da Babilônia, que hás de ser destruída, feliz aquele que te der o pago do mal que nos fizeste." O sentimento de revolta e de vingança é normal no coração do salmista, e de fato, Babilônia depois foi destruída, mas não pelo dedo do homem, mas sim de Deus. Quando falo que o sentimento é normal é que todos nós nesta situação sentiria o desejo de alguma outra nação avançar contra Babilônia e nos tirar de lá para voltarmos para a terra de nossos pais.

devemos lembrar que em uma guerra todos morrem: velhos, mulheres, crianças, jovens. Os filhos de Judá foram mortos pela Babilônia, não houve piedade, não houve dó. Babilônia sendo invadida por outra nação (era o desejo do salmista), iria acontecer a mesma coisa: homens sendo mortos, mulheres sendo mortos, jovens sendo mortos, crianças sendo mortas, etc... em uma guerra não somente crianças inocentes morrem, mas também homens e mulheres.

depois falaremos sobre Exodo

Paulo Henrique Viana

Mensagens : 110
Data de inscrição : 19/11/2010
Localização : Minas Gerais

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Feliz aquele que se apoderar de teus filhinhos, para os esmagar contra o rochedo

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum