Inculturação na Liturgia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Inculturação na Liturgia

Mensagem por Breno em Qua Out 08, 2008 5:33 pm

A questão da inculturação me parece um bom tema para uma maior reflexão, pois existem alguns erros de interpretação nessa esfera que ainda suscitam algumas dúvidas! (missas afro por exemplo)
avatar
Breno

Mensagens : 22
Data de inscrição : 27/09/2008
Localização : petropolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inculturação na Liturgia

Mensagem por Rafaela Botelho em Seg Out 13, 2008 12:43 am

Por que Missa Afro se nem na África tem "Missa Afro"?
Claro que sabemos que é diferente daqui, mas, teria essa necessidade de ter uma "Missa Afro"?

Sei lá, não poderia ser simplesmente a Missa sendo o que é com pequenas adaptações [que são inevitáveis] devido à cultura?
Não sei se estão entendendo a pergunta. Claro, daí me diriam: mas é isso a Missa Afro.. pequenas adaptações.
Sim, mas então por que não tem uma "Missa Brasileira", "Missa Espanhola", etc?
Assim, sabemos que em cada lugar é "diferente" o jeito e tal. Mas, pra que especificar "Missa Afro"?

[Poxa, fui explicar a pergunta virou um texto.. rs]

Fiquem com Deus
Se falei besteira por falta de informação, perdoe.
Very Happy
avatar
Rafaela Botelho
Acolhedora

Mensagens : 530
Data de inscrição : 03/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inculturação na Liturgia

Mensagem por Rafaela Botelho em Ter Out 28, 2008 9:06 pm

???


confused confused confused
avatar
Rafaela Botelho
Acolhedora

Mensagens : 530
Data de inscrição : 03/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inculturação na Liturgia

Mensagem por Rafaela Botelho em Qua Out 29, 2008 2:40 pm

Olá pessoal.

Bom, como ninguém me respondeu, agora que encontrei a resposta vou postar visto que, se ninguém respondeu é porque deve ser a dúvida de muitos também.


"A Missa Afro que apareceu na TV não gozava de aprovação do Papa João Paulo II. Utilizaram símbolos da cultura africana para exprimir a fé e a Liturgia católicas, mas não atingiu seu objetivo: que era elevar as mentes a Deus em atitude de oração.
A Igreja Católica é universal e cada povo (como quem toma parte no culto sagrado) tem o direito de se exprimir conforme sua cultura. Por isso na Igreja existem diversos ritos litúrgicos: além do romano, há os ritos orientais (o bizantino, o melquita, o maronita...) e os ritos ocidentais menos propagados (o ambrosiano, o visigótico, o lionês...).

A inculturação deve evitar todas as expressões populares já consagradas pelo folclore carnavalesco ou quase carnavalesco, como também todos os símbolos característicos de cultos não católicos.

Tais ensaios que a TV apresentou são tentativas de inculturação, tentativas que contrariam as instruções oficiais da Santa Sé.

A Igreja não deseja impor na Liturgia uma forma rígida e única, mas, se os costumes de tal povo não consistirem em erros, ela o examina e permanece intacto, as vezes, até o admite na própria liturgia contanto que, esteja de acordo com as normas do verdadeiro e autêntico espírito litúrgico.

O Papa João Paulo II presidia celebrações que utilizavam a simbologia de povos não europeus, todavia dentro dos parâmetros da reverência indispensável à Sagrada Liturgia. Quaisquer que sejam os gestos e sinais aplicados à Liturgia, deverão sempre contribuir para que se levem as mentes a Deus numa atitude de oração e adoração. Caso este objetivo não seja atingido, mas, ao contrário, se provoque dispersão e perplexidade entre os fiéis, os símbolos não podem ser considerados autênticos.

É à luz de tais ponderações que se devem avaliar as tentativas de adotar elementos culturais novos para enriquecer sadiamente o ritual católico."

[Resumo]
avatar
Rafaela Botelho
Acolhedora

Mensagens : 530
Data de inscrição : 03/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inculturação na Liturgia

Mensagem por Davison em Qua Out 29, 2008 9:40 pm

Tais ensaios que a TV apresentou são tentativas de inculturação, tentativas que contrariam as instruções oficiais da Santa Sé.

Olá, quais são as orientações oficiais ???? Pode citar fontes???
avatar
Davison
Tira-dúvidas oficial: Liturgia

Mensagens : 154
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 29
Localização : Petrópolis RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inculturação na Liturgia

Mensagem por Rafaela Botelho em Qua Out 29, 2008 10:01 pm

Olá Davison,
Como vai?

Claro. O que escrevi foi um resumo do texto do Dom Estevão Bettencourt, com citações do Concílio Vaticano II, etc.

Resumi para ficar mais fácil de ler.
Textos longos são cansativos e, na maioria das vezes, pouco eficientes.

Dá uma olhadinha aqui, Davison:
http://www.cleofas.com.br/virtual/texto.php?doc=ESTEVAO&id=deb0055

Fiquem com Deus
Very Happy
avatar
Rafaela Botelho
Acolhedora

Mensagens : 530
Data de inscrição : 03/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inculturação na Liturgia

Mensagem por Alan em Qua Out 28, 2009 8:32 pm

Em relação ao tenho a seguinte opinião:

A Liturgia tem seu "núcleo imutável" porém dependendo do lugar devido às culturas diferentes alguns aspectos mudam. Isto é inevitável. Por exemplo uma missa aqui na região sudeste não será a mesma que na região nordeste devido às diferenças culturais geradas pelos tipos de colonização. Tendo como exemplo base o Concílio Vaticano II, a aceitação deste foi/será muito mais fácil aqui no Sudeste/Sul do que no Norte/Nordeste porque aqui no Sudeste nós tivemos uma colonização de origem Italiana/Alemã ou seja de origem européia e no Norte/Nordeste eles tiverem uma colonização mais marcada pelos povo Africanos devido ao período de escravidão no Brasil. Não se pode culpar os povos que tem sua origens enraizadas em culturas tão diferentes da européia, em terem dificuldades na aceitação de certos padrôes definidos pela Santa Madre Igreja que convivem com a cultura Européia. Ou seja não se pode querer mudar as culturas dos povos que querem se converter mas orientá-los ao modo mais correto para adaptar a sua cultura na Liturgia. Com isso nós reforçamos a proposta no nome de nossa Igreja, a Igreja Católica. Essas adaptações de culturas vem desde os Evangelhos e suas diferenças no modo de escrita,pois cada autor destinava seus textos inicialmente a povos diferentes.

Por fim, concordo que tira a maior característica de nossa Igreja , a unidade, ficar colocando nomes em Missas como se elas fossem diferentes, por exemplo Missa de Cura e Libertação , Missa Afro, Missa de Jovens, porque todas tem a mesma essência e finalidade, mas não sou contra as alterações devido a culturas diferentes. Por fim como eu já disse em outros tópicos, se a Santa Madre Igreja nos incentiva a manter a unidade na essência do rito Litúrgico nós devemos fazer mas eu sou a favor de mudanças em certos coisas como por exemplo a participação do povo em certas orações como a da paz pois não creio que nenhum Padre vai ter uma crise vocacional se isso acontecer mas isso é a minha opinião de uma mudança que eu creio beneficiaria e embelezaria o rito Litúrgico mas enquanto isso não acontece, paciência afinal quem sou eu para julgar o que é certo e agradável a Deus.

Paz e Bem

Alan
avatar
Alan

Mensagens : 230
Data de inscrição : 05/06/2009
Idade : 31
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inculturação na Liturgia

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum