Igreja ortodoxa

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Igreja ortodoxa

Mensagem por larissa em Dom Ago 31, 2008 4:46 pm

Quem "fundou" a Igreja ortodoxa? O motivo foi realmente a questão da obediência ao papa, ou há outros motivos também? Há possibilidades de voltarem a ser uma só?

E quanto ao Anglicanismo, já temos algumas pistas do que pode acontecer...?
avatar
larissa

Mensagens : 41
Data de inscrição : 10/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Igreja ortodoxa

Mensagem por M.Levi em Dom Ago 31, 2008 6:17 pm

Fala Larrissa, esse é um apanhado geral das sua perguntas, qualquer coisa avisa ai.


Teria sido o Apostolo André, no entanto isso é quando nos referimos a Igreja fundada em Constantinopla, até 1054 era um única Igreja,Oriental(Constantinopla)e Ocidental ( Roma). A segunda pergunta na verdade se refere à questão da primazia, que pertencia a Igreja de Roma e era causa de problema para o Patriarca que desejava união das insígnias reais ao poder atemporal da Igreja, a primazia da Igreja de Roma foi contestada por Imperador Marciano, isso por volta do século V, o que na época causou mal estar, tal atitude foi repudiada pelo Papa Leão I, existe uma teoria de que a Igreja Ortodoxa teria sido fundada a partir da separação em 1054 por Miguel Cerulário, era Papa Leão IX, então há implicações políticas na separação por parte do Patriarca na busca pela união do poder civil ( Real) e religiosos ( Patriarcado). A respeito da união entre as Igrejas, parece que há certo distanciamento o que se busca sempre é que seja um, no entanto há tb a idéia de que deve se respeitar o culto e suas práticas, a questão anglicana já teve dias melhores, no começo da década de 1990 havia um dialogo bem adiantado, porém a ordenação de mulheres fez cair por água baixo, hoje mesmo há problemas internos dentro da Igreja anglicana, agora na conferência Lamberth uma parte significativa dos anglicanos tradicionais não participarão exatamente por causa na ordenação de mulheres e homossexuais ( ordenação nesse caso é para bispo). Walter Kasper responsável pelo dialogo disse que a ordenação de mulheres e bispos gays impossibilita o reconhecimento pela Igreja Católica.

obs " Acima na hora da tradução do texto em espanhol, afirmei que Walter Kasper era um bispo anglicano, ledo engano, mais tarde foi dar uma olhada no histórico dele e descobri que é católico."


Última edição por M.Levi em Dom Set 07, 2008 4:38 pm, editado 3 vez(es)
avatar
M.Levi
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 147
Data de inscrição : 24/08/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Igreja ortodoxa

Mensagem por alessandro em Dom Ago 31, 2008 9:09 pm

Ainda sobre o anglicanismo vale ressaltar o momento difícil que a Igreja anglicana vive hj. houve uma certa liberalização em questões como o aborto. além disso houve a ordenação de um bispo homossexual . Isso gerou uma grande confusão em círculos de fiéis e realmente levou a um retrocesso no diálogo e na busca pela unidade. Outro consequência dessa situação foi a conversão de muitos anglicanos ao catolicismo.
avatar
alessandro
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 750
Data de inscrição : 16/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Igreja ortodoxa

Mensagem por Carol em Dom Ago 31, 2008 11:07 pm

oi Levi...

Sua explicação foi bem legal, mas eu gostaria de saber mais sobre a Igreja ortodoxa e sobre o cisma
avatar
Carol

Mensagens : 10
Data de inscrição : 16/08/2008
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Igreja ortodoxa

Mensagem por M.Levi em Ter Set 02, 2008 9:53 pm

Fala Carol, então a Igreja Ortodoxa está presente em dezenas de países inclusive no Brasil, tb chamada de Igreja Católica Ortodoxa ou Igreja Oriental , e ai segundo a divisão interna dela há muita autonomia, nisso há problema com Igreja em Roma, tomemos com exemplo o caso A Igreja da Grécia que até meados de 2003 tinha o dialogo muito travado com Roma, ou o caso mais famoso com Igreja da Rússia que João Paulo II quis tanto visitar mais havia o censo de que nãos seria bem recebido, ele mesmo que foi recebido por judeus, islâmicos, budistas, não foi recebido por cristãos, houve aproximação a partir das visitas do bispo Kasper, o problema se dá com o Patriarca de Moscou . Voltando a Igreja Ortodoxa, é extremamentes ritualistas, longe de isso ser um mal, há presença de ícones, etc. Historicamente as Cruzadas surgem do apelo da Igreja de Bizâncio pela ajuda dos cristãos ocidentais. Nota que quando me referi as Igreja Ortodoxa tomei a liberdade de colocar todo mundo no mesmo local, seguindo a lógica da autonomia interna e divisão histórica poderíamos ter : Igreja da Grécia, Bulgária, Servia,Romênia, Rússia – Moscou, e ainda Antigas Igrejas do Oriente - copta, etíope, armênia, etc. Depois eu volto para falar mais do cisma de 1054
avatar
M.Levi
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 147
Data de inscrição : 24/08/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Igreja ortodoxa

Mensagem por M.Levi em Sab Set 06, 2008 11:46 am

No dia 16 de julho de 1054 houve a separação entre Constantinopla e Roma, voltemos um pouco tempo pq em 1050 Miguel Cerulário mandou fechar as Igreja de Rito Latino e confiscou seus bens ? Uma prática há muito em desuso no Ocidente estava em plena ascensão no Oriente a intromissão nos assuntos da Igreja pelos imperadores, Miguel era político e ambicioso então atiçado pelo imperador rompe com a Igreja, pela duas justificativas que dei acima é possível perceber que a separação teve implicações políticas. O dialogo hoje entre as Igrejas que se auto excomungaram é bem evoluído, desde ano de 1964 quando em visita a Terra Santa o Papa Paulo VI se encontrou com Patriarca Atenágoras e abriram diálogo no ano seguinte na mesma hora em Roma e Constantinopla, as excomunhões foram tiradas e dez anos depois uma delegação da Igreja Oriental visitou Paulo VI, para comemorar décimo aniversário da retirada das excomunhões .

Qualquer coisa estamos ai....
avatar
M.Levi
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 147
Data de inscrição : 24/08/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Igreja ortodoxa

Mensagem por papista em Qui Nov 13, 2008 11:15 am

Olá pessoal,
eu sou novo aqui, mas gostaria de deixar minha contribuição.
Eu acredito que apesar do cisma ter ocorrido em 1054, o problema começa com Fócio no século IX
avatar
papista

Mensagens : 52
Data de inscrição : 13/11/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Igreja ortodoxa

Mensagem por M.Levi em Qui Nov 13, 2008 12:53 pm

Fala "papista" seja muito bem vindo ao forum, qualquer coisa que precisar não deixe de entrar em contato e continue participando...

Vamos a sua questão

Vc tem razão quando se refere a raiz dos ressentimentos, vou procurar dar uma idéia do que aconteceu.
Uma pequena introdução ao tempo anterior ao Cisma de 1054, especificamente no caso das Igrejas Orientais as intromissões do Imperadores eram constantes e justificáveis, soma-se a isso o caso das heresias em efervescências e o pior que essas heresias (arianismo, nestorianismo, iconoclastas etc ) acabavam sendo absorvidas até com o apoio do poder secular. Sendo assim posso entrar na questão que vc cita, o caso da crise fociana, Patriarca Fócio de Constantinopla (858-886) assume a Igreja em Constantinopla apoiado pelo Imperador, tomando o lugar de Santo Inácio, nesse ínterim os seguidores de Santo Inácio buscam ajuda em Roma, caracterizando Fócio como um ladrão, tempos depois Fócio foi condenado por Roma em virtude da sua postura, parece que ao fim Fócio morreu em comunhão com a Igreja de Roma, sem no entanto apagar as questões levantadas como por exemplo a questão do Filioque* que sim deixou marcas que efletiram no Cisma de 1054





* Filioque, Fócio acusa os latinos de terem acrescentados essa expressão que significa do Filho, referente ao Espírito Santo, bem não é minha especialidade, porém a explicação teológica tem haver com a idéia de o Espírito Santo é o Amor mutuo entre Pai e Filho,os latinos já afirmavam que o Espírito procede do Pai e do Filho.

Qualquer coisa comenta ai que procuro ajudar


Última edição por M.Levi em Ter Jul 28, 2009 11:57 pm, editado 1 vez(es)
avatar
M.Levi
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 147
Data de inscrição : 24/08/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Igreja ortodoxa

Mensagem por papista em Sex Nov 14, 2008 7:55 am

Olá,
Estarei sempre disposto a defender a fé católica.
Com o apoio do Papa foi destronado do patriarcado, porém conseguiu voltar.
Esse fato criou um mal-estar sobre as interferências de Roma, desembocando no cisma de 1054 posteriormente.

A IO acredita que o ES procede somente do Pai e não do Filho. A expressão "filioque" é latina e significa "e Filho" que a IO não aceita, ou seja, que o ES procede do Pai "Filioque" ( Filho). Para mim, a expressão de Roma é a mais correta.
avatar
papista

Mensagens : 52
Data de inscrição : 13/11/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Igreja ortodoxa

Mensagem por alessandro em Sex Nov 14, 2008 11:29 am

qto a questão do filioque, já foram feitos vários entendimentos. Recomendo a leitura do livro "Canto do Espírito" do frei Raniero Cantalamenssa para o aprofundamento da questão.

o que mais nos afasta mesmo é a questão do primado de Pedro.

_________________
Só vale a pena viver pelo que vale a pena morrer!!!
avatar
alessandro
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 750
Data de inscrição : 16/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Igreja ortodoxa

Mensagem por papista em Sex Nov 14, 2008 2:28 pm

O patriarca Bartolomeu I, de Constantinopla, é o primaz espiritual dos 250 milhões de cristãos ortodoxos
Um acordo histórico foi obtido na comissão teológica mista entre a Igreja Católica e as Igrejas Ortodoxas. No documento reconhece-se pela primeira vez o "primado" do Papa, uma questão que divide católicos e ortodoxos desde 1054, quando se consumou a ruptura entre o cristianismo ocidental e oriental.
O documento foi aprovado pela comissão numa reunião em Ravena (cidade italiana que foi sede do Império Romano do Ocidente), entre 8 e 14 de Outubro, e divulgado quinta-feira.
Ao falar sobre o "primado" do bispo de Roma (o Papa), o texto diz que acontece no quadro da "conciliaridade" ou "sinodalidade", noções que remetem para a noção de colegialidade de todos os bispos, católicos ou ortodoxos. "O papel do bispo de Roma na comunhão de todas as igrejas deve ser estudado de modo mais aprofundado", diz o documento.
O próprio Papa João Paulo II tinha já escrito, na encíclica Ut Unum Sint (Que todos sejam um), sobre o ecumenismo, que o tema devia ser discutido entre as igrejas cristãs. Apesar da dimensão de colegialidade ter sido assumida pelo Concílio Vaticano II, a Igreja Católica continua a ter um governo hierárquico.
Com o título Consequências eclesiológicas e canónicas da natureza sacramental da Igreja - Conciliaridade e sinodalidade na Igreja, o texto não foi assinado pelo Patriarcado (ortodoxo) de Moscovo, que saiu do encontro em conflito com o patriarcado de Constantinopla (primaz espiritual para os ortodoxos). Os russos, metade dos 250 milhões de cristãos ortodoxos, vão pronunciar-se em breve.
Walter Kasper, o cardeal que preside ao Conselho Pontifício para a Unidade dos Cristãos, comentou que o documento não fica posto em causa pela ausência russa. Mas acrescentou à Reuters que, sendo um "modesto primeiro passo para a unidade", o caminho "será longo e difícil".
Também entre o Vaticano e o patriarcado russo as relações são mais próximas. A possibilidade de um encontro entre o Papa e o patriarca de Moscovo, sempre adiada com João Paulo II, é evocada com frequência.
Publicado ao mesmo tempo em Roma, Atenas, Chipre e Istambul, o texto diz que as "prerrogativas" do bispo de Roma devem ser agora discutidas, tendo em conta as "diferenças na compreensão" sobre o tema. A próxima reunião da comissão está prevista para daqui a dois anos.


IGREJA ORTODOXA RUSSA INICIA ESTUDO SOBRE PRIMADO PAPAL








Moscou, 04 jan (RV) - A Comissão Teológica do Patriarcado Ortodoxo de Moscou começou a discutir sobre o "Documento de Ravena", mediante o qual a Igreja Católica e as Igrejas orientais deram início ao diálogo sobre a controvertida questão do primado papal.

O "Documento de Ravena" estabelece que o papel do papa na Igreja deva ser centrado na essência do mistério petrino, e que o exercício de seu cargo seja fundado na espiritualidade e não no poder político e histórico.

Fruto de um encontro realizado na cidade italiana de Ravena, em outubro passado, o documento não havia sido assinado pelo Patriarcado de Moscou que, na ocasião, abandonou a reunião em sinal de protesto pela presença do Patriarcado Ecumênico de Constantinopla.

Num comunicado, a Igreja Ortodoxa russa informa que "a Comissão Teológica identificou as questões sobre as quais a discussão deverá prosseguir, e estabeleceu um plano de trabalho para a elaboração de um documento que exprima a posição do Patriarcado de Moscou sobre a primazia na Igreja". (EP/AF)



http://www.radiovaticana.org/BRA/Articolo.asp?c=177943
avatar
papista

Mensagens : 52
Data de inscrição : 13/11/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Igreja ortodoxa

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum