Hora X Igreja

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Hora X Igreja

Mensagem por Rafaela Botelho em Qua Out 15, 2008 11:26 pm

Olá.
Tudo bem? [ninguém responde ao meu "Tudo bem?", rs]

Minha questão é a seguinte:
No sábado à partir das 18h já pode celebrar a liturgia de domingo, certo? Porque para a Igreja tem a questão do pôr-do-sol e tal... [é isso?]
Então, a Missa de 19h domingo não teria que conter as leituras de segunda-feira?

Fiquem com Deus
Very Happy
avatar
Rafaela Botelho
Acolhedora

Mensagens : 530
Data de inscrição : 03/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hora X Igreja

Mensagem por Bri Pinho em Qui Out 16, 2008 11:21 am

Pra vc não ficar triste, inicio o meu post assim:
TUDO OTIMO, GRAÇAS A DEUSSS!!! E COM VOCÊ??? hehehe Very Happy

Brincadeiras a parte, não posso responder tudo que você perguntou porque não sei, álias, estou aguardando as respostas também para aprender junto...
Só uma coisa que eu preciso colocar aqui porque você me colocou na dúvida é com relação ao horário das missas de domingo no sábado. O que sei é que as missas de domingo no sábado já começam a ser celebradas a partir das 15 horas, não é isso???

Aguardo........
avatar
Bri Pinho

Mensagens : 8
Data de inscrição : 13/10/2008
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

iiiiiii

Mensagem por Rafaela Botelho em Qui Out 16, 2008 2:15 pm

Olá Bri Pinho,
rsrs Comigo tudo bem também, graças a Deus!

Agora eu é que estou com uma dúvida dupla, rs..
Quando aprendi, aprendi que era à partir das 18h..
Será então que é a partir das 15h?

Vamos aguardar respostas então..

Fiquem com Deus
Very Happy
avatar
Rafaela Botelho
Acolhedora

Mensagens : 530
Data de inscrição : 03/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

enquanto não vem a resposta oficial...

Mensagem por Binhokraus em Qui Out 16, 2008 3:17 pm

Então, daqui a pouco vem a resposta oficial mais completa, enquanto isso....
A igreja celebra aos sábados a partir das 15:00 a liturgia de domingo, pq domingo é o Dia do Senhor, e é considerado uma Solenidade. Toda a Solenidade, dentro da celebração litúrgica, tem seu início nas vésperas do dia anterior, ou seja depois das 15:00. Todo domingo é uma Solenidade, e fora dos domingos, ous dias solenes também tem suas celebrações iniciadas nas vésperas do dia anterior, seja no domingo mesmo, ou durante a semana.
Entenderam? Very Happy Very Happy
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hora X Igreja

Mensagem por Rafaela Botelho em Qui Out 16, 2008 3:37 pm

Acho que eu preciso de um aprofundamento...
Wink
avatar
Rafaela Botelho
Acolhedora

Mensagens : 530
Data de inscrição : 03/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Hora X Igreja

Mensagem por Bri Pinho em Sex Out 17, 2008 9:55 am

Binhokraus,
Agradeço a confirmação da dúvida de ambas...
Aguardo agora o aprofundamento, tal como a Rafaela...
Very Happy
avatar
Bri Pinho

Mensagens : 8
Data de inscrição : 13/10/2008
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hora X Igreja

Mensagem por pedro em Sex Out 17, 2008 11:41 am

como o binho disse, uma solenidade começa com as vésperas do dia anterior ( Domingo -> solenidade )
as vesperas começam a partir das 15 h. então no sábado às 3 da tarde a liturgia é do domingo (mas ainda pode celebrar a de sabado normal) . É bom porque os padres podem aproveitar para celebrarem mais missas "dominicais" e mais pessoas podem cumprir o preceito.Very Happy
avatar
pedro

Mensagens : 8
Data de inscrição : 05/09/2008
Idade : 32
Localização : petrópols

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

...

Mensagem por Rafaela Botelho em Sex Out 17, 2008 11:54 pm

Tá, então..
Se domingo é uma solenidade, se por ex, na segunda também for..
Como fica a Missa da noite de domingo?

Celebra de domingo mesmo?

[Foi uma pergunta viagem né?! Embarassed ]

Fiquem com Deus
Very Happy
avatar
Rafaela Botelho
Acolhedora

Mensagens : 530
Data de inscrição : 03/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

O catecismo diz o seguinte...

Mensagem por Binhokraus em Sab Out 18, 2008 12:29 am

1163 “A santa mãe Igreja julga seu dever celebrar com piedosa recordação, em certos dias fixos no
decurso do ano, a obra salvífica de seu divino esposo. Em cada semana, no dia que ela passou a chamar
'dia do Senhor', recorda a ressurreição do Senhor, celebrando-a uma vez por ano, juntamente com sua
sagrada paixão, na solenidade máxima da Páscoa. E desdobra todo o mistério de Cristo durante o ciclo
do ano (...) Recordando assim os mistérios da Redenção, franqueia aos fiéis as riquezas das virtudes e dos
méritos de seu Senhor, de maneira a torná-los como que presentes o tempo todo, para que os fiéis entrem
em contato com eles e sejam repletos da graça da salvação.”
1164 O povo de Deus, desde a lei mosaica, conheceu festas fixas a partir da páscoa para
comemorar as ações admiráveis do Deus salvador, dar-lhe graças por elas, perpetuar-lhes a lembrança e
ensinar às novas gerações a conformar sua conduta com elas. Na era da Igreja, situada entre a páscoa
de Cristo, já realizada uma vez por todas, e a consumação dela no Reino de Deus, a liturgia celebrada em

dias fixos está toda impregnada da novidade do mistério de Cristo.
...e continua no número 11661166 “Devido à tradição apostólica que tem origem no próprio dia da ressurreição de Cristo, a
Igreja celebra o mistério pascal a cada oitavo dia, no dia chamado com razão o dia do Senhor ou
domingo. “ O dia da ressurreição de Cristo é ao mesmo tempo “o primeiro dia da semana”, memorial do
primeiro dia da criação, e o “oitavo dia”, em que Cristo, depois de seu “repouso” do grande sábado,
inaugura o dia “que O Senhor fez”, o “dia que não conhece ocaso”. A “Ceia do Senhor” é seu centro, pois
é aqui que toda a comunidade dos fiéis se encontra com o Senhor ressuscitado, que Os convida a seu
banquete: O dia do Senhor, o dia da ressurreição, o dia dos cristãos, é o nosso dia. E por isso que ele se
chama dia do Senhor: pois foi nesse dia que o Senhor subiu vitorioso para junto do Pai. Se os pagãos o
denominam dia do sol, também nós o confessamos de bom grado: pois hoje levantou-se a luz do mundo,
hoje apareceu o sol de justiça cujos raios trazem a salvação.
1167 O domingo é o dia por excelência da assembléia litúrgica, em que os fiéis se reúnem “para,
ouvindo a Palavra de Deus e participando da Eucaristia, lembrarem-se da paixão, ressurreição e glória do
Senhor Jesus, e darem graças a Deus que os 'regenerou para a viva esperança, pela ressurreição de Jesus
Cristo de entre os mortos”
Quando meditamos, ó Cristo, as maravilhas que foram operadas neste dia de domingo de vossa
santa ressurreição, dizemos: Bendito é o dia do domingo, pois foi nele que se deu o começo da criação
(...) a salvação do mundo (...) a renovação do gênero humano.(...) E nele que o céu e a terra rejubilaram
e que o universo inteiro foi repleto de luz. Bendito é o dia do domingo, pois nele foram abertas as portas do

paraíso para que Adão e todos os banidos entrem nele sem medo.

Ainda é necessário Ressaltar, que quando uma festa, dias específicos, cai durante a semana, essas são tranferidas para o Domingo, para que o povo de Deus que não pode participar das missas diárias ou para os lugares aonde mesmo as missas dominicais não são frequentes, não fiquem sem a celebração de tal dia festivo.
Acho que essa resposta, mesmo não sendo oficial, traz bastante luz. Ainda resta alguma dúvida?
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

xiiiii

Mensagem por Binhokraus em Sab Out 18, 2008 12:32 am

Não sei pq a letra ficou pequenininha não... heheheh, se algum dos moderadores tiver como aumentar... hehehe desculpa gente....
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

...

Mensagem por Rafaela Botelho em Sab Out 18, 2008 1:02 am

OBS.: Eu uso óculos!
Tenho miopia..

rs

Foi bem interessante a experiência de ler aquele tamanho de letrinha, rs.

Very Happy
avatar
Rafaela Botelho
Acolhedora

Mensagens : 530
Data de inscrição : 03/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eu também tenho miopia... então repeti aki... depois os moderadores acertam

Mensagem por Binhokraus em Sab Out 18, 2008 1:09 am

1163 “A santa mãe Igreja julga seu dever celebrar com piedosa recordação, em certos dias fixos no
decurso do ano, a obra salvífica de seu divino esposo. Em cada semana, no dia que ela passou a chamar
'dia do Senhor', recorda a ressurreição do Senhor, celebrando-a uma vez por ano, juntamente com sua
sagrada paixão, na solenidade máxima da Páscoa. E desdobra todo o mistério de Cristo durante o ciclo
do ano (...) Recordando assim os mistérios da Redenção, franqueia aos fiéis as riquezas das virtudes e dos
méritos de seu Senhor, de maneira a torná-los como que presentes o tempo todo, para que os fiéis entrem
em contato com eles e sejam repletos da graça da salvação.”
1164 O povo de Deus, desde a lei mosaica, conheceu festas fixas a partir da páscoa para
comemorar as ações admiráveis do Deus salvador, dar-lhe graças por elas, perpetuar-lhes a lembrança e
ensinar às novas gerações a conformar sua conduta com elas. Na era da Igreja, situada entre a páscoa
de Cristo, já realizada uma vez por todas, e a consumação dela no Reino de Deus, a liturgia celebrada em

dias fixos está toda impregnada da novidade do mistério de Cristo.
...e continua no número 1166
1166 “Devido à tradição apostólica que tem origem no próprio dia da ressurreição de Cristo, a
Igreja celebra o mistério pascal a cada oitavo dia, no dia chamado com razão o dia do Senhor ou
domingo. “ O dia da ressurreição de Cristo é ao mesmo tempo “o primeiro dia da semana”, memorial do
primeiro dia da criação, e o “oitavo dia”, em que Cristo, depois de seu “repouso” do grande sábado,
inaugura o dia “que O Senhor fez”, o “dia que não conhece ocaso”. A “Ceia do Senhor” é seu centro, pois
é aqui que toda a comunidade dos fiéis se encontra com o Senhor ressuscitado, que Os convida a seu
banquete: O dia do Senhor, o dia da ressurreição, o dia dos cristãos, é o nosso dia. E por isso que ele se
chama dia do Senhor: pois foi nesse dia que o Senhor subiu vitorioso para junto do Pai. Se os pagãos o
denominam dia do sol, também nós o confessamos de bom grado: pois hoje levantou-se a luz do mundo,
hoje apareceu o sol de justiça cujos raios trazem a salvação.
1167 O domingo é o dia por excelência da assembléia litúrgica, em que os fiéis se reúnem “para,
ouvindo a Palavra de Deus e participando da Eucaristia, lembrarem-se da paixão, ressurreição e glória do
Senhor Jesus, e darem graças a Deus que os 'regenerou para a viva esperança, pela ressurreição de Jesus
Cristo de entre os mortos”
Quando meditamos, ó Cristo, as maravilhas que foram operadas neste dia de domingo de vossa
santa ressurreição, dizemos: Bendito é o dia do domingo, pois foi nele que se deu o começo da criação
(...) a salvação do mundo (...) a renovação do gênero humano.(...) E nele que o céu e a terra rejubilaram
e que o universo inteiro foi repleto de luz. Bendito é o dia do domingo, pois nele foram abertas as portas do

paraíso para que Adão e todos os banidos entrem nele sem medo.

Ainda é necessário Ressaltar, que quando uma festa, dias específicos, cai durante a semana, essas são tranferidas para o Domingo, para que o povo de Deus que não pode participar das missas diárias ou para os lugares aonde mesmo as missas dominicais não são frequentes, não fiquem sem a celebração de tal dia festivo.
Acho que essa resposta, mesmo não sendo oficial, traz bastante luz. Ainda resta alguma dúvida?
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

...

Mensagem por Rafaela Botelho em Sab Out 18, 2008 1:11 am

Ah! Mas agora eu já li...
rs

Shocked
avatar
Rafaela Botelho
Acolhedora

Mensagens : 530
Data de inscrição : 03/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hora X Igreja

Mensagem por pedro em Sab Out 18, 2008 10:36 am

no brasil, a maiorias das solenidades que caem no meio de semana são "jogadas" pro domingo seguinte justamente para não dar confusão.
no caso de uma solenidade que não é transferida, como o caso do Natal por exemplo, temos que ver a precendencia dos dias .
O ano litúrgico e o calendário



O dia litúrgico em geral
1. O dia litúrgico começa à meia noite e termina na meia noite seguinte. Mas a celebração do domingo e das solenidades começa na tarde do dia precedente (AC 3: EDREL 633).

O domingo
2. O domingo deve considerar-se como o dia de festa primordial (AC 4: EDREL 634). Pela sua peculiar importância, o domingo cede a sua celebração somente às solenidades e às festas do Senhor. Mas os domingos do Advento, da Quaresma e da Páscoa têm a precedência sobre todas as festas do Senhor e sobre todas as solenidades. As solenidades que coincidem com estes domingos são transferidas para a segunda-feira seguinte, excepto quando se trata de ocorrência no Domingo de Ramos ou no Domingo da Ressurreição do Senhor (AC 5: EDREL 635).

As solenidades, as festas e as memórias
3. As celebrações, segundo a importância que lhes é atribuída, distinguem-se e são denominadas desta forma: solenidade, festa, memória (AC 10: EDREL 640).
4. As solenidades são os dias principais. A sua celebração inicia-se com as Vésperas I no dia anterior. Algumas solenidades têm também Missa própria da vigília, que se utiliza na tarde do dia anterior, se a Missa se celebra nas horas vespertinas (AC 11: EDREL 641).
5. As festas celebram-se dentro do limite do dia natural; não têm, portanto, Vésperas I, a não ser que se trate de festas do Senhor que coincidem com um domingo do Tempo Comum ou do Tempo do Natal; neste caso substituem o Ofício do domingo (AC 13: 643).
6. As memórias são obrigatórias ou facultativas; a sua celebração ordena-se com a das férias ocorrentes, segundo as normas descritas nas Instruções gerais do Missal Romano e da Liturgia das Horas.
As memórias obrigatórias que coincidem com as férias da Quaresma só podem ser celebradas como memórias facultativas.
Quando ocorrem no mesmo dia várias memórias facultativas, só uma delas pode ser celebrada, omitindo as outras (AC 14: EDREL 644).
7. Nos sábados do Tempo Comum, em que não ocorre uma memória obrigatória, pode celebrar-se a memória facultativa de Nossa Senhora (AC 15: EDREL 645).

As férias
8. Os dias da semana que se seguem ao domingo chamam-se férias; a sua celebração difere segundo a importância de cada uma (AC 16: EDREL 646).

O Tríduo pascal
9. O Tríduo pascal da Paixão e Ressurreição do Senhor inicia-se com a Missa da Ceia do Senhor, tem o seu centro na Vigília Pascal e termina nas Vésperas do domingo da Ressurreição (AC 19: EDREL 649).

O Tempo Pascal
10. Os cinquenta dias que se prolongam desde o domingo da Ressurreição até ao domingo do Pentecostes celebram-se na alegria e exultação como um único dia de festa, melhor, como «um grande Domingo» (AC 22: EDREL 652).
11. Os oito primeiros dias do Tempo Pascal constituem a Oitava da Páscoa e celebram-se como solenidades do Senhor (AC 24: EDREL 654).

O Tempo da Quaresma
12. O Tempo da Quaresma decorre desde a Quarta-Feira de Cinzas até à Missa da Ceia do Senhor exclusive (AC 28: EDREL 658).

O Tempo do Natal
13. O Tempo do Natal decorre desde as Vésperas I do Natal do Senhor até ao domingo depois da Epifania, isto é, até ao domingo a seguir ao dia 6 de Janeiro inclusive (AC 33: EDREL 663).

O Tempo do Advento
14. O Tempo do Advento começa com as Vésperas I do domingo que ocorre no dia 30 de Novembro ou no mais próximo a este dia e termina antes das Vésperas I do Natal do Senhor (AC 40: EDREL 670).

O Tempo Comum
15. O Tempo Comum começa na Segunda-feira a seguir ao domingo que ocorre depois do dia 6 de Janeiro e prolonga-se até à Terça-‑feira antes da Quaresma inclusive; retoma-se na Segunda-feira a seguir ao Domingo do Pentecostes e termina antes das Vésperas I do Domingo I do Advento (AC 44: EDREL 674).


Ocorrência de celebrações litúrgicas
17. Quando no mesmo dia coincidem várias celebrações, faz-se aquela que na tabela dos dias litúrgicos tem precedência (AC 60: EDREL 690).
18. Se em determinado ano uma solenidade for impedida por um dia litúrgico que tenha precedência sobre ela, transfere-se para o dia mais próximo que esteja livre das celebrações enumeradas nos nn. 1-8 da referida tabela. As outras celebrações omitem-se nesse ano (AC 60: EDREL 690).
19. As solenidades que coincidem com os domingos do Advento, da Quaresma e da Páscoa são transferidas para a segunda-feira seguinte, excepto quando se trata de ocorrência no Domingo de Ramos ou no Domingo da Ressurreição do Senhor (AC 5: EDREL 635).
20. Quando no mesmo dia coincidem as Vésperas do Ofício corrente com as Vésperas I do dia seguinte, celebram-se as Vésperas da celebração que, na tabela dos dias litúrgicos, tem precedência; em caso de igualdade, celebram-se as Vésperas do dia corrente (AC 61: EDREL 691).

Transferência para os domingo do Tempo Comum
de celebrações que ocorrem num dia de semana
21. Para o bem pastoral dos fiéis, podem transferir-se para os domingos do Tempo Comum as celebrações que ocorrem num dia de semana e que são de especial devoção dos fiéis, contanto que estas celebrações, na tabela dos dias litúrgicos, tenham precedência sobre os domingos (AC 58: EDREL 688).

olhando acima sabemos as precedencias Very Happy
avatar
pedro

Mensagens : 8
Data de inscrição : 05/09/2008
Idade : 32
Localização : petrópols

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hora X Igreja

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum