Objetivo Maior

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Objetivo Maior

Mensagem por Rafaela Botelho em Seg Nov 24, 2008 12:59 pm

Seria possível um dia olharmos para o nosso passado e percebermos que
tudo que buscamos continha uma centelha do nosso objetivo maior? Ou
seja, os filmes, as conversas, músicas, enfim, nossos interesses
pessoais misteriosamente contém fragmentos do nosso objetivo de vida
(que também é pessoal)?
avatar
Rafaela Botelho
Acolhedora

Mensagens : 530
Data de inscrição : 03/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Desculpa mas...

Mensagem por Binhokraus em Seg Nov 24, 2008 2:38 pm

confused Eu não cheguei a compreender totalmente o que vc quis dizer, tem como vc expressar essa idéia de uma outra f forma Question Very Happy
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Objetivo Maior

Mensagem por Rafaela Botelho em Seg Nov 24, 2008 10:38 pm

Tem sim, vamos lá.

Eu e você, cada um de nós tem um objetivo de vida.
Objetivo esse que é pessoal (o meu objetivo pode ser uma coisa e o seu pode ser outra).
Mas, durante o dia temos "pequenos objetivos", e temos o objetivo de vida, que seria o "objetivo maior".

Será que mesmo inconscientemente nossas escolhas mais fúteis são "parte" ou "caminho" para esse "objetivo maior"?

Ou seja, as coisas mais bobas que escolhemos por ex, nos encaminham para o nosso objetivo principal? (Ou não tem nada a ver, e nossas escolhas como filmes, músicas, cores, títulos, interesses literários, etc. são apenas consequência de uma personalidade que é produto da formação, meio, etc?)



Fiquem com Deus
Very Happy
avatar
Rafaela Botelho
Acolhedora

Mensagens : 530
Data de inscrição : 03/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Agora ficou perfeitamente claro

Mensagem por Binhokraus em Seg Nov 24, 2008 11:38 pm

Acredito que essas duas situações geram três possibilidades que se manifestam de acordo com a personalidade e a formação de cada um. Primeiro existem aqueles que, apesar de terem um objetivo, levam a vida cotidiana sem o considerar, e se de alguma forma as atitudes do cotidiano fazem com que esse objetivo fique mais próximo e de uma maneira muito mais inconsciente, meio que sem querer, do que por intenção de buscar o objetivo em si!
Segundo, existem aqueles que, possuindo um objetivo, procuram fazer do cotidiano uma busca para alcançá-lo, porém não é constante, existem momentos, ou dias, de uma busca mais intença e dias de maior relaxamento que podem recorrer ao primeiro exemplo.
Terceiro, existem aqueles que, possuindo um objetivo, fazem da sua vida cotidiana uma incessante busca por realizá-lo, tornando-se obssecado por esse objetivo, e ignorando qualquer outra coisa que fuja ao interesse ou a realização desse objetivo!

O Primeiro e o terceiro caso eu penso que podem ser problemáticos! pq são os extremos, o segundo penso ser o mais saudável, pq é o mais equilibrado. Se possui um objetivo, não se esquece dele, se batalha por alcançá-lo mesmo no cotidiano da vida, porém, não se está completamente obsecado pelo objetivo e se permite fazer coisas que não vão acrescentar em nada na busca pelo seu objetivo. O que no final, na minha humilde opnião, mostra mais uma vez que a medida é o equilíbrio! É assim que eu entendo
Só para exemplificar, tomemos o jogo de xadrez como exemplo.
O primeiro caso é a pessoa que conheçe os movimentos das peças e sabe que o objetivo é o cheque-mate, ou seja, capturar o Rei. Porém ele não pensa nos seus movimentos e nem analisa os movimentos do adversário, simplesmente vai mechendo as peças sem se importar muito com o resultado, pode ser que ele consiga um cheque-mate, que será muito mais por sorte do que por um jogo bem armado, e se ele perde não está nem ai, não se importa muito em alcançar o objetivo, por mais que ele exista, afinal é só um jogo!
O segundo é o jogador que além de conhecer os movimentos, conhece também algumas jogadas, ele arma o seu jogo, tem em vista o objetivo que é capturar o Rei, porém, ele ainda movimenta algumas peças sem analisar as consequências, como se aquele movimento não fosse lá muito importante, afinal só estou avançando esse peão uma casa a frente... esse tem mais chances de conseguir alcançar o objetivo, e se não o consegue, ou se alguma jogada feita se mostra ruim, ele não se abala, e começa um novo jogo, com mais um aprendizado, afinal apesar de ser um jogo, existe um objetivo que precisa ser alcançado!
O terceiro é aquele que analisa todos os movimentos antes de mover uma peça se quer, tenta prever todas as jogadas adversárias para posicionar sua peça em local estratégico perfeito, nenhum movimento é ao léo, sem ser exaustivamente pensado, e quando esse leva um cheque-mate, ao invés de aplica-lo, não o aceita! Ou se irrita profundamente consigo mesmo por não ter conseguido atingir o objetivo.

Bom acredito que seja mais ou menos isso... rsrsrs alguém que entenda de psicologia pode nos ajudar aqui!?!? ehbhehehehe Abraços!
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Objetivo Maior

Mensagem por Davison em Ter Nov 25, 2008 9:51 am

Olá!! Há uma premissa de Aristóteles que é em certo sentido o fundamento da ética, poderíamos usá-la também nesse sentido aqui: "Todos os seres tendem ao bem".

O tempo todo, partindo de nossa experiência observamos que buscamos o bem, mas há um bem que é buscado por ele mesmo, a felicidade, segundo Aristóteles, ou o Sumo Bem. Em termos cristãos, pode-se dizer que nossa vida tende ao Mistério Infinito, no qual nos movemos e somos, e por isso toda a vida humana é mesmo sem saber uma busaca deste Mistério, só ao encontrá-lo é que se pode ser feliz.

Mas como é possível encontrar o Mistério Infinito? Partindo de nossa experiência da realidade, é no mundo o lugar do encontro com o Senhor, e é no meio do mundo que o correspondemos, segundo mons. Escrivá e mons. Giussani.

Então, todas as nossas ações tendem a esse desejo de Infinito no qual nos realizamos, e é no ordinário que o extraordinário nos toca, se revela, e nos faz compreender o sentido de nossa vida. As coisas, as realidades sensíveis, contêm como que um reflexo desse Mistério e por isso podem nos levar ao sentido de nossa vida.

Acho que ficou confuso !!! Depois melhoro !!
avatar
Davison
Tira-dúvidas oficial: Liturgia

Mensagens : 154
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 29
Localização : Petrópolis RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Objetivo Maior

Mensagem por Rafaela Botelho em Ter Nov 25, 2008 10:35 am

Oi gente.

Davison não ficou confuso não, bom, pelo menos eu entendi.

Você chegou numa coisa que eu ia comentar com o Binho, a questão do Mistério Infinito.
Porque quando eu coloquei "Objetivo Maior", me referia a objetivos verdadeiros, por isso, talvez inconscientes.
Não um objetivo qualquer, de, comprar uma casa, por exemplo.
Me refiro a esse OBJETIVO MAIOR, ou Sumo Bem.

Então, sendo mais direto, teria como olharmos para trás e dizer que TUDO que escolhemos contém essa centelha do que buscamos?
avatar
Rafaela Botelho
Acolhedora

Mensagens : 530
Data de inscrição : 03/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Objetivo Maior

Mensagem por Davison em Sab Dez 13, 2008 11:16 am

Então, sendo mais direto, teria como olharmos para trás e dizer que TUDO que escolhemos contém essa centelha do que buscamos?

Olá, estou de férias então agora posso estar mais no fórum e tentar falar de outras assuntos que não sejam a Sangrada Liturgia. Laughing

Seguindo a filosofia Aristotélica, especificamente na obra "Ética a Nicômaco", o estagirita trata do tema da felicidade, afirma que todas as coisas tendem ao bem, e bem significa realização, um fim buscado por ele mesmo. Ora, o Sumo Bem como mencionado pela Rafaela, para o pensamento aristotélico equivale à felicidade.

Portanto, se estamos sempre tendendo ao bem, à felicidade, a nossa causa final, logo toda a nossa existência, objetiva e subjetivamente falando é plena do fim último que buscamos.

Poderia surgir o questionamento sobre nossas escolhas erradas, seriam elas o quê? Elas seriam um erro do nosso juízo, isto é, escolhemos coisas, situações, pessoas, que nos pareciam boas, no sentido que achávamos que tínhamos encontrado algo que correspondia a nossa causa final, mas não encontramos. O bonito é pensar que em sentido cristão aqui se insere a noção de pecado vinda da cultura helênica: errar o alvo, erramos o alvo, pois buscamos nas realidades finitas a promessa de Infinito que elas não nos fazem, mas que pensamos fazer. De fato, em tudo podemos descobrir a beleza do Mistério, mesmo partindo de nossos erros, oque não podemos é reduzi-lo sob qualquer aspecto.

Vale lembrar que na filosofia cristã a causa última do homem é sempre o Mistério Infinito, é Deus, portanto, etamos sempre tendendo a Ele, lembro o pensamento de S. Agostinho, tão antigo e atual: "Fizeste-nos para vós e inquietos estamos enquanto não repousarmos em vós", não literal Laughing

Bom tópico Rafaela, podemos continuar o papo.
Abç!!!
avatar
Davison
Tira-dúvidas oficial: Liturgia

Mensagens : 154
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 29
Localização : Petrópolis RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Objetivo Maior

Mensagem por Rafaela Botelho em Sab Dez 13, 2008 11:08 pm

Então retornando...
O que vc pensa em relaão às nossas escolhas bobas como filmes, músicas, gosto literários, etc?

Daria para fazer um paralelo?

Fiquem com Deus
Very Happy
avatar
Rafaela Botelho
Acolhedora

Mensagens : 530
Data de inscrição : 03/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

sim sim!

Mensagem por Binhokraus em Dom Dez 14, 2008 12:18 am

Davidson, mandou bem em citar Sto. Agostinho, essas palaras são bem pertinentes a esse tema!
Porém quero salientar que, apesar de verdadeiras essas palavras e esses pensamentos, a observancia deles no dia a dia das pessoas nos mostra o que eu tentava explicar acima. Existem os inconscientes, os conscientes e os obcecados. Quando falamos objetivo maior, nos referimos ao Mistério Infinito, porém, se analisarmos as pessoas no mundo hoje, percebemos exatamente o que vc disse, com um pouco do que eu tentei exemplificar. Um exemplo disso somos nós aqui, conscientes que somos da nossa busca pela santidade, para estar em união com Deus, procuramos em tudo agradar a Deus e nos aproximar Dele, sem o fanatismo de ficar obcecado por isso...
Quanto aos filmes, músicas ou literatura, acredito que se enquadra perfeitamente dentro desse exemplo.
Existem pessoas que assistem aos filmes, e admiram os filmes, os efeitos especiais, ou ouvem e curtem uma boa música ou uma boa leitura, mas não se permitem que essas atiturdes transformem a sua realidade, coisas importantes passam despercebidas, claro que no sua busca inconsciente pela felicidada não deixa nada passar, porém a transformação que acontece por causa de tais atos é lenta. Agora quando se tem claro o objetivo, as coisas assumem um novo sentido, e uma simples música, mesmo que secular, pode nos levar a um encontro de profunda intimidade com Deus, pq conscientes que estamos dessa busca, os nossos sentidos ficam muito mais atentos para as coisas que podem nos aproximar desse objetivo, mesmo em um momento de pura descontração aonde estão acontecendo muitas brincadeiras, de repente uma frase, uma atitude, um gesto, nos toca e nos transforma quase que instantaneamente.
sei lá... acho que ficou meio confuso... KKKKK depois tento explicar melhor... hehehehe to com sono... rsrs mas apesar de tudo, acredito que alguma coisa deu pra captar! rsrsrs
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Objetivo Maior

Mensagem por Rafaela Botelho em Seg Dez 15, 2008 12:33 am

Da sua resposta me surgiu uma questão.

As pessoas que não acreditam em Deus buscam O Mistério em coisas vãs. Mas, se nós acreditamos que o que buscamos é Deus, e, se tudo encaminha para o Bem Maior, por que nós, (católicos, que acreditamos em Deus) também alugamos um filme por exemplo que não seja católico?
Não sei se deu para entender a pergunta.
É que, se tudo encaminha para o Mistério e nós já temos consciência de que esse Mistério que buscamos mesmo inconscientemente (que não é nosso caso pois cremos, então, é conscientemente) é Deus, por que então ainda temos gostos que não são Deus, já que o que buscamos é Ele?

Deu para entender?

Se buscamos nas coisas algo de infinito que não sabemos o que é, mas, nós católicos que cremos temos o privilégio de saber, e se sabemos que essa sede do Bem Maior, do Infinito, que temos é Deus, por que não nos abastecemos somente dEle?

Fiquem com Deus
Very Happy
avatar
Rafaela Botelho
Acolhedora

Mensagens : 530
Data de inscrição : 03/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bom, acho que entendi... rsrsrs

Mensagem por Binhokraus em Seg Dez 15, 2008 11:25 am

Mas gostaria qeu vc definisse. Pra você, o que são as coisas de Deus e as coisas qeu não são de Deus?
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Objetivo Maior

Mensagem por Davison em Seg Dez 15, 2008 1:01 pm

Olá, este tópico está legal.
Só um pensamento para continuar a reflexão: nós vivemos no mundo e é nele que vamos nos santificar, como nos ensina o Concílio Vaticano II, com influência de D. Álvaro da Opus Dei, e disse sobretudo para nós leigos.

Portanto, penso que as coisas do mundo, filmes e etc., não são ruins, ou que devemos apenas ver filmes, ler livros religiosos, estaríamos nos alienando. O que torna nossa existência bela nesse mundo é o fato de que se sabemos que todos os homens tendem à felicidade, sabemos pela fé que já encontramos aquilo que buscamos. Pela fé estamos em posse do desejo mais profundo que há em nós, e que não nos tira do mundo, ao contrário, nos insere nele dando-nos uma capacidade de ver as realidades humanas com um outro olhar, portanto, nunca será um filme por um filme, será alguém que experimentou O Mistério Infinito que assiste ao filme. Em outras palavras, nós em tudo somos o fermento na massa, e o interessante são aquelas palavras de S. Paulo que a Sagrada Liturgia do 3° domingo do Advento nos recordava: "Examinai tudo e ficai com o que é bom". Mas quem nos dá critérios é o Mistério, o Verbo Encarnado.

Não sei se ficou claro, mas penso que depender só de Deus não é só estar na Igreja, afinal de contas o templo já é santo, mas é estar no mundo cumprindo aquilo que somos pelo batismo: "reis", e reinar no mundo significa aperfeiçoá-lo, dar sentido a tudo, logo, todas as expressões humanas que de fato sejam humanas, não certas animalidades, por exemplo musicais, nos levam a Deus, penso que não podemops escapar disso, e vale um pensamento de Aristóteles que diz que o Motor Imóvel atrai tudo para si, não como causa eficiente, mas como finalidade. Um exemplo, ouvindo Jota Quest cantar "quero um amor maior, amor maior que eu...", eu experimento o desejo que há em mim de algo que não tenho, u mamor maior, mas se creio, estou na posse de uma certeza: "eu fui amado pelo Amor Maior, e ele deu sentido a tudo".

Abç!!!
avatar
Davison
Tira-dúvidas oficial: Liturgia

Mensagens : 154
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 29
Localização : Petrópolis RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vc disse o que eu ia dizer...

Mensagem por Binhokraus em Seg Dez 15, 2008 5:41 pm

Poxa davidson, que bom, vc disse o que eu ia dizer, claro que com outras palavras... eu entendi... rsrsrs só estava esperando a Rafaella conceituar o q são as coisas de Deus e as coisas que não são para falar isso... mas acredito que agora ela já entendeu! heheheeh
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Objetivo Maior

Mensagem por Rafaela Botelho em Ter Dez 16, 2008 11:42 am

Só uma observação, eu não disse que os filmes ou músicas são contrários às coisas de Deus. Eu só baseei a pergunta seguindo o pensamento de que tudo nos encaminha ao Bem Maior.

...
Quanto a pergunta inicial, seria mais ou menos assim:
Nossa personalidade e gostos têm a ver com nosso Objetivo Maior?
avatar
Rafaela Botelho
Acolhedora

Mensagens : 530
Data de inscrição : 03/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Objetivo Maior

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum