relativismo e verdade...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

relativismo e verdade...

Mensagem por Hassan em Qui Set 04, 2008 10:47 am

vivemos num mundo onde uma afirmação um tanto generalizada é: " cada um tem a sua opinião, o importante é estar feliz, fazer o que gosta..." e afirmações parecidas. mas com cristão sei que há um Caminho, uma Verdade e uma Vida, mas quanto é dificil dialogar com um mundo que tem como premissa algo tao diverso. parece que estou falando português com alguém que só sabe chinês! alguém ai sente a mesma dificuldade? como vivem essa realidade?
avatar
Hassan

Mensagens : 12
Data de inscrição : 31/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: relativismo e verdade...

Mensagem por alessandro em Qui Set 04, 2008 4:42 pm

Acho que esse é um drama contemporâneo mesmo. A famosa ditadura do relativismo que Bento XVI tanto fala. Como falar sobre a verdade se poucos se importam com ela?

Apesar de toda esta situação, acredito que o relativismo é existencialmente insustentável. Por mais que afirmem o contrário, os relativistas estão cheio de certezas que não questionam.
avatar
alessandro
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 750
Data de inscrição : 16/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

relativismo e verdade...

Mensagem por Barbara Furtado em Qua Set 10, 2008 8:50 pm

oi gente!
antes de td, parabens pelo fórum! achei bem legal poder trazer essa "atividade" da fé pra internet também!

mas o que eu tenho a falar sobre isso, é que uma das maiores dificuldades que sinto hoje em dia, é de conciliar o que eu tenho como Verdade e doutrina com o que os meus amigos que eram do colégio, do trabalho e o que a maioria das pessoas da nossa idade pensam do mundo! Acho q aquela visão efêmera que veio da época do barroco, arcadismo... esta cada vez mais presente na vida dos jovens!
E me preocupo bastante porque por um lado, não quero ser "chata" e impor o que penso às pessoas... mas por outro, não posso me omitir e fingir que concordo com tudo o que está em voga atualmente. Queria saber da opinião de vocês... como cristãos, mas principalmente como jovens!!!

obrigada!! beijos!

")

Barbara Furtado

Mensagens : 1
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 26
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: relativismo e verdade...

Mensagem por alessandro em Qua Set 10, 2008 10:46 pm

Ola Bárbara...
O seu drama não é só seu. é de muitos jovens cristãos. Acredito firmemente que o problema não está no cristianismo, mas as vezes na linguagem com que o apresentamos. é necessário que aprendamos a apresentar o cristianismo de forma bela. Para isso é importante frisarmos mais o encontro que tivemos e a beleza da vida que aspiramos, além é claro de vivermos um cristianismo que nos inspira nas mais diversas áreas da vida: no trabalho, no estudo, na afetividade.
Tento viver assim, embora fraqueje bastante. é muito grande a tentação de nos tornarmos fariseus e apresentarmos aos outros apenas um Deus que é um juiz carrancudo, e não alguém que nos desperta verdadeira alegria.
No meu caso, posso dizer que é o meu encontro com Deus que faz com que possa viver uma juventude mais feliz e que me inspira a buscar ser melhor a cada dia.É essa experiência que busco comunicar.

Além da nossa parte, acho que há tb um problema social. Na sociedade moderna (ou pós-moderna) o cristianismo é visto por muitos como coisa do passado. Acredito que apenas uma atuação coerente de cristão que saibam dialogar com o mundo pode alterar um pouco essa realidade.
Perdão pelo texto truncado, mas escrevi correndo ...
Uma abraço e fique com Deus
avatar
alessandro
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 750
Data de inscrição : 16/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: relativismo e verdade...

Mensagem por Thales em Qui Set 11, 2008 1:06 am

Olá!

Eu vivo muito de perto essa realidade do relativismo. Hoje em dia, o relativismo está na sociedade espalhado em todas as camadas sociais e de uma forma bem cruel: um relativismo desinteressado, sem nenhuma vontade de diálogo.

Pra mim o cristianismo e todas as religiões sofrem com essa mentalidade onde a verdade perde o seu valor... Fico bem triste quando estou numa discussão com algum colega meu e de repente me dou conta que não importa o que eu fale ou demonstre: não é com a verdade que esta pessoa se importa.

A "prova" perdeu drasticamente seu valor... Hoje em dia não basta mais provar a existência de Deus ou a coerência do catolicismo, pois as pessoas cada vez menos se importam com "como a realidade é" e cada vez mais com como as coisas aparecem...

Bom, é bem triste... Fica aqui o meu desabafo... ^^

Abraços,
avatar
Thales
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 252
Data de inscrição : 08/08/2008
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário http://quemtembocavaiaroma.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

uma experiência engraçada

Mensagem por martín em Sex Set 12, 2008 9:09 pm

Thales,

De repente essa experiência responde um pouco ao teu desabafo...

Ontem alguns alunos de introdução à filosofia expuseram sobre os céticos.

Quando comecei a questionar o relativismo da postura cética, no sentido de... como você pode saber que não há uma verdade? ou, como você pode saber que nunca a encontrará? ao dizer que não há uma verdade ou que você não a pode encontrar você não está já tentando de me convencer de uma verdade?

Os alunos me responderam... mas professor, quem ia concordar com esses caras? Ainda bem que mais ninguém pensa assim hoje em dia...

Eu ri muito! Ficaram surpressos quando respondi que essa era a corrente dominante na filosofia hoje em dia... E que eu fazia parte de uma minoria... Alguns dizeram: nós também fazemos parte da minoria então

Um abraço,

Martín.

martín

Mensagens : 1
Data de inscrição : 12/09/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: relativismo e verdade...

Mensagem por larissa em Dom Set 14, 2008 11:42 am

"Relativismo, verdade e fé" :

http://www.opusdei.org.br/art.php?p=22485

texto bem legal!
avatar
larissa

Mensagens : 41
Data de inscrição : 10/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: relativismo e verdade...

Mensagem por Bárbara em Seg Set 15, 2008 12:20 am

Muito bom o texto! Obrigada pela indicação Larissa!
Fica com Deus
avatar
Bárbara

Mensagens : 49
Data de inscrição : 13/08/2008
Idade : 29
Localização : Petrópolis/RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: relativismo e verdade...

Mensagem por João em Seg Set 15, 2008 9:13 pm

Muito bom o texto mesmo!!!

vale a pena ler!!!

abraços
avatar
João

Mensagens : 85
Data de inscrição : 02/09/2008
Idade : 25
Localização : Petrópolis, RJ (São Cristóvão)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: relativismo e verdade...

Mensagem por Hassan em Sab Set 20, 2008 10:53 am

valeu Larissa, estou degustando o texto...

interessante as experiências que temos feito no confronto com o relativismo. na primeira parte do texto se fala dos que eu chamaria de "relativistas conscientes" ou seja, aqueles que usam o relativismo como meio de seus interesses. porém o que mais encontramos no dia a dia são os "relativistas incoscientes", que o são ou pensam que isso não existe como os alunos do Martin, por exemplo. os primeiros nem adianta querer conversar, estes últimos também não pois não sabem que pensam assim... será que estes nao acabam se "contaminando" pelo relativismo pela preguiça de se formar? ou até preguiça de pensar? o que vocês acham?
espero ajuda na reflexão e vou continuar lendo o texto. um abraço.
avatar
Hassan

Mensagens : 12
Data de inscrição : 31/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

bom...

Mensagem por Binhokraus em Sab Set 27, 2008 2:08 am

eu penso o seguinte...
Um dia me contaram uma frase que teria sido de Ghandi, não sei se é verdade... mas pra mim faz sentido... como dizem, se ele não disse deveria ter dito! hehe

teria dito assim: "Se os cristãos acreditasse mesmo no que está escrito na biblia, eu seria cristão também!"

Concordo com o que todos disseram, ainda não terminei de ler o texto, mas achei muito bom. Mas acredito que nosso papel no meio dessa geração de hj, é traduzir em vida as palavras biblicas, torna-las verdade em nossas vidas. O mundo se torna relativista a medida que nós, enquanto cristãos, não tornamos A Palavra Viva, em nossa vida. Saber trechos decorados, capitulos versículos, isso não vale nada, se a nossa vivencia não for tradução das verdaes ali contidas. A igreja cresceu, pq Jesus disse, amai-vos uns aos outros assim como eu vos amei... logo em atos do apostolos temos a tão conhecida passagem... "...olha como eles se amam!"... Acredito que o relativismo perca sua força a medida que nós, Cristãos, Católicos, começarmos a sair do campo da quantidade de conhecimento adquirido, e passarmos ao campo da quantidade de conhecimento que é traduzido, de fato em realidade em nossa vida. Sabemos muitas coisas, mas quantas delas nós vivemos?
Sempre cito um provérbio chinês que mudou meu modo de agir e pensar, que acredito sintetiza o que eu disse. Ele que diz o seguinte:
"Saber e não fazer é continuar sem saber."
Permaneçam em Deus! Paz, unção e música!!!
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

"em que consiste a ditadura do relativismo" - entrevista

Mensagem por larissa em Qua Out 15, 2008 7:19 pm

Voltando ao assunto...

http://www.maritain.com.br/index2.php?p=productMore&iProduct=82

Uma pequena "entrevista - reflexão" com um professor espanhol.

Vale a pena! Wink
avatar
larissa

Mensagens : 41
Data de inscrição : 10/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Relativismo gera desespero e não produz sociedade livre, diz Papa

Mensagem por Pe. Anderson em Sex Set 09, 2011 12:46 pm

Relativismo gera desespero e não produz sociedade livre, diz Papa

Caros amigos, vejam que interessantes palavras do Santo Padre Bento XVI sobre esse tema:

Bento XVI recebeu as cartas credenciais do novo Embaixador da Grã-Bretanha junto à Santa Sé, Nigel Marcus Baker, às 11h (em Roma – 6h no horário de Brasília) desta sexta-feira, 9.

"Quando as políticas não presumem ou promovem valores objetivos, resultam em um relativismo moral que, ao invés de conduzir a uma sociedade que seja livre, justa e compassiva, tende a produzir frustração, desespero, egoísmo e um desrespeito pela vida e pela liberdade dos outros", ressaltou.

Os agentes políticos devem buscar urgentemente maneiras de manter a excelência na educação, promover oportunidades sociais e mobilidade econômica, analisar as formas de favorecer emprego a longo prazo e espalhar a riqueza de forma justa e muito mais amplamente a toda a sociedade, defendeu o Papa.

"Além disso, a promoção ativa dos valores essenciais de uma sociedade saudável, através da defesa da vida e da família, a educação moral dos jovens, e uma relação fraternal com os pobres e os fracos, certamente ajudarão a reconstruir um positivo sentido de dever, na caridade, entre amigos e estranhos na mesma comunidade. Tenha a certeza de que a Igreja Católica em seu país está ansiosa para continuar a oferecer sua contribuição substancial para o bem comum através de seus departamentos e agências, de acordo com seus princípios próprios e à luz da visão cristã dos direitos e da dignidade da pessoa humana".

O Papa destacou os bons laços entre os dois países, especialmente desde o estabelecimento das plenas relações diplomáticas, há trinta anos. O Bispo de Roma indicou a partilha de posições comuns no que diz respeito à paz entre as nações, ao desenvolvimento integral dos povos e a defesa dos autênticos direitos humanos.

A recente visita da Rainha Elisabeth II à República da Irlanda foi considerada um importante marco no processo de reconciliação na Irlanda do Norte. "Aproveito esta oportunidade mais uma vez para encorajar todos os que recorrem à violência para pôr de lado as suas acusações e, ao invés disso, buscar um diálogo com seus vizinhos para a paz e a prosperidade de toda a comunidade".


Colaboração

A Santa Sé e o Reino Unido já se comprometeram e trabalharam juntos em iniciativas de alívio da dívida e financiamento do desenvolvimento, indicou o Santo Padre.

"O desenvolvimento sustentável dos povos mais pobres do mundo através de bem orientada assistência continua sendo um objetivo digno, uma vez que os povos dos países em desenvolvimento são nossos irmãos e irmãs, de igual dignidade e valor e merecedores de nosso respeito em todos os sentidos, e essa ajuda deve sempre visar o melhoramento de suas vidas e perspectivas econômicas", declarou.

O desenvolvimento é também benéfico para os países doadores, não somente devido à criação de mercados econômicos, mas também através da promoção do respeito mútuo, solidariedade e, acima de tudo, a paz através da prosperidade para todos os povos do mundo. Assim, promover modelos de desenvolvimento que utilizam o conhecimento moderno no trato dos recursos naturais também ajudará a proteger melhor o ambiente para os países emergentes e desenvolvidos.

"É por isso que eu comentei, no Westminster Hall, no ano passado, que o desenvolvimento humano integral, e tudo o que isso implica, é um empreendimento verdadeiramente digno de atenção do mundo e que é demasiado grande para que se possa falhar. Gostaria de convidar o primeiro-ministro Cameron a, durante o seu mandato, explorar formas de aprofundar a cooperação entre o Governo e as agências de caridade e desenvolvimento da Igreja, especialmente aquelas baseados aqui em Roma e em seu país".

Visita ao Reino Unido

A visita que o Pontífice fez ao território, em setembro do ano passado, serviu para fortalecer ainda mais as relações diplomáticas. "Foi um marco ao longo da história partilhada entre a Santa Sé e os países que hoje compõem o Reino Unido. Gostaria de reafirmar minha gratidão ao povo britânico pela calorosa acolhida que recebi durante minha estadia", disse.

Bento XVI recordou também a hospitalidade da Rainha Elisabeth II e do Duque de Edimburgo, o encontro com os líderes políticos e, de modo particular, a Beatificação do Cardeal John Henry Newman. "Estou convencido da relevância que as inspirações de Newman possuem para a sociedade, Reino Unido, Europa e o Ocidente em geral, face aos desafios que ele identificou com particular clareza profética. É minha esperança de que uma renovada consciência sobre seus escritos trará novos frutos no contexto da busca de soluções para as questões políticas, econômicas e sociais de nossa época".

Fonte: http://noticias.cancaonova.com/noticia.php?id=283416

Grande abraço a todos.
avatar
Pe. Anderson
Admin

Mensagens : 952
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 34
Localização : Roma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: relativismo e verdade...

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum