Criação da vida humana na terra

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Criação da vida humana na terra

Mensagem por sardinhasgb em Qui Jul 09, 2009 3:31 pm

Boa Tarde povos e povas !

Eu tenho um amigo de trabalho que vive falando que a igreja diz que a vida humana começou na terra 2.500 A.C., isso confere ??

Gostaria de saber se a igreja tem alguma posição quanto a isso.

Até mais ! E valeu se puderem responder
avatar
sardinhasgb

Mensagens : 12
Data de inscrição : 19/09/2008
Idade : 31
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Criação da vida humana na terra

Mensagem por alessandro em Qui Jul 09, 2009 4:26 pm

ola sardinha....

A Igreja não afirma nada disso. o tempo que existe vida humana na terra é uma questão científica e nao religiosa.

eh triste ver como as pessoas atribuem à Igreja posicionamentos que nao são dela por puro preconceito.

abraços

_________________
Só vale a pena viver pelo que vale a pena morrer!!!
avatar
alessandro
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 750
Data de inscrição : 16/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Criação da vida humana na terra

Mensagem por Binhokraus em Qui Jul 09, 2009 4:32 pm

É isso mesmo Alessandro e para embasar isso, ai vai...

Arcebispo Gianfranco Ravasi falou ao 'Estado' sobre a Teoria da Evolução e congresso sobre o tema do Vaticano

Alexandre Gonçalves, de O Estado de S. Paulo

"Não cabe à Igreja dizer se a evolução é uma tese, uma hipótese ou qualquer outra coisa", afirmou o arcebispo italiano Gianfranco Ravasi.
Ele foi o principal responsável pelo congresso sobre darwinismo patrocinado pelo Vaticano. Presidente do Conselho Pontifício para a Cultura - órgão da Santa Sé que promove o diálogo da Igreja
católica com o mundo contemporâneo
Ravasi comentou também o ensino do evolucionismo nas escolas, a interpretação dos textos bíblicos sobre a criação e o fenômeno contemporâneo do ateísmo.

Por que a Igreja realizou um congresso sobre
evolucionismo?
As relações entre ciência e fé foram turbulentas. É justo reconhecer que
houve momentos negativos. Refiro-me sobretudo ao caso Galileu. No ano 2000, João
Paulo II quis pedir perdão e enterrar este passado. Agora, procuramos nos
orientar para o futuro. O tema este ano é a evolução. Vale a pena lembrar que a
Igreja católica nunca condenou Darwin ou seus escritos. Em 1950, Pio XII
considerava compatíveis evolução biológica e doutrina católica. Em 1996, João
Paulo II disse que a teoria da evolução é praticamente um consenso entre os
cientistas, o que convida a um diálogo com a teologia, que naturalmente se move
em um plano diferente. Por isso, patrocinamos este congresso internacional que
contou com a presença de cientistas de renome que conversaram com filósofos e
teólogos. Cada um segundo sua própria perspectiva.

Bento XVI fez alguma indicação concreta?
O papa deixou muito livre o debate. Participaram do congresso pesquisadores
que não creem ou professam outros credos, como budistas, por exemplo. Estiveram
presentes várias expressões culturais e cada uma delas pode falar. Mesmo na
filosofia e na teologia estavam representadas diversas abordagens. Bento XVI
quis reafirmar, como em outras ocasiões, a importância do diálogo entre razão e
fé. Inspira-se em Agostinho de Hipona que dizia: "Se a fé não é pensada, não é
nada." Bento XVI não deu nenhuma indicação precisa porque prejudicaria o
diálogo.

O que a Igreja pensa da evolução?
A Igreja católica não deve pensar nada, porque é uma questão especificamente
científica. João Paulo II disse que "novos conhecimentos levam a considerar que
a teoria da evolução é mais do que uma hipótese". Foi simplesmente uma
constatação, pois o papa desejava abrir o diálogo teológico. No entanto, cabe ao
cientista argumentar sobre o status do darwinismo. Se a evolução é a posição
dominante entre os pesquisadores, faz sentido começar a reflexão teológica sobre
ela. Mas não cabe à Igreja dizer se a evolução é uma tese, uma hipótese ou
qualquer outra coisa.

Como compreender a narrativa bíblica da criação?
A religião judaico-cristã não é uma religião do livro. A Palavra de Deus
precede e ultrapassa a Bíblia. Por isso, na sua forma escrita final, necessita
interpretação. Tradicionalmente, há dois caminhos para compreender a Escritura.
O primeiro tenta distinguir os "sentidos espirituais" do texto sagrado - a
mensagem divina expressa nas palavras humanas. O segundo é a análise
histórico-crítica que investiga as palavras humanas - pronunciadas em idiomas
concretos e ligadas a uma cultura particular, a coordenadas históricas precisas
e a determinados gêneros literários. Os dois métodos precisam dialogar. É um
relacionamento análogo ao que deve existir entre ciência e teologia.

Mas como interpretar os primeiros capítulos do Gênesis?
No Gênesis, fala-se da origem histórica da humanidade para revelar seu
sentido profundo, que é meta-histórico. Fala-se do primeiro homem, não porque
desejamos descrever o que aconteceu durante a evolução - não se pensava nisso
quando a Bíblia foi escrita: as espécies são fixas na sua narrativa -, mas para
compreender a humanidade. É uma realidade histórica que somos filhos de Adão -
ou seja, todos descendemos da mesma linhagem humana -, mas a mensagem principal
é meta-histórica. O relato do Gênesis procura identificar as três relações
fundamentais: com o Criador, com a criação e com o próximo. A Bíblia coloca
naquele personagem primordial o rosto de todos os homens. O nome Adão, em
hebraico, confirma esta intenção: ha'-adam. Ha é o artigo definido "o". 'adam
significa "aquele que tem a cor ocre da argila". É o Homem com "H" maiúsculo.
Não é um nome próprio, mas uma representação. Trata-se de uma análise
sapiencial, o que não significa uma análise teórica ou vaga. Procuro quem sou eu
refletindo sobre minha origem. Mas a pergunta "quem sou eu" tem um caráter
metafísico e meta-histórico. Não é uma indagação científica sobre a origem
biológica do homem.

É possível harmonizar o relato bíblico com a teoria da
evolução?
A evolução, quando lida do ponto de vista teológico, é a obra criadora de
Deus que não compreende só um instante no qual tudo se constitui, mas um
verdadeiro itinerário, assim como a história da salvação descrita na Bíblia é um
percurso com diversas etapas. Dentro deste itinerário evolutivo, no surgimento
do homem, há um selo singular de Deus, que costumamos chamar alma. A Bíblia só
usa este termo em épocas mais tardias. De qualquer forma, é uma palavra para
designar a especifidade da criatura humana. O genoma do homem é 97% semelhante
ao do chimpanzé. Uma diferença genética de apenas 3% torna-se imensa quando
consideramos a capacidade simbólica, estética e racional do ser humano. A
teologia não pretende saber quando esta diferença surgiu dentro da trama
evolutiva. Mas, quando o homem se constitui de forma vital, existe naquele
momento a alma humana, com seu mistério, sua transcendência e sua capacidade de
amar até a doação de si que vai muito além do instinto natural - às vezes, até a
morte. Aqui começa aquela dimensão que é propriamente humana e se constitui
objeto de estudo da filosofia e da teologia.

Na sua opinião, como deve ser ensinada a origem do homem nos
colégios?
É uma questão complexa. A ciência não deve considerar a teologia ou a
filosofia como discursos de um passado arqueológico, mas como reflexões
necessárias que - de modo semelhante à arte - revelam dimensões secretas da
pessoa. Por outro lado, a teologia não deve impor seus próprios esquemas como já
aconteceu no passado. Movendo-se em planos diferentes, precisam dialogar. Nas
escolas, uma não deve invadir o espaço da outra, mas mostrar que são abordagens
diferentes para os mistérios do homem e da natureza. Seria conveniente que os
dois professores manifestassem mutuamente seus pontos de vista e, depois,
apresentassem as diferentes perspectivas aos alunos. Nos temas mais prementes,
como a origem do homem ou a bioética, poderiam estar juntos para fomentar o
confronto de idéias. Esta interdisciplinaridade é a linha adotada em muitas
universidades. De alguma forma, fizemos isso no congresso sobre Darwin.

A Bíblia diz: "Os céus narram a glória de Deus e o firmamento anuncia
a obra das suas mãos" (Sl 18, 2). Para muitas pessoas, os céus e o firmamento
não dizem nada sobre Deus.
Descobrir no interior do cosmos, não a casualidade e o caos, mas uma
mensagem, é um caminho espiritual. O famoso teólogo Daniélou chamava este
itinerário de "revelação cósmica". Todos os homens deveriam se esforçar para
compreender o pergaminho que se estende do céu até a terra - a palavra secreta
da própria criação. Tiro esta imagem da tradição sinagogal. Muitos homens veem o
cosmos e permanecem insensíveis porque perderam a capacidade de se admirar.
Contemplam o mundo com um olhar técnico, frio. Talvez por isso, violentemos a
terra e escondamos os céus atrás da poluição. Precisamos fomentar a disposição
que animava Pascal. Ele olhava os espaços infinitos, considerava a fragilidade
humana e ficava perplexo diante de um contraste tão grande. O escritor inglês
Chesterton dizia que o mundo não perecerá por falta de maravilhas - são muitas -
mas por falta de admiração. A verdadeira ciência é diferente da técnica. A
técnica mede. A ciência tenta compreender o conjunto dos fenômenos. O físico Max
Planck escreveu: "Ciência e religião não estão em conflito, mas se completam na
mente do homem que pensa de forma integral". A verdadeira ciência ajuda-nos a
compreender que estamos imersos em um mistério. A priori, não vou qualificá-lo
como divino, mas seguramente transcende a razão humana e a própria humanidade.
Recordo a belíssima imagem de Newton que se via como uma criança que brinca na
praia e descobre conchas, seixos, pedras... contudo, diante dela, abre-se o
imenso oceano da realidade.

_________________
Cleber Nunes Kraus
Biólogo

"Quem não ora, não precisa de demônio que o tente." Sta. Tereza D'Avila
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Criação da vida humana na terra

Mensagem por são vieira em Sab Jul 18, 2009 2:37 pm

bem é um ponto interessante...
mas se fizermos contas e não é preciso ser cientista... e vermos o tempo em que estamos na corrente do tempo e analisarmos os factos históricos nas escrituras até Adão isso leva-nos a 4026 antes do ano 1 da nossa era

são vieira

Mensagens : 578
Data de inscrição : 15/07/2009
Idade : 36
Localização : portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Criação da vida humana na terra

Mensagem por Binhokraus em Sab Jul 18, 2009 4:07 pm

Desculpa, mas eu não compreendi o que vc quis dizer... tem como ser mais específico?

_________________
Cleber Nunes Kraus
Biólogo

"Quem não ora, não precisa de demônio que o tente." Sta. Tereza D'Avila
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Criação da vida humana na terra

Mensagem por são vieira em Sab Jul 18, 2009 4:52 pm

tenho de pesquisar e já dou resposta concreta

são vieira

Mensagens : 578
Data de inscrição : 15/07/2009
Idade : 36
Localização : portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Criação da vida humana na terra

Mensagem por são vieira em Sab Jul 18, 2009 4:59 pm

CONTAGEM PARA TRÁS ATÉ A CRIAÇÃO DE ADÃO

Começando com a Data-Chave. A data-chave para a contagem para trás até a criação de Adão é aquela em que Ciro derrubou a dinastia babilónica, 539 AEC. Ciro emitiu seu decreto de libertação para os judeus durante seu primeiro ano, antes da primavera de 537 AEC. Esdras 3:1 diz que os filhos de Israel estavam de volta em Jerusalém por volta do sétimo mês, tisri, que corresponde a partes de setembro e outubro. Portanto, o outono de 537 AEC é reconhecido como a data da restauração da adoração de Jeová em Jerusalém.

6 Esta restauração da adoração de Jeová no outono de 537 AEC marcou o fim de um período profético. Que período? O dos “setenta anos” durante os quais a Terra Prometida ‘teria de tornar-se um lugar devastado’ e a respeito do qual Jeová dissera também: “De acordo com o cumprimento de setenta anos em Babilónia, voltarei minha atenção para vós, e vou confirmar para convosco a minha boa palavra por trazer-vos de volta a este lugar.” (Jer. 25:11, 12; 29:10) Daniel, que conhecia bem esta profecia, agiu de acordo com ela, ao passo que os “setenta anos” chegavam ao fim. (Dan. 9:1-3) Os “setenta anos” que findaram no outono do ano 537 AEC devem ter começado, então, no outono de 607 AEC. Os fatos comprovam isto. Jeremias, capítulo 52, descreve os momentosos eventos do sítio de Jerusalém, da ruptura babilónica e da captura do Rei Zedequias em 607 AEC. Daí, como diz o versículo 12: “No quinto mês, no décimo dia do mês”, isto é, 10 de ab (que corresponde a partes de Julho e agosto), os babilónios incendiaram o templo e a cidade. Contudo, este não era ainda o ponto de partida dos “setenta anos”. Vestígios da soberania judaica ainda permaneciam na pessoa de Gedalias, a quem o rei de Babilónia designara governador das restantes povoações judaicas. “No sétimo mês”, Gedalias e alguns outros foram assassinados, de modo que os judeus remanescentes fugiram de medo ao Egipto. Apenas então, a partir de cerca de 1.° de outubro de 607 AEC, foi que a terra, em sentido pleno, “jazia desolada . . . para cumprir setenta anos”. — 2 Reis 25:22-26; 2 Crô. 36:20, 21.

7 De 607 AEC a 997 AEC. O cálculo deste período, desde a queda de Jerusalém para trás, até a época da divisão do reino após a morte de Salomão, apresenta muitas dificuldades. Contudo, uma comparação dos reinados dos reis de Israel e de Judá, conforme registrado em Primeiro e Segundo Reis, indica que este período abrange 390 anos. Uma forte evidência de que este é o total correto é a profecia de Ezequiel 4:1-13. Esta profecia indica que ela aponta para a época em que Jerusalém seria sitiada e seus habitantes levados cativos para as nações, o que ocorreu em 607 AEC. Portanto, os 40 anos de que se fala no caso de Judá terminaram com a desolação de Jerusalém. Os 390 anos de que se fala no caso de Israel não findaram quando Samaria foi destruída, pois isto já tinha acontecido há muito quando Ezequiel profetizou, e a profecia diz claramente que ela aponta ao sítio e à destruição de Jerusalém. Portanto, “o erro da casa de Israel”, também, terminou em 607 AEC. Contando para trás a partir desta data, vemos que o período de 390 anos começou em 997 AEC. Naquele ano, Jeroboão, depois da morte de Salomão, rompeu com a casa de Davi e “passou a desviar Israel de seguir a Jeová e os fez pecar com um grande pecado”. — 2 Reis 17:21.

8 De 997 AEC a 1513 AEC. Visto que o último dos 40 anos completos do reinado de Salomão terminou na primavera de 997 AEC, segue-se que seu primeiro ano de reinado deve ter começado na primavera de 1037 AEC. (1 Reis 11:42) O registro bíblico, em 1 Reis 6:1, diz que Salomão começou a construir a casa de Jeová em Jerusalém no segundo mês do quarto ano de seu reinado. Isto significa que haviam passado três anos completos e um mês inteiro de seu reinado, levando-nos a abril-maio de 1034 AEC como o início da construção do templo. Contudo, o mesmo texto diz que este era também “o quadringentésimo octogésimo ano depois da saída dos filhos de Israel da terra do Egito”. Novamente, 480.° é um número ordinal, representando 479 anos completos. Assim, 479 somados a 1034 dá a data de 1513 AEC como o ano em que Israel saiu do Egipto. O parágrafo 19 do Estudo 2 explica que, a partir do ano 1513 AEC, abibe (nisã) devia ser considerado “o primeiro dos meses do ano” para Israel (Êxo. 12:2) e que anteriormente se seguia um ano que começava no outono, com o mês de tisri. A The New Schaff-Herzog Encyclopedia of Religious Knowledge (Nova Enciclopédia de Conhecimento Religioso Schaff-Herzog, 1957, Vol. 12, página 474), comenta: “O cálculo dos anos de reinado dos reis baseia-se no ano que começava na primavera, e é paralelo ao método babilônio, em que isto prevalecia.” Independente de quando essa mudança de iniciar o ano no outono para iniciar o ano na primavera começasse a ser aplicada aos períodos de tempo na Bíblia, isto envolveria perda ou acréscimo de seis meses em algum ponto na contagem do tempo.

9 De 1513 AEC a 1943 AEC. Em Êxodo 12:40, 41, Moisés registra que “a morada dos filhos de Israel, que haviam morado no Egipto, foi de quatrocentos e trinta anos”. Dessa fraseologia, é evidente que nem toda essa “morada” foi no Egito. Este período começa quando Abraão cruzou o Eufrates a caminho de Canaã, ocasião em que o pacto de Jeová com Abraão passou a vigorar. Os primeiros 215 anos desta “morada” foram em Canaã e, daí, um igual período foi passado no Egito, até que Israel ficou totalmente livre de todo controle e dependência do Egito, em 1513 AEC. A nota na Tradução do Novo Mundo em Êxodo 12:40 mostra que a Septuaginta grega, baseada num texto hebraico mais antigo que o massorético, acrescenta, depois da palavra “Egipto”, as palavras “e na terra de Canaã”. O Pentateuco Samaritano faz algo similar. Gálatas 3:17, que também menciona os 430 anos, confirma que este período começou com a validação do pacto abraâmico, na ocasião em que Abraão cruzou o Eufrates a caminho de Canaã. Isto foi, portanto, em 1943 AEC, quando Abraão tinha 75 anos de idade. — Gên. 12:4.

10 Ainda outra linha de evidência apóia o cálculo acima: Em Atos 7:6 faz-se menção de o descendente de Abraão ser afligido por 400 anos. Visto que Jeová removeu a aflição por parte do Egito em 1513 AEC, o começo da aflição deve ter sido em 1913 AEC. Isto foi cinco anos depois do nascimento de Isaque e corresponde a Ismael ‘fazer caçoada’ de Isaque por ocasião de seu desmame. — Gên. 15:13; 21:8, 9.

11 De 1943 AEC a 2370 AEC. Vimos que Abraão tinha 75 anos de idade quando entrou em Canaã, em 1943 AEC. É portanto possível recuar na corrente do tempo ainda mais, aos dias de Noé. Isto é feito usando-se os períodos que nos são fornecidos em Génesis 11:10 a 12:4. Este cálculo, que dá o total de 427 anos, é feito do seguinte modo:

Do início do Dilúvio até
o nascimento de Arpaxade 2 anos

Daí até o nascimento de Selá 35 “

Até o nascimento de Éber 30 “

Até o nascimento de Pelegue 34 “

Até o nascimento de Reú 30 “

Até o nascimento de Serugue 32 “

Até o nascimento de Naor 30 “

Até o nascimento de Tera 29 “

Até a morte de Tera, tendo

Abraão 75 anos de idade 205 “

Total 427 anos

Somando 427 anos a 1943 AEC nos leva a 2370 AEC. Assim, a tabela cronológica da Bíblia mostra que o Dilúvio dos dias de Noé começou em 2370 AEC.

12 De 2370 AEC a 4026 AEC. Recuando ainda mais na corrente do tempo, descobrimos que a Bíblia data o período desde o Dilúvio até a criação de Adão. Isto é determinado à base de Génesis 5:3-29 e 7:6, 11. O cálculo de tempo é resumido abaixo:

Da criação de Adão até

o nascimento de Sete 130 anos

Daí até o nascimento de Enos 105 “

Até o nascimento de Quenã 90 “

Até o nascimento de Malalel 70 “

Até o nascimento de Jarede 65 “

Até o nascimento de Enoque 162 “

Até o nascimento de Metusalém 65 “

Até o nascimento de Lameque 187 “

Até o nascimento de Noé 182 “

Até o Dilúvio 600 “

Total 1.656 anos

Somando 1.656 anos à nossa data anterior, 2370 AEC, chegamos a 4026 AEC como a data da criação de Adão, talvez no outono, visto que o ano começava no outono na maioria dos calendários antigos.

são vieira

Mensagens : 578
Data de inscrição : 15/07/2009
Idade : 36
Localização : portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Criação da vida humana na terra

Mensagem por Binhokraus em Sab Jul 18, 2009 10:47 pm

Bom só para esclarecer...

Vc realmente acredita nisso?!
Vc é católico?

_________________
Cleber Nunes Kraus
Biólogo

"Quem não ora, não precisa de demônio que o tente." Sta. Tereza D'Avila
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Criação da vida humana na terra

Mensagem por são vieira em Dom Jul 19, 2009 1:38 am

porquê? vc não acredita na criação e que as escrituras são 100% inspiradas por Deus?- 2tim.3:16, 2pedro 1:20,21 ? deixei de ser católica e optei por outro caminho mas estudo a bíblia já bastantes anos e tenho provas convincentes de que é realmente assim... pois fé sem provas é fácilmente abalada por todo ensino que surge...ou dúvidas...hebreus 11:1...e basta termos humildade para as aceitar não por sentimentalismo religioso mas sim porque são provas concretas...

são vieira

Mensagens : 578
Data de inscrição : 15/07/2009
Idade : 36
Localização : portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Criação da vida humana na terra

Mensagem por são vieira em Dom Jul 19, 2009 4:14 am

e com relação a dados científicos.. é muito interessante que as escrituras já com milhares de anos de escrita dizem que a terra é redonda e está suspensa sobre o nada, como surgiu progressivamente a vida na terra, como se efectua o ciclo da água, que o universo está em constante expansão, o que acontece no interior do nosso corpo quando estamos a morrer( de uma morte natural)... matérias que a ciência só conseguiu provas á pouco mais um século...interessante... para quem não tinha qualquer tipo de material cientifico á milhares de anos para escrever isso como facto...para além de que os cientistas hoje estão a chegar á conclusão que a evolução não passa mesmo de uma teoria.. num congresso internacional cientifico realizado à pouco tempo a trás, o cientista que resumiu o congresso disse: " no principio Deus...
portanto, a conclusão é, por mais que o homem dê voltas para derrubar as escrituras por aí... acabam por dar razão...
já agora, anda aí uma ideia que tudo foi criado em 6 dias de 24h... isso para além de não ser lógico cientificamente nem possível na prática, a bíblia diz que um dia para Deus é mil anos, portanto, Deus levou milhares de anos a realizar todo este universo de leis perfeitas... tudo faz sentido desde que analizemos devidamente...

são vieira

Mensagens : 578
Data de inscrição : 15/07/2009
Idade : 36
Localização : portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Criação da vida humana na terra

Mensagem por Binhokraus em Dom Jul 19, 2009 10:31 pm

Desculpa a pergunta, é porque em alguns pontos eu não consigo entender quando você está sendo contrário ou quando você está sendo a favor. Peço desculpas por isso.

Bom, eu particularmente acredito sim na criação, não como a teoria criacionista propõe. Acredito também na evolução das espécies, e também não é como os evolucionistas propõe. Não acredito no teoria proposta pelo desing inteligente, mas acredito em um processo que realmente integre a fé e a ciência.

Acredito que tudo que está na escritura é verdadeiro, mas também acredito que a escritura não contém toda a verdade.

Existem um outro tópico mais específico que trata do surgimento do homem na terra, está na parte de Questões disputadas, recomendo a leitura, se é que vc já não tenha lido.

No mais, fico bastante feliz com sua participação em nosso fórum, espero que seja um momento oportuno para crescermos em sabedoria e em graça.

Permaneça em Deus!

_________________
Cleber Nunes Kraus
Biólogo

"Quem não ora, não precisa de demônio que o tente." Sta. Tereza D'Avila
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Criação da vida humana na terra

Mensagem por são vieira em Seg Jul 20, 2009 3:47 am

o que apenas quero mencionar resumidamente é que a biblia não é anti-cientifica como alguns querem afirmar pois a prova disso são os dados que falei anteriormente...e as escrituras mencionam aquilo que é necessário para entendermos porque estamos aqui, para onde vamos, pois se fosse com muitos pormenores desnecessários...primeiro ninguém a lia pois seria um conjunto de enciclopédias e se as pessoas já se queixam que é grande... e por outro lado o facto de estar escrita e disposta na forma que conhecemos é um método mais simples de a analisar... Deus sabe o que faz e eu acredito na sua verdade absolutajoão 17:17, joão 8:32... mas há algo que o faz pensar diferente?

são vieira

Mensagens : 578
Data de inscrição : 15/07/2009
Idade : 36
Localização : portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Criação da vida humana na terra

Mensagem por alessandro em Seg Jul 20, 2009 2:44 pm

interessante a discussão.

quero incentivar que continuem e dizer que, embora concorde com o binho, ambas as posições são compatíveis com a fé católica.

abraços

_________________
Só vale a pena viver pelo que vale a pena morrer!!!
avatar
alessandro
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 750
Data de inscrição : 16/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Criação da vida humana na terra

Mensagem por Binhokraus em Ter Set 07, 2010 10:42 pm

Bom, como já disse em um outro tópico, eu estive fora do fóruim por muito tempo, e agora estou tentando me atualizar, mas tive a grata surpresa de ver que cresceu muito o fórum.

Bom, voltemos a discussão. Primeiramente gostaria de dizer que não considero a bíblia anti-científica, mas também, não a considero como um livro de ciências, pq de fato, ela não é um livro de ciências. Tendo dito isso passo a questão em discussão sobre quanto tempo o homem está sobre a terra.
Segundo a Contagem apresentada acima o homem caminha sobre a terra a exatos 4027 anos. Tendo por base a bíblia que é um livro de fé e não de ciências.

Bom, pra continuar, quero dizer que a ciência é fruto da inteligência humana, dom de Deus. Por essa inteligencia podemos calcular a idade de coisas antigas pelo exame conhecido como datação por carbono 14. Não vou explicar como isso acontece, quem tiver curiosidade uma pesquisa rápida no google resolve.

Vamos excluir da contagem cientifica seres hominídeos que antecederam nossa espécie, o Homo sapiens, e vamos pegar como base o fóssil de Homo sapiens mais velho, datado por carbono 14 e por isso mesmo digno de toda credibilidade. Este fóssil data de 160 mil anos atrás, ou seja, a evidencia empírica mais antiga de um homem caminhando sobre a terra é pelo menos 40 vezes mais antiga que a contagem apresentada pela teoria da cronologia bíblica.
Sendo que, no caso dessa idade, não é uma teoria, ela um fato comprovado cientificamente, empiricamente.

A bíblia mente? Não! Mas a bíblia é um livro de fé, e não um livro de ciências, e portanto não pode ser utilizada para responder a questões meramente cientificas. Para isso temos a inteligência, dom de Deus, que nos permite por meio de evidencias e fatos empíricos, descobrir as respostas a essas questões.

Espero ter contribuído com a discussão.

_________________
Cleber Nunes Kraus
Biólogo

"Quem não ora, não precisa de demônio que o tente." Sta. Tereza D'Avila
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Criação da vida humana na terra

Mensagem por Raidara em Ter Set 21, 2010 12:19 pm

Oiê! tongue
Se tudo q ta na Escritura eh verdadeiro e ela diz q Adão foi o primeiro homem, criado diretamente por Deus, não tem como ter outro antes dele né?
Sei q algumas pessoas acreditam q Deus criou tudo e ainda assim acreditam q houve evolução, daí dizem q um dia p Deus eh como mil anos e mil anos como um dia. Até acho q tudo bem usar esse raciocínio p falar sobre dinossauros e tal (Apesar de eu n acreditar nisso totalmente), mas com relação ao homem acredito q n se aplica, pq o homem foi a última criação e a partir de Adão os anos foram contados de acordo com nossa forma de contar o tempo.
Mas não entendi uma coisa, Binho tu não acredita q a Bíblia é literal?
Abraço! tongue
avatar
Raidara

Mensagens : 8
Data de inscrição : 15/09/2010
Idade : 27
Localização : Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Criação da vida humana na terra

Mensagem por Binhokraus em Ter Set 21, 2010 8:14 pm

Depende do que você quer dizer com literal.

Se está se referindo a literatura da época, sim eu acredito que ela é literal.
Agora se você quer dizer que o que está escrito lá é exatamente o que aconteceu, não, eu não acredito, justamente pelo motivo acima. Toda a escritura é verdadeira, nisso eu creio. Acredito na veracidade da Sagrada Escritura, porém não creio que as coisas acontecera exatamente como estão escritas, até porque, se formos analisar, rapidamente perceberemos as várias figuras de linguagem presentes em cada livro, e que estão de acordo com cada tempo. Se não me engano já tem um tópico sobre isso.

Sobre evolução, também já temos um tópico sobre esse assunto.

O tópico e a discussão em questão aqui é sobre quando o homem começou a caminhar sobre a terra. Segundo a contagem apresentada tendo como base a bíblia o homem caminha sobre a terra a aproximadamente 4200 anos. O que eu fiz foi mostrar que temos fatos que comprovam com muito poucas chances de contestação que o homem está caminhando sobre a terra há pelo menos 160 mil anos. Não é preciso acreditar na evolução para aceitar esse fato. Por isso digo, a bíblia é um livro de fé, e não de ciências, por isso não podemos consultar a bíblia para tratar de assuntos puramente cientificos.


_________________
Cleber Nunes Kraus
Biólogo

"Quem não ora, não precisa de demônio que o tente." Sta. Tereza D'Avila
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Criação da vida humana na terra

Mensagem por Raidara em Qua Set 22, 2010 8:58 am

Sim, a pergunta era se tu acreditava q o q está escrito eh exatamente o q ocorreu...
E continuo sem entender teu posicionamento. Como tu acredita q eh vdd, mas acha q o homem já existia antes? (isso q n entendi) Tu acha q Adão e Eva são soh figura de linguagem e q não existiram de fato?
Pra ilustrar melhor vou dar meu exemplo, q creio ser o msm da são vieira, creio que Gn relata o q aconteceu literalmente. Por isso concordo com os cálculos de recuar no tempo até Adão para ter uma data de criação (ao menos do homem).
Concordo q a Bíblia não seja um livro de ciências, mas creio q como "livro de história", podemos sim aceitá-la. Seria ciência se estivéssemos discutindo como o homem foi feito, e nós cremos q Deus nos criou do pó da terra, mas com relação a data da criação trata-se mais de história. Por isso qro saber se tu acredita nisso ou não... Pq eu acredito, embora tenham cálculos científicos com carbono 14 q dão uma data anterior, creio na versão bíblica.
Abraço! tongue
avatar
Raidara

Mensagens : 8
Data de inscrição : 15/09/2010
Idade : 27
Localização : Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Criação da vida humana na terra

Mensagem por Binhokraus em Qua Set 22, 2010 9:55 am

Respeito muito sua opinião, de verdade. Porém não consigo entender como pode não acreditar em algo que é empiricamente comprovado, eu tenho dificuldades para entender como vc, e outras pessoas, simplesmente desconsideram a ciência totalmente. Mais uma vez ressalto, respeito sua opinião, mas também tenho a minha.

Sobre adão e eva, já discutimos também em outros tópicos, e fiz uma pergunta que, para mim, demonstra o quanto a bíblia é um livro que usa de figuras de linguagem para falar de realidades de fé. E vou transcrever aqui

"Adão e Eva geraram Caim e Abel, Caim matou abel e sai da presença do Senhor para a região de NOD, lá encontra uma mulher com quem se casa e tem filhos cf Gn 4, 1-17...
Quem era essa mulher!? De quem ela era filha?! não era um ser humano? se era, não descendia de Adão e Eva... então de onde ela veio?!?!"

Se a Bíblia é literal, e se ela descreve os fatos literalmente, primeiro veio caim, depois veio abel, ai caim matou abel. Caim foi banido, conheceu sua mulher, teve filhos e só depois adão e eva tiveram outros filhos começando por set.

Se é literal, a mulher de caim não pode ser filha de adão e eva, e ai? como explicar?

Quero ressaltar que eu CREIO que foi Deus quem criou o homem, não exatamente como diz a bíblia, mas eu acredito que o Homem é a obra prima de toda a criação. Mas o homem veio por meio da evolução. Se vc quer discutir mais sobre este ponto específico, sugiro que o faça neste tópico http://quemtembocavaiaroma.livreforum.com/questoes-disputadas-f7/criacao-ou-evolucao-t419.htm
aonde já possuímos tal discussão. Será sempre um prazer debater a respeito desse tema.

Permaneça em Deus!!!

_________________
Cleber Nunes Kraus
Biólogo

"Quem não ora, não precisa de demônio que o tente." Sta. Tereza D'Avila
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Criação da vida humana na terra

Mensagem por Raidara em Qua Set 22, 2010 11:22 am

Oiê
Binho por isso gostei de conversar contigo, apesar de termos pensamentos diferentes, conseguimos conversar tranquilamente. Algumas pessoas não conseguem, estamos indo bem hehe tongue
Acho q não vamos nos estender no assunto, mas gostaria de focar apenas na criação de Adão e Eva, na literalidade de Gn. Pode ser aqui mesmo?
Li a citação q tu colocou, mas não achei isso. Procurei até em versões diferentes. O q encontrei foi:
“Adão conheceu Eva, sua mulher, e ela concebeu e deu à luz Caim, e disse: "Possuí um homem com a ajuda do Senhor." E deu em seguida à luz Abel, irmão de Caim. Abel tornou-se pastor e Caim lavrador. Passado algum tempo, ofereceu Caim frutos da terra em oblação ao Senhor.” (GN1:1-3 VC).
O termo “conheceu” se refere ao ato sexual, não como ser apresentado a alguém. Note q “passou algum tempo” este tempo são anos, até os meninos crescerem e se tornarem adultos, trabalharem e decidirem trazer algo ao Senhor. Neste tempo Adão e Eva tiveram outros filhos, seus nomes e histórias não são colocados pq a enfase está em Caim e Abel e com relação as filhas, provavelmente não são citadas pelo “machismo” da época.
A história segue “Caim retirou-se da presença do Senhor, e foi habitar na região de Nod, ao oriente do Éden. Caim conheceu sua mulher. Ela concebeu e deu à luz Henoc. E construiu uma cidade, à qual pôs o nome de seu filho Henoc.” (Gn1:16,17).
Novamente este conheceu se refere ao ato sexual, certamente esta mulher era sua irmã. Qdo ele foi expulso já estava casado ou antes de sair, escolheu uma de suas irmãs para ser sua mulher e a levou consigo.
Abraço! tongue
avatar
Raidara

Mensagens : 8
Data de inscrição : 15/09/2010
Idade : 27
Localização : Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Criação da vida humana na terra

Mensagem por Binhokraus em Qua Set 22, 2010 12:41 pm

A bíblia não diz que Adão e Eva tiveram outros filhos antes de Caim ser banido. Qualquer um que disser que tiveram está colocando subjetividade a bíblia, o que tira dela a literalidade aqui discutida. Seguindo a passagem, Caim foi o primeiro, Abel o segundo, Caim matou Abel, Caim foi banido, Adão e Eva tiveram Set, que segundo a Bíblia, foi dado para substituir Abel, que Caim matara. Só depois de Set diz que Adão e Eva tiveram outros Filhos e Filhas.

A bíblia não diz que Caim tomou sua irmã por esposa, afirmar isso é mais uma vez das subjetividade a bíblia e tirar dela a lieteralidade aqui tratada.

Se a bíblia é literal, ela é contraditória.

"Se tua mão te leva a pecar, arranca-a. É melhor entrar com sem uma das mãos no céu do que ter as duas e se perder." "Se teu olho te leva a pecar, arranca-o. É melhor entrar sem um olho nos céus, do que ter os dois e se perder."

"Comerás o pão com o suor do teu rosto."

Sei que texto fora de contexto vira pretexto. Mas é só para ilustrar que a bíblia não é literal. Existem várias outras passagens que nos mostram isso.

Mas como eu disse, respeito quem acredita na lieteralidade, embora não compreenda como não podem perceber as contradições provenientes de tal forma de ler as escrituras.

Se ora se lê de maneira subjetiva e ora se lê de maneira literal, ai então fica tudo muito pior. Principalmente se tratando do Antigo Testamento e mais principalmente ainda se não se tem um magistério e uma tradição para fazê-lo.

_________________
Cleber Nunes Kraus
Biólogo

"Quem não ora, não precisa de demônio que o tente." Sta. Tereza D'Avila
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Criação da vida humana na terra

Mensagem por Raidara em Qui Set 23, 2010 9:10 am

Oiê! tongue
Vou tentar explicar como vejo isso...

O estilo de escrita em Gn eh bem repetitivo, usava-se a repetição para reforçar o que estava sendo dito. Lendo tão somente do capítulo 1 até o 5, já Podemos perceber isso claramente. Em todo o Pentateuco esse estilo de escrita se manifesta. Se prestarmos a atenção, o texto mtas vzs trata de um assunto e dps volta em um fato anterior a este e, então segue em frente. O fato de ser registrados outros filhos e filhas de Adão apenas no capítulo 5, não significa q estes não nasceram enquanto Abel ainda vivia, significa apenas q o assunto “Caim e Abel” foi resolvido e a história segue. Tanto q a criação é relatada novamente nos capítulos 2 e 5.
O que a Bíblia não diz é q Caim encontrou esposa p si em outra região, pode até não dizer q este se casou com uma irmã, apenas diz q se casou. No contexto deixa claro q qdo foi expulso já era um homem casado. Levando tudo isso em consideração conclui-se Adão já tinha outros filhos (as) e assim Caim casou com uma de suas irmãs.

Prova disso está no capítulo 5 “Este é o livro das gerações de Adão. No dia em que Deus criou o homem, à semelhança de Deus o fez. Homem e mulher os criou; e os abençoou e chamou o seu nome Adão, no dia em que foram criados. E Adão viveu cento e trinta anos, e gerou um filho à sua semelhança, conforme a sua imagem, e pôs-lhe o nome de Sete. E foram os dias de Adão, depois que gerou a Sete, oitocentos anos, e gerou filhos e filhas. E foram todos os dias que Adão viveu, novecentos e trinta anos, e morreu.” (Gn5:1-5).

Aqui não menciona nem Caim nem Abel, e sabemos q estes vieram antes. Pq n os menciona? Pq aqui já está tratando de outro assunto, o assunto “Sete” e sua linhagem, portanto nem sequer cita nome de outros dos filhos, bem como não dá a ordem de nascimentos.

Claro q a Bíblia utiliza figuras de linguagem também, as frases de Jesus q tu citou e as parábolas, entre outras, são prova disso. Porém qdo eh figura de linguagem eh apenas figura de linguagem, não é tratado como fato, ao contrário do q vemos acontecer com Adão. Entretanto se Gn é tbm figura de linguagem e não ocorreram estes fatos de Adão, cai por terra o sacrifício de Jesus. Pq as doutrinas de Cristo estão edificadas sobre o conteúdo do AT, q se apóia inteiramente sobre o relato de Gn. Se a história do Edén não aconteceu de fato, então não houve a queda de Adão e a humanidade não se encontra contaminada por nenhum tipo de “pecado original” (como chama a teologia). Então não existe nenhuma transgressão da qual necessitássemos ser redimidos, e a morte expiatória de Cristo, não passaria de um martírio sem significado.

Alguns versículos q mostram isso:
“Pois assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também por um só ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para justificação de vida. Porque, como pela desobediência de um só homem, muitos foram feitos pecadores, assim pela obediência de um muitos serão feitos justos.” (Rm 5:18,19) Aqui fala de Adão e Jesus. O texto está sendo tratado como literal.
“Quando o Altíssimo distribuía as heranças às nações, quando dividia os filhos de Adão uns dos outros, estabeleceu os termos dos povos, conforme o número dos filhos de Israel.” (Dt 32:8)
Também eh importante levar em consideração que na genealogia de Jesus em Lucas cap 3 mostra que ele veio de Adão. Lucas 3:23,38 “E o mesmo Jesus começava a ser de quase trinta anos, sendo (como se cuidava) filho de José, e José de Heli, [...] E Cainã de Enos, e Enos de Sete, e Sete de Adão, e Adão de Deus.”

Por isso creio q eh um ralato de algo real... Mas consegui entender tbm como tu pensa, apesar de discordar rss
Eh isso... Abraço! tongue
avatar
Raidara

Mensagens : 8
Data de inscrição : 15/09/2010
Idade : 27
Localização : Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Criação da vida humana na terra

Mensagem por Binhokraus em Sex Set 24, 2010 1:48 pm

De fato tem sido prazeroso discutir contigo.

Bom, mas uma vez enfatizo que respeito sua opinião.

Antes de prosseguir quero fazer uma correção no que eu mesmo disse. Não que tenha dito algo errado, mas ao reler me pareceu que pode levar a um pensamento errado a respeito do que eu acredito.

Eu disse que não se pode ler a bíblia ora como sendo literal e ora como sendo figurativa. Eu não quis dizer isso. Na verdade ora ela é literal e ora ela é figurativa. Quem nos dá a possibilidade de uma correta interpretação, são os estudiosos, o magistério e a tradição, todos esses conduzidos pelo Espírito Santo. Se falta qualquer um desses, principalmente se falta o Espirito Santo, a interepretação fica pessoal e isso sim é extremamente errado.

Bom, tendo expresso o que eu acredito, prossigo.

Quero dizer que qualquer um dos dois ponto de vistas defendidos aqui são dignos de fé, e na verdade, tanto faz acreditar em um ou em outro. Por essa razão respeito bastante o seu ponto de vista.

Quanto ao sacrifício de um homem só, e a perdição de um homem só.
Eu creio que houve sim um pecado original, que foi o da desobediencia.
Porém, não creio que fora de um homem só. Ora, então novamente eu chamo a bíblia de mentirosa? Mais uma vez digo que não, a bíblia não mente. Como discutimos aqui, e concordamos com isso, tanto vc quanto eu, a bíblia e os livros nela contidos foram escritos dentro de um tempo, com uma literatura e todo um contexto próprio. Ora, a curiosidade de saber de onde viemos, não é recente, tanto é que temos o livro do genesis escrito a muitos anos atrás. Porém, na época em que se escreveu este livro, e até recentemente, podemos dizer que não havia como explicar de outra forma que pudesse ser entendida, a origem dos homens. Portanto Deus, se valeu de figuras e formas que pudessemos compreender. Porém, esse mesmo Deus nos deu inteligência, sabedoria e formas de aperfeiçoarmos nosso conhecimento a respeito Dele mesmo e de outras coisas, embora a respeito de Deus nosso conhecimento será sempre limitado, por mais profundo que seja.

Então, eu creio que a ciência não nega as escrituras, mas antes lhe dão amplo sentido, dão a ela ainda mais plenitude. Já ouvi dizer que Adão e Eva não eram um homem e uma mulher, mas sim representação de dois povos. Essa imagem é correta? Não sei! Mas pq não poderia ser?

Mas eu creio que o homem evoluí, que ao longo do curso da história evolutiva, em um dado momento, houve a interveção de Deus que separou homens de animais. Acredito que um dado momento, esses homens desobedeceram a Deus, e como consequencia desta desobediencia, entrou o pecado no mundo, não por maldade ou vingança de Deus, mas consequencia de um ato egoísta do ser humano. Acredito que ouve sim um evento aonde um irmão matou o outro, podendo ser aqui dois povos, ou não. Acredito que essa nova transgressão, mais uma vez trouxe consequencias para todos. Acredito que a maneira como Deus encontrou para explicar tudo isso foi a história de adão e eva, principalmente para explciar a origem do povo Judeu, já que todo o antigo testamento se trata da história do povo judeu, inclusive a história da criação é voltada para a criação do povo judeu. Enfim, acredito na bíblia sim, acredito que aconteceram sim eventos marcantes na história da humanidade, e que essas histórias foi a maneira como Deus pode, na época, explicar todas essas questões de maneira que todos compreendessem.

_________________
Cleber Nunes Kraus
Biólogo

"Quem não ora, não precisa de demônio que o tente." Sta. Tereza D'Avila
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Criação da vida humana na terra

Mensagem por Raidara em Sex Set 24, 2010 2:15 pm

Oiê!
Tão tah, num tenho mais nada p acrescentar, então...
Oh p ti tongue tongue hehehe
avatar
Raidara

Mensagens : 8
Data de inscrição : 15/09/2010
Idade : 27
Localização : Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Criação da vida humana na terra

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum