jesuítas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

jesuítas

Mensagem por larissa em Sex Set 12, 2008 1:56 pm

Olá Levi, tudo bem?

Você poderia falar um pouco sobre os jesuítas?

Obrigada.

Um abraço,

Larissa.
avatar
larissa

Mensagens : 41
Data de inscrição : 10/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: jesuítas

Mensagem por M.Levi em Sex Set 12, 2008 8:39 pm

Olá Larissa, posso sim, amanhã volto aqui e respondo com muita calma, to muuuiiito cansado, aguarde !!!!!!!!
avatar
M.Levi
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 147
Data de inscrição : 24/08/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: jesuítas

Mensagem por M.Levi em Sab Set 13, 2008 8:24 pm

Ao que sabemos Íñigo (Inácio) de Loyola nascido no castelo de Loyola o país basco se fere na guerra entre França e Espanha é possível identificar nesse conflito o espírito aguerrido e perseverante, em numero muito inferior Inácio defende até ser ferido gravemente na perna na tal praça. Tempos depois se escondendo atrás de livros foi encontrado por uma das últimas obras da biblioteca ” Flos Sanctorum” e a “ Vida de Cristo” por Ludolfo o Cartuxo, tomado de assalto pelos textos se embrenha e tempos depois e um retiro em Monserrat, ali próximo aconteceu o ritual de adeus as armas desse mundo, depositando a espada e armadura gesto que me lembra a atitude de São Francisco de Assis. Escreveu os “Exercícios Espirituais” uma espécie de manual para os que desejam seguir a fé , nesse trecho a partir dos “Exercícios Espirituais” tem um conceito muito caro de combate, combate por Cristo onde sua fé foi depositado, conceito caro, do que adiantaria ensinar ao cristão (“Exercícios Espirituais”) se sua Salvação dependeria única e exclusivamente de Deus, esse conceito e valiosíssimo para os inacianos. Em 1534 é fundada a Companhia de Jesus, conhecidos tb pelo nome de jesuítas, um soldado da fé, não aos moldes dos Cruzados, a arma desse soldado do século XVI é a fé, ciência e perseverança, um bom combate. Já em 1549 os jesuítas chegam as nossas terras na expedição de Tomé de Souza, os jesuítas se espalham pelo mundo, alguns detalhes interessantes são que os jesuítas se dedicavam a ciênciae a educação, alguns dos primeiros dicionários são feitos pelos jesuítas.





Mais tarde completo......
avatar
M.Levi
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 147
Data de inscrição : 24/08/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jesuítas

Mensagem por Davison em Qua Set 17, 2008 4:58 pm

Oi Larissa, aqui vai o link dos jesuítas:

http://www.jesuitas.com.br/

Tem temas bons lá, dá uma olhadinha!!!
Até!!!
avatar
Davison
Tira-dúvidas oficial: Liturgia

Mensagens : 154
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 29
Localização : Petrópolis RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: jesuítas

Mensagem por larissa em Qui Set 18, 2008 3:14 pm

Valeu Davison, vou dar uma olhada.

Até!!! Very Happy
avatar
larissa

Mensagens : 41
Data de inscrição : 10/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: jesuítas

Mensagem por Moco em Dom Set 28, 2008 3:51 pm

Fala Levi, Vc poderia comentar um pouco sobre "a missão" de São Miguel-RS?
avatar
Moco

Mensagens : 76
Data de inscrição : 27/08/2008
Idade : 27
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Jesuítas

Mensagem por Rafaela Botelho em Seg Out 06, 2008 11:14 pm

Olá Levi.
Como vai?


Também me interessei pelo assunto, esses dias tive que apresentar um trabalho de História e Filosofia da Educação que tratava sobre isso. Não gostei da forma que o texto se referia ao Período Colonial mas, por desconhecer não pude argumentar. Gostaria, se fosse possível que vc me esclarecesse algumas coisas a partir do texto abaixo.

"Período Colonial

´´´A expansão da fé católica foi a razão explícita da conquista das novas terras pelos portugueses. Dizia Dom João III no Regimento que entregou a Tomé de Sousa, primeiro governador-geral do Brasil: "A principal coisa que me moveu a mandar povoar as ditas terras do Brasil foi para que a gente dela se convertesse à nossa santa fé católica".
´´´Hoje ninguém mais tem dúvida a respeito do que estava por trás dessa razão: a sujeição do índio e a conquista de suas terras para o enriquecimento dos colonizadores. E a religião foi um instrumento eficaz dessa submissão. Afinal de contas, para conquistar o paraíso na outra vida, qualquer sacrifício vale a pena, mesmo o sacrifício da própria vida. E os padres, como intérpretes da vontade divina, a serviço do rei e do papa, estavam aqui para isso: converter os índios, por bem ou por mal, facilitando o trabalho de conquista e de dominação dos brancos europeus.
´´´Quase sempre por mal, como o reconhece o Padre Manuel da Nóbrega, provincial dos jesuítas no Brasil em carta ao rei de Portugal: "Este gentio é de qualidade que não se quer por bem, senão por temor e sujeição, como se tem experimentado e por isso, se V. S. os quer ver convertidos, mande-os sijeitar (...)".
´´´O Padre José de Anchieta também achava que a conversão do índio devia se fazer de qualquer forma. Em uma de suas cartas afirmava: "Vindo para aqui muitos cristãos, sujeitarão os gentios ao jugo de Cristo, e assim estes serão obrigados a fazer aquilo a que não é possível levá-los por amor". Dizia ainda em outra carta: "Parece-nos agora que estão as portas abertas nesta Capitania para a conversão dos gentios, se Deus Nosso Senhor quiser dar maneira, com que sejam postos debaixo de jugo, porque para este gênero de gente não há melhor pregação do que espada e vara de ferro (...)".
´´´O objetivo proclamado da ação dos jesuítas é a conversão do índio à fé católica; na realidade o que se faz é subjugá-lo e, quando resiste, massacrálo. O resultado está diante de nós: de milhões de índios que aqui vivam na época da chegada dos portugueses, restam cerca de duzentos mil!
´´´Mas não se pode negar que o trabalho dos padres foi eficiente: em poucos anos cobriram o território com missões, escolas de ler, escrever e contar, e colégios. Porém, mesmo no campo educacional observamos que, por trás do objetivo aparente de ensinar as primeiras letras e as humanidades, buscava-se na verdade a submissão à fé católica e aos costumes europeus.
´´´Não se trata de condenar os religiosos por isso, mas de perceber com clareza até que ponto eles estavam integrados na política de conquista, submissão e colonização. Tanto isso é verdade que, a partir do momento em que começaram a agir de forma independente em relação a tal política, os padres jesuítas foram expulsos de Portugal e de suas colônias.
´´´A reforma dos estudos que sucedeu à expulsão dos jesuítas em 1759, teve como objetivo explícito melhorar a qualidade do ensino, ao mesmo tempo em que afirmava pretender aumentar a quantidade de classes e professores.
´´´No entanto, o que aconteceu na realidade não foi bem isso. Veja o que afirma Valnir Chagas: "Pior é que, para substitutir a monolítica organização da Companhia de Jesus, algo tão fluido se concebeu que, em última análise, nenhum sistema passou a existir". (CHAGAS, Valnir. Educação Brasileira: o ensino de 1° e 2° graus. 2. ed. São Paulo, Saraiva, 1980, p. 9.) Bem outro foi o objetivo da reforma: "Seu objetivo superior foi criar a escola útil aos fins do Estado (...) que servisse aos imperativos da Coroa". (CARVALHO, Laerte Ramos de. As reformas pombalinas da instrução pública. São Paulo, Saraiva, 1978, p. 139.)"

Então foi esse o texto que tive que usar. Repare que ao se referir as cartas, o autor do texto usa um tom irônico, principalmente ao falar da vida eterna. Período Colonial foi o meu tema, mas, nos outros temas de outros grupos a ironia é a mesma ou pior.
Me senti mal em desconhecer a verdade [mesmo tendo certeza que a Igreja me diria outra coisa] e não poder defende-la. A única coisa que pude fazer foi dizer que a mentalidade, noção de ética e pedagogia da época era outra e ir desenvolvendo isso... Só pude dizer que, não podemos comparar nossas noções atuais de moral e cultura com as anteriores. Bem sei que não é só isso.

Aguardo ansiosamente a resposta!

Fique com Deus,
Desde já Obrigada.
Very Happy
avatar
Rafaela Botelho
Acolhedora

Mensagens : 530
Data de inscrição : 03/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Rafaela, Moco e Larissa !

Mensagem por M.Levi em Ter Out 07, 2008 10:20 pm

Oi pessoal, como cês vão ?
Então, vou dar uma finalizadas nas pontas que ainda estão pendentes, procurarei responder a todos..... ninguém vai ficar sem resposta, desde que eu saiba né hehehehe, as dúvidas aqui apresentadas essas eu posso respoder, mas tarde volto com texto.
avatar
M.Levi
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 147
Data de inscrição : 24/08/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

:)

Mensagem por Rafaela Botelho em Ter Out 07, 2008 10:27 pm

Oi Levi.
Tudo bem, graças a Deus.
E com vc?

Ok, então estamos aguardando.
Se quiser dar uma passada no "Pontos de Felicidade" também [O Thales moveu para Papo Cabeça]..

Fica com Deus
Very Happy
avatar
Rafaela Botelho
Acolhedora

Mensagens : 530
Data de inscrição : 03/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: jesuítas

Mensagem por M.Levi em Qui Out 09, 2008 9:54 am

A proposição é até válida, realmente a catequese foi utilizada como um meio de conquista, não exclusivamente, é estupidez interpretar que aqueles sacerdotes e religiosos que deram suas vidas literalmente tinham apenas preocupações políticas e não religiosas, a analise feita pelo autor versa na idéia contida specificamente no Brasil, porém ele comete um erro, quando ele diz que “Tanto isso é verdade que, a partir do momento em que começaram a agir de forma independente em relação a tal política, os padres jesuítas foram expulsos de Portugal e de suas colônias” por que ? A supressão da ordem (1773) seguiu em diversos países com exceção da Rússia de Catarina II e na Prússia de Frederico II que não publicaram as interdições, vale ressaltar que ambos eram estranhos a Igreja, nessas regiões onde a ordem foi suspensa como Espanha e França, não havia como objetivo maior a catequese, lógico que não podemos excluir as colônias dessas nações, no caso português, Frances e espanhol as implicações foram mais políticas do que religiosas ou somente políticas, tanto em França quanto em Portugal os bens dos Jesuítas foram confiscados, o texto toca no assunto que era complicado para ministros como Pombal ( Portugal) e Aranda ( Espanha) que os jesuítas estavam sendo o Estado dentro do Estado, sim a catequese em diversos momentos não respeitava a diversidade cultural das tribos ativas, só que esse conceito ou é por admiração ou moderno demais para a época, a analise correta deve levar em consideração que esse empreendimento consumia a vida de um missionário, não se pode fazer observações históricas com valor a partir da sociedade atual, imagino como seriaum historiador do século XV e XVI escrevendo em relação a nossa sociedade, acharia tudo muito estranho emedonho.Há problemas realmente nos mecanismos inseridos na catequese, como o aldeamento, hoje nossa proposta é diferente, entender o outro no seu meio, mas isso é um conceito moderno que vc delimitou bem no seu texto, a sua justificativa é válida e correta, cometesse um erro de anacronismo quando procurasse perceber o passado a partir do nosso olhar, fazer História é analisar os fatos no seu tempo, lógico que isso não abonar os erros cometidos.


Vou aproveitar o ganho para explicar a questão das missões ao Moco e lá darei exemplos concretos tb de que os jesuítas tb se tornaram vítimas dos interesses politicos assim como foram durante o governo do primeiro ministro marques de pombal
avatar
M.Levi
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 147
Data de inscrição : 24/08/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: jesuítas

Mensagem por Rafaela Botelho em Qui Out 09, 2008 10:19 am

Very Happy
Obrigada!

[Agora que a nota do bimestre já foi lançada...] Vou mostrar sua resposta para minha professora.
rsrsrs [Brincadeira, eu mostraria antes também].

Então, concluindo:
Ocorreram erros sim na catequese, entretanto, era clara a preocupação religiosa deles. Mas, devemos analisar os fatos de acordo com a mentalidade da época.
É isso?

Fiquem com Deus
Very Happy
avatar
Rafaela Botelho
Acolhedora

Mensagens : 530
Data de inscrição : 03/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: jesuítas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum