Teologia do Corpo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Teologia do Corpo

Mensagem por Pe. Anderson em Sex Nov 06, 2009 3:26 pm

Caros amigos,

Indico a voces uns videos sobre a "Teologia do Corpo". Essa é a Teologia desenvolvida especialmente por Joao Paulo II, durante toda sua vida. Essa é a forma que a Igreja sempre entendeu o valor do corpo humano, da castidade, do casamento, da sexualidade.

Espero que esses vídeos possam ajudá-los e possam produzir uma sadia discussao.



PARTE 1: http://www.youtube.com/watch?v=3sl5rzvuLXw

PARTE 2: http://www.youtube.com/watch?v=XpaJYG5k3tc&feature=related

PARTE 3: http://www.youtube.com/watch?v=Ci0m5RJBrvQ&feature=related

PARTE 4: http://www.youtube.com/watch?v=PyGS8iZtp0I&feature=related

PARTE 5: http://www.youtube.com/watch?v=_7RFRrsWT9E&feature=related
Essas palestras foram em um querido país para nós brasileiros: em Portugal.

Grande abraço a todos.
avatar
Pe. Anderson
Admin

Mensagens : 952
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 35
Localização : Roma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teologia do Corpo

Mensagem por Manuel Portugal Pires em Dom Jun 19, 2011 8:25 pm

Poucos dias faltam para que a Igreja Católica celebre na próxima 5ª feira a festa do «corpo de deus».
Se bem me lembro, antigamente chamava-se «corpus christi» ou corpo de Cristo, em português.

Eu, pessoalmente, penso que o termo «corpo de deus» é impróprio e até inconveniente, pois quando falo de DEUS estou a referir-me ao PAI, como o faz constantemente a Bíblia, embora saiba que o Filho recebeu a Sua divindade do PAI. Este vai ao ponto de O considerar «O SEU DEUS», como consta no evangelho segundo João cap. 20, verso 17.

Ora, isto tem muito a ver com o nosso corpo, como templo do Espírito Santo, e por isso poder ser parte integral do corpo «místico» do Cristo que é a Sua Igreja.

Será que a centelha divina que recebemos no acto da criação, nos leva à soberba de queremos ser iguais a DEUS?!...
Pois o «corpo de Cristo» que está consubstanciado no pão consagrado somos nós mesmos, na nossa posição de candidatos ao reino do Cristo.

Grande é este mistério, disse Paulo, quando falava do casamento, considerando a mulher como o corpo do marido, assim como a Igreja do Cristo é o Seu CORPO como qual esposo é a sua cabeça.

Deus concedeu ao homem (e à mulher) o prazer sexual como atractivo e recompensa da sua colaboração no acto criador. Contudo a humanidade, na sua maioria, dá mais valor ao prazer ao ponto de o tornar um fim, quando, na verdade deveria ser considerado um meio.

Ora, colaborar conscientemente com YHWH no acto criativo da HUMANIDADE como sendo um só CORPO é uma honra que nos pode elevar acima dos outros animais.
avatar
Manuel Portugal Pires

Mensagens : 781
Data de inscrição : 06/05/2010
Idade : 73
Localização : Europa: Portugal - Porto - Valongo - Ermesinde

Ver perfil do usuário http://sites.google.com/site/rrfn001/temas/sa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teologia do Corpo

Mensagem por Pe. Anderson em Seg Jun 20, 2011 12:21 pm

Caro Manuel,

A expressao que nós da Igreja Católica usamos é "Corpus Christi" e nao "corpo de Deus". Nao sei de onde o senhor tirou essa expressao.

A celebraçao do "Corpus Christi" nos faz lembrar a presença real de Cristo na Eucaristia, sob as aparências do Pao e do Vinho, assim como ele havia prometido (Jo 6) e assim como ele cumpriu na última Ceia. Nessa celebraçao ele tomou o Pao em suas maos e disse "Isso é o meu Corpo"; nao disse, "isso significa ou represnta o meu corpo". Disse é o meu Corpo. Palavras que se referem à sua presença real. Nao há nenhuma palavra biblica que nos diz que sua presença é simbólica no pao.

Jesus Cristo é Deus também, é a segunda Pessoa da Santíssima Trindade e enquanto tal eterno com o Pai e o Filho. Na eternidade ele nao tinha corpo, mas quando se encarnou, quando se fez homem, tomou um corpo como o nosso (criou esse corpo para si). Com sua ressurreiçao no seu corpo nos mostrou o valor eterno do nosso corpo e com sua Ascensao aos Céus levou o seu mesmo corpo ressuscitado à direita do Pai. De forma que agora ele está para sempre com seu Corpo, com as marcas da sua Paixao, presente diante do Pai. Com esse corpo ele apareceu aos discípulos depois da sua Ressurreiçao.

No texto do discípulos Emaus ele aparece com esse corpo e, quando parte o Pao, os discipulos o reconhecem e ele desaparece diante deles. Desaparece porque estava presente no Pao, assim como anunciado na ultima Ceia.

Na Ceia ele também ordenou aos seus discípulos "fazei isso em memória de mim". Com essas palavras ele instituiu o Sacramento da Eucaristia, do sacerdócio (que é uma participaçao no seu unico e eterno sacerdocio) ministerial e da caridade, deixando à Igreja a missao de realizar o que ele mesmo realizou naquela última Ceia. A Igreja, fiel ao mandamento do seu Senhor, atualiza essa vontade de Cristo na Santa Missa, na Celebraçao da Eucaristia do Senhor.

Grande abraço e que o Senhor sempre o abençoe.
avatar
Pe. Anderson
Admin

Mensagens : 952
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 35
Localização : Roma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teologia do Corpo

Mensagem por Petrus Romanus em Seg Jun 20, 2011 1:13 pm

Sua benção padre,
Esse dias eu conversando com um protestante recebi uma resposta um tanto dificil de lidar em minha opinião, ele me disse assim: "A hostia, como vocês a chamam, não é o corpo de Cristo, ela representa o corpo de Cristo, pois na ceia O Cristo também comeu o pão e será que Ele comeria seu próprio corpo? Isso é autofagia, o Cristo se comeria?
Espero que possam me ajudar

Permaneçam no amor de Deus Pai
avatar
Petrus Romanus

Mensagens : 123
Data de inscrição : 29/12/2010
Idade : 27
Localização : Ribeirão Preto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teologia do Corpo

Mensagem por Pe. Anderson em Seg Jun 20, 2011 1:37 pm

Caro Petrus,

Que Deus o abençoe! Pergunte ao seu amigo protestante onde é que na Bíblia se diz que Cristo comeu a hóstia. Eu leio que "Ele partiu o Pao, deu graças e o deu aos seus discípulos dizendo: tomai e comei, isso é o meu corpo dado por vós". Gostaria que ele me indicasse onde é que se afirma que Cristo comeu tambem da hostia...

Outro ponto: o Pao é o corpo de Cristo de modo sacramental. Ele ali estava antecipando a entrega que ele faria por nós, poucas horas mais tarde, no seu sacrifício da Cruz.

De qualquer modo, sao interesantes as questoes. Espero ter ajudado.

Grande abraço e fique com Deus.
avatar
Pe. Anderson
Admin

Mensagens : 952
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 35
Localização : Roma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teologia do Corpo

Mensagem por Petrus Romanus em Seg Jun 20, 2011 11:36 pm

Obrigado pela resposta pe., gostei da pergunta, realmente não se afirma que Cristo comeu... Mas, se não for incomodo, se o senhor puder explicar novamente o "outro ponto" de que falou, que o pão era o Cristo sacramental, então haviam dois Cristos ali na Ceia que Ele fez com os apostolos, um de corpo e alma e outro sacramental? Porque eu creio que a hostia é o Cristo em forma de sacramento, mas e na santa ceia era também?

Que a paz de Cristo nos guarde!
avatar
Petrus Romanus

Mensagens : 123
Data de inscrição : 29/12/2010
Idade : 27
Localização : Ribeirão Preto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teologia do Corpo

Mensagem por Pe. Anderson em Ter Jun 21, 2011 12:24 pm

Caro Petrus,

O problema de alguns protestantes é que nao aceitam o que realmente está escrito (o capítulo 6 de Sao Joao e as palavras da instituiçao da Eucaristia nos 3 Evangelhos e nas cartas de Sao Paulo) e sim aceitam algo que supoem que está escrito (que Cristo comeu a Eucaristia, por exemplo, que nao aparece em nenhum lugar da Biblia). Com essas confusoes eles querem nos confundir, mas nao podemos cair nessas armadilhas.

Evidentemente há um só Cristo, um só corpo de Cristo, que se faz presente na Eucaristia de modo sacramental, em todas as partes do mundo e em todos os tempos. A eucaristia nao divide o Cristo, mas sim nos une a Ele, de forma que nos tornamos um só corpo nele (corpo aqui tomado em sentido metafórico, evidentemente).

Nao sei se isso te ajuda. De qualquer modo, confesso que devo pensar melhor na sua pergunta e depois respondo. Grande abraço.
avatar
Pe. Anderson
Admin

Mensagens : 952
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 35
Localização : Roma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teologia do Corpo

Mensagem por Manuel Portugal Pires em Ter Jun 21, 2011 2:58 pm

Quanto a mim as diferenças teológicas estão nos significados que cada um dá às palavras que emprega.
Por exemplo:
1) Eu tenho um corpo: Eu quero dizer que tenho um corpo humano.
2) O corpo de bombeiros: É o conjunto de bombeiros de uma corporação de bombeiros.

Na chamada «Eucaristia» «corpo» tem um significado próprio. Por isso, corpo seria não só o corpo humano carnal do Cristo, como o pão distribuído aos discípulos que por sua vez se transformavam no chamado «corpo místico de Cristo».

Assim os problemas que levam à discussão e ao desentendimento estão nos significados que cada um dá à palavra «corpo».

Contudo eu não concordo que na partilha do pão esteja também a alma e a divindade do Cristo, como penso que a Igreja Católica ensina, pois foi isso que me ensinaram quando andava na catequese.
Também é usual, aqui em Portugal, embora não seja ensino oficial da Igreja Católica, o uso do termo incorrecto de «corpo de deus». Mesmo os padres usam abertamente este termo popular.
avatar
Manuel Portugal Pires

Mensagens : 781
Data de inscrição : 06/05/2010
Idade : 73
Localização : Europa: Portugal - Porto - Valongo - Ermesinde

Ver perfil do usuário http://sites.google.com/site/rrfn001/temas/sa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teologia do Corpo

Mensagem por Petrus Romanus em Ter Jun 28, 2011 7:14 pm

Antes de expor minhas duvidas quero expor o que eu creio para que não haja nenhuma má interpretação, eu quero compreender cada vez melhor os dogmas e não quero duvidar deles. Eu creio na transubstanciação.

O senhor, padre, nos disse que o Evangelho não diz que Jesus comeu a ceia, mas os evangelhos parecem concordar que Ele comeu sim, por exemplo, Jesus disse a Pedro e João: "Ide e PREPARAI-NOS a ceia da Pascoa" (Lucas 22:8), apesar desse versículo ser justificável, a resposta dos discípulos e a réplica de Jesus não o são ainda para mim, pois sabemos que na Pascoa se imolavam o cordeiro e se o comiam dele (Exodo 12:4-5) e o nosso cordeiro era Cristo (João 1:36), logo na Santa Ceia o cordeiro celebrado e imolado era o próprio Cristo, autor e recebedor da sacrifício que se concretizou no Calvário (João 19:30), e o cordeiro pascal, o corpo do cordeiro, era ele que era a hóstia consagrada, pois Ele disse: "Isso é o meu corpo que é entregue por vós", então como se explicar isso: "E, onde quer que entrar, dizei ao senhor da casa: O Mestre diz: Onde está o aposento em que hei de comer a páscoa com os meus discípulos?" (Marcos 14:14; Lucas 22:11;, veja o Cristo também comeu de Si!!! E Jesus estava ardente de vontade de comer a Pascoa (Lucas 22:15), isso sem falar que Ele disse que não comeria de novo e não beberia de novo o pão e o vinho até que acontecesse-os novamente (Marcos 14:25; Lucas 22:16)

E além do mais, refaço a pergunta: Haviam dois Cristos na Santa Ceia, o Cristo verdadeiro Deus e verdadeiro homem e o Cristo sacramental?

Um grande abraço e que a comunhão do Espirito Santo nos seja um amparo no amor fraterno!
avatar
Petrus Romanus

Mensagens : 123
Data de inscrição : 29/12/2010
Idade : 27
Localização : Ribeirão Preto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teologia do Corpo

Mensagem por Manuel Portugal Pires em Sex Jul 01, 2011 11:53 am

Tudo indica que Yeshua comeu a ceia. Contudo Yeshua ao referir-se a comer a sua última Páscoa estava figuradamente a referir-se à sua morte, cujo cordeiro pascal seria ELE mesmo.
No entanto a igreja católica (clero) faz diferença entre a ceia em si e o momento em que diz «Tomai, COMEI: Isto é O meu corpo».
Eu na verdade não faço grande diferença. Vejo a Ceia como um todo que se estende até à morte do Senhor.
Cristo não consagrou o pão como dizem que fazem os padres na «missa», mas deu graças e abençoou-O.
A Igreja Católica chama a esse pão de Eucaristia. Na verdade a palavra Eucaristia significa «Acção de graças».

Quanto ao corpo de Senhor para mim há UM só corpo. Não vejo distinção entre seu corpo carnal e o pão que deu aos discípulos para alimento. Podemos dizer que esse pão será uma extensão do seu corpo que iria a ser sacrificado no calvário. O mesmo podemos dizer dos que comem desse pão e que assim se tornam potencialmente a sua «esposa» figurativa: «IGREJA».

Quanto a haver dois Cristos, isto seria inconcebível, pois se assim fosse um seria o CRISTO (Messiah) verdadeiro e o outro o falso.
Devo acrescentar que o pão não é o CRISTO, mas o seu corpo.

Para ser Messiah (Cristo) o pão teria que ser REI e ter vida física própria, o que não acontece. Esse pão que Cristo distribuiu era constituído por farinha de grãos de trigo amassada com água, e depois cozida. Assim os grãos de que foi feito o pão tiveram que morrer para nos alimentar. Da mesma forma o Cristo teve que morrer para nos dar vida.
(Mateus 24,23-26 ; Marcos 13,21)

Contudo segundo a linguagem popular a palavra «Cristo» mudou de sentido. Agora quando dizemos « fulano é um Cristo» não queremos dizer que ele foi escolhido para ser rei (significado original), mas que é um desgraçado, escarnecido e maltratdo por todos, ou está em muito mau estado físico.
Este segundo significado também não pode ser atribuido ao pão.

A importância do «corpo» de Cristo que serve de alimento à sua Igreja pode comparar-se a uma esposa que é o complemento do seu marido com o qual faz um só corpo que se alimenta e gera VIDA. (Efésios 5,21-31)
avatar
Manuel Portugal Pires

Mensagens : 781
Data de inscrição : 06/05/2010
Idade : 73
Localização : Europa: Portugal - Porto - Valongo - Ermesinde

Ver perfil do usuário http://sites.google.com/site/rrfn001/temas/sa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teologia do Corpo

Mensagem por Petrus Romanus em Sex Jul 01, 2011 5:10 pm

Caríssimo, sabemos que a Igreja não erra na proclamação dos dogmas pois ela é guiada pelo Espírito Infalível da Verdade (São João 14,16-17). Então não queiramos discordar deles, mas compreende-los, pois sobre a transsubstanciação o catecismo diz:

"§1373 A PRESENÇA DE CRISTO PELO PODER DE SUA PALAVRA E DO ESPÍRITO SANTO "Cristo Jesus, aquele que morreu, ou melhor, que ressuscitou, aquele que está à direita de Deus e que intercede por nós" (Rm 8,34), está presente de múltiplas maneiras em sua Igreja): em sua Palavra, na oração de sua Igreja, "lá onde dois ou três estão reunidos em meu nome" (Mt 18,20), nos pobres, nos doentes, nos presos, em seus sacramentos, dos quais ele é o autor, no sacrifício da missa e na pessoa do ministro. Mas "sobretudo (está presente) sob as espécies eucarísticas".
§1374 O modo de presença de Cristo sob as espécies eucarísticas é único. Ele eleva a Eucaristia acima de todos os sacramentos e faz com que da seja "como que o coroamento da vida espiritual e o fim ao qual tendem todos os sacramentos". No santíssimo sacramento da Eucaristia estão "contidos verdadeiramente, realmente e substancialmente o Corpo e o Sangue juntamente com a alma e a divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo e, por conseguinte, o Cristo todo" . "Esta presença chama-se 'real' não por exclusão, como se as outras não fossem 'reais', mas por antonomásia, porque é substancial e porque por ela Cristo, Deus e homem, se toma presente completo."
§1375 É ela conversão do pão e do vinho no Corpo e no Sangue de Cristo que este se torna presente em tal sacramento. Os Padres da Igreja afirmaram com firmeza a fé da Igreja na eficácia da Palavra de Cristo e da ação do Espírito Santo para operar esta conversão. Assim, São João Crisóstomo declara:
Não é o homem que faz com que as coisas oferecidas se tomem Corpo e Sangue de Cristo, mas o próprio Cristo, que foi crucificado por nós. O sacerdote, figura de Cristo, pronuncia essas palavras, mas sua eficácia e a graça são de Deus. Isto é o meu Corpo, diz ele. Estas palavras transformam as coisas oferecidas.
E Santo Ambrósio afirma acerca desta conversão:
Estejamos bem persuadidos de que isto não é o que a natureza formou, mas o que a bênção consagrou, e que a força da bênção supera a da natureza, pois pela bênção a própria natureza mudada. Por acaso a palavra de Cristo, que conseguiu fazer do nada o que não existia, não poderia mudar as coisas existentes naquilo que ainda não eram? Pois não é menos dar às coisas a sua natureza primeira do que mudar a natureza delas.
§1376 O Concílio de Trento resume a fé católica ao declarar "Por ter Cristo, nosso Redentor, dito que aquilo que oferecia sob a espécie do pão era verdadeiramente seu Corpo, sempre se teve na Igreja esta convicção, que O santo Concílio declara novamente: pela consagração do pão e do vinho opera-se a mudança de toda a substância do pão na substância do Corpo de Cristo Nosso Senhor e de toda a substância do vinho na substância do seu Sangue; esta mudança, a Igreja católica denominou-a com acerto e exatidão Transubstanciação".
§1377 A presença eucarística de Cristo começa no momento da consagração e dura também enquanto subsistirem as espécies eucarísticas. Cristo está presente inteiro em cada uma das espécies e inteiro em cada uma das partes delas, de maneira que a fração do pão não divide o Cristo.
§1413 Por meio da consagração opera-se a Transubstanciação do pão e do vinho no Corpo e no Sangue de Cristo. Sob as espécies consagradas do pão e do vinho, Cristo mesmo, vivo e glorioso está presente de maneira verdadeira, real e substancial, seu Corpo e seu Sangue, com sua alma e sua divindade.

Esperemos a resposta oficial sobre as minhas indagações e não comecemos inventar respostas por nossas próprias compreensões! O amor de Maria nos guie na estrada de Jesus!
avatar
Petrus Romanus

Mensagens : 123
Data de inscrição : 29/12/2010
Idade : 27
Localização : Ribeirão Preto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teologia do Corpo

Mensagem por Manuel Portugal Pires em Sab Jul 02, 2011 12:18 pm

Lembro que embora a Eucaristia se pode associar e relacionar com este tema, parece que a discussão se está a afastar esquecendo por completo a tónica do mesmo.
Assim a minha resposta especifica já foi dada no tema correcto que pode ser procurada neste link:
http://quemtembocavaiaroma.livreforum.com/t714p75-eucaristia-muito-mais-que-reuniao-fraterna#8817

A paz de Cristo.
avatar
Manuel Portugal Pires

Mensagens : 781
Data de inscrição : 06/05/2010
Idade : 73
Localização : Europa: Portugal - Porto - Valongo - Ermesinde

Ver perfil do usuário http://sites.google.com/site/rrfn001/temas/sa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teologia do Corpo

Mensagem por Pe. Anderson em Dom Jul 03, 2011 12:39 pm

Caros amigos,

Em primeiro lugar, gostaria de dizer que desde o primeiro momento o assunto desse tópico foi desviado. A intenção era de apresentar aqui a Teologia do Corpo de Joao Paulo II aos jovens, que significa como entender a sexualidade humana dentro do projeto da vida humana. Desde o início o tópico foi desviado, pois bastou a ver-se como título do tópico a palavra “corpo” para que um monte de assuntos diversos fossem colocados aqui. Tudo bem, talvez façamos um novo tópico com o que foi escrito aqui, já que até agora o tema inicial não foi para nada mencionado.

Em primeiro lugar, ao sr. Manuel: realmente não tinha jamais escutado a expressão “corpo de Deus”, mas sim “corpus Christi” ou “Corpus Domini”. São as expressões utilizadas na minha diocese no Brasil e também na Espanha e na Itália. A expressão “corpo de Deus” não me parecia uma boa escolha, pois estudo demasiada metafísica e uma coisa básica para a metafísica tomista é que Deus não é um corpo, não possui um corpo em si mesmo. Isso é verdade, mas ao mesmo tempo, Deus se encarnou verdadeiramente, se fez homem de verdade na pessoa de Jesus Cristo. E Ele ressuscitou com o seu mesmo corpo e com esse está nos Céus, intercedendo por nós. Por isso, pode-se dizer que agora Deus há um corpo para sempre, o Corpo de Cristo. Descobri mais tarde que, efetivamente, essa expressão “corpo de Deus” é utilizada em Portugal e em diversas áreas do Brasil. E não está incorreta pois se refere ao Corpo de Cristo, que é verdadeiro Deus e verdadeiro homem.

Segunda questão: na Eucaristia está presente Cristo no seu Corpo ressuscitado, sangue, alma e divindade. O motivo é que Cristo não pode ser dividido. Onde está seu Corpo, está seu sangue e sua alma e divindade. Cristo na sua divindade é onipresente, pois a divindade não está contida em um só lugar; ao mesmo tempo, Ele possui um corpo ressuscitado, que vence as barreiras do espaço e do tempo. Por isso, pode fazer-se presente em diversos lugares ao mesmo tempo com seu corpo (na Eucaristia).

Quanto às questões do Petrus. É verdade que o Senhor disse que queria com ansiedade comer sua Páscua com seus discípulos. Ao mesmo tempo, em nenhum lugar das Escrituras se diz que Ele comeu de si mesmo, nos relatos da Instituiçao da Eucaristia. Como resolver essa aparente contradição? Creio que o central é pensarmos que Cristo participou do banquete Pascoal com seus discípulos – se discute se foi no dia 14 de Nissán ou no dia anterior, veja essa discussão no outro tópico que já escrevemos – e no final daquela Ceia Ele fez algo novo: instituiu a Eucaristia, dando se mesmo em alimento aos seus discípulos.

http://quemtembocavaiaroma.livreforum.com/t925-dia-dos-azimos?highlight=Azimos

O texto que parece essa explicação de modo mais claro é o seguinte:

Mt 26, 26-29: Enquanto comiam, Jesus tomou o pão e, depois de pronunciar a bênção, partiu-o e deu-o aos seus discípulos, dizendo: «Tomai, comei: Isto é o meu corpo.»
27*Em seguida, tomou um cálice, deu graças e entregou-lho, dizendo: «Bebei dele todos.28*Porque este é o meu sangue, sangue da Aliança, que vai ser derramado por muitos, para perdão dos pecados. 29*Eu vos digo: Não beberei mais deste produto da videira, até ao dia em que beber o vinho novo convosco no Reino de meu Pai.»

Vejam bem que, enquanto comiam, Cristo institui a Eucaristia, faz algo novo. Os outros textos da instituição não nos dizem que Cristo tenha comido ou bebido de si mesmo, pois é o mesmo Cristo que estava presente diante dos seus discípulos e o que era entregue a Eles naquela comida e bebida.

Lc 22, 14Quando chegou a hora, pôs-se à mesa e os Apóstolos com Ele. 15*Disse-lhes: «Tenho ardentemente desejado comer esta Páscoa convosco, antes de padecer, 16*pois digo-vos que já não a voltarei a comer até ela ter pleno cumprimento no Reino de Deus.» 17*Tomando uma taça, deu graças e disse: «Tomai e reparti entre vós, 18*pois digo-vos que não tornarei a beber do fruto da videira, até chegar o Reino de Deus.» 19*Tomou, então, o pão e, depois de dar graças, partiu-o e distribuiu-o por eles, dizendo: «Isto é o meu corpo, que vai ser entregue por vós; fazei isto em minha memória.» 20*Depois da ceia, fez o mesmo com o cálice, dizendo: «Este cálice é a nova Aliança no meu sangue, que vai ser derramado por vós.»


1 Cor 11, 23ss.: Com efeito, eu recebi do Senhor o que também vos transmiti: o Senhor Jesus na noite em que era entregue, tomou pão 24e, tendo dado graças, partiu-o e disse: «Isto é o meu corpo, que é para vós; fazei isto em memória de mim». 25Do mesmo modo, depois da ceia, tomou o cálice e disse: «Este cálice é a nova Aliança no meu sangue; fazei isto sempre que o beberdes, em memória de mim.» 26*Porque, todas as vezes que comerdes deste pão e beberdes deste cálice, anunciais a morte do Senhor, até que Ele venha. 27*Assim, todo aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor indignamente será réu do corpo e do sangue do Senhor. 28Portanto, examine-se cada um a si próprio e só então coma deste pão e beba deste vinho; 29pois aquele que come e bebe, sem distinguir o corpo do Senhor, come e bebe a própria condenação.

O Cristo na Ceia era um só, o presente na sua pessoa diante dos seus discípulos e o presente de modo sacramental na Eucaristia. Essa presença do mesmo Cristo em dois lugares anuncia a sua presença nos diversos fragmentos da Eucaristia em todo o mundo e em todos os tempos. Pois Cristo, na sua divindade é onipresente e pode unir a si (à sua pessoa) toda a matéria que quer, uma vez que tudo está sob o seu poder, que é Senhor e Criador de todas as coisas.

De qualquer modo, sua pergunta é muito boa, confesso que tenho que pensar melhor e ler o que diz Santo Tomás de Aquino na Suma Teológica.

Manuel: No entanto a igreja católica (clero) faz diferença entre a ceia em si e o momento em que diz «Tomai, COMEI: Isto é O meu corpo».
É divertida essa identificação do sr. Manuel do clero (5% dos fiéis da Igreja) com toda a Igreja Católica. Isso se chama em lógica falácia da parte pelo todo. Não sei que diferença o senhor se refere na sua frase acima. Acho que no mesmo texto de Mateus fica evidente a continuidade de Cristo com a Ceia Pascoal judaica e a novidade que Ele instituiu na sua Ceia, dando como alimento seu Corpo e Sangue, alma e divindade e mandando que seus discípulos o fizessem durante toda a História, em memória dele mesmo.

O resto, creio que está claro no texto do Catecismo, mas se há ainda dúvidas, podemos continuar resolvendo.
O que vocês acham se movermos essas perguntas ao tópico “Eucaristia, muito mais do que uma reunião fraterna”? Acho que seria mais lógico, mas agradeço de coração as sugestões.

Grande abraço e que o Senhor abençoe a todos.
avatar
Pe. Anderson
Admin

Mensagens : 952
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 35
Localização : Roma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teologia do Corpo

Mensagem por Manuel Portugal Pires em Seg Jul 04, 2011 1:13 pm

Quanto a mim acho melhor ficar no sítio onde está, já que indirectamente se relaciona com o assunto. Também há links que vão perder o seu caminho e ficarão a apontar para o NADA.
Assim, sugiro que se fale a partir de agora em Corpo como união matrimonial, contudo, mesmo assim penso que é impossível deixar de continuar a fazer a comparação entre o matrimónio e o sexo nele inserido, com a união de Cristo com o seu corpo que é a Sua Igreja (independentemente de quem faça ou venha a fazer parte) e da forma como o Esposo alimenta a Esposa.
avatar
Manuel Portugal Pires

Mensagens : 781
Data de inscrição : 06/05/2010
Idade : 73
Localização : Europa: Portugal - Porto - Valongo - Ermesinde

Ver perfil do usuário http://sites.google.com/site/rrfn001/temas/sa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teologia do Corpo

Mensagem por Manuel Portugal Pires em Seg Jul 04, 2011 6:31 pm

Não me foi possível completar o meu raciocínio, acerca de Igreja (clero), mas como aqui também não é o lugar próprio, deixo um link para o lugar próprio clicando aqui:
http://quemtembocavaiaroma.livreforum.com/t170p45-igreja-verdadeira#8840
avatar
Manuel Portugal Pires

Mensagens : 781
Data de inscrição : 06/05/2010
Idade : 73
Localização : Europa: Portugal - Porto - Valongo - Ermesinde

Ver perfil do usuário http://sites.google.com/site/rrfn001/temas/sa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teologia do Corpo

Mensagem por Pe. Anderson em Sex Jul 08, 2011 2:57 pm

É muito divertida essa insistência: 95% dos católicos nao fazem parte da Igreja Católica, pois segundo a sabedoria do sr. Manuel, só essa é só o clero. É uma ignorancia absurda e apresentada com muita insistência.

Contra fatos, entretanto, nao há argumentos, e só loucos debatem pelo que é evidente.

Grande abraço a todos.
avatar
Pe. Anderson
Admin

Mensagens : 952
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 35
Localização : Roma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teologia do Corpo

Mensagem por Manuel Portugal Pires em Sab Jul 09, 2011 10:00 am

Reverendo:

Peço desculpas, mas quem anda a insistir em percentagens é o senhor!
O meu comentário já foi feito no final da minha intervenção que se encontra acedendo pelo seguinte link:
http://quemtembocavaiaroma.livreforum.com/t170p45-igreja-verdadeira#8840
avatar
Manuel Portugal Pires

Mensagens : 781
Data de inscrição : 06/05/2010
Idade : 73
Localização : Europa: Portugal - Porto - Valongo - Ermesinde

Ver perfil do usuário http://sites.google.com/site/rrfn001/temas/sa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teologia do Corpo

Mensagem por Pe. Anderson em Sab Jul 09, 2011 11:53 am

Caro sr. Manuel,

Eu insisto em percentagens porque é algo evidente, a Igreja Católica nao ó o clero, algo que o sr. nao reconhece, sem motivos. Ia Igreja é o corpo de Cristo, no qual há diversidade de dons e carismas. O clero sao aqueles a quem o Senhor Jesus inseriu no seu mesmo mistério, para continuar no tempo sua mesma missao, pregar o Evangelho e dar seus dons sobrenaturais através dos Sacramentos. Na medida em que o clero faz a missao a ele confiada, faz a vontade de Deus e merece respeito, porque faz a vontade de Deus. Na medida em que nao o faz, trai a vontade do Senhor e por isso nao deve ser obedecido. Minha experiencia diz que o povo católico é muito mais inteligente do que o clero e reconhece a grande distância aqueles que servem a Cristo e por isso dao exemplo e aqueles que servem a si mesmos. No final, Deus julgará a todos. A ele cabe o poder de julgar e ninguem pode apresentar-se como onisciente.

Identificar o clero com a Igreja é um equívoco infantil, confundir uma parte mínima com o todo.

Grande abraço.
avatar
Pe. Anderson
Admin

Mensagens : 952
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 35
Localização : Roma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

O corpo: Sexo e Matrimónio.

Mensagem por Manuel Portugal Pires em Sab Jul 09, 2011 1:10 pm

A minha resposta está no lugar próprio:
http://quemtembocavaiaroma.livreforum.com/t170p60-igreja-verdadeira#8922

Na terra as pessoas estão organizadas em famílias, e feliz do que pode dizer que tem uma família, pois há pessoas que não a têm e não têm culpa. Eu pertenço a este grupo.

Mas mesmo assim sem experiência, vou dar a minha opinião sobre sexualidade e Matrimónio.
Penso que o sexo (embora seja motivo de prazer para muitas pessoas) deve ser utilizado apenas no matrimonio para a construção da sua família em co-operação com o Criador que disse:

28*Abençoando-os, Deus disse-lhes: «Crescei e multiplicai-vos, enchei e dominai a terra. Dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todos os animais que se movem na terra.»(Génesia 1,28)

YHWH DEUS tinha propósitos definidos para a vida eterna em relação à humanidade, mas para isso, o Homem tinha que demonstrar que OS aceitava obedecendo-Lhe (para escolher a vida ou a MORTE.(cap. 3 Génesis).A humanidade representada Em Adão e Eva escolheu a morte.
Assim, o dom da vida eterna ficou adiado, mas os propósitos de YHWH mantiveram-se. Daí a promessa da tão esperada salvação.
Assim embora no meio das dores de parto e da labuta dolorosa do dia a dia a família continua a ser nos propósitos de YHWH o meio para a criação da humanidade futura a partir do casal como sendo uma só carne (isto é um só corpo, em duas pessoas).

24Por esse motivo, o homem deixará o pai e a mãe, para se unir à sua mulher; e os dois serão uma só carne.(Génesis 2,24)

Foi por isso que Cristo valorizou a monogamia e condenou o divórcio (Mateus 19,3-9).
Veja também Efésios 5,31..

Assim o nosso corpo é para O Senhor e O Senhor, para o Corpo.
Foi por isso que Paulo disse:
15*Não sabeis que os vossos corpos são membros de Cristo? Iria eu, então, tomar os membros de Cristo para fazer deles membros de uma prostituta? Por certo que não! 16Ou não sabeis que aquele que se junta a uma prostituta, torna-se com ela um só corpo? Pois, como diz a Escritura: Serão os dois uma só carne. 17Mas quem se une ao Senhor, forma com Ele um só espírito. 18Fugi da impureza. Qualquer outro pecado que o homem cometa é exterior ao seu corpo, mas quem se entrega à impureza, peca contra o próprio corpo.
19Não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, porque o recebestes de Deus, e que vós já não vos pertenceis? 20Fostes comprados por um alto preço! Glorificai, pois, a Deus no vosso corpo.
(Paulo aos Corintios cap 6 da 1ª carta)

Assim todos, tanto jovens como anciãos, devem fugir da impureza carnal para serem dignos da habitação do Espírito Santo de YHWH em Yeshua, como sua habitação.
Só assim é que se podem considerar como candidatos ao Reino de Deus e poderem formar a simbólica esposa de Cristo e o Seu corpo "místico".
Fomos todos «comprados» por um preço muito elevado.
Glorifiquemos, pois a DEUS, no nosso corpo.
avatar
Manuel Portugal Pires

Mensagens : 781
Data de inscrição : 06/05/2010
Idade : 73
Localização : Europa: Portugal - Porto - Valongo - Ermesinde

Ver perfil do usuário http://sites.google.com/site/rrfn001/temas/sa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teologia do Corpo

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum