DOGMAS CATÓLICOS IV

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: DOGMAS CATÓLICOS IV

Mensagem por são vieira em Qua Jan 20, 2010 8:17 am

não sou eu que atribuo... vou citar.

"A terra passará, deixará de existir, não existirá nenhuma vida eterna nesta terra"

são vieira

Mensagens : 578
Data de inscrição : 15/07/2009
Idade : 36
Localização : portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DOGMAS CATÓLICOS IV

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Sex Jan 22, 2010 9:07 pm

Cara Conceição,
O pensamento de Yuri, trocando em miúdos, é o mesmo meu: existem dois destinos após a segunda vinda de Jesus. Quando ele afirma que "a terra passará, deixará de existir", conclui seu pensamento afirmando que "NÃO EXISTIRÁ NENHUMA VIDA ETERNA NESTA TERRA".
A pergunta que dirigi foi se a terra será um lugar intermediário entre o céu e o inferno, contrariando as palavras de Jesus, e não se existirá ou não, conforme você entendeu. (Coloquei em vermelho para não deixar dúvidas).
Grande abraço !
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DOGMAS CATÓLICOS IV

Mensagem por são vieira em Sab Jan 23, 2010 4:58 am

sr. flávio, se o yuri diz que a terra deixará de existir, por certo não haverá vida.

então , por favor ...vejam o que as escrituras dizem por meio deste texto

(Salmos 37:9-11) . . .Pois os próprios malfeitores serão decepados, Mas os que esperam em Jeová são os que possuirão a terra. 10 E apenas mais um pouco, e o iníquo não mais existirá; E estarás certamente atento ao seu lugar, e ele não existirá. 11 Mas os próprios mansos possuirão a terra E deveras se deleitarão na abundância de paz.

(Salmos 37:29) 29 Os próprios justos possuirão a terra E residirão sobre ela para todo o sempre.

o que o salmo diz é : depois da destruição dos maus os justos ficarão na Terra... segundo o contexto bíblico :a maioria...

e mais uma garantia...

(Isaías 55:11) . . .assim mostrará ser a minha palavra que sai da minha boca. Não voltará a mim sem resultados, mas certamente fará aquilo em que me agradei e terá êxito certo naquilo para que a enviei.

confio plenamente na Palavra de Deus neste respeito e todo o resto das escrituras a confirmam...

são vieira

Mensagens : 578
Data de inscrição : 15/07/2009
Idade : 36
Localização : portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DOGMAS CATÓLICOS IV

Mensagem por Pe. Anderson em Dom Jan 24, 2010 7:41 am

Caríssima Vieira,

anderson, as respostas que foram dadas nesse tópico não me esclareceram... é que se o inferno é mau não seria coerentes os homens justos quererem ir para lá, para além de que não é algo que um leigo saiba sequer... e o que foi explanado de outros sentidos para o inferno-o limbo que num outro tópico me responderam que não é licito...

Desculpa por não ter te respondido antes, mas estava sem internet esses dias aqui.

Sobre essa sua postagem, gostaria de te dizer algo que espero que você não me leve a mal. Eu não consigo entender o que você quer dizer aí, não por um aspecto doutrinal, mas sim gramatical! Não consigo entender essas suas frases. Se você me permite, gostaria de te dar uns conselhos: quando você escrever algo, tente usar mais a pontuação (pontos, vírgulas etc) e, principalmente, diga uma coisa de cada vez, uma idéia por frase. De outro modo, que ler o que você escreve não te entenderá. É por isso que há tantas postagens suas no nosso fórum que não são respondidas: simplesmente porque não entendemos o que você quer dizer. Não nos leve a mal, mas quando você escrever alguma coisa, pense isso é para que outros leiam e entendam. Nem sempre o que está claro na nossa mente, está na mente dos outros. Por isso devemos buscar escrever da forma mais clara o possível.

Agora, tentando adivinhar o que você quis dizer aqui, tentarei te responder.

Primeiro: a questão do Bom Ladrao, que era sua pergunta primeira, para a qual eu te indiquei o outro tópico. Se é verdade o ensinamento bíblico que Jesus Cristo é verdadeiro homem e verdadeiro Deus, a única forma racional de explicar à morte do Senhor é a que nós já explicamos. Com a morte, há verdadeira separação de corpo e alma (pois isso é a morte). Dessa forma, a alma do Senhor foi para a mansão dos mortos (ou “infernos”, num sentido derivado, como lugar inferior, e não o inferno dos condenados), enquanto o corpo permaneceu no sepulcro. Como você bem lembrou, nada pode conter a divindade. Dessa forma, no corpo e alma de Jesus estava realmente presente a divindade de Jesus, (São Paulo disse que “em Jesus habita a plenitude da divindade corporalmente”) mas isso não limitava a sua divindade, que enquanto tal é onipresente. Dessa forma, com a morte do Senhor, sua divindade esteve unida ao seu corpo (que estava no sepulcro) e com a sua alma (que desceu aos infernos) e ao mesmo tempo é onipresente. Dessa forma a Encarnaçao não supõe uma mudança em Deus, mas sim uma elevação da natureza humana. Exatamente isso é o que nós chamamos de Redençao: Jesus Cristo, que é “o Caminho a Verdade e a Vida” entra no Céu com nossa humanidade, elevada eternamente a Deus.

Mas você me dirá: é verdade que Jesus Cristo é Deus? Eu te direi: sei que os chefes da sua organização religiosa não o afirmam e para isso, infelizmente alteram a Palavra de Deus, mas sei que você não quer aceitar isso. Por isso me limito a citar aqui alguns textos bíblicos que o afirmam de forma bem clara:

Fil 2,6-11: Ele, existindo em forma divina, não considerou como presa a agarrar o ser igual a Deus, mas despojou-se, assumindo a forma de escravo e tornando-se semelhante ao ser humano. E encontrado em aspecto humano, humilhou-se, fazendo-se obediente até à morte — e morte de cruz! Por isso, Deus o exaltou acima de tudo e lhe deu o Nome que está acima de todo nome, para que, em o Nome de Jesus, todo joelho se dobre no céu, na terra e abaixo da terra, e toda língua confesse: “Jesus Cristo é o Senhor”, para a glória de Deus Pai.

Gal 4,4-7: “Mas quando veio a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, que nasceu de uma mulher e nasceu submetido a uma lei, a fim de remir os que estavam sob a lei, para que recebêssemos a sua adoção. A prova de que sois filhos é que Deus enviou aos vossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai! Portanto já não és escravo, mas filho. E, se és filho, então também herdeiro por Deus.

Tito 2, 11-15: “Manifestou-se, com efeito, a graça de Deus, fonte de salvação para todos os homens. Veio para nos ensinar a renunciar à impiedade e às paixões mundanas e a viver neste mundo com toda sobriedade, justiça e piedade, na expectativa da nossa esperança feliz, a aparição gloriosa de nosso grande Deus e Salvador, Jesus Cristo, que se entregou por nós, a fim de nos resgatar de toda a iniqüidade, nos purificar e nos constituir seu povo de predileção, zeloso na prática do bem. Eis o que deves ensinar, pregar e defender com toda a autoridade. E que ninguém te menospreze!”

É claro que afirmar que Jesus Cristo é Deus implica aceitar a verdade da Santíssima Trindade. Ensinaram erroneamente a você que isso é uma invenção egípcia. Nós vemos nisso o centro do novo Testamento, a causa da condenação à morte de Jesus Cristo à morte, que se fazia igual a Deus. Para nós a fé trinitária é explicita na Sagrada Escritura e nós cremos nessa Palavra de Deus que nos foi revelada.

“A graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam com todos vós!” (2 Cor 13,13)

“Porquanto é por Cristo Jesus que uns e outros temos acesso ao Pai mediante um mesmo Espírito” (Ef. 2,18).

Jo 14, 13-15: Quando vier o Paráclito, o Espírito da Verdade, ensinar-vos-á toda a verdade, porque não falará por si mesmo, mas dirá o que ouvir, e anunciar-vos-á as coisas que virão. Ele me glorificará, porque receberá do que é meu, e vo-lo anunciará. Tudo o que o Pai possui é meu. Por isso, disse: Há de receber do que é meu, e vo-lo anunciará.

Jo 17, 10-26: Tudo o que é meu é teu, e tudo o que é teu é meu. Neles sou glorificado. ...Para que todos sejam um, assim como tu, Pai, estás em mim e eu em ti, para que também eles estejam em nós e o mundo creia que tu me enviaste. Dei-lhes a glória que me deste, para que sejam um, como nós somos um: eu neles e tu em mim, para que sejam perfeitos na unidade e o mundo reconheça que me enviaste e os amaste, como amaste a mim.
Talvez você quer continuar pensando que Jesus Cristo é um anjo, o arcanjo Miguel. Mas isso não é afirmado em nenhum texto da Sagrada Escritura. A Carta aos Hebreus foi escrita exatamente para mostra que Jesus é a Palavra Eterna do Pai, é da sua mesma substancia, possui o mesmo ser de Deus. Ele é o Filho único de Deus, superior a todos os anjos. Ele é ao mesmo tempo verdadeiro homem e por isso é o Sumo Sacerdote, o verdadeiro Mediador entre Deus e os homens, pois Ele mesmo é verdadeiro Deus e verdadeiro homem.

Heb 1, 1-8. Muitas vezes e de diversos modos outrora falou Deus aos nossos pais pelos profetas. Ultimamente nos falou por seu Filho, que constituiu herdeiro universal, pelo qual criou todas as coisas.Esplendor da glória (de Deus) e imagem do seu ser, sustenta o universo com o poder da sua palavra. Depois de ter realizado a purificação dos pecados, está sentado à direita da Majestade no mais alto dos céus, tão superior aos anjos quanto excede o deles o nome que herdou.5. Pois a quem dentre os anjos disse Deus alguma vez: Tu és meu Filho; eu hoje te gerei (Sl 2,7)? Ou então: Eu serei seu Pai e ele será meu Filho (II Sm 7,14)? E novamente, ao introduzir o seu Primogênito na terra, diz: Todos os anjos de Deus o adorem (Sl 96,7). Por outro lado, a respeito dos anjos, diz: Ele faz dos seus anjos sopros de vento e dos seus ministros chamas de fogo (Sl 103,4), ao passo que do Filho diz: O teu trono, ó Deus, subsiste para a eternidade. O cetro do teu Reino é cetro de justiça.

é que se o inferno é mau não seria coerentes os homens justos quererem ir para lá, para além de que não é algo que um leigo saiba sequer... e o que foi explanado de outros sentidos para o inferno-o limbo que num outro tópico me responderam que não é licito...

Isso que você nos diz aqui é imcompreensível para mim. Onde é que nós dissemos que os homens justos querem ir para o Inferno? De onde você tirou isso? O Inferno é realmente mal, porque significa uma vida eterna sem o gozo da presença de Deus. Os condenados ao inferno recebem sua vida de Deus, recebem seu ser dele constantemente, e não o querem, queriam o nada. Mas Deus como é fiel (como ensina São Paulo) e fez as criaturas espirituais para a vida eterna, não deixa de dar a elas o ser. Por isso, vemos que no inferno há certo bem: Deus continua mostrando seu amor pelas criaturas espirituais e leva a sério a escolha da liberdade humana. As criaturas que vão para o Inferno decidiram viver longe de Deus e Deus respeita essa sua liberdade. O bem do Inferno é que assim nos fica evidente o amor sempre fiel e incondicional de Deus e o respeito absoluto dele à liberdade humana.

Sobre o limbo: não entendo o que você quer dizer aqui. Voce me disse que com o pronunciamento recente da Igreja sobre o Limbo contradiz a infalibilidade papal. Eu te disse que o Limbo sempre foi considerado uma possibilidade teológica, mas nunca foi uma verdade ensinada pelo Magistério da Igreja e pelos Papas. Dessa forma, não há nenhuma contradição.

Sobre a descida de Jesus à mansao dos mortos é também um ensinamento explicito na Biblia. O Catecismo da Igreja Católica o explica da seguinte forma:

631 "Jesus desceu às profundezas da terra. Aquele que desceu é também aquele que subiu" (Ef 4,9- 10). O Símbolo dos Apóstolos confessa em um mesmo artigo de fé a descida de Cristo aos Infernos e sua Ressurreição dos mortos no terceiro dia, porque em sua Páscoa é do fundo da morte que ele fez jorrar a vida: Cristo, teu Filho,que, retomado dos Infernos, brilhou sereno para o gênero humano, e vive e reina pelos séculos dos séculos. Amem.
E agora, explica-nos, que contradição você encontrou nas nossas respostas. Fala-nos por favor, de maneira clara, assim podemos tentar te esclarecer.

Um grande abraço.
avatar
Pe. Anderson
Admin

Mensagens : 952
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 35
Localização : Roma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DOGMAS CATÓLICOS IV

Mensagem por são vieira em Ter Jan 26, 2010 6:09 am

anderson, peço desculpa se é dificil entender a minha fraseologia, vou ter mais atençaõ. vou pegar nos temas abordados no seu tópico.

como afirmou, o limbo é uma possibilidade mas nunca foi ensinada pelo magistério nem pelos papas... então porque é considerada parte do dogma? não entendo...ou é ou não é... Deus não é um Deus de mistério nem de meia verdade.

a trindade, não indo pelo caminho dos "chefes" como mencionou erroneamente, para mim é muito contraditória, levando em conta a inteira escritura, e ela não se pode contradizer, mas já foi um assunto explanado o suficiente.

os "chefes" são servidores de Deus e não são servidos nem com ordenado.

(1 Pedro 5:2-4)
. . .Pastoreai o rebanho de Deus, que está aos vossos cuidados, não sob compulsão, mas espontaneamente; nem por amor de ganho desonesto, mas com anelo; 3 nem como que dominando sobre os que são a herança de Deus, mas tornando-vos exemplos para o rebanho. 4 E, quando o pastor principal tiver sido manifestado, recebereis a coroa imarcescível da glória.

(Marcos 9:35) . . .: “Se alguém quer ser o primeiro, tem de ser o último de todos e ministro de todos.”

são vieira

Mensagens : 578
Data de inscrição : 15/07/2009
Idade : 36
Localização : portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DOGMAS CATÓLICOS IV

Mensagem por Pe. Anderson em Qui Jan 28, 2010 4:29 pm

Caríssima Vieira.

Tentarei te dizer o mesmo de maneira bem clara:

O Limbo nao faz parte do dogma católico, nunca fez e estou quase certo de que nunca o fará.

Mas o que é um dogma? Para nós cristaos é uma verdade de fé declarada enquanto tal pela Igreja Católica. Os dogmas centrais da nossa fé estao nos Símbolos Apostólico (do século I) e Niceno-Constantinopolitano (século IV). Nunca um dogma declarado posterior pode contradizer o que está nos Símbolos e, evidentemente, nunca contradizem as Sagradas Escrituras nem mesmo a Sagrada Tradiçao (Palavras e obras de Cristo recolhidas pelos Apósotolos).

O Limbo foi uma "suposiçao", uma hipótese teológica, nao um dogma de fé. Por isso nao há nenhuma contradiçao nos ensinamentos da Igreja Católica.

Grande abraço.
avatar
Pe. Anderson
Admin

Mensagens : 952
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 35
Localização : Roma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DOGMAS CATÓLICOS IV

Mensagem por Alan em Ter Fev 02, 2010 2:08 pm

são vieira escreveu:a trindade, não indo pelo caminho dos "chefes" como mencionou erroneamente, para mim é muito contraditória, levando em conta a inteira escritura, e ela não se pode contradizer, mas já foi um assunto explanado o suficiente.

Tudo bem, então explique-me o porquê desta passagem estar na primeira pessoa do plural:

Gn 1,26 E Deus prosseguiu, dizendo: “Façamos [o] homem à nossa imagem, segundo a nossa semelhança, e tenham eles em sujeição os peixes do mar, e as criaturas voadoras dos céus, e os animais domésticos, e toda a terra, e todo animal movente que se move sobre a terra.”

Fonte : http://www.watchtower.org/t/biblia/index.htm
avatar
Alan

Mensagens : 230
Data de inscrição : 05/06/2009
Idade : 31
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DOGMAS CATÓLICOS IV

Mensagem por Yuri07 em Sab Fev 13, 2010 9:06 am

Eu não entendo quase nada de grego, mas creio que um problema desse de pontuação não existiria no texto original (em grego). Esse tipo de tradução: "eu te digo hoje:..." é uma tradução deturpada.
Obrigado, Alan, pela sua explicação.
avatar
Yuri07

Mensagens : 173
Data de inscrição : 30/10/2009
Idade : 27
Localização : Recife, PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DOGMAS CATÓLICOS IV

Mensagem por são vieira em Seg Fev 15, 2010 11:51 am

alan, esse texto que mencionou tem uma explicação muito simples e por certo não lhe é desconhecida...

Deus estava a ter um diálogo com alguém

(Colossenses 1:15-16) . . .Ele é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; 16 porque mediante ele foram criadas todas as [outras] coisas nos céus e na terra, as coisas visíveis e as coisas invisíveis, quer sejam tronos, quer senhorios, quer governos, quer autoridades. Todas as [outras] coisas foram criadas por intermédio dele e para ele.

são vieira

Mensagens : 578
Data de inscrição : 15/07/2009
Idade : 36
Localização : portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DOGMAS CATÓLICOS IV

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Sex Fev 19, 2010 8:50 pm

Condeição escreveu:

"Alan, esse texto que mencionou tem uma explicação muito simples e por certo não lhe é desconhecida... Deus estava a ter um diálogo com alguem."

Quem seria esse alguem com quem Deus falava ?

Se observarmos a citação de que se serviu Conceição, percebemos que ela se referee a senhores, governantes e autoridades. Mas como haver senhores, governantes e autoridades antes da criação do homem.

É importante salientar que Alan se serviu da citação da criação do primeiro homem (Gn 1,26).

Quando o livro do Gênesis, no ato da criação do homem, se serve da expressão "FAÇAMOS", se refere realmente à Santíssima Trindade, o que fica confirmado no prólogo do Evangelho segundo São João (Jo 1,1-18).

Logo, segundo Conceição, a ordem da criação e da existência dos seres humanos está invertida, como se Deus tivesse criado, antes de Adão, senhores, governantes e autoridades (humanas) com as quais, posteriormente, dialogaria para criar o homem que já havia sido criado antes (he, he, he, he).

Esta deve ser uma das formas utilizadas pela seita das testemunhas de Jeová no sentido de se negar a existência da Santíssima Trindade.

Fiquemos na paz do Senhor Jesus !
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DOGMAS CATÓLICOS IV

Mensagem por são vieira em Ter Fev 23, 2010 5:07 am

??? o primogénito da criação é humano? segundo o contexto de colossenses...de quem se tratava? de homem?

são vieira

Mensagens : 578
Data de inscrição : 15/07/2009
Idade : 36
Localização : portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DOGMAS CATÓLICOS IV

Mensagem por Yuri07 em Ter Fev 23, 2010 9:45 am

O primogênito de toda criação é o Verbo. Na encarnação, esse verbo se faz homem e vem habitar entre nós. Jesus é o primogênito de toda criação porque a partir dele todas as coisas foram criadas, mas ele não é uma criatura.
avatar
Yuri07

Mensagens : 173
Data de inscrição : 30/10/2009
Idade : 27
Localização : Recife, PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DOGMAS CATÓLICOS IV

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum