Os animais tem alma?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

ALMA DOS ANIMAIS

Mensagem por Eraldo em Qui Out 09, 2008 7:01 pm

Parece que as almas dos animais irracionais são subsistentes, pois...

os sentidos estão para as coisas sensíveis, como o intelecto para as inteligíveis.
Ora, o intelecto conhece os inteligíveis sem o corpo.
Logo, o sentido também apreende o sensível sem o corpo.
Ora, as almas dos animais brutos são sensitivas. Logo, são subsistentes pelo mesmo motivo que a alma humana, que é intelectiva.

Portanto parece que as almas dos animais irracionais são subsistentes.
avatar
Eraldo

Mensagens : 33
Data de inscrição : 18/09/2008
Idade : 33
Localização : Petrópolis RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os animais tem alma?

Mensagem por Antônio Seixas em Seg Nov 17, 2008 12:53 am

Você reproduziu um trecho da Suma Teológica e não disse a que veio.

Do ponto de vista filosófico cristão existiriam três categorias de almas, considerando-a o elemento vivificante dos corpos:

a) alma vegetativa (compreende os fenômenos básicos de desenvolvimento, reprodução e morte)

b) alma sensitiva (própria dos animais irracionais, inclui o fenômeno da irritabilidade)

c) alma intelectiva (possui todos os fenômenos acima mais a capacidade de interpretá-los).

Agora, o animismo aristotélico foi negado pelos filósofos materialistas, especialmente Broussais, Vogt, Buchner e Spencer, que atribuiam ao cérebro, como causa e princípio do pensamento, o desenvolvimento do corpo e das faculdades psicológicas.

Segundo Brousais, o homem racional não pode admitir a existência duma coisa que não seja percebida por algum dos sentidos. Ora a alma não se pode ver por nenhum microscópio; portanto a sua existência seria simples hipótese anticientífica.

E vai mais além alegando que a primeira coisa que observamos é que a perda da cabeça equivale à da vida e de todo o moral. Em segundo lugar, que o estado doentio do cérebro nos priva de nossas faculdades, sem nos tirar a vida. Por fim, as faculdades morais se desenvolvem juntamente com o cérebro a partir do nascimento e nas mesmas proporções dele.

Ora, segundo a lei da indução lógica, todo antecedente que acompanha invariavelmente a produção de um fenômeno, que nunca se produz em sua ausdência, e que varia com ele de intensidade, deve se considerar como a causa desse fenônemo. Conclui o filósofo francês que a alma é hipótese inútil.

Se quiser, podemos discutir essa questão mais tarde.

Santa Filósofa Edith Stein, rogai por nós!
avatar
Antônio Seixas

Mensagens : 62
Data de inscrição : 18/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os animais tem alma?

Mensagem por Pe. Anderson em Qui Nov 20, 2008 8:08 pm

Caro Eraldo,

Muito boa a sua questão, todas as questões aqui são bem-vindas no nosso fórum, todas as perguntas merecem ser apresentadas e respeitadas. Talvez aqui nós possamos te ajudar em algo.

Sobre a sua pergunta, temos que concordar que a o seu raciocínio se baseia numa analogia. Essa analogia diz que os sentidos estão para as coisas sensíveis assim como o intelecto está para as inteligíveis. Até aqui perfeito. Voce sabe bem que a analogia apresenta algo em comum e algo distinto. Assim nós fazemos comparações por semelhança. Nesse sentido os sentidos são semelhantes ao intelecto.

Agora as suas duas premissas seguintes parece-me imperfeitas.
“O intelecto conhece os inteligíveis sem o corpo”. Isso é assim porque o intelecto alcança as essências (intus leggere), e somente o intelecto é capaz de conhecer as essências das coisas. Nesse sentido, ele conhece sem o corpo. Mas também temos que lembrar que nada está na inteligência sem que antes tenha passado pelos sentidos. Assim diz a filosofia clássica. Portanto, o conhecimento sensitivo é necessário para o conhecimento intelectual. O conhecimento começa com a apreensão das imagens das coisas (simples apreensão) e pela abstração, o intelecto capta as essências das coisas. Nesse sentido, o intelecto não conhece sem o corpo, pois esse é necessário previamente ao conhecimento intelectual, e o corpo é um meio pelo qual a alma humana conhece. “A alma é a forma do corpo”. Ainda que nós dizemos que o intelecto conhece, assim o dizemos abstraindo mentalmente o intelecto, mas na realidade só há intelecto humano ligado a um corpo. Portanto o intelecto conhece os inteligíveis sem o corpo, no sentido que é o intelecto que alcança as essências, mas não o faz de maneira absoluta, pois o intelecto humano está sempre unido a um corpo.

A segunda premissa sua me parece mais problemática. Em que sentido você diz que “o sentido apreende o sensível sem o corpo”? O sentido está sempre ligado a um corpo, na unidade do ser humano. Isso me parece evidente, mas se você puder me explicar melhor essa sua tese, poderei pensar melhor no problema.

Espero ter ajudado, qualquer dúvida pode perguntar, pois o fórum está aqui para servir a todos. Um grande abraço e obrigado pela sua participaçao.
avatar
Pe. Anderson
Admin

Mensagens : 952
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 34
Localização : Roma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os animais tem alma?

Mensagem por são vieira em Ter Jul 21, 2009 10:31 am

não entendo essa linguagem sobre as almas dos animais serem subsistentes... o que eu sei é que a palavra alma segundo as escrituras seja humana seja animal envolve o ser vivo como um todo...
em Génesis no capitulo 2 mostra que Adão foi formado e veio a SER uma alma vivente e não a TER... portanto especificamente não denota diferença entre estes seres vivos...

são vieira

Mensagens : 578
Data de inscrição : 15/07/2009
Idade : 35
Localização : portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Os animais tem alma?

Mensagem por Ralão em Dom Jun 20, 2010 6:13 pm

Olá,

Este tema sempre me foi muito querido, pois sou muito apreciador da natureza e tenho visto animais dotados de sentimentos praticamente humanos, que em muitos casos os excedem, com o seu Amor e Fidelidade.

Será que Deus ao criar estas criaturas maravilhosas as isentou de alma?
Recordo que muitos animais presentem que a morte vem chegando e se afastam para falecer.
Além disso existe uma passagem na Biblia em que o proprio Cristo permitiu que a legião de demonios que habitavam dentro de 1 homem, transitassem para uma vara de porcos, não será que aqui está algo mais do que à primeira vista parece?

Gostava muito de conhecer a vossa opinião.

Cumprimentos,

José Ralão
avatar
Ralão

Mensagens : 92
Data de inscrição : 17/10/2009
Idade : 49
Localização : Portugal - Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os animais tem alma?

Mensagem por Pe. Anderson em Ter Jun 22, 2010 12:26 pm

Caro Ralao,

Que boas as suas questoes. Se o senhor me permite, te darei uma resposta filosófica à questao. Eu acabei há poucos dias um curso sobre a alma humana em Santo Tomás de Aquino. Estive um semestre estudando o tema e creio que posso colaborar com a questao.

Em primeiro lugar: o que significa a palavra alma (anima em latim)? Para Aristóteles significa: o primeiro princípio da vida nos viventes. É aquilo que faz com que os seres vivos sejam vivos, a diferença do que nao é vivo (dos minerais). Tanto é assim que chamamos o que é vivo de seres animados (= com almas) e os outros de seres inanimados.

Portanto, nao há nada de misterioso: o que dá vida ao que é vivo? E a sua alma. Nesse sentido os vegetais e os animais possuem uma alma. Essa dá-lhes a capacidade de nutriçao e de crescimento (para os vegetais) e de movimento heterotrófio e de conhecimento sensível (aos animais). As almas dos animais sao mais perfeitas do que as dos vegetais. No culmen dessa escala está a alma humana, que possui as perfeiçoes anteriores e e capaz de uma atividade própria: o conhecimento racional.

Aristóteles usava uma imagem para explicar a diferencia das almas: usa as figuras geométricas: triangulo, quadrilátero e o pentágono. Diz ele que cada figura dessas é uma só figura. Mas dentro de um quadrilátero se encontram potencialmente dois triângulos. E num pentágono, se encontram potencialmente um triangulo e um quadrilátero.

Da mesma forma, a alma do vivente mais perfeito, sendo uma somente, tem em si toda a potencia, ou seja, toda a virtude e a perfeiçao das almas menos perfeitas. As almas dos animais, além das potencias sensitivas, tem tambem as potencias vegetativas; e alma do homem, além das potências racionais, tem em si as potencias sensistivas e vegetativas.

Essa tradiçao foi recolhida pelos cristaos. Santo Agostinho pensava tambem que as almas racions vivificavam o corpo, a cada nível seu. Até mesmo dizia que o corpo só é corpo por força da sua alma.

Santo Tomás desenvolve tudo isso. A alma humana possui uma atividade própria, que é o "entender", o conhecer as coisas na sua universalidade. Isso os animais nao podem fazer. Essa atividade humana o homem a realiza com independência do corpo, é uma atividade própria sua. Isso mostra que a alma humana é sujeito de ser, é subsistente por si mesma. Uma vez que as atividades revelam o ser, a alma humana possui uma atividade própria, que colhe o universal nas coisas sensíveis. Por isso a alma humana é substistente, é sujeito de ser, pode até mesmo permanecer depois da separaçao com o seu corpo.

Portanto, nao é absurdo dizer que os animais e os vegetais tem almas. Eles tem uma alma peculiar que é o princípio das atividades que esses seres possuem. A alma humana é, entretanto, superior a todas essas, pois englobam em si todas as perfeiçoes das outras almas e possui uma atividade própria e é sujeito próprio de ser. Por isso, a alma humana, a diferença das almas dos animais é subsistente. Os animais, uma vez mortos, perece com eles a suas almas. No caso do homem nao é assim.

Espero que tenha ajudado a esclarecer a questao. Se nao, podemos continuar tratando o tema aqui. Tenho muito material sobre o tema e estudei muito sobre isso nos últimos meses.

Um grande abraço e muito obrigado por sua participaçao.

Em outro tópico, já tratamos essa questao. Vamos por isso unir os tópicos.
avatar
Pe. Anderson
Admin

Mensagens : 952
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 34
Localização : Roma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

A ALMA HUMANA É DIFERENTE DA ALMA ANIMAL

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Sab Jun 26, 2010 6:42 am

Meu Caro Ralão,
Que a paz de Jesus esteja sempre no seu coração!
Penso que a resposta a esta qestão é um tanto complexa e está muito atrelada à diferença existente entre o animal e o ser humano.
Como aqfirmou o Pe. Anderson ao se referir aos seres animados e inanimados, basicamente o que os diferencia é a existência da alma. Assim sendo, há muitas semelhanças entre o homem e o animal, considerando-se que eles têm as características biológicas de nascer, crescer, reproduzir e morrer, bem como todos os vegetais. Isso significa que têm vida, que têm alma e, para além disso, manifestam sentimentos de inúmeras formas, sentimentos estes muitas vezes perceptíveis no chamado reino animal e, mais ainda no ser humano, a partir do momento que o percebemos como animal superior aos demais desde a sua origem.
Mas por que o homem é um animal superior aos demais desde a sua orígem?
Existe no homem uma consciência natural que o insere no fenômeno religioso caracterizado pela preocupação com o divino. Esta consciência se manifesta de várias maneiras nas mais diferentes culturas e civilizações de forma que, ao estudarmos a história da humanidade, sempre nos deparamos, sob várias maneiras, com a constante busca do relacionamento do homem com o ser superior, eterno e divino. Neste sentido, Cícero, senador romano, afirmou que "não há povo tão primitivo e tão bárbaro que não admita a existência de Deus, mesmo que se engane sobre a sua natureza". Esta relação do homem com Deus faz parte da natureza e da essência do ser humano desde a sua orígem, conform nos ensinam as Sagradas Escrituras: "Façamos o homem à nossa imagem e semelhança" (Gn 1,26). Com efeito, se o homem foi criado como imagem e semelhança de Deus, jamais poderá se desfazer de sua relação com o próprio Deus. Daí provém essa consciência do fenômeno religioso, dessa relação do homem com Deus. Porquanto, enquanto Deus criou todos os animais do nada separando-os apenas por espécie e da maneira mais simples que podemos perceber, criou o homem de uma maneira específica e solene caracterizada por todo um cerimonial de investidura que lhe atribui um status, uma coroação, um comando sobre todas as criaturas terrestres (Gn 1,26-29), o que o diferencia de todos os outros animais.
Enquanto para a filosofia materialista, de acordo com Demócrito (460-370 a.C), o homem não passa de um conjunto de pequenos átomos que se dispersaria após sua morte, para a filosofia humanista-metafísica, a espiritualidade da alma humana é uma realidade. Neste sentido, Platão (427-347 a.C) afirma que o homem é, na sua essência, alma incorruptível e imortal, que o corpo é a prisão da alma, e que esta alma se liberta a partir da morte corpórea. De semellhante maneira, afirma Aristóteles (384-322 a.C), que a alma é a forma do corpo, sendo o corpo usado e movido pela alma. Assim, sob a ótica platônico-aristotélica, a alma é imrtal e o homem é um ser dotado de razão (homo faber, homo sapiens), o que o torna distinto dos outros animais.
Para a filosofia cristã, o homem deixa de ser considerado numa visão cosmocêntrica e passa a ser visto a partir de uma perspectiva teocêntrica. Sob este ponto de vista, Santo Agostinho (354-430) afirma que "a imagem de Deus se reflete no homem e que Deus transcende a compreensão humna". Mais tarde, São Tomaz de Aquino (1225-1275) passa a estudar o homem se servindo dos conceitos de Platão e de Aristóteles, porém, estabelecendo uma relação com as Sagradas Escrituras, conciliando a fé e a razão. Para ele, "a alma humana é imortal" (Platão) "e não deseja apartar-se do corpo" (Aristóteles), porém, "haverá a ressurreição da carne" (Sagradas Escrituras).
A filosofia moderna procurou, para além das perspectivas cosmocêntrica e teocêntrica, considerar o homem numa visão antropocêntrica. Neste contexto, Descartes (1596-1650) afirma: "penso, logo existo", passando a definir o homem pelo próprio homem. Ainda nessa linha de pensamento, Russeua (1712-1778) afirma que o homem nasce bom, mas é corrompido pela sociedade, definindo o homem como um produto do meio. Entretanto, para Kant (1724-1804), essa concepção antropocêntrica não é capaz de tal definição, de modo ue o homem passa a ser visto como pertencente a dois mundos, sendo um material e outro espiritual, questionando, dessa forma, os conceitos da metafísica e da razão pura.
Posteriormente surgiram inúmeras teorias, dentre as quais estão a do homem biológico e evolucionista de Darwin (1809-1882), do homem existencial de Kierkegaard (1813-1855), do homem econômico de Marx (1818-1883) e do homem instintivo de Freud (1856-1939), de maneira que a busca do conhecimento humano a seu próprio respeito se configura como uma constante indagação, uma busca de respostas para algo que inquieta o próprio homem.
Todas estas teorias apontam para o homem como objeto de estudo e, todos estes estudos que em dados momentos corroboram ou falseiam uns aos outros, nos colocam sempre diante de algumas afirmações e indagações. No passado, Pitágoras afirma ser o homem a medida de todas coisas. Sófocles afirma que o homem é a maior dentre todas as coisas grandiosas e dotadas de vida. Sócrates, diante dessa inquietude de auto-conhecimento humano afirmou: "nosce te ipsum" (conhece-te a ti mesmo).
Em ultima análise, narram as Sagradas Escrituras que este questionamento já havia sido feito por Jó: "Que é o homem, para que faças caso dele, para que te ocupes dele, para que o inspeciones a cada manhã e o examines a cada momento?" (Jó 7,17-18). Mais na frente, as mesmas escrituras se referem a essa questão da seguinte maneira: "Quando contemplo teu céu, obra de tuas mãos, a lua e as estrelas que dispuseste, o que é o homem para que dele te lembres, o filho de Adão para que dele te ocupes? Tu o fizeste pouco menos do que um deus, de glória e honra o coroaste, deste-lhe o domínio sobre as obras de tuas mãos; sob os seus pés tudo submeteste: ovelhas e touros ao mesmo tempo, também os animais selvagens, aves do ar, peixes do mar e tudo o que povoa a terra" (Sl 8,4-9).
Percebe-se, pois, que o homem, sendo um animal (dotado de alma), difere dos outros animais. Com efeito, todos os animais, sendo animados, têm alma, entretanto, sendo o homem um animal superior, sua alma é também superior e, sendo o homem criado como imagem e semelhança de Deus que é eterno, se o seu corpo é finito, que semelhança de Deus teria senão ter uma alma imortal? Assim, enquanto a alma animal é sinônimo de sopro de vida, a alma humana é espiriual (semelhança de Deus).
Um grande abraço
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os animais tem alma?

Mensagem por Ralão em Sab Jun 26, 2010 8:51 pm

Olá,

Antes de mais agradeço as respostas colocadas e que pela sua qualidade, pois ambas traduzem refleções sérias e profundas sobre o tema.

Embora julgue que tenha alcançado parte das explicações que colocaram, de facto o mistério de tudo o que nos rodeia por vezes é demais para mim, pois com as minhas limitações não consigo alcançar os planos dos designios de Deus.

Uma coisa é nós estarmos confortávelmente à frente de 1 computador a expor as nossas ideias sobre o tema que levantei, outra coisa é tentar encontrar uma explicação para aquilo que se passa na natureza e no reino animal.

Se por um lado temos os animais domisticados que apresentam sentimentos quase humanos como expus na minha intervenção anterior, por outro temos uma vida selvagem em que a busca da sobrevivencia se revela com um caracter sanguinário, sem compaixam e tão barbaro que me deixa perplexo o porquê do plano Divino neste moldes.

Bastar assistir a programas sobre a vida selvagem para ver que diariamente e mesmo neste preciso momento em que eu escrevo estas palavras e no preciso momento em que alguem as lerá, animais se estaram matando, devorando, numa batalha sangrenta perpectua e sem fim.

Será que este espectaculo com que a natureza nos brinda seria mesmo necessário?
Será que Deus na sua infinita sabedoria não encontrou um modo onde a violencia, a dor e a carnificia não fossem necessárias?

Me perdoem mas não consigo alcançar este preposito.

Grande abraço,

José Ralão
avatar
Ralão

Mensagens : 92
Data de inscrição : 17/10/2009
Idade : 49
Localização : Portugal - Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os animais tem alma?

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Dom Jun 27, 2010 5:41 am

Meu Caro Ralão,
Que a paz do Senhor Jesus esteja sempre com você!
Costumo afirmar que aqueles que amam a Deus amam também a criação como obra das mãos do Criador. A partir dessa afirmação, glorifico a Deus pela sua existência marcada por este amor, o que é muito bonito e demonstra, acima de qualquer coisa, a grandeza do seu coração. Que Deus seja sempre louvado!
Eu também gosto muito de observar toda a criação, pois tudo "me fala de Deus". Assim O vejo no conjunto de sua obra que inclui montanhas e pedras multiformes, mares e rios, plantas e animais, além do firmamento celeste. Tudo é muito lindo e é impossível contemplar a obra sem que nos lembremos do seu autor.
Porquanto, quando vemos uma tela bem pintada, não questionamos a respeito da tinta e do pincel que se utilizou para tal pintura, mas logo procuramos identificar quem foi o pintor. É assim, como essa tela, que vejo toda a obra da Criação.
Você aborda uma questão muito interessante referente às suas observações do reino animal.
Ao vermos, por exemplo, um leão ou um bando de leões atacando um outro animal, rasgando-o ainda vivo com seus dentes e suas garras, é óbvio que sintamos dó daquele animal mais fraco que foi morto com tamanha brutalidade.
Certamente esse sentimento nos consome porque temos amor pela vida e, bem mais que isso, temos consciência do que é a vida para o vivente. Entretanto, essa consciência que nós temos, o animal não a possui, muito embora tenha o instinto de defender-se, de correr, de fugir.
Mas é importante refletirmos sobre outa questão quando nos reportamos à luta dos animais pela sobrevivência. Trata-se do respeito natural existente nesta luta entre os animais. Eles não matam por matar ou por simples perversidade, mas quando estão famintos, para sobreviver.
Devemos observar, por exemplo, que quando os leões atacam uma dentre tantas zebras de um rebanho, comem, ficam saciados e descançam e assim acontece com a grande maioria dos animais que, para sobreviverem, dependem de outros.
Quem mata por matar é o homem e, se observarmos bem, os números relativos da matança humana (homens que matam homens) é bem maior que os números da matança animal, valendo salientar que os motivos da matança humana são ódio, infidelidade, vingança, paixão e outros tipos de maldade e mais ainda, essa modalidade de morte humana, ao contrário do que acontece com os animais, não tem outra finalidade senão literalmente o fim da vida.
Há ainda a caça predatoria e irresponsável marcada pela matança de animais das mais variadas espécies, com a finalidade de enriquecimento a partir do aproveitamento artesanal e industrial unicamente de peles, marfim, penas e cornos de alguns animais que valem muito dinheiro. Assim têm sido expostos ao extermínio elefantes, jacarés, baleias, serpentes, aves e uma infinidade de animais, valendo salientar que toda essa caça é promivida com meios extremamente cruéis.
Crueldade ao extremo também vemos nas touradas espanholas e mexicanas onde os animais são espetados por espadas afiadas que têm a finalidade de lhes provocar a fúria. De semelhante maneira os rodeios, vaquejadeas, rinhas de galos e outros "esportes" detêm atos de crueldade que são utilizados para diversão humana enquanto promove-se o sacrifício de animais.
Da mesma maneira que Deus deu ao homem a erva dos campos, os frutos das árores, os peixes e os animais para a sua sobrevivência, os deu também aos animais. O que falta, principalmente aos humanos, é a racionalidade desse usufruto, o que implica diretamente o fim da caça predatória, da prática dos "esportes" que promovem a violência contra os animais e o respeito aos ecossistemas que têm gerado mudanças comportamentais tanto nos humanos quanto nos animais.
Que bom seria se a matança de animais existisse apenas pela questão da sobrevivência que se justifica pela forma com que Deus os constituiu na sua criação. Assim excluida a matança animal provocada pela maldade humana, sofreríamos menos e contemplariamos mais a obra de Deus.
Um grande abraço, e que Deus o abençoe sempre mais!
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os animais tem alma?

Mensagem por Ralão em Dom Jun 27, 2010 6:03 am

Olá,

Estimado Flávio, sem duvida que concordo com o seu raciocinio quando aborda a questão humana e a sua falta de respeito quer seja pelo seu proximo quer seja pela natureza que o rodeia.

É lógico que o homem com a sua inteligencia é indesculpável quando somente por ganancia e ambição, mata descrimadamente outros seres humanos como também os explora e inflige grande sofrimento.

De igual modo mostra uma total falta de respeito pela natureza levando especies de animais e plantas à extinção.

De certa forma esta questão faz-me recordar um segmento do filme "Matrix" em que os maus da fita comparam os seres humanos a vírus que sugam tudo por onde passam até à sua destruição total.

Apesar disto tudo, julgo que o estimado Flávio entendeu a minha questão, pois apesar de estarmos de acordo quanto à questão do animal matar somente para saciar a fome, de facto é que é um espectaculo violento aquele a que assistimos.

De resto eu costumo dizer, que como carne porque no meu dia a dia não me lembro como é que os animais são criados e mortos nos matadoros, pois se me ocorre-se seria decerto vegetariano, ou algo parecido.

Grande abraço,

José Raláo
avatar
Ralão

Mensagens : 92
Data de inscrição : 17/10/2009
Idade : 49
Localização : Portugal - Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os animais tem alma?

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Dom Jun 27, 2010 8:51 am

Caro Ralão,
É sempre uma alegria encontrá-lo no nosso fórum.
Mesmo fugindo um pouco do tema do tópico, a questão que você aborda do ser vegetariano é também muito interessante e, neste sentido, visitando as Sagradas Escrituras, ela tem fundamento: "Vede, eu vos entrego todas as ervas que dão semente sobre a face da terra; e todas as árvores frutíferas que dão semente vos servirão de alimento; e para todos os animais da terra, para todas as aves do céu, para todos os répteis da terra - para todo ser que respira - a erva verde lhes servirá de alimento" (Gn 1,29-30).
Em relação à carne, não me recordo ainda de uma passagem explícita que nos determine-a como alimento. Entretanto, já li algumas passagens nas quais somos admoestados para não comermos carne oferecida aos ídolos (At 15,20), o que se constituiria como uma forma de ter comunhão com Deus e os demônios (1Cor 10,20-22). Deduzo, portanto que, a partir deste ensinamento, as outras carnes estão liberadas e são, portanto, permitidas.
Entretanto, visitando outras passagens das Sagradas Escrituras, agente sabe que Jesus era chegado a um peixezinho e uma carnezinha de cordeiro (he, he, he...).
O bom do nosso fórum é que um determinado assunto nos leva a outros que também são muito interessantes. Começamos dialogando sobre a alma dos animais e, de repente, estamos nos enveredando pela carne (he,he,he...), mas isso é muito bom e, quem sabe, poderá ser tema de um novo tópico.
Um grande abraço!
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os animais tem alma?

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Sab Nov 06, 2010 6:37 am

Esta postagem da professora "quemtembocadizverdade" demonstra o perigo da interpretação da Bíblia no seu sentido literal, em passagens isoladas que fogem da constextualização do tema em estudo.

Neste caso específico, ficam revogados (nessa concepção), todas as afirmações contidas nas Sagradas Escrituras inerentes à existência do espírito, à Ressurreição e à vida eterna.

Aqui, considerando a postagem da professora, gostaria de lhe dirigir uma pergunta:


QUAL O SENTIDO DA SUA RELIGIÃO, SE DEPOIS DA MORTE A SENHORA, TENDO O MESMO DESTINO DOS ANIMAIS IRRACIONAIS, NÃO TEM MAIS PARA ONDE IR ???

Um grande abraço !
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os animais tem alma?

Mensagem por Binhokraus em Sab Nov 27, 2010 11:35 pm

Cara professora, eu acompanho o fórum a algum tempo, e peço desculpas, mas não me recordo de nenhuma citação sua que responda a essa pergunta feita pelo flávio. Se a senhora me permite, gostaria de pedir que me indicasse pelo menos a pasta na qual está sua resposta a essa questão. Se puder fazer isso ficaria grato.

_________________
Cleber Nunes Kraus
Biólogo

"Quem não ora, não precisa de demônio que o tente." Sta. Tereza D'Avila
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os animais tem alma?

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Dom Nov 28, 2010 6:15 am

Caríssima Professora,

Em comunhão com o pensamento de Binho, gostaria de receber a indicação dessa sua resposta, até mesmo porque entendo que é inadmissível que se responda a uma questão de um tópico em outro, pois tal atitude dificulta a compreensão daquelas pessoas que participam do nosso fórum com a devida seriedade.

A senhora escreveu: "vou responder da mesma forma que vocês fazem: já falei sobre isso de forma esclarecedora em outras postagens. procure e seja feliz."

Nomalmente, quando nos servimos de algum texto que está descrito em outro tópico, o fazemos de forma responsável, indicando onde podemos encontrar, qual a pasta, o endereço, no sentido de crescermos juntos.

Percebo que a senhora está equivocada e, além dessa resposta, está a dever tal esclarecimento, ou do contrário, procura fugir do diálogo ao não responder as questões que lhe são propostas, buscando confundir as pessoas com afirmações dessa natureza.

Desculpe-me pela sinceridade, pois o verdadeiro amor lança fora o temor.

Um grande abraço e fique na paz do Senhor Jesus !!!
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os animais tem alma?

Mensagem por Catholic em Dom Nov 28, 2010 7:02 pm

Fonte da "quemtembocadizaverdade": http://www.jesusvoltara.com.br/estaescrio/estudo_estaescrito13_arquivos/13.htm
avatar
Catholic

Mensagens : 103
Data de inscrição : 18/10/2010
Idade : 24
Localização : Porto Alegre

Ver perfil do usuário http://www.digitusdei.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os animais tem alma?

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Ter Jul 09, 2013 9:22 pm

Caros amigos,

Considerando que já tínhamos este tópico inerente a esta questão, estou transcrevendo a postagem de Jonas que estava nas "questões bíblicas" para este tópico.

Eis o questionamento de Jonas:
_____________________________________________

"Na crença católica, animais tem alma? Se sim, para onde vão após a morte dos mesmos?

Versos para considerar:

Porque o que sucede aos filhos dos homens, isso mesmo também sucede aos animais, e lhes sucede a mesma coisa; como morre um, assim morre o outro; e todos têm o mesmo fôlego, e a vantagem dos homens sobre os animais não é nenhuma, porque todos são vaidade.
Todos vão para um lugar; todos foram feitos do pó, e todos voltarão ao pó.
Quem sabe que o fôlego do homem vai para cima, e que o fôlego dos animais vai para baixo da terra?

Eclesiastes 3:19-21"
_____________________________________________

Um grande abraço a todos !!!
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os animais tem alma?

Mensagem por Jonas E. em Qua Jul 10, 2013 4:49 pm

Obrigado Flávio, desculpa não ter pesquisado antes, mas achei que a pergunta era tão simples que somente eu perguntaria. Novamente peço desculpas e agradeço por ter colocado meu post na seção certa ^^

Jonas E.

Mensagens : 169
Data de inscrição : 12/09/2012
Localização : Alagoas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os animais tem alma?

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Qua Jul 10, 2013 10:19 pm

Ok, Jonas,

Não há porque pedir desculpas. As suas sugestões que me foram enviadas via MP me ajudaram muito, de maneira que já estou agindo na moderação seguindo alguns dos seus conselhos pelos quais estou agradecendo. É assim que a gente vai aprendendo uns com os outros e, de forma gradativa, Deus vai completando em nós aquilo que está faltando.

Um grande abraço !!!
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Os animais têm alma? Sim e não.

Mensagem por Yohanan em Ter Jul 30, 2013 7:08 pm

Segundo a Sagrada escritura de Génesis Deus Elohim Yahweh o Único e Supremo Deus (que é mais que um Deus e que nenhum nome na terra jamais poderá definir tal Poder)criou todos os seres vivos e lhes deu o sopro da vida, um género de alma. Deus criou todos os animais, os visíveis e os não visíveis, os grandes e pequenos e claro todas as suas espécies.
No entanto veremos que ao logo deste registo da Criação mundial (e Universal mas foco-me na mundial)o ser humano está sempre acima dos animais sendo que Adonai (Senhor Deus) diz:

"E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra.
Gênesis 1:28"


Sabemos que por esta passagem que o objectivo dos animais não é só estabelecer um equilíbrio programado do ecossistema mas também serem dominados pelo homem, e até hoje estamos acima de todos os animais sendo nós os grandes e mais temidos seres.
Digo seres pois para Deus não somos animais, mas e porquê?

"E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.
Gênesis 1:27"


Aqui está somos feitos à imagem de Deus somos feitos para representar a genialidade de Deus e para viver com Ele e para Ele, somos criados à sua imagem e semelhança (não sabemos se é a nível físico mas pelo menos a nível mental).
Deus nunca nos considerou semelhantes sequer a outros animais, no entanto não devemos pensar em nós como o centro do universo ou de maneira egocêntrica.
O que nos destinge dos animais é a nossa semelhança a Deus e o facto de termos acesso à vida Eterna hoje em dia, os animais são feitos para servir o homem (quer seja para equilibrar o ecossistema, alimentarmos, vislumbrar etc...) e por essa razão Deus não se preocupa com eles da mesma maneira que se preocupa com o homem, no entanto ele preocupasse com eles, Yeshua disse:

"Olhai para as aves do céu, que não semeiam, nem ceifam, nem ajuntam em celeiros, e vosso Pai celestial as alimenta; não valeis vós muito mais do que elas?(...)
(Mateus 6:24-33)"


Outro ponto focal é a consciência, a vida dos animais jamais influenciará o mundo, mas se o homem viver de maneira errada até a Criação será amaldiçoada, pois os nossos actos pecaminosos já amaldiçoaram a criação uma vez e ainda hoje o faz.
Deus Ama o homem tanto e até mais que o homem ama o filho ou filha ou a mulher, somos feitos à sua imagem somos a sua melhor Criação, rimos, criamos coisas magnificas (umas boas outras más), desafiamos a natureza, estudamos outros seres, criamos civilizações inteiras, temos um código de conduta e amamos de maneira diferente dos animais (Pelos menos alguns de nós), sonhamos, temos ambições etc...
Como vê não existe necessidade dos animais dos animais terem vida eterna, eles vivem para comer, acasalar e servir o homem, a sua consciência não contem sonhos, moral ou ambições, um exemplo é o do cão que hoje o ama e amanhã sem qualquer razão o ataca.
Somos especiais mas devido ao facto de o homem se rebaixar dizendo que faz parte de um acidente cósmico e de um sistema aleatório de evoluções, hoje estamos (alguns de nós) sem vontade de viver e sem morais, estamonos a transtornar em animais, vejam o que disseram os seguidores de Yeshua (Jesus):

"Pois os seus atributos invisíveis, o seu eterno poder e divindade, são claramente vistos desde a criação do mundo, sendo percebidos mediante as coisas criadas, de modo que eles são inescusáveis;
porquanto, tendo conhecido a Deus, contudo não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes nas suas especulações se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu.
Dizendo-se sábios, tornaram-se estultos,
e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis.
Por isso Deus os entregou, nas concupiscências de seus corações, à imundícia, para serem os seus corpos desonrados entre si;
pois trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém.
Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza;
semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro.
E assim como eles rejeitaram o conhecimento de Deus, Deus, por sua vez, os entregou a um sentimento depravado, para fazerem coisas que não convêm;
estando cheios de toda a injustiça, malícia, cobiça, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, dolo, malignidade;

Romanos - Capítulo 1 - Versículo 1 a 29"


Espero ter ajudado amado irmão um bem haja para si e para os seus.
avatar
Yohanan

Mensagens : 12
Data de inscrição : 30/07/2013
Localização : Almada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os animais tem alma?

Mensagem por Ralão em Qui Dez 18, 2014 12:55 pm

Boas,

Ora nesta época do ano tão especial, tivemos à cerca de 3 dias atrás uma afirmação do Papa Francisco que se encontra diretamente relacionada com este tópico, e o que foi que o atual Papa proferiu:

Ao consolar um menino cujo cachorro havia morrido, o papa Francisco surpreendeu mais uma vez:

"Um dia, nós veremos nossos animais novamente na eternidade de Cristo. O Paraíso está aberto a todas as criaturas de Deus."


A frase foi dita numa recente aparição pública na Praça de São Pedro, no Vaticano, e reproduzida pela média italiana.

E esta hein.

Boas festas a todos,

Ralão
avatar
Ralão

Mensagens : 92
Data de inscrição : 17/10/2009
Idade : 49
Localização : Portugal - Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os animais tem alma?

Mensagem por Porissocri em Sex Dez 19, 2014 5:54 pm

A que parece essa história é mentira, Ralão: http://www.e-farsas.com/o-papa-francisco-disse-que-caes-vao-pro-ceu.html
avatar
Porissocri

Mensagens : 106
Data de inscrição : 30/07/2014
Idade : 40
Localização : Assis, SP

Ver perfil do usuário http://familiasbiblicas.livreforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os animais tem alma?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum