Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por harmonia1 em Qui Ago 12, 2010 8:19 am

gostaria que a igreja católica analisasse verso por verso desse capítulo por favor. Se não permitirem que eu entre com esse tema é porque temem algo.

harmonia1

Mensagens : 33
Data de inscrição : 04/08/2010
Localização : são paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por Pe. Anderson em Qui Ago 12, 2010 8:31 am

Caríssima Harmonia,

Nós nao temos medo de nada e nem de nenhuma coisa. Estamos dispostos a responder a todas as perguntas razoavelmente inteligentes apresentados no nosso fórum. Só te digo que todos os católicos tem suficiente inteligência para entrar em sites protestantes e ver milhares de besteiras infundadas. A intençao do nosso fórum nao é essa. Quem quiser ver essas "genialidades" que vejam esses sites por aí. Já te expliquei isso uma vez, mas parece que voce nao quer entender.

Se voce tiver alguma dúvida, coloque ai. Nao coloque textos infinitos e inúteis. Sao facilíssimos de serem encontrados na internet.

Sobre o seu tema, se voce quiser realmente uma resposta, veja esse link:

http://caiafarsa.wordpress.com/igreja-catolica-a-prostituta-do-apocalipse/

Grande abraço.
avatar
Pe. Anderson
Admin

Mensagens : 952
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 35
Localização : Roma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por harmonia1 em Qui Ago 12, 2010 8:51 am

o que estou perguntando é qual a interpretação da igreja católica. O ensino protestante eu já sei.

harmonia1

Mensagens : 33
Data de inscrição : 04/08/2010
Localização : são paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por harmonia1 em Qui Ago 12, 2010 8:54 am

quero uma explicação aqui de verso por verso. é possivel? Por que querer saber sobre um capítulo da bíblia não é inteligente?

harmonia1

Mensagens : 33
Data de inscrição : 04/08/2010
Localização : são paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por Pe. Anderson em Qui Ago 12, 2010 10:38 am

Cara Harmonia,

Depois te responderemos com mais calma. Por hora, vale a pena ver esses vídeos:

http://www.youtube.com/watch?v=Nr4S6CqfMoM

http://www.youtube.com/watch?v=DjWS85thofs&feature=related

Desculpa, mas quis dizer que nao é muito inteligente só utilizar um forum com "copiar e colar" de sites protestantes. Quis dizer que todo católico tem suficiente inteligência para procurar o que quiser nos sites protestantes. Só quero te dizer que nosso forum nao tem a intençao de repetir mecanicamente textos demasiado difundidos. Sao bem-vindas todas as perguntas de quem quer realmente saber uma resposta e nao quer multiplicar polêmicas inúteis e mecanicamente.

Grande abraço.
avatar
Pe. Anderson
Admin

Mensagens : 952
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 35
Localização : Roma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por harmonia1 em Qui Ago 12, 2010 4:43 pm

em outras palavras você não quer explicar apocalipse 17 porque não saberia como explicar verso por verso sem enquadrar a "santa igrejaa"

harmonia1

Mensagens : 33
Data de inscrição : 04/08/2010
Localização : são paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por harmonia1 em Qui Ago 12, 2010 4:49 pm

se não quer que eu copiou de outro site posso te explicar verso por verso


E veio um dos sete anjos que tinham as sete taças, e falou comigo, dizendo-me: Vem, mostrar-te-ei a condenação da grande prostituta que está assentada sobre muitas águas;

Com a qual se prostituíram os reis da terra; e os que habitam na terra se embebedaram com o vinho da sua prostituição.

E levou-me em espírito a um deserto, e vi uma mulher assentada sobre uma besta de cor de escarlata, que estava cheia de nomes de blasfêmia, e tinha sete cabeças e dez chifres.

E a mulher estava vestida de púrpura e de escarlata, e adornada com ouro, e pedras preciosas e pérolas; e tinha na sua mão um cálice de ouro cheio das abominações e da imundícia da sua prostituição;

E na sua testa estava escrito o nome: Mistério, a grande babilônia, a mãe das prostituições e abominações da terra.

E vi que a mulher estava embriagada do sangue dos santos, e do sangue das testemunhas de Jesus. E, vendo-a eu, maravilhei-me com grande admiração.

E o anjo me disse: Por que te admiras? Eu te direi o mistério da mulher, e da besta que a traz, a qual tem sete cabeças e dez chifres.

A besta que viste foi e já não é, e há de subir do abismo, e irá à perdição; e os que habitam na terra (cujos nomes não estão escritos no livro da vida, desde a fundação do mundo) se admirarão, vendo a besta que era e já não é, mas que virá.

Aqui o sentido, que tem sabedoria. As sete cabeças são sete montes, sobre os quais a mulher está assentada.

E são também sete reis; cinco já caíram, e um existe; outro ainda não é vindo; e, quando vier, convém que dure um pouco de tempo.

E a besta que era e já não é, é ela também o oitavo, e é dos sete, e vai à perdição.

E os dez chifres que viste são dez reis, que ainda não receberam o reino, mas receberão poder como reis por uma hora, juntamente com a besta.

Estes têm um mesmo intento, e entregarão o seu poder e autoridade à besta.

Estes combaterão contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá, porque é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; vencerão os que estão com ele, chamados, e eleitos, e fiéis.

E disse-me: As águas que viste, onde se assenta a prostituta, são povos, e multidões, e nações, e línguas.

E os dez chifres que viste na besta são os que odiarão a prostituta, e a colocarão desolada e nua, e comerão a sua carne, e a queimarão no fogo.

Porque Deus tem posto em seus corações, que cumpram o seu intento, e tenham uma mesma idéia, e que dêem à besta o seu reino, até que se cumpram as palavras de Deus.

E a mulher que viste é a grande cidade que reina sobre os reis da terra



hoje vamos analizar o primeiro verso:

Fala da condenação de uma grande prostituta que se assenta sobre muitas águas.

Se a profecia aponta mulher como igreja. então deduzimos que essa seja uma igreja que abandonou os principios do marido, Cristo. Ela se assenta sobre muitas águas e o verso 15 diz que essas águas são povos. Então já sabemos que babilonia é uma igreja popular. amanhã veremos o verso 2

harmonia1

Mensagens : 33
Data de inscrição : 04/08/2010
Localização : são paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Sex Ago 13, 2010 6:42 am

Cara Harmonia,
Que a paz do Senhor esteja com você !
Na conclusão que você apresenta do primeiro versículo do texto proposto, você faz referência a cinco questões a saber:
1. A profecia aponta mulher como igreja;
2. Deduzimos que seja uma igreja que abandonou os princípios do marido (Cristo);
3. Ela se assenta sobre muitas águas;
4. E o verso 15 diz que essas águas são povos;
5. Então já sabemos que babilônia é uma igreja popular.
Como você é ferrenha adepta do "SOLA SCRIPTURA", gostaria que mostrasse dentro da própria profecia a que se refere, onde é que tal profecia se refere a uma igreja. MOSTRE-ME SOMENTE NA BÍBLIA !
Nas entrelinhas do texto aqui apresentado, em nenhum versículo é apresentada a mulher como igreja. De que parte da Bíblia você tirou esse argumento?
Por enquanto, determe-ei apenas na primeira das suas cinco questões.
Enquanto aguardo a sua resposta, vou deixar também uma perguntinha bem simples:
O que você conhece a respeito da religião dos romanos ?
A resposta a esta questão será muito útil para prosseguirmos o diálogo.
Um grande abraço !
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por Pe. Anderson em Sex Ago 13, 2010 6:58 am

Cara Harmonia,

Antes de te responder, veja esses links, onde já discutimos alguns dos temas tratados aqui.

http://quemtembocavaiaroma.livreforum.com/questoes-biblicas-f8/o-apocalipse-t158.htm?highlight=apocalipse

http://quemtembocavaiaroma.livreforum.com/questoes-biblicas-f8/os-setes-reis-do-apocalipse-t218.htm?highlight=apocalipse

Grande abraço e que o Senhor sempre te abençoe.
avatar
Pe. Anderson
Admin

Mensagens : 952
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 35
Localização : Roma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por Pe. Anderson em Sex Ago 13, 2010 8:14 am

Caros amigos,

Quem é a Babilônia de Apocalipse?

São João escreve em torno do ano 95 dC, quando Domiciano perseguia ferozmente a Igreja. No Apocalipse, ele apresenta a prostituta assassina que luta contra a Igreja fiel, que são os membros do corpo de Cristo. Trata-se de uma oposição entre o mal (a prostituta) e o bem (a Igreja fiel).

A "Grande Babilônia" nos recorda o sofrimento de Israel no Antigo Testamento. Nos encontramos, então, diante de um paralelo entre Israel (vítima do poder da Babilônia) e a Igreja (vítima do poder de Roma), na figura dos seus santos mártires.

"E vi que a mulher se embriagava com o sangue dos santos e com o sangue dos mártires de Jesus. E me assombrei profundamente ao vê-la" - Apocalipse 17,6.

No Antigo Testamento, a traição à Lei de Deus era denominada de “prostituição”. Isso se refere em primeiro lugar ao culto a Baal, deus da fertilidade dos povos vizinhos de Israel e que por vezes, entrava na vida do povo de Israel.

Baal era considerado o “deus da fertilidade”, entendida em dois sentidos: era o deus que mandava as chuvas e era o deus que dava a fecundidade às pessoas. Na cultura antiga, justamente o filho era considerado um tesouro, um dom de Deus, e necessário para proteger a família e a nação.
Com isso, a prática comum nos povos pagãos que rodeavam Israel era a consagração dos adolescentes a Baal. Isso ocorria através da iniciação sexual dos adolescentes com as “prostitutas sagradas de Baal”. Por isso, a idolatria era ligada a um ato de promiscuidade. Assim vemos que o declínio religioso sempre vai acompanhado do declínio moral, especialmente nas ralações familiares.

A Roma pagã, em tempos de Cristo, era como Babilônia. Sofria de decadência religiosa e moral. Desprezava a família e elogiava todo tipo de devassidão moral e sexual. Era essa Roma pagã que perseguia os cristãos. Nos anos 66 e 67 Paulo e Pedro deram suas vidas por Cristo em Roma (juntos a um grande número de cristãos), no tempo do imperador Nero.

Numa carta, o próprio Pedro chama a Roma de Babilônia.

"Vos saúda a que está na Babilônia, eleita como vós, assim como meu filho Marcos" - 1Pedro 5,13

Veio, então, um dos sete Anjos que tinham as sete taças e falou comigo: Vem, e eu te mostrarei a condenação da grande meretriz, que se assenta à beira das muitas águas,

A meretriz que se assenta à beira de muitas águas é a cidade de Roma pagã, que dominava o Mar Mediterrâneo, que exportava seus cultos pagãos, cheios de imoralidade e assim seduzia os reis da terra.
2 com a qual se contaminaram os reis da terra. Ela inebriou os habitantes da terra com o vinho da sua luxúria.3 Transportou-me, então, em espírito ao deserto. Eu vi uma mulher assentada em cima de uma fera escarlate, cheia de nomes blasfematórios, com sete cabeças e dez chifres.
4 A mulher estava vestida de púrpura e escarlate, adornada de ouro, pedras preciosas e pérolas. Tinha na mão uma taça de ouro, cheia de abominação e de imundície de sua prostituição.5 Na sua fronte estava escrito um nome simbólico: Babilônia, a Grande, a mãe da prostituição e das abominações da terra. (Apo 17)

Vi que a mulher estava ébria do sangue dos santos e do sangue dos mártires de Jesus; e esta visão encheu-me de espanto.

Essa cidade é a que persegue os cristãos, que causa os mártires de Jesus.

7 Mas o anjo me disse: Por que te admiras? Eu mesmo te vou dizer o simbolismo da mulher e da Fera de sete cabeças e dez chifres que a carrega.8 A Fera que tu viste era, mas já não é; ela deve subir do abismo, mas irá à perdição. Admirar-se-ão os habitantes da terra, cujos nomes não estão escritos no livro da vida, desde o começo do mundo, vendo reaparecer a Fera que era e já não é mais. Aqui se requer uma inteligência penetrante. As sete cabeças são sete montanhas sobre as quais se assenta a mulher. (Apo 17)

As referidas montanhas, sobre as quais esta assentada a cidade de Roma antiga, ou montes da "Babilônia" são Quirinal, Viminal, Esquilino, Caélio, Aventino, Paladino e Capitolino. Esta informação pode ser confirmada em qualquer livro de história antiga. Os livros especializados normalmente se referem à Antiga Roma como a "Cidade das Sete Montanhas".

E a sede da Igreja Católica? E o Vaticano? O Vaticano atual não está em nenhuma desses 7 montes. Está precisamente sobre o que era o Monte Vaticano, que era o cemitério da cidade antiga de Roma (os cemitérios antigos ficavam sempre fora das cidades, para evitar a contaminação de pestes nas cidades). O Vaticano fica sobre o antigo cemitério de Roma. Mas por que? Porque ali foi enterrado São Pedro, logo após sua morte. Aquela pequena tumba de São Pedro se converteu logo em centro de peregrinação dos cristãos, já na antiguidade. Mais tarde, no século IV, o imperador Constantino decidiu, através do pedido de sua mãe, santa Helena, construir ali uma grande basílica, cujo altar ficasse justamente sobre o túmulo de Pedro. Assim foi feito. Eles fizeram a grande basílica vaticana, no século IV. Mas para isso, foi necessário derrubar todo o “Monte Vaticano”, de forma que o antigo monte desapareceu, dando espaço à grande basílica. Essa grande basílica foi derrubada no século XVI e deu espaço à nova Basílica Vaticana, que, entretanto, mantem a mesma disposição da Antiga, ou seja, o altar fica justamente encima do túmulo de São Pedro. Tudo isso pode ser visitado hoje em dia, nas excavaçoes feitas debaixo da basílica Vaticana. Pode ser visto o antigo cemitério, a tumba de são Pedro, parte dos muros da antiga Basílica de Constantino.

Portanto, “A Grande Babilônia” (v. 5) faz referência à grande cidade do desterro de Israel, nos tempo do rei Nabucodonosor. Simboliza o poder pagão e a tribulação do Povo de Deus. Esse sofrimento se fazia atual no ano 90 na Igreja, nos mártires de Cristo, perseguidos pelas autoridades da Roma imperial.

Quando São João redigiu o Apocalipse, Roma era o poder pagão que oprimia o povo de Deus. Este povo é a Igreja, que já se encontrava presente tanto na cidade de Roma quanto em muitas outras cidades do Império. Roma era uma cidade impressionante por causa de suas riquezas e desregramentos: "A mulher estava vestida de púrpura e escarlate, resplandescente de ouro, pedras preciosas e pérolas; trazia em sua mão uma taça de ouro cheia de abominações e também das impurezas de sua prostituição" (v. 4).

Sendo assim, Roma seria a prostituta porque "com ela fornicaram os reis da terra" (v. 2). Estes reis, como Herodes, se prostituíam com ela para obter poder sobre alguma província do Império. Faz referência a Roma também essas palavras: "se assenta sobre grandes águas" (v. 1), alusão ao seu domínio sobre o mar Mediterrâneo, considerado o principal mar do mundo. As sete cabeças da besta são "sete colinas" (v. 9); Roma está assentada sobre sete colinas: Palatino, Capitolino, Quirinal, Viminal, Esquilino, Celio e Aventino, montes que ainda hoje existem e podem ser visitados.

Grande abraço e que Deus abençoe a todos.
avatar
Pe. Anderson
Admin

Mensagens : 952
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 35
Localização : Roma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Dom Ago 22, 2010 7:52 am

Amados Irmãos,
Que a paz de Jesus esteja com todos nós !
Depois da ultima postagem do Pe. Anderson, devido à clareza de sua descrição, pouco pode ser acrescentado no desenvolvimento deste tópico.
Entretanto, considerando que a Sra. Harmonia optou por não corresponder às questões que propus no desenvolvimento das nossas discussões e, ponderando ainda que no meu ultimo colóquio (Ago 13, 2010 - 6:40 am) questionei-a a respeito da religião dos romanos, ao que ela, como sempre, insistiu em "sair da raia" e manter um discurso de acusações pejorativas e infundadas, no sentido de enriquecer ainda mais o conteúdo da discussão, estou fazendo algumas considerações a respeito do estudo que venho fazendo a respeito da religião dos romanos, questões estas que, de certa maneira, corroboram com a explanação do Pe. Anderson.
A RELIGIÃO DOS ROMANOS
A religião dos romanos surgiu paralelamente ao processo de evolução da vida social e política do seu povo que, aproximadamente por volta de 500 anos antes de Cristo, se constituia, originalmente, de lavradores e pastores nômades.
Era muito comum entre os romanos determinados rituais de magia simpática oriunda dos povos helênicos, imitando, de alguma maneira, os fenômenos dos seus desejos. Assim, dentre outras práticas, costumavam derramar água onde estava seco para obter a chuva e atear fogo onde estava enxarcado para fazer brilhar o sol com maior intensidade.
O fracasso destas práticas, entretanto, despertou-lhes o sentimento para a necessidade da existência de um poder sobrenatural. A partir de então, a religião dos romanos se estasbeleceu com base nos poderes atribuidos ao sol, às fontes, à terra e a algumas espécies de animais e de árvores seculares. Neste sentido, o carvalho tornou-se árvore sagrada dedicada a Júpter, o lobo tornou-se o animal sagrado dedicado a Marte; a pedra passou a ser considerada sagrada por se constituir em uma potência espiritual inabalável, havendo, dessa forma, inúmeros seres e objetos que eram tidos pelos romanos na cancepção de sagrado.
Ao contrário dos povos helênicos, os romanos não costumavam escrever qualquer coisa a respeito dos seus deuses, suas lendas e histórias. Entretanto, as suas manifestações religiosas se fundamentavam em costumes primitivos de suas tribos de lavradores e criadores de anomais, com caractérísticas rudes, grosseiras e desprovidas de qualquer lógica ou imaginação racional. Deste modo, a religião dos romanos não tinha fundamentação filosófica nem se preocupava com a reflexão sobre o mundo, buscando apenas servir-se dele.
A antropomorfização dos deuses praticamente não existia na cultura religiosa dos romanos. Eles adoravam poderes (NUMINA) que não tinham muitas vezes forma nem sexo, mas apenas uma denominação. Para eles, o conhecimento da essência dos seus deuses não tinha qualquer importância, se contentando apenas com o conhecimento do que os seus deuses faziam de acordo com as necessidades humanas. Assim, para cada fato comum da vida humana no contexto da sociedade na qual estavam inseridos, havia uma divindade que atuava especificamente em cada situação, em cada momento.
(CONTINUO MAIS TARDE)
Um grande abraço a todos !
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por harmonia1 em Dom Ago 22, 2010 7:37 pm

a sr. harmonia já colocou um estudo completo sobre o assunto, mas quando o padre vê que ficará sem argumento retira o estudo da sr harmonia

harmonia1

Mensagens : 33
Data de inscrição : 04/08/2010
Localização : são paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por Pe. Anderson em Seg Ago 23, 2010 4:21 am

Caríssima Harmonia,

Nós realmente retiramos o seu sério "estudo" da nossa página por uma simples razao: ele está em mais de uma dezena de páginas da internet, é mais fácil de encontrá-lo do que água. Nós explicamos que o interesse do nosso fórum é a discussao e nao a reproduçao inútil de textos demasiado conhecidos. Consideramos que o fácil método "copiar" "colar" demonstra muito pouca vontade de diálogo e também um desrespeito à nossa inteligência. Consideramos ainda que isso é destrutivo das inteligências.

De todos os modos, nós nao temos medo do seu "estudo" e nem mesmo ficamos sem argumentos contra ele. A prova disso é que nós o respondemos totalmente aqui; respondemos a todos os argumentos e demos uma séria interpretaçao bíblica aqui; com todo o respeiro, mas é voce que nao nos responde aos nossos argumentos apresentados aqui. Parece-nos que é voce que ficou sem argumentos (assim como em outros tópicos).

Apresentamos aqui onde estao os seus estudos "sérios". Quem quiser, pode ler esse "genial" texto. Nao temos medo de nada, pois estamos convencidos que a única força verdadeira de nosso mundo é a verdade.

http://adventismoemfoco.wordpress.com/a-igreja-catolica-a-meretriz-de-apocalipse-17/

http://www.scribd.com/doc/2682368/IGREJA-CATOLICA-EM-APOCALIPSE-APOCALIPSE-17-NEW

Grande abraço a todos.
avatar
Pe. Anderson
Admin

Mensagens : 952
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 35
Localização : Roma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

RELIGIÃO DOS ROMANOS - CONTINUAÇÃO

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Seg Ago 23, 2010 9:22 am

Os romanos cultuavam deuses que eram próprios da infância. Dentre eles estavam CULINA, a deusa responsável por embalar as crianças de berço, STATANA, a deusa que tinha como atributo ensinar a criança a levntar-se e manter-se de pé, LEUANA, a deusa encarregada de fazer a criança se levantar quando cair e OSSIPEGA, o deus responsável pela fortificação dos ossos durante toda a fase de desenvolvimento físico da criança. Assim, para os romanos, a criança tinha à sua disposição todo um conjunto de deuses que eram invocados pelos seus pais enquanto cresciam.

CONTINUO MAIS TARDE !

Um grande abraço a todos !
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por eduardo em Seg Ago 23, 2010 6:05 pm

olá que debate legal1 por favor andei lendo o capítulo. gostaria de entender mais quem são esses 7 reis quer dizer que o apocalipse não é um livro do futuro como muitos dizem? é do passado?

eduardo

Mensagens : 3
Data de inscrição : 23/08/2010
Localização : são paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por eduardo em Seg Ago 23, 2010 6:20 pm

caro eduardo, ess capítulo está falando de uma babilônia mística ou simbólica, pois a literal já havia sido destruída nos tempos do Antigo Testamento e Isaías 13:19-21 declara que nunca mais seria habitada. É interessante notar que a Bíblia de Jerusalém (tradução católica com imprimatur), comentando Apocalipse 17:5 diz que "Babilônia é o nome simbólico de Roma". Devido ao sentido eminentemente religioso da mensagem dos três anjos, devemos interpretar esta caída como espiritual ou religiosa. O comentário da Bíblia de Jerusalém diz que Roma arrastou todas as nações à idolatria.Assim como em Apocalipse 12 uma mulher pura é símbolo adequado da igreja fiel, aqui aparece uma meretriz como símbolo de uma igreja que se prostituiu; que teve uma queda doutrinária. A Bíblia de Jerusalém comenta que a prostituição é o símbolo da idolatria. Um antecedente bíblico ajuda a entender este ponto de vista, encontramo-lo em Ezequiel 16:15: "confiaste na tua formosura, e te entregaste à lascívia, graças à tua fama; e te ofereceste a todo o que passava para seres dele". Outro exemplo: "com seus idolos adulteraram... ainda isto Me fizeram... profanaram os Meus sábados" ( Ezequiel 23:37, 38 ). "As sete cabeças são as sete colinas de Roma" (Comentário da Bíblia de Jerusalém, Apocalipse 17:3 ). A besta (Roma) leva sentada sobre si uma igreja prostituída, o que dá a entender claramente que teria sua sede em Roma, a cidade dos 7 montes. Outra revelação que nos faz Deus neste capítulo de Apocalipse é que essa igreja de Roma seria católica (católica quer dizer universal), pois estava sentada sobre muitas águas que significam "povos, multidões, nações e línguas" ( Apocalipse 17:15 A igreja caída serve às nações o vinho do cálice de suas doutrinas adúlteras. Com elas tem embriagado os crentes, os quais não percebem os erros mencionados. Vejamos alguns poucos dos muitos exemplos que lamentavelmente existem. é claro que a igreja católica procura dar uma outra interpretação e quando o padre vê que meus comentários convencem ele costuma tirar os estudos. se fossem estudos mentirosos ele não tiraria. se quizer poderei te postar estudos no seu email é só me mandar uma mensagem.

eduardo

Mensagens : 3
Data de inscrição : 23/08/2010
Localização : são paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por eduardo em Seg Ago 23, 2010 6:23 pm

Doutrina
Pura Adulterada
A Bíblia é a Palavra de Deus, regra de fé e de doutrina ( II Timóteo 3:15-17; II São Pedro 1:19 ). A tradição ( São Marcos 7:6-13; Gálatas 1:6-9; Apocalipse 22:18, 19 ).
Cristo é o único e suficiente Salvador ( Atos 4:10-12 ); Cristo é o único suficiente Mediador ( I Timóteo 2:5; São João 14:6 ). A mediação de outros, ex.: Maria, os santos.
Somos salvos pela graça ( Efésios 2:8, 9 ) e justificados pela fé, gratuitamente ( Romanos 3:24 ). As peniténcias, obras meritórias.
A fé não anula a lei ( Romanos 3:31 ), mas descreve a conduta ética cristã que vive aquele que foi perdoado e justificado pela fé na graça ( São João 8:3-11; I São João 3:4; Efésios 4:28; I São João 2:3-5 ). O crente guarda a lei como fruto da nova vida em Cristo; como expressão de amor a Cristo ( São João 14:15 ). A lei não foi mudada por Jesus e Ele não autorizou mudança nenhuma ( São Mateus 5:17, 18 ). Por isso o crente guarda os mandamentos ( Apocalipse 14:12 ). Ensina que se pode mudar a lei e adulterá-la.
O segundo mandamento da Santa Lei de Deus proíbe adorar ou venerar e/ou render culto a imagens ( Êxodo 20:4-6 ). Há muitíssimas declarações bíblicas que falam que é irracional pedir auxilio e render culto a objetos inanimados ( Isaías 44:9-20; 46:8-10 ). Deus disse que não quer ser adorado através das imagens ( Isaías 42:8, 17 ). Ele é Espírito e pede um culto espiritual ( São João 4:23, 24 ). Fazer imagens, acender velas perante imagens, pedir-lhes alguma graça, fazer promessas, orar ajoelhado diante de imagens, etc. Tirar este mandamento ao ensinar o povo por meio do catecismo. Mas na Bíblia o mandamento está escrito.
O quarto mandamento ensina observar o santo sábado ( Êxodo 20:8-11 ). Nosso Senhor Jesus guardou o sábado ( São Lucas 4:16 ), a bem-aventurada virgem Maria e outras piedosas mulheres o guardaram ( São Lucas 23:54-56 ); Jesus disse que não se pode mudar a lei ( São Mateus 5:17, 18 ). O anticristo mudaria ( Daniel 7:25 ). Mas os fiéis guardariam os mandamentos de Deus ( Apocalipse 14:12 ), por isso no novo Céu e na Nova Terra seguir-se-á guardando o sábado ( Isaías 66:22, 23 ). Deixaram de guardar o sábado e ensinam a guardar o domingo ( São Tiago 2:10; São Lucas 6:46 ).
Os mortos estão dormindo ( São João 11:1-14 ), inconscientes ( Eclesiastes 9:5, 6 ) até a ressurreição ( São João 5:28, 29 ) quando receberão a vida eterna ( I Coríntios 15:20-23 ). Não há outra oportunidade depois da morte ( Hebreus 9:27 ) nem pode alguém ser salvo por méritos de outra pessoa que está fazendo penitências ( Romanos 14:12 ). As doutrinas do purgatório, indulgências, etc., derivadas da idéia errônea de que os mortos vivem. E existem muitos outros exemplos mais

eduardo

Mensagens : 3
Data de inscrição : 23/08/2010
Localização : são paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por Pe. Anderson em Ter Ago 24, 2010 5:20 am

Caro Eduardo,

Muito obrigado por sua participaçao e seja muito bem-vindo no nosso fórum.

Sobre os reis do Apocalipse, foi já tratado no seguinte tópico:

http://quemtembocavaiaroma.livreforum.com/questoes-biblicas-f8/os-setes-reis-do-apocalipse-t218.htm?highlight=apocalipse

O livro do Apocalipse é um livro sempre atual. Tinha um sentido atual para os primeiros cristaos (que é o que nós apresentamos aqui) e também tem um sentido atual no presente. Ele fala da luta de sempre do poder de Deus contra os poderes da morte, do pecado e do diabo e, ao mesmo tempo, fala da vitória final dos filhos de Deus nos céus.

Para saber mais do livro do Apocalipse, veja o seguinte link:

http://quemtembocavaiaroma.livreforum.com/questoes-biblicas-f8/os-setes-reis-do-apocalipse-t218.htm?highlight=apocalipse

Depois podemos continuar acrescentando dados, segundo às questoes específicas levantadas.

Um grande abraço e que o Senhor sempre o abençoe.
avatar
Pe. Anderson
Admin

Mensagens : 952
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 35
Localização : Roma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por Pe. Anderson em Ter Ago 24, 2010 5:29 am

Caro Eduardo,

Agora sou eu que tenho uma dúvida? Devo chamar-te de Eduardo ou de "Harmonia"?

Grande abraço.

avatar
Pe. Anderson
Admin

Mensagens : 952
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 35
Localização : Roma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por Alan em Ter Ago 24, 2010 7:43 pm

Pe. Anderson escreveu:Caro Eduardo,

Agora sou eu que tenho uma dúvida? Devo chamar-te de Eduardo ou de "Harmonia"?

Grande abraço.


Ops....

avatar
Alan

Mensagens : 230
Data de inscrição : 05/06/2009
Idade : 30
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Dom Ago 29, 2010 3:36 am

A RELIGIÃO DOS ROMANOS

CONTINUANDO...

Para além dos deuses da infância, os romanos cultuavam AESCULUS, o deus que guardava as moedas de bronze, ARGENTARIUS, o deus que se encarregava de proteger as moedas de prata, INTERDUCA, o deus que guiava as viagens de volta, e DOMIDUCA, o deus que protegia os que faziam as viagens de volta.

Até então, estes deuses eram amorfos e cultuados de forma isolada, de acordo com as necessidades do povo. Posteriormente, os romanos elaboraram cânticos e hinos que honravam esses deuses de forma coletiva.

No contexto da religião dos romanos, a busca pela divindade foi sempre crescente, de modo que muitos deuses foram surgindo no percurso da história. Assim, depois da constatação dos deuses amorfos, surgiram outros deuses que eram providos de fisionomias mais pessoais, dentre os quais, aparecem JUPTER, JUNO, MARTE, QUIRINO, JANO e VESTA.
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Dom Ago 29, 2010 3:57 am

FORMAS DE CULTO AOS DEUSES ROMANOS

JUPTER era invocado com os nomes de FULGUR (deus do raio), LICENTIUS (deus da luz) e SUMMANUS (deus do clarão noturno). Posteriormente passou a ser conhecido também como TONITRUALIS (deus do trovão) e PLUVIUS (deus da chuva).

À medida que o estado foi se definindo melhor e se estruturando, JUPTER se tornou o deus das relações oficiais, cuja festa maior era a FERIAE LATINAE, festa esta realizada sempre no mes de abril, cujo ápice era a imolação de uma vítima branca da qual todas as autoridades tinham que comer sob pena de perder o cargo que exercia.

A partir da expansão do império romano marcado pelas constantes guerras e pelo domínio sobre várias nações ou povos, JUPTER se torna o DEUS DO CAPITOLIO, também cultuado como OPTIMUS e MAXIMUS. A ele eram oferecidos os títulos dos seus guerreiros e os despojos preciosos retirados dos povos vencidos nas guerras. Assim, JUPTER passou a receber títulos guerreiros como STATOR (aquele que detém a derrota) e VICTOR (aquele que dá a vitória).

A imagem de escultura de JUPTER foi introduzida no seu templo específico a partir da aceitação da arte etrusca pelos romanos.


CONTINUO MAIS TARDE

Um grande abraço a todos !
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Seg Ago 30, 2010 5:49 am

JUNO era a esposa de JUPTER, invocada pelo nome de LUCINA. Era considerada a protetora do matrimônio e do nascimento de crianças, e conhecida também como REGINA (rainha) e SOSPITA (libertadora da cidade).

MARTE era o deus favorito dos romanos. Uns atribuiam a ele o título de deus dos vegetais, ao passo que outros o tinham como o deus da guerra. Outros romanos ainda o tinham como o deus do raio, com uma maior ação de proteção do que de destruição. Seu culto tinha como uma das principais marcas a dança dos sálios com os seus escudos que batiam uns nos outros para que o som produzido afastasse os maus espíritos da cidade, do povo, dos campos de plantações e dos rebanhos, além da oferta de um porco em sacrifício para obterem a vitória nas guerras.

QUIRINO era um deus que3 era cultuado junto com JUPTER e com MARTE, identificado com RÔMULO. Era considerado o deus da paz armada em oposição a MARTE que era o deus da guerra.

(CONTINUO MAIS TARDE)

Um grande abraço a todos !
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Seg Ago 30, 2010 7:11 am

Cara Sra. Harmonia,

Que a paz do Senhor esteja sempre com você !

Quero pedir-lhe desculpas por ter deixado de ler os seus colóquios ao me propor a discorrer sobre a religião dos romanos, uma vez que você, mais uma vez, não correspondeu às nossas proposições.

Hoje, porém, lendo um dos colóquios de Eduardo (Ago 23, 2010 - 6:23 pm), encontrei duas afirmações interessantíssimas e que me chamaram a atenção:


Na primeira está escrito:

"E QUANDO O PADRE VÊ QUE MEUS COMENTÁRIOS CONVENCEM, ELE COSTUMA TIRAR OS ESTUDOS..."

Na segunda está escrito o seguinte:

"A BEM-AVENTURADA VIRGEM MARIA E OUTRAS PIEDOSAS MULHERES GUARDAVAM O SÁBADO"

Confesso que fiquei indignado pelo fato de a senhora se identificar inicialmente como HARMONIA e, posteriormente, como EDUARDO, conforme percebemos na sua primeira afirmação !!!

Por outro lado, a sua segunda afirmação me causou uma enorme estranheza, pois nos seus colóquios dos dias 10 e 14 de agosto, a senhora nega veemente mente a virgindade da mãe de Jesus (ver: http://quemtembocavaiaroma.livreforum.com/questoes-disputadas-f7/virgem-maria-t743.htm).

Diante do exposto, quero lhe fazer alguns questionamentos:

1. A senhora é homem ou é mulher?

2. Devo chamá-la de Sra. Harmonia ou de Sr. Eduardo?

3. Qual é o seu nome verdadeiro... é Harmonia Eduardo ou Eduardo Harmonia ?

4. A Senhora [ou o senhor] (desculpe-me por chamá-la assim, uma vez que não sei se é homem ou se é mulher) escreveu no nosso fórum que a mãe de Jesus não era virgem e escreveu também o contrário. Em qual das duas afirmações eu posso acreditar ?

Tenho que confessar que estou muito confuso mesmo, e que só a Senhora (se form mulher) ou o Senhor (se for homem) pode me tirar dessa enrascada!

Ou os adeptos da sua seita têm que encarnar duas personalidades, sendo uma masculina e outra feminina, da mesma forma que o Diabo o fez se transformando em serpente para seduzir a primeira mulher ?

Se fala a verdade, é muito confuso para que possamos entender. Mas se fala a mentira, ou se tenta ludibriar as pessoas no nosso fórum, permita-me dizer que só posso ser cristão se for verdadeiro, pois a mentira não vem de Deus, conforme aqui transcrevo:

"VOSSO PAI É O DIABO, E VÓS QUEREIS CUMPRIR OS DESEJOS DO VOSSO PAI. ELE ERA HOMICIDA DESDE O PRINCÍPIO; NÃO SE MANTEVE NA VERDADE, PORQUE NELE NÃO HÁ VERDADE. QUANDO DIZ MENTIRAS, FALA SUA PRÓPRIA LINGUAGEM, PORQUE É MENTIROSO E PAI DA MENTIRA" (Jo 8,44-45).

Um grande abraço e, por favor, esclareça essa questão que está deixando muitas pessoas curiosas!

Fique com Deus !
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por Pe. Anderson em Seg Ago 30, 2010 7:51 am

Caros amigos,

Vamos tentar esclarecer mais alguns pontos aqui:

1) "Quem tem boca vai a roma" é um forum de discussoes católico; nao é um blog protestante; sendo assim, nao temos obrigaçao nenhuma de publicar textos absurdos, cheios de contradiçoes e incentivadores de ódio no nosso forum. Nosso fórum tem objetivo a discussao sincera e "copiar" e "colar" é um método pouco inteligente que demonstra muita pouca vontade de dialogar;

2) Os "estudos" de "harmonia" foram retirados desse tópico sim, mas nós indicamos os links de onde ela copiou os seus textos. Cada um é livre de entrar nos sites que quiser. Basta um click e um pode ver todas as besteiras que quiser; ainda que tenhamos retirado os textos copiados aqui, nós respondemos a todos os argumentos apresentados no mesmo.

http://quemtembocavaiaroma.livreforum.com/questoes-disputadas-f7/os-mortos-estao-dormindo-em-cristo-t733.htm

Aí nós esclarecemos usando só a Biblia que os mortos retornam para Cristo. Infelizmente "alguns insistem em ignorar esses claríssimos textos bíblicos.

3) Outro "estudos" de "harmonia" nao foi retirado do nosso fórum: esse "estudo" foi exaustivamente comentado por nós e segundo parece, esses nossos comentários nao foram lidos pelos mesmos que o publicaram aqui, pois continuam repetindo mecanicamente os mesmos absurdos escritos nesse;

4) O texto de Apc 17 nao se refere em nenhum momento a uma Igreja. Se refere à cidade de Roma Paga, que perseguia os cristaos em todo o mundo. Afirmar o contrário é só possível para quem confia mas na imaginaçao do que na mensagem bíblica;

5) Os mesmos que afirmam que é a Igreja Católica (Universal) a Babilônia do Apocalipse afirmam em outros textos que a Igreja Católica só foi fundada por Constantino no século IV. Esse Imperador teria fundado a Igreja e teria dado uniao à mesma. Contradiçao mais evidente do que essa nao posso ver. Afirmam que a Igreja Católica estava fundada na época que foi escrito o Apocalipse (mais ou menos ano 90) e que a mesma só foi fundada no século IV.

6) As questoes dos mandamentos foram perfeitamente esclarecida no nosso fórum. Nao há nenhuma alteraçao desses feita pela Igreja Católica. O que há é uma grande ignorância por parte de alguns e uma leitura desatenta de textos claríssimos (dos textos bíblicos e dos textos do Catecismo da Igreja Católica):

http://quemtembocavaiaroma.livreforum.com/questoes-disputadas-f7/dez-mandamentos-t747.htm

7) A questao das imagens também foi suficientemente discutida e esclarecida no nosso forum:

http://quemtembocavaiaroma.livreforum.com/cristianismo-hoje-f4/icones-e-seu-uso-t443.htm?highlight=icones

Só acrescento um ponto sobre essa questao: é ridículo pensar que os nao-católicos sabem melhor do que os católicos o que os mesmos católicos adoram. Basta um pouco de boa-vontade e um mínimo de inteligência para se compreender esse raciocínio;

8) a questao do sábado já foi perfeitamente esclarecida no nosso fórum. O Senhor é Senhor tambem do Sábado, e os cristaos sempre deram culto a Deus no dia da Ressurreiçao do Senhor, dia que inicia a nova criaçao.

http://quemtembocavaiaroma.livreforum.com/questoes-disputadas-f7/questao-adventista-ii-sabado-ou-domingo-t310.htm?highlight=s%e1bado

“O sábado foi feito para o homem, e não o homem para o sábado; de modo que o Filho do Homem é senhor até do sábado” (Marcos 2, 27).

“Portanto, ninguém vos julgue por questões de comida e de bebida, ou a respeito de festas anuais ou de sábados, que são apenas sombra de coisas que haviam de vir, mas a realidade é o Corpo de Cristo” (Colossenses 2, 16).

O Domingo é o dia dedicado à glorificação do Senhor vitorioso sobre a morte, e tomou adequadamente o nome de “Kyriaké heméra”, dia do Senhor (ou, propriamente, dia imperial), como se depreende de Ap 1, 10: “Fui arrebatado em espírito no dia do Senhor”. O grego “Kyriaké heméra” deu em latim “Dominica dies”, donde, em português, dominga ou domingo.

Por fim, agradeço todo o trabalho do senhor Flávio em explicar aqui a religiao dos romanos, mostrando que era a Roma Paga que perseguia os cristaos e foi essa que caiu no século V. A Igreja de Cristo é o seu Corpo e permanecerá para sempre, segundo o ensinamento bíblico.

Grande abraço a todos.
avatar
Pe. Anderson
Admin

Mensagens : 952
Data de inscrição : 10/09/2008
Idade : 35
Localização : Roma

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quem é Babilônia apresentada em apocalípse 17?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum