O QUE JESUS QUIS DIZER COM:

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O QUE JESUS QUIS DIZER COM:

Mensagem por Paulo Henrique Viana em Sab Nov 20, 2010 4:56 pm

Gostaria de levá-los a compartilhar uns com os outros sobre este versículo: "Está escrito: Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus." Mateus 4.4

Paulo Henrique Viana

Mensagens : 110
Data de inscrição : 19/11/2010
Localização : Minas Gerais

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O QUE JESUS QUIS DIZER COM:

Mensagem por Binhokraus em Sab Dez 18, 2010 6:12 pm

Eu penso que é preciso olhar o contexto no qual Nosso Senhor proferiu essas palavras, se valendo do salmo que as contem.

Nosso Senhor estava no deserto e depois de ter jejuado por 40 dias foi tentado pelo demônio. O demônio apareceu neste momento oportuno, em que Jesus estava com fome, fraco e cansado de sua peregrinação e seu jejum, e quis pega-lo neste momento de fraqueza com suas artimanhas. Mas Nosso Senhor não titubeou e respondeu a altura a cada uma das tentações. Quando foi tentado pela comida, que era uma necessidade naquele momento, algo de que ele precendia, precisava, ele disse essas palavras, o que para mim é o mesmo que dizer: _O pão é importante, o alimento é importante para a alma. É preciso se alimentar, porém, isto não é o mais importante e muito menos é a única coisa de que precisamos. Precisamos sim de pão, mas muito mais precisamos da graça e do favor de Nosso Pai e Criador, que é mais importante que qualquer alimento que possamos ingerir.

É interessante este contexto, porque muito se assemelha a nossa caminhada. Em muitos momentos trocamos a graça de Nosso Senhor por coisas materias, incluindo ai a comida. A Igreja pede o jejum e abstnência de carne como forma de santificar-nos, e trabalharmos nosso autocontrole e moderação. Mas, o demônio da mesma forma se manifesta a cada um de nós, e nos tenta com aquele banquete. E muitas vezes, cedemos a essas tentações, ignoramos os jejuns prescritos pela Santa Igreja, e preferimos o pão dos homens as palavras que vem de Deus que nos vivificam muito mais que qualquer alimento material que possamos ingerir.

_________________
Cleber Nunes Kraus
Biólogo

"Quem não ora, não precisa de demônio que o tente." Sta. Tereza D'Avila
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O QUE JESUS QUIS DIZER COM:

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Dom Dez 19, 2010 9:34 am

"Eu penso que é preciso olhar o contexto no qual Nosso Senhor proferiu essas palavras, se valendo do salmo que as contem."

Revisitando as Sagradas Escrituras, mais precisamente no Antigo Testamento, vamos encontrar esta mesma citação em um momento em que o povo hebreu vivenciou semelhante realidade vivida por Jesus, cuja resposta foi "NÃO SÓ DE PÃO VIVEDRÁ O HOMEM, MAS DE TODA PALAVRA QUE SAI DA BOCA DE DEUS" (Mt 4,4).

Na história dos israelitas, enquanto eles atravessavam o deserto, narram as Sagradas Escrituras que eles reclamavam da fome e murmuravam contra Deus e contra Moisés. As mesmas Sagradas Escrituras naraam que Deus "HUMILHOU-OS COM A FOME E DEU-LHES POR SUSTENTO O MANÁ QUE NÃO CONHECIAM E QUE SEUS PAIS NÃO TINHAM PROVADO, PARA ENSINAR-LHES QUE O HOMEM NÃO VIVE SOMENTE DE PÃO, MAS DE TUDO O QUE SAI DA BOCA DO SENHOR" (Dt 8,3).

Por outro lado, na mesma história vamos encontrar a providência divina que fez jorrar a água da pedra de Horeb quando o seu povo sentiu sede, que fez surgir as codornizes e o maná quando o seu povo sentiu fome.

A grande pergunta que talvez nos viesse é a mesma que sobreveio no meio daquele povo: "PORQUE O SENHOR NOS TIROU DA TERRA DO EGITO PARA NOS CONDUZIR COM FOME E COM SEDE ATRAVÉS DO DESERTO ?"

Obviamente, os que seguiram Moisés, o seguiram porque viram o flagelo das dez pragas do Egito, mas viram também os milagres por meio dos quais o Senhor poupou suas vidas. Entretanto, a dureza do coração humano, o apego aos bens materiais e os seus haveres, faz com que os feitos do Senhor não sejam percebidos. Com efeito, aquele povo que viu os milagres a seu favor, que viu os egípcios serem reduzidos e humilhados pelas dez pragas que assolaram sua terra, que viu o mar Vermelho se abrir para que atravessassem a pé enxuto, que viu o exército do faraó que o perseguia ser submerso e exterminado sob o mar que se fechou por ocasião da perseguição, foi o mesmo povo que, mesmo previlegiado pelos favores divinos, ousou murmurar contra Deus, resistir à Lei e reverenciar deuses estranhos, dentre outras faltas que demonstraram a falta de confiança na providência divina.

Era necessário, portanto, que as provas (o sofrimento) se manifestassem, para que vissem e cressem que diante de qualquer uma das provações, das privações e dos momentos difíceis, o Senhor que os tirou da servidão do Egito, proveria todas as suas necessidades como realmente proveu. Tratava-se de mostrar para aquele povo que Deus é o Senhor daquilo que lhes parecia impossível.

Trazendo esta palavra para a nossa realidade, nada é diferente. O Senhor Deus provê as nossas necessidades quando o buscamos de todo o coração. Mesmo que essa busca se processe por entre as mais horrendas provações e privações, o Senhor nos sustém com a sua graça, e nesse suster, provê aquilo que está faltando.

Para ilustrar essa realidade, gostaria de me referir aos mineiros chilenos que recentemente estiveram aprisionados por um longo período devido a um desabamento de parte da mina onde trabalhavam. A situação daqueles mineiros, apesar da diferença do espaço físico, não foge do contexto das narrativas das Sagradas Escrituras tanto nocaso dos hebreus, quanto no caso de Jesus. A verdade é que estavam no deserto, diante da fome e das possibilidades humanamente aceitáveis.

Nos relatos do cativeiro, consta que a comida que tinham era mínima para o período que teriam que se submeter por aquela fatalidade, ao ponto de brigarem literalmente pela sua posse, até que se lembrassem de Deus e convertessem os seus corações, modificando suas atitudes, dedicando-se inclusive à oração. Foi a partir dessa mudança de comportamento que caracterizou a submissão de suas vidas a Deus e o amor pelos seus semelhantes que todas as providências tornaram-se possíveis.

Em suma, gostaria de complementar essa reflexão com mais uma passagem do Evangelho que nos desafia à confiança na providência divina:

"BUSCAI PRIMEIRO O REINO DE DEUS E A SUA JUSTIÇA, E TODAS AS OUTRAS COISAS VOS SERÃO ACRESCENTADAS" (Mt 6,33).

Enfim, é um chamado à confiança na PROVIDÊNCIA DIVINA.


avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O QUE JESUS QUIS DIZER COM:

Mensagem por Paulo Henrique Viana em Seg Dez 20, 2010 7:17 am

Esperava que alguém fosse compartilhar o texto de Mateus 4.4.
Texto que carrega uma grande mensagem de esperança. Podemos viver pela palavra que sai da boca de Deus.

E quando disse que esperava que alguém... Também aguardava o parecer de Binho e de Flávio, que ao meu ver são dois homens inteligentes e desejos de expor aquilo que crêem. A eles dou o meu respeito e o meu meditar em suas respostas para que posso respondê-los à altura e permitir que alguma coisa minha lhes possa ser útil.

creio que eles já disseram tudo o que eu esperava, mesmo já tendo um olhar para este texto, o que eles disseram confirmaram aquilo que eu contemplei no Evangelho de Mateus 4.4

Eu vou encerrar minha opinião neste tópico, pois creio que já é suficiente a explicação dos dois. E que se quiserem trancar este tópico, a quem possa fazê-lo, fique na liberdade de assim proceder, pois como disse, este texto já foi bem explicado.

Até ao próximo tópico

Paulo Henrique Viana

Mensagens : 110
Data de inscrição : 19/11/2010
Localização : Minas Gerais

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O QUE JESUS QUIS DIZER COM:

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Seg Dez 20, 2010 7:30 am

Grande Paulo,

Que a paz de Jesus esteja sempre com você !!!

Muito obrigado pelas suas palavras. Elas confirmam os favores que recebemos de Deus e que colocamos ao ser serviço nos nossos irmãos.

Você também é muito precioso para nós, um presente de Deus !!!

É sempre muito bom encontrá-lo no nosso fórum, o que para mim é motivo de louvor a Deus.

As suas postagens são sempre um motivo a mais para refletirmos sobre a Palavra de Deus e gozarmos dos seus efeitos naa nossas vidas.

Um grande abraço, e que Deus o abençoe sempre mais !!!
avatar
Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1189
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 59
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O QUE JESUS QUIS DIZER COM:

Mensagem por Binhokraus em Seg Dez 20, 2010 9:44 am

Faço minhas as palavras do Flávio.

É sempre bom manter um diálogo com pessoas que estão de fato abertas a ele, e mais ainda, tem a capacidade que você tem apresentado de levantar questões de forma inteligente e coerente, e principlamente, aonde ambos os lados falam e ouvem. Isso acontece nos tópicos que vc tem participado, espero que possamos nos enveredar muitas e muitas vezes nesses debates que tanto nos acrescentam e nos ajudam a seguir na caminhada.

Permanece em Deus. Paz, unção e música!!!

_________________
Cleber Nunes Kraus
Biólogo

"Quem não ora, não precisa de demônio que o tente." Sta. Tereza D'Avila
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O QUE JESUS QUIS DIZER COM:

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum