A presunção e o julgamento no panorama religioso atual

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A presunção e o julgamento no panorama religioso atual

Mensagem por Fabricio em Ter Abr 26, 2011 7:42 am

Estou cada vez mais indignado com o panorama religioso atual. Qualquer um com uma Bíblia na mão faz-se dono da verdade e juíz do mundo. Estamos numa verdadeira anarquia. Que falta faz a autoridade da Igreja...
Dia desses, em um de meus 'passeios' pela web, deparei-me com a seguinte matéria: "Chico Xavier está no inferno!" (segue o link: http://www.cacp.org.br/espiritismo/artigo.aspx?lng=PT-BR&article=2600&menu=5&submenu=1). O artigo, escrito por um 'pastor', apresenta uma breve biografia do médium e afirma, com todas as letras, que ele está no inferno.
Vamos lá, por mais que eu discorde da doutrina espírita (e discordo muito!!!), não cabe a mim condenar ninguém ao inferno, só Deus tem autoridade pra isso...
Não bastasse a presunção desse tal 'pastor' em declarar sua própria salvação, agora ele também se acha no direito de declarar a condenação de outros. E o pior, exorta seu rebanho a fazer o mesmo... A Igreja precisa resgatar essas ovelhas desgarradas. Nossa terra precisa urgentemente de uma catequese mais ativa. Rezemos por nossa terra. Rezemos por esse pastor.

Fabricio

Mensagens : 446
Data de inscrição : 04/02/2011
Localização : Fabricio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A presunção e o julgamento no panorama religioso atual

Mensagem por Geovanni146 em Qui Out 20, 2011 7:09 pm

Caro Fabrício, se me permite uma humilde opinião, acho que a questão está em como resgatar essas ovelhas. Primeiro porque acreditam ter tido um contato diretamente com Deus e se acham tão iluminados que acabam pegando fogo; não admitem ser contrariados, só eles tem razão.
E segundo, a igreja católica precisa ser mais atraente e atuante em todos os sentidos. Olha cara, amo a minha igreja, de verdade! mas venhamos e convenhamos, a igreja como um todo tem que melhorar.
Esses dias li um artigo em uma revista, que dizia que na China com uma população de mais de um bilhão só 3% são católicos e a igreja esta em franca acensão, no Brasil, um país com 68% da população se declarando católicos, ainda assim a debandada de fiéis é gritante.
Quanto ao médium Chico Xavier, Sto. Agostinho nos ensina "que na essência somos todos iguais, nas diferenças devemos nos respeitar".

Um forte abraço!

avatar
Geovanni146

Mensagens : 207
Data de inscrição : 18/10/2011
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A presunção e o julgamento no panorama religioso atual

Mensagem por Binhokraus em Sex Out 21, 2011 8:04 am

Quanto a China é preciso dizer que lá, ser católico é correr risco de vida. Ao se declarar católico e viver o autêntico catolicismo, a pessoa corre o sério risco de ser presa.

Quanto a atuação da Igreja, bom eu não conheço sua Diocese, mas na Diocese de Petrópolis e aqui na Diocese de Brasília (que é onde estou por um curto período no momento) a Igreja é bem viva, e bem atuante em vários seguimentos. E na Diocese de Petrópolis, o Bispo de lá, D. Fellipo, assumiu as rédeas para evitar que as vítimas das tragédias do início do ano na região ficassem sem a assistência tão prometida.

Agora eu gostaria de saber o que você quer dizer com ser atraente?

_________________
Cleber Nunes Kraus
Biólogo

"Quem não ora, não precisa de demônio que o tente." Sta. Tereza D'Avila
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A presunção e o julgamento no panorama religioso atual

Mensagem por Geovanni146 em Sex Out 21, 2011 1:05 pm

Olá BinhoKraus, a paz do Senhor.

Respondendo ao seu comentário, o que eu quis dizer ao usar a palavra "ascensão", é que na China a Igreja está crescendo, que lá a Igreja é mais atuante. São realmente o sal da terra. E que nós cá no Brasil, talvez estejamos deixando para o outro a missão, dada pelo Mestre Jesus, de evangelizar.

Sobre as dioceses de Petrópolis e de Brasília, me desculpe se generalizei no meu comentário, tomarei mais cuidado, ok.

Quanto ao que eu quis dizer com ser mais atraente, todos são livres para me contradizerem.

Existem cerca de 8.000 paróquias em todo o país (salvo engano), mas pela queda no número de fiéis, podemos imaginar, que de alguma maneira, a igreja não está conseguindo agradar suas ovelhas.
Em algumas paróquias o padre abre a igreja pela manhã e depois só a noite, quando muito, uma dúzia de idosos, os mesmos que estiveram pela manhã, voltam para rezar o terço.
A igreja possui sacerdotes com profunda erudição, mas precisam, ao meu ver, usar esta erudição para acrescentar algo na vida dos fiéis, o que quase não acontece. Os fiéis querem ser apresentados para um Deus maravilhoso, capaz de fazer milagres e de mudar o curso dos fatos.
Nas prisões, lugar que a Igreja precisa estar presente, visto que é orientação do próprio Senhor (Mt 25,36), quase não há apoio espiritual aos detentos.
Navegando na net, encontrei este pequeno testemunho, que aqui transcrevo, pois creio refletir a atual situação:
"Há alguns anos passei por uma grave crise financeira. Fui a missa (...) num domingo o padre explicou, o amor do pai pelo filho, do filho pelo pai. Tudo de uma maneira teologicamente perfeita. Falou quinze minutos. Entendi tudo. Mas não tocou meu coração. Saí da celebração com os mesmos conflitos. Na volta para casa, parei meu carro em um supermercado vizinho a uma igreja evangélica. Um pastor pregava lá dentro. Dizia com toda força: meu filho, Deus ama você. Se você soubesse como Deus Te ama... Aquelas palavras, ditas com tanta emoção me comoveram. Meu coração foi tocado imediatamente. Tive vontade de correr para dentro daquela igreja porque queria ouvir de alguém que Deus me amava, porque eu não estava me amando? O pastor evangélico tinha o remédio para o meu mal. O padre tinha apenas belas palavras vazias. O curioso é que eu não me movi. Naquele momento poderia eu ter me tornado um evangélico. Não abandonei o catolicismo, mas todos os dias milhares de pessoas em todo o mundo deixa a Igreja Católico como quem troca de sabão em pó no supermercado."
Uma pesquisa realizada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, a CNBB, mostrou que grande parte dos evangélicos é de ex-católicos. E porque, né? Não seria o caso de uma Igreja mais atraente, BinhoKraus?
É claro que muito mais importante que ficar apontando defeitos na Igreja é preciso apresentar soluções. Mas estou dizendo apenas o que penso; minha percepção do quadro atual. E olha que nem disse tudo.

Do seu irmão na fé.

avatar
Geovanni146

Mensagens : 207
Data de inscrição : 18/10/2011
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A presunção e o julgamento no panorama religioso atual

Mensagem por RenatoPaulo em Sex Out 21, 2011 3:40 pm

Caro Jotabc146,penso que um crente Catolico nao se deve deixar influenciar pelas outras pessoas.
O que elas fazem nao nos dizem respeito,embora claro que devemos fazer de tudo para as ajudar a permanecer no caminho da Fé.
A experiencia a mim me ensinou e ainda me ensina que devo apenas atentar nas palavras de Jesus e Ele nos disse que muitos iriam ser chamados,mas poucos iriam ser escolhidos.
Agora repare bem e me diga qual a Igreja que tem mais fieis?
A Catolica obviamente e isto ja ha mais de 2 mil anos!
De facto isto é apenas mais uma prova bem visivel de que as palavras de Cristo sao bem verdadeiras:"Muitos serao chamados..."
Estes "muitos"enquadram-se perfeitamente na historia da Igreja.
Infelizmente,poucos serao escolhidos,porque tambem existem muitos que emboram permanecam Catolicos,nada ligam á Igreja e outros simplesmente saiem dela.

Sim!Uma pessoa deve falar de Deus e aprender a Ama-lO!
Mas nao devemos tentar descobrir Seus pensamentos nem tentar adivinhar coisas sobre a vontade de Deus!
Temos de meter na cabeca de uma vez por todas que somos homens e estamos dependentes de Deus.
Temos de acreditar na Sua vontade e confiar plenamente em Deus,porque Ele sabe muito bem o que faz.

Nao existe desculpas!Temos de ter Fé em Deus,depositar nossa confianca Nele e tentarmos ao maximo seguirmos os exemplos que Jesus Cristo nos deu.
A verdade deve ser dita!E a Igreja Catolica é a unica que respeita e obedece aos ensinamentos de Jesus.
A Igreja Catolica é a unica que se harmoniza com todas as epocas historicas do mundo.
Se a Igreja esta a ganhar crentes na China,mais uma vez prova que a missao dela ainda esta a ser cumprida.E a missao da Igreja é pregar a palavra de Cristo em todos os cantos do mundo.

Cristo disse para Pilatos:
"O meu reino nao é deste mundo"
Entao se o Senhor nos diz isso,quer dizer que existe algo mais alem do nosso mundo.A esse algo mais o chamamos por "mundo espiritual".
E o mundo espiritual nao esta visivel a nosso olhos!
Nao pudemos julgar esse reino pela aparencia,porque na verdade nao o vemos,apenas o sentimos na nossa Fé.

Aqui de facto esta um grande problema!Porque a maioria das pessoas confundem esse reino invisivel de Cristo com este nosso mundo onde vivemos neste momento.
A maioria das pessoas desejam na verdade tudo de bom,mas neste mundo e pouco pensam no mundo espiritual de Cristo.
Entao se deixam enganar pela visao dos olhos e sem o saberem julgam tudo e todos pela aparencia.
E as pessoas,a maioria leigos sem se darem ao trabalho de entenderem certas coisas bem importantes da Igreja,porque na verdade sao uns egoistas e uns mesquinhos,nao conhecem outra coisa senao julgarem a Igreja pela aparencia.
Essas pessoas de facto nao querem amar a ovelha,mas sim o lobo disfarcado de ovelha.

Mas enfim...a Igreja é a esposa de Cristo.
E Cristo tambem foi julgado nao apenas pelo que ele pregou e ensinou,mas tambem pela aparencia,porque ate Lhe chamaram de "bebedor de vinho",etc,etc
Porque nao ha-de entao a esposa ser julgada tambem pela aparencia?




RenatoPaulo

Mensagens : 446
Data de inscrição : 04/05/2011
Idade : 43
Localização : germany

Ver perfil do usuário http://www.carvalho-de-araujo.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A presunção e o julgamento no panorama religioso atual

Mensagem por Binhokraus em Sex Out 21, 2011 4:25 pm

Meu caro Jotabc146, concordo em partes com o que você nos trouxe aqui. De fato, existem muitos lugares aonde as missas podem ser da forma que o senhor nos relatou. Mas é preciso colocar todos os pingos nos is. A igreja é muito mais que o padre, e a Missa, mesmo sendo O GRANDE SINAL, não é a única forma. O problema que a Igreja enfrenta aqui no Brasil, no meu modo de entender, é culpa principalmente dos fiéis que não querem se comprometer. E é curioso, porque quando se chama para participar de uma pastoral ou de um movimento não se tem tempo, mas quando entram para igreja evangélica, começam a frequentar cultos mais de uma vez na semana, além da escola dominical, que as vezes consome o domingo inteiro, mas quando se diziam católicos, era só a missa no domingo e olhe lá. Não tinha tempo!!! Será que se tal pessoa dedicasse algum tempo a igreja, participando das pastorais de sua paróquia e procurando estar integrada, essa sensação de não acolhimento não seria reduzida? Ora, isso é um problema que se arrasta por alguns anos no Brasil, e consecutivamente reflete no clero, afinal, estes saem do meio do povo. Todo padre é um ser humano e como tal é passível de cometer qualquer pecado, e de fato os cometem, assim como nós. A falta de comprometimento ministerial de alguns padres é notória, mas a causa, eu ouso dizer são os fiéis. A comparação é a mesma com os professores mais antigos da educação pública, largaram de mão, não se esforçam mais, tomaram tanto na cabeça, tentaram, tentaram e tentaram, mas o sistema acabou com aquele ímpeto de jovens recém formados. Os padres, como seres humanos, também tendem a ter esse sentimento de desanimo, quando chega com mil idéias, mas absolutamente ninguém na paróquia quer ajudar, ou assumir uma responsabilidade. Enfim, acredito que esse tipo de discussão é só uma ponta de iceberg, mas que precisa ser feita. Precisamos lembrar que nós, cada um de nós leigo, somos igreja, e ao mesmo tempo, cada um de nós é responsável por guardar a igreja, ou seja, cada um de nós é responsável pelo outro, se esse pensamento não está claro em nossa mente, a igreja deixa de ser um local acolhedor, as pessoas deixam de se comprometer com ela, o padre desanima, e acaba só despejando o conteúdo de seus anos de estudo no seminário nas sua homilias. Ai as pessoas recorrem ao imediatismo das igrejas protestantes, que como vc bem disse, dão aquilo que a pessoa quer naquele exato momento, mas se a necessidade coletiva mudar, o que é oferecido muda também... enfim... não quero me alongar, teria muito a dizer, mas creio que já captou a essência do que quero dizer. Resumidamente, o Padre tem culpa, mas nós também, cada um de nós, também somos culpados por essa falta de acolhida de proximidade com os irmãos.

_________________
Cleber Nunes Kraus
Biólogo

"Quem não ora, não precisa de demônio que o tente." Sta. Tereza D'Avila
avatar
Binhokraus
Moderadores

Mensagens : 736
Data de inscrição : 26/09/2008
Idade : 35
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A presunção e o julgamento no panorama religioso atual

Mensagem por Geovanni146 em Sex Out 21, 2011 5:42 pm

BinhoKraus,

Seu entendimento do que escrevi e tentei expor está perfeito. Não quis aqui julgar, apenas, como dito anteriormente, é minha opinião.

É claro que nós, leigos, temos nossa parcela de "culpa", não nego este fato que o amigo bem frisou. De qualquer forma, acho que ta bom também. Compreendi seu ponto de vista.

Obrigado, e continue firme na fé.

avatar
Geovanni146

Mensagens : 207
Data de inscrição : 18/10/2011
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A presunção e o julgamento no panorama religioso atual

Mensagem por Geovanni146 em Sex Out 21, 2011 9:21 pm

Olá RenatoPaulo,

Acho que o amigo não compreendeu bem o que eu disse ao BinhoKraus. Em momento algum me deixei influenciar por niguém (se é que foi isso que você quis dizer, pois não ficou bem claro pra mim).
Ademais, sua experiência devia ter lhe mostrado também que o verdadeiro cristão é diferente. Respeita a todos, até quem não pensa e nem vive igual a ele. Que a pessoa não precisava ser do grupo de Jesus para operar milagres em seu nome, basta ser sincera. Que Ele dizia ter ovelhas em outros rebanhos...

Ontem Pedro... Hoje Bento XVI... Sempre Cristo!
avatar
Geovanni146

Mensagens : 207
Data de inscrição : 18/10/2011
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A presunção e o julgamento no panorama religioso atual

Mensagem por RenatoPaulo em Sab Out 22, 2011 3:38 pm

De facto vc nao entendeu o que eu disse.Eu referi-me em cima ao crente catolico.
A minha experiencia é coisa que vc nao pode entender e nem precisa.
Medite em suas palavras que me escreveu,porque eu nao preciso meditar nelas porque sei que nao foi vc que as escreveu.
A minha experiencia tambem me ensinou que o melhor que tenho a fazer é ouvir sempre o meu Anjo da guarda.
E ele me diz para eu ter cuidado com esta suas palavras:
"Que a pessoa não precisava ser do grupo de Jesus para operar milagres em seu nome, basta ser sincera. Que Ele dizia ter ovelhas em outros rebanhos..."
Vc tenta me confundir,mas eu verdadeiramente estou de acordo com estas suas palavras tambem.Mas no fundo algo dentro de si esta tentando me por fora do contexto...

O verdadeiro cristão é diferente sim,porque vive na Igreja.E vivendo na Igreja ja esta sendo fiel a Cristo.Por isso nao me venha dizer o que a minha experiencia me devia ter mostrado,porque isso nao lhe diz respeito.
Aceite isso,porque assim ajudamo-nos um ao outro.

Agora eu lhe vou dizer contra quem eu estou contra.
Mas estando eu contra,nao quer dizer que eu nao respeite essas pessoas.Como humano que sou,respeito-as como a humanas que elas sao.
No que diz respeito a assuntos de Deus,eu sou contra todas as pessoas que se afastam da Igreja e nao respeito suas ideias.
Nao respeito quando essas ideias sao contrarias as leis de Deus e da Igreja.

RenatoPaulo

Mensagens : 446
Data de inscrição : 04/05/2011
Idade : 43
Localização : germany

Ver perfil do usuário http://www.carvalho-de-araujo.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A presunção e o julgamento no panorama religioso atual

Mensagem por Geovanni146 em Sab Out 22, 2011 8:19 pm

Salve meu querido RenatoPaulo,

Como dito acima, realmente não havia entendido muito bem o que o amigo tentou passar.

Quanto ao conselho, valeu, meditarei sim. Nunca é demais!

Mas vamos lá. Você diz que o seu anjo-da-guarda lhe orientou a tomar cuidado com "essas minhas palavras", pois bem. Foram essas as palavras: ...que a pessoa não precisa ser do grupo de Jesus para operar milagres em seu nome..."


"Tenho ainda outras ovelhas que não são deste aprisco. Preciso conduzi-las também... (Jo 10,16).

Como pode ver, RenatoPaulo, você tava certo, não são palavras minhas, mas do mestre Jesus.

"João tomou a palavra e disse: Mestre, vimos um homem que expelia demônios em teu nome, e nós lho proibimos, porque não é dos nossos. Mas Jesus lues disse: Não lho proibais; porque, o que não é contra vós é a vosso favor." (Lc 9,49-50).

O critério de Jesus é claro e terminante: "Não lho proibais" (v.50); ninguém que faça o bem pode ser molestado só "porque não é dos nossos"; Deus, seu amor, sua misericórdia, sua paternidade são maiores do que qualquer grupo ou comunidade, seja qual for sua denominação. (Nota da Bíblia Ave Maria -- edição de estudos).

"...Comunidades não pequenas separaram-se da plena comunhão com a Igreja católica, por vezes mão sem culpa de homens de ambas as partes... Os que hoje em dia nascem em comunidades que surgiram de tais rupturas e estão imbuídas da fé em Cristo não podem ser argüidos de pecado de separação, e a Igreja católica os abraça com fraterna reverência e amor... são honrados com o nome de cristãos e merecidamente pelos filhos da Ogreja católica como irmãos no Semhor." (CIC. 817-818).

Por tanto, RenatoPaulo, não tenha receio das minhas palavras, ás copiei do Mestre Jesus. Que Ele tem ovelhas noutros rebanhos, além de bíblico, está expresso no Catecismo da Igreja Católica (CICI), é doutrina oficial da Igreja. E, Roma falou, está encerrada a questão.

Se de alguma maneira, nessas palavras de agora, fui indelicado, peço desculpa.

Ontem Pedro... Hoje Bento XVI... Sempre Cristo!
avatar
Geovanni146

Mensagens : 207
Data de inscrição : 18/10/2011
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A presunção e o julgamento no panorama religioso atual

Mensagem por RenatoPaulo em Dom Out 23, 2011 12:14 pm

Amigo Jotabc146,

Essas suas palavras que vc escolheu de Jesus estao certas.
Se vc reparar e ler bem o que eu escrevi,nunca estive contra essas palavras.
Estou contra sim,vc estar tentando me por fora e contra estas palavras.
Percebe agora?
Vc nao precisa de me dizer isso por varias vezes porque eu conheco muito bem as palavras de Jesus.
Quanto aos ensinamentos da Igreja Catolica Romana,sao ensinamentos que proveem da cidade do Vaticano e nao de Roma.
Dai a Roma o que é de Roma e dai ao Vaticano o que é do Vaticano.
Vc deve ter cuidado com o que diz e escreve,porque os demonios pertencentes a satanas sao muito malignos ,mas inteligentes.

Bem de qualquer maneira,tambem o sei que vc nao esta sendo malicioso e estava se referindo á Igreja.

Vc nao esta sendo indelicado,pelo contrario vc esta sendo muito humilde.

Quanto ao Catecismo da Igreja Catolica,eu ja li pequenas partes.
Felizmente eu nao preciso de o ler,porque toda a doutrina da Igreja eu a conheco.
Mas se ler algo sobre a doutrina,serve apenas para confirmar que meus pensamentos e ideias estao certos e isso me da uma alegria tremenda.
Gracas ao meu Anjo da guarda eu consigo distinguir perfeitamente o bem do mal tal e qual como a Igreja tambem o consegue.
Como meu Anjo me transmite isso,nao lhe posso dizer,porque nao o percebo bem.Apenas sei que percebo muito bem a linguagem espiritual que existe entre mim e ele,e que essa linguagem nao pode ser esclarecida pelo nosso conhecido vocabulario.

Para lhe ser sincero,nao consigo distinguir e analizar pessoas Catolicas.
Mas para lhe dar um exemplo,eu se estiver numa rua cheia de gente consigo presentir presencas de bruxas,bruxos e de pessoas maliciosas.E todo esse grupo de pessoas tambem conseguem por vezes me presentir.Principalmente as bruxas sentem a minha aproximacao quando estou a uns 20 metros de distancia.
E todas essas pessoas sao protestantes.
Dai o meu cuidado quanto ao protestantismo...

Somos salvos por Jesus Cristo!
Por isso temos a obrigacao de fazermos o que Ele nos manda.
E Pedro é quem tem a chave...

Jotabc146,obrigado pela resposta.
Amemo-nos pois um ao outro espiritualmente.
Que o Senhor esteja connosco

RenatoPaulo

Mensagens : 446
Data de inscrição : 04/05/2011
Idade : 43
Localização : germany

Ver perfil do usuário http://www.carvalho-de-araujo.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A presunção e o julgamento no panorama religioso atual

Mensagem por Geovanni146 em Dom Out 23, 2011 7:03 pm

Caríssimo RenatoPaulo,

De maneira alguma tive a pretenção de lhe por fora e/ou lhe desvirtuar o pensamento. Apenas questiono, mas respeito, seu ponto de vista com relação as outras comunidades cristãs, visto que, o tema aqui é: "A presunção e o julgamento no panorama religioso atual", e se sabemos que a Igreja católica foi fundada por Jesus Cristo, é nosso dever de cristãos apresentar isso aos nossos irmãos separados com respeitoso cuidado, só pena de sermos presunçosos na nossa forma de evangelizar. E como lhe apresentei anteriormente, o magistério da Igreja nos ensina que devemos tratá-los "como irmãos no Senhor (CIC 818). Mesmo se não somos tratados assim.

Mais uma vez. Ao que escrevo, se disse algo que não está acordo com o que a Igreja ensina, respondo com Sto. Tomás de de Aquino, revogo tudo e submeto ao julgamento da Santa Madre Igreja.

Mas ao meu ver não será preciso, pois o que fiz foi repetir uma frase do Bispo e doutor da Igreja, Sto. Agostinho: "Roma locuta, causa finita". Por isso não precisamos tomar cuidado, ok. Foram ditas por um santo.

A Igreja é católica e apostólica, mas também é ROMANA, pois sua sede está no Vaticano, na Roma eterna ( Ah! não é a pagã, tá).

Fica com Deus!

avatar
Geovanni146

Mensagens : 207
Data de inscrição : 18/10/2011
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A presunção e o julgamento no panorama religioso atual

Mensagem por RenatoPaulo em Seg Out 24, 2011 5:57 am

Sim foi dito por um Santo mas antes de 1929,porque a partir dessa data o Vaticano se tornou um estado independente.
E a mim nao me agrada misturar Roma com o Vaticano.Cada um no seu lugar.
Assim Deus atua mais uma vez na historia,conseguindo fazer calar os falsos profetas do nosso tempo,que insuam que a mulher diabolica do apocalipso é a Igreja que se senta na cidade das 7 colinas.
Mas isso é outro tema e nao é para aqui chamado...

Para mim Roma nao é eterna,mas continua sendo uma prostituta.Uma cidade cheia de orgias,mafiosos e escandalosos.
Tambem para quem estiver atento,consegue reparar que Roma no fundo esta provocando o Vaticano,coisa bem normal mas por vezes invisivel a certos olhos humanos.

Quanto as outras comunidades cristãs,esses dirao:Senhor,Senhor!
Mas o Senhor lhes dirá que os nao conhece.
As pessoas teem a mania de adorar o modernismo,mas o modernismo nunca estará completo.Nós como humanos vivemos apenas no presente.
Quem tentar alcancar o futuro,estará querendo ser maior que Deus.
O crente verdadeiro,deve apoiar-se nos alicerses do passado e viver o dia de hoje amando e sendo fiel á Palavra de Deus(Biblia).
Para nos ajudar nesse caminho,existe a Igreja de Jesus Cristo a quem Pedro foram dadas as chaves do ceu.
Graças a Deus que a Igreja consegue introduzir as palavras de Cristo no contexto de nossos dias presentes.Assim,embora muitos lhe chamam de conservadora,o que importa é a fedelidade para com Cristo.

Por isso meu amigo,todo o protestante fala palavras diferentes da Igreja.Porque se nao fosse assim teriam permanecido na Igreja.
Falando diferente da Igreja,tambem nao podem estar em sintonia com as verdadeiras palavras de Jesus Cristo.

Não se pode mudar nem uma virgola sequer ás palavras ditas pelo Senhor!
Apenas se pode tolerar o que o proprio Senhor tolerou!
Se alguem se diz ser de Cristo,que seja humilde,nao grite na rua berrando o nome do Senhor,que seja obediente a toda a lei humana e a toda a lei da Igreja do Senhor!
A Santa Escritura do Senhor é para ser conservada e nao adaptada!
Todo aquele que nao consegue ver o Senhor nos nossos dias presentes,tambem a Ele nao lhe pertence!

Vc fala de evangelizar...
Todo o evangelizador tem sua maneira de evangelizar se receber poder e autorizacao de Deus para o fazer.
Deus tem muitos metodos de evangelizar.
Eu por exemplo,sou artista plastico(escultor e pintura).
A minha missao servirá para retratar os "sinais"de Deus.Penso e sinto que estou prestes a me tornar um "expressionista de Deus".
Me diga agora,como posso eu retratar um protestante?
Vc ja imaginou isso?
Estude primeiro arte se o quiser fazer claro,e tente antes de tudo distinguir um artesão de um artista neste caso expressionista.
Entao vc descobrira que para se ser expressionista o artista tera de conseguir por vezes pintar o invisivel e nao apenas o visivel...
E isso é o meu Dom.

Tudo é belo e todo o mundo é simpatico!
Todo o dente brilha com uma brancura que atrai.
Mas para o artista,nao se passa bem assim...

Se alguem quiser falar sobre Deus,tera de saber distinguir diferentes visoes de diferentes ser humanos.

RenatoPaulo

Mensagens : 446
Data de inscrição : 04/05/2011
Idade : 43
Localização : germany

Ver perfil do usuário http://www.carvalho-de-araujo.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A presunção e o julgamento no panorama religioso atual

Mensagem por Geovanni146 em Ter Out 25, 2011 7:08 pm

Olá RenatoPaulo, a paz do Senhor.

Primeiramente quero lhe desejar sucesso nesta sua nova empreitada, e que, através do expressionismo o amigo possa recriar não todo um mundo, mas pelo menos, o seu mundo.

Vejo que temos visões diferentes quanto aos que se dizem evangélicos, e até mesmo conflitantes, embora professemos o mesmo credo.

Também não estou pretendendo fazer aqui apologia ao protestantismo e, se o amigo me permite um conselho, lêia o Catecismo da Igreja Católica (Edições Loyola), ou o seu compêndio (isso não exclui a Bíblia), e reflita um pouco mais sobre o que a Igreja nos orienta sobre o trato aos cristãos separados. Não é questão de modernismo, pois a verdade é imutável.

Outro sim, os versículos cotados acima pelo amigo, encontram-se no contexto do evangelho de S. Mateus, cap. 7, 21-27. E, deles não podemos tirar tal afirmação contra os não católicos.

O primeiro versículo diz: "Nem todo aquele que me diz: Senhor, Senhor entrará no reino dos Céus, mas sim aquele que faz a vontade de meu Pai (v.21). O segundo versículo que o amigo indicou foi: "E, no entanto, eu lues direi: nunca vós conheci... (v.23).

Não se trata, portanto, dessa ou daquela instituição, mas de TODO AQUELE que ouve as palavras de Jesus e não as põe em pratica (cof. V. 26). Ou seja, a passagem refere-se a toda pessoa que usa o nome do Semhor, mas não pratica a caridade, e assim, esses correm o risco de chegar ao fim sem os frutos do Reino, veja: "Todas as vezes que deixastes de fazer isso a um desses pequeninos, foi a mim que o deixastes de fazer" ((Mt25,45).

Cada um de nós, se não tomar cuidado, pode se enquadrar nas palavras do Mestre, não só o evangélico ou protestante, como queira. Ademais, a missão da Igreja peregrina é declarar os salvos, como o faz com a igreja triunfante(os que estão no Céu), e nunca os condenados. Aliás, dizer que este ou aquele está condenado vai contra os planos de Jesus, que deu sua vida para a salvação de todos.

Quanto ao Apocalípse. O mundo em que ele foi escrito é muito diferente do nosso. Mas não há razões para interpretações fantásticas, obrigando os símbolos lá descritos a significarem o que bem queremos. Definitivamente, não é assim! Porém como o colega bem disse, isso foge do tema indicado.

Fica na Fé.
avatar
Geovanni146

Mensagens : 207
Data de inscrição : 18/10/2011
Localização : Fortaleza

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A presunção e o julgamento no panorama religioso atual

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum