Os irmãos de Jesus

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

QUEM ERAM OS IRMÃOS DE JESUS ?

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Sex Out 30, 2009 5:40 am

Caríssimos,
Que a paz do Senhor esteja com todos!
Este estudo surgiu da necessidade de responder a seguinte questão: Como os católicos explicam que Maria, a mãe de Jesus, não teve outros filhos, se a Bíblia afirma que "Antes de cohabitar (com José) aconteceu que Maria concebeu por virtude do Espírito Santo" (Mt 1,18); "Maria deu a luz seu filho primogênito" (Lc2,7) e que "Jesus é o filho do carpinteiro, o filho de Maria, o irmão de Tiago, de José e de Simão" (Mc 6,3) ?
Dentre outros colóquios, a pessoa que me dirigiu esta pergunta afirmava que a Igreja Católica criou esta doutrina para combater os seus próprios erros denunciados de forma veemente pelo protestantismo de quase todas as denominações.
Procurei iniciar a minha resposta perquirindo o passado histórico da Igreja, buscando esclarecer a partir de quando houve uma preocupação do magistério eclesiástico neste sentido. A afirmação de que Maria não teve outros filhos surgiu no Concílio de Latrão convocado pelo Papa Martinho I no ano de 649. A partir deste dado, comprovamos que esta afirmação de que Maria não teve outros filhos não foi, como afirmou meu amigo, uma doutrina criada para combater os erros da Igreja Católica denunciados pelo protestantismo, pois este concílio aconteceu 405 anos antes do cisma que deu origem a Igreja Ortodoxa e 868 anos antes da chamada "reforma protestante. Fica, portanto, provado que este ensinamento não teve qualquer objetivo católico no sentido de combater os chamados "reformadores", embora que, na sua exelsa sabedoria, Aquele que é Oniciente, ao inspirar a convocação do Concílio de Latrão, certamente já tinha este propósito. Assim sendo, aquilo que nos parecia um ensino da nossa Igreja se constituía em um conjunto de argumentos divinamente inspirados para combater as heresias, as falsas doutrinas e toda a obra do "inimigo que povoa os ares" (Ef 6,10-20).
A afirmação de que Maria não teve outros filhos não foge do ensino bíblico. Esta passagem conhecida como "Os Irmãos do Senhor" está no Novo Testamento e não pode ser compreendida em versículos isolados. Necessita, portanto, de um exame profundo, conforme nos diz o Evangelho: "Errais, não examinando as Escrituras" (Mt 22,29).
A falta deste exame nos seus mínimos detalhes nos levará a vários equívocos, ou sejs, nos conduzirá a algumas conclusões que não correspondem à realidade a esse respeito, podendo nos colocar na condição de deturpadores das Sagradas Escrituras, conforme nos adverte São Paulo: "É que, de fato, não somos como tantos outros, falsificadores da Palavra de Deus. Mas é na sua integridade, tal como procede de Deus, que nós a pregamos em Cristo, sob os olhares de Deus" (2Cor 2,17).
(CONTINUO MAIS TARDE)

Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por são vieira em Sex Out 30, 2009 6:36 am

é um tema interessante... mas se biblicamente não é errado dizer que maria não teve outros filhos como mencionou... então porque estes textos fazem a distinção entre os discípulos e os irmãos...

(Marcos 6:3) . . .Não é este o carpinteiro, filho de Maria e irmão de Tiago, e José, e Judas, e Simão? E não estão as suas irmãs aqui conosco?” . . .

(João 2:12) Depois disso, ele, e sua mãe, e os irmãos e os discípulos dele, desceram para Cafarnaum, mas não ficaram ali muitos dias.

são vieira

Mensagens : 578
Data de inscrição : 15/07/2009
Idade : 35
Localização : portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Sex Out 30, 2009 7:32 am

Meu Cavo Vieira,
Que a paz de Jesus esteja no seu coração!

Não nos prendamos apenas ao sentido estritamente literal de versículos isolados. Tenho falado nos meus colóquios a respeito da necessidade de busca do conhecimento do sentido pleno das Sagradas Escrituras. Somente assim é que determinadas dúvidas (perniciosas ou não) serão esclarecidas para se chegar ao conhecimento pleno da verdade.

Que Deus o abençoe!

Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Sex Out 30, 2009 1:30 pm

Dois textos dos Evangelhos, de uma maneira muito simples, deixam claro, pela lógica natural de suas descrições, sem haver necessidade da complementação de outros textos ou versículos, que a Mãe de Jesus não teve outros filhos:

O primeiro se refere à festa da páscoa, quando Jesus tinha 12 anos e, considerado perdido, foi encontrado no templo ouvindo e interrogando os doutores da lei (Lc 2,41-46). Sabemos que os parentes da família, de acordo com a própria descrição do texto, também foram para Jerusalém. Entretanto, o texto não revela onde estariam os irmãos de Jesus, nem com quem e onde os pais os teriam deixado.

O segundo trata do momento em que Jesus, crucificado, entrega sua mãe aos cuidados de São João (Lc 19, 26-27). Com base nesta passagem, por que Jesus entregaria sua mãe aos cuidados de João, se ela tinha vários outros filhos? Do mesmo modo, por que João levaria Maria para sua casa, sabendo que ela tinha outros filhos?

Como sfirmei antes, a lógica natural dos textos, sem necessitar de qualquer complemento, deixa transparente que a Mãe de Jesus não tinha outros filhos.

QUe Deus abençoe a todos!

MAIS TARDE CONTINUO !

Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por são vieira em Sex Out 30, 2009 1:46 pm

entendi o seu ponto mas mais uma questão...se Maria na altura em que Jesus tinha 12 anos e os pais não sabiam dele, e se era unico filho teriam o perdido de vista?ou se tinham mais filhos a probabilidade de Jesus ter ficado para traz de forma despercebida não é mais lógico?

se Jesus não deixou especialmente a mãe aos cuidados de seus meios irmãos teria um motivo. Pouco antes de morrer, Jesus entregou sua mãe crente aos cuidados do apóstolo João, o que sugere fortemente que nem Judas nem seus irmãos tinham ainda se tornado discípulos. (João 19:26, 27) tornando-se mais tarde. estava envolvido o bem estar espiritual de sua mãe idosa e viúva.

são vieira

Mensagens : 578
Data de inscrição : 15/07/2009
Idade : 35
Localização : portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Sex Out 30, 2009 5:30 pm

Caro Vieira,
A paz do Senhor esteja com você!

Fico feliz por você ter entendido parte da mensagem. Isso já é um bom começo! Que o Senhor seja louvado por isso!

Em relação ao texto que narra que o menino Jesus foi encontrado entre os doutores, sabemos que foi uma realidade. Se foi encontrado pelos pais, foi porque se perdeu realmente, não por qualquer motivo. Se passou desapercebido para José e Maria, ou se estava brincando com outras crianças, ou aínda, seja por qualquer hipótese, isso não vem ao caso. O próprio texto deixa transparecer, ná ótica de Jose e de Maria, a possibilidade de Jesus estar com os parentes ou conhecidos. Mas o fato é que foi encontrado, pois a partir do momento que seus pais o procuraram e não o encontraram entre aueles que supunham estar, deram-no por perdido e voltaram para buscá-lo. Logo, estava perdido para os pais, embora estivesse cuidando das coisas do Pai Celestial, como ele mesmo o afirma. O que questionei foi "Onde estavam os seus irmãos e com quem os pais os tinham deixado!"

Na segunda parte do seu colóquio, há um equívoco quando você afirma que nem judas nem seus irmãos (Tiago, José e Simão) tinham aínda se tornado discípulos, (Jo 19:26,27) tornando-se mais tarde. Assim, você quis justificar o bem estar de Maria na condição de idosa e viúva. Observe que a citação que você usou apenas diz que Jesus entregou Maria a João e que este a levou consigo. Observe também o equívoco a que me reporto: Certamente, os chamados "irmãos do Senhor" não eram pessoas sem fé, pois por várias vezes, percorrendo os Evangelhos, vemos que constantemente procuravam o Senhor. Observe ainda que Tiago era apóstolo de Jesus e, portanto, ERA CRENTE, conforme afirma São Paulo: "Dos outros apóstolos não vi mais nenhum, a não ser TIAGO, IRMÃO DO SENHOR" (Gl 1,19). Observe também que no Novo Testamento está escrito o nome de duas pessoas com o nome de Tiago, sendo os dois APÓSTOLOS (Mt 10,2-4; Mc 3,16-19; Lc 6,13-16; At 1,13). Fica assim comprovado que, pelo menos TIAGO, sendo apóstolo, ERA CRENTE e podia muito bem cuidar do bem-estar espiritual de Maria, o que não era necessário, pois ninguem foi mais evangelizado do que a Mãe de Jesus!

Dessa forma, creio que você precisa rever os seus conceitos inerentes a esta questão.

Fique com Deus!

Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por Yuri07 em Sex Out 30, 2009 9:45 pm

"Maria - "Sempre Virgem"

499 O aprofundamento de sua fé na maternidade virginal levou a Igreja a confessar a virgindade real e perpétua de Maria, mesmo no parto do Filho de Deus feito homem. Com efeito, o nascimento de Cristo não lhe diminuiu, mas sagrou a integridade virginal de sua mãe. A Liturgia da Igreja celebra Maria como a Aeiparthenos, "sempre virgem".

500 A isto objeta-se por vezes que a escritura menciona irmãos e irmãs de Jesus. A Igreja sempre defendeu que essas passagens não designam outros filhos da Virgem Maria: com efeito, Tiago e José, "irmãos de Jesus" (Mt 13,55), são os filhos de uma Maria discípula de Cristo que significativamente é designada como a "outra Maria" (Mt 28,1). Trata-se de parentes próximos de Jesus, consoante uma expressão conhecida do Antigo Testamento.

501 Jesus é o Filho Único de Maria. Mas a maternidade espiritual de Maria estende-se a todos os homens que Ele veio salvar: "Ela gerou seu Filho, do qual Deus fez 'o primogênito entre uma multidão de irmãos' (Rm 8,29), isto é, entre os fiéis, em cujo nascimento e educação Ela coopera com amor materno" (Lumen Gentium 63)."
(Catecismo da Igreja Católica).

Vale salientar que o conceito de família que existia na sociedade de Jesus é diferente do nosso. Para aquela sociedade, a família era um clã inteiro e não apenas o pai, a mãe e os filhos. Não existia na linguagem daquele povo, como existe na nossa, certas palavras que designam determinadas partes da família, como a palavra "primo". Para especificar primo, dizia-se "filho da irmã de minha mãe". Contudo, na linguagem cotidiana, chamava-se os primos de irmãos. A Igreja entende essas pessoas que a bíblia chama de irmãos de Jesus como sendo seus primos.

Yuri07

Mensagens : 173
Data de inscrição : 30/10/2009
Idade : 26
Localização : Recife, PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Sab Out 31, 2009 1:27 am

Meu Caro Yuri,
QUe a paz do Senhor esteja sempre no seu coração.

Estou agradecendo de coração pela sua participação no nosso fórum. Você traz enorme contribuição para este tópico ao inserir nele, COM MUITA PROPRIEDADE, elementos do Magistério da Igreja (Lumen Gentium/Catecismo). Porquanto, o Magistério da Igreja e a Sagrada Tradição referendam aquilo que nos revelam as Sagradas Escrituras.

Que o Senhor derrame sobre você as suas bênçãos!

Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Sab Out 31, 2009 2:04 am

"Antes de cohabitar (com José) aconteceu que Maria concebeu por virtude do Espírito Santo" (Mt 1,18)

O fato de uma pessoa morar com outra na mesma casa não significa que entre elas exista relacionamento sexual. Neste caso específico, em relação a Mãe de Jesus, nos parece haver, por parte daqueles que, se servindo das palavras deste versículo, afirmam que Maria teve outros filhos segundo a carne, uma intenção eivada de um sentimento perverso que toma em desrespeito as palavras do Evangelho.

São Mateus afirmou apenas que Maria concebeu pela graça do Espírito Santo antes de morar com José. Ele não relata se ela teve ou não relações sexuais com José, mas deixa claro que Maria se tornou ESPOSA DO ESPÍRITO SANTO, pois d'Ele concebeu o Filho de Deus que se fez homem.

Portanto, tudo o que passar disso se constitui em hipóteses e pensamentos humanos (SE É QUE SÃO HUMANOS) que, na linguagem científica, têm a finalidade de falsear uma verdade e criar uma nova tese a respeito da matéria em estudo.

Esta nova tese não trata de simplesmente afirmar que Maria teve outros filhos, mas, de forma perniciosa, pretende contestar-lhe a virgindade perpétua e fazer cair por terra a santidade daquela que "Cheia de Graça" (Lc 1,28), se tornou "Bendita entre todas as mulheres" (Lc 1,42) e proclamada "Bem-Aventurada por todas as gerações" (Lc 1,48).

Fiquemos com Deus!

Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por são vieira em Sab Out 31, 2009 3:15 am

bem, sr.flávio... é uma questão pertinente...
quem são os irmãos de Jesus?

Os quatro Evangelhos, os Atos dos Apóstolos e duas das cartas de Paulo mencionam “os irmãos do Senhor”, “o irmão do Senhor”, “seus irmãos”, “suas irmãs”, mencionando por nome quatro dos “irmãos”: Tiago, José, Simão e Judas. (Mt 12:46; 13:55, 56; Mr 3:31; Lu 8:19; Jo 2:12; At 1:14; 1Co 9:5; Gál 1:19)

Quando se diz que, durante o ministério de Jesus, “seus irmãos, de fato, não estavam exercendo fé nele”, isso certamente elimina a hipótese de serem eles seus irmãos em sentido espiritual. (Jo 7:3-5) Jesus contrastou esses irmãos carnais com seus discípulos, que criam nele e eram seus irmãos espirituais. (Mt 12:46-50; Mr 3:31-35; Lu 8:19-21) Esta falta de fé da parte de seus irmãos carnais impede que eles sejam identificados com os apóstolos que têm o mesmo nome: Tiago, Simão, Judas; eles são explicitamente distinguidos dos discípulos de Jesus. — Jo 2:12.

são vieira

Mensagens : 578
Data de inscrição : 15/07/2009
Idade : 35
Localização : portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Sab Out 31, 2009 4:43 am

Caro Vieira,
A paz do Senhor esteja com você!

É correto afirmar que os "irmãos do Senhor" eram irmãos apenas espirituais (Rm 8,29). O mesmo não se pode dizer se referindo a irmãos carnais, considerando que estes não existiram. Destes que você chama de carnais, conforme já vimos antes (Gl 1,19), um era apóstolo identificado por São Paulo como "TIAGO, IRMÃO DO SENHOR". No primeiro parágrafo do seu colóquio você se serve de oito citações das quais seis não contribuem para o estudo em questão, visto que não revelam nomes. Deve prender-se àquelas que ajudam a elucidar a questão (Mt 13,55-56 e Gl 1,19), dando maior ênfase à segunda, visto que identifica por A + B que TIAGO, IRMÃO DO SENHOR É APÓSTOLO. Portanto, você não tem como fugir dessa realidade e não a percebe se não quizer.
Aliás, no segundo parágrafo do seu colóquio, as citações dos sinóticos que você utiliza confirmam diretamente que os chamados "irmãos do Senhor" o são em sentido unicamente espiritual, não deixando qualquer espaço para qualquer outra interpretação.

Fique com Deus!

Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por são vieira em Sab Out 31, 2009 4:55 am

respeito o seu ponto de vista embora não seja o meu...então acredita na eterna virgindade de Maria?

são vieira

Mensagens : 578
Data de inscrição : 15/07/2009
Idade : 35
Localização : portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por são vieira em Sab Out 31, 2009 5:10 am

só para acrescentar...pelo que parece não há unidade nesse modo de pensar... com relação a irmãos carnais

The New Catholic Encyclopedia: “As palavras gregas . . . usadas para designar o parentesco entre Jesus e esses parentes têm o significado de verdadeiros irmãos e irmãs consangüíneos no mundo de língua grega da época do Evangelista, e seriam, naturalmente, encaradas neste sentido pelo seu leitor grego.”

O autor católico, J. Gilles, que examinou cabalmente toda a evidência bíblica sobre o assunto, concluiu: “Resumidamente, e em linguagem comedida, por fidelidade à Igreja [Católica], creio poder resumir minha pesquisa como segue. . . . Os QUATRO EVANGELHOS CANÔNICOS fornecem evidência harmónica . . . de que Jesus possuía verdadeiros irmãos e irmãs em sua família. . . . Em face deste bloco coerente de provas, a posição tradicional [da Igreja Católica] parece vulnerável e frágil.”

daqui, só confirma a minha posição

são vieira

Mensagens : 578
Data de inscrição : 15/07/2009
Idade : 35
Localização : portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Sab Out 31, 2009 7:09 am

Caro Vieira,
A paz do Senhor!

Nenhuma posição que não esteja de acordo com o Magistério da Igreja pode ser designada como católica. Do mesmo modo, como já firmei antes, nenhum versículo inerente a essa questão pode ser tomado no seu sentido estritamente literal. Com certeza, o tal autor a que você se refere no seu colóquio, bem como todos os que chegaram a conclusão igual ou semelhante a sua, no mínimo não examinaram devidamente as Sagradas Escrituras.

Convém, neste momento, acrescentar um pequeno aspecto do pensamento do idealizador da Reforma Protestante a esse respeito:
"Cristo era o único filho de Maria. Das entranhas de Maria, nenhuma criança além d'Ele. Os 'irmãos' significam realmente primos aqui: A Sagrada Escritura e os judeus sempre chamaram os primos de irmãos" (Martinho Lutero, Sermões sobre João 1-4, 1534-39).

Não posso concordar com o teu pensamento, visto que é antagônico ao ensino das Sagradas Escrituras.

Fica com Deus!

Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por são vieira em Sab Out 31, 2009 8:19 am

hum...Há, então, lógica em dizer que seus irmãos legítimos não eram realmente irmãos, mas talvez primos? Quando se quer designar, não irmãos, mas parentes, emprega-se outra palavra grega [syg·ge·nón], como em Lucas 21:16.)

Por que, então, deveriam aqueles ser chamados de primos de Jesus, quando as Escrituras falam de “irmãos” e de “irmãs”?

apenas um exemplo...

Mat. 13:55, 56, CBC
“Não é este o filho do carpinteiro? Não é Maria sua mãe? Não são seus irmãos [em grego: adelfoi, “irmãos”; não syngeneis, “primos” ou “parentes”]: Tiago, José, Simão e Judas? E suas irmãs [em grego: adelfai, “irmãs”], não vivem todas entre nós?”

as palavras originais em grego dão o verdadeiro sentido ás escrituras e é essa a interpretação correta do texto traduzido literalmente. atenciosamente

são vieira

Mensagens : 578
Data de inscrição : 15/07/2009
Idade : 35
Localização : portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Sab Out 31, 2009 11:55 am

Caro Vieira,
A paz do Senhor!

A citação que você coloca (Lc 21:16) não se enquadra no contexto do objeto de estudo.

Antes de adentrarmos no estudo da palavra irmãos na lingua grega, convem retroceder um pouco no nosso diálogo para não perdermos o fio da meada inerente ao tópico. Refiro-me ao seu posicionamento em relação a um versículo que estou lhe propondo pela quarta vez neste tópico sem que o leve em consideração. Trata-se de Gl 1,19. Como você não se posicionou em relação a ele deixando transparecer muita habilidade no sentido de "sair pela tangente" e não sustentar o que antes afirmou, para ser mais explícito, estou propondo que explique que Tiago, irmão do Senhor não era apóstolo antes da morte de Jesus. Gostaria de deixar claro que tal resposta é de caráter imprescindível para a continuação do nosso diálogo e para a compreensão do que afirmaste anteriormente( 30/10 às 1:46 p.m.). Do contrário, estariamos tapando o sol com a peneira ou carregando água em balaio! Peço desculpas pela expressão, pois como você não foi capaz de entender por três vezes a mesma citação, deixando transparecer o desprezo por determinados aspectos das Sagradas Escrituras quando estes são antagônicos ao seu pensamento ou interpretação, eu tinha que agir de alguma maneira. Não quero pensar dessa forma, mas, se omitindo neste sentido, posso deduzir três hipóteses a respeito desta sua conduta: 1.A citação (Gl 1,19) passou desapercebida; 2.Você é ingênuo ou incauto: 3.Você é muito inteligente e astuto. Não quero julgá-lo de nenhuma das formas, mas prefiro crer que a citação passou desapercebida.

Fica com Deus!

Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Sab Out 31, 2009 2:34 pm

"Maria deu aluz seu Filho Primogênito" (Lc 2,7).

A expressão "primogênito" se refere ao primeiro filho. Entretanto, quando se utiliza esta expressão não se está afirmando que existam outros filhos além do primeiro. Uma mulher pode dar a luz ao seu filho primogênito e não ter mais outros filhos, como foi o caso da Mãe de Jesus.

Convém ressaltar que em nenhuma passagem das Sagradas Escrituras está escrito que, além do seu Filho Jesus, Maria Santíssima teve outros filhos na condição de genitora. Consta que, na cruz, antes de morrer, Jesus, o Filho Primogênito e Unigênito de Maria, lhe apresenta São João como filho adotivo: "Eis aí o teu filho... Eis aí a tua Mãe!" (Lc 19,26-27).

Fiquemos com Deus!

Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por M.Levi em Sab Out 31, 2009 2:51 pm

Vale ressaltar que a questão do promogênito tem outro valor na cultura judaico cristã, que em muitos casos passam não sei pq, era preciso ter claro quem é o primogênito por causa da questão da herança. Logo, é preciso definir o primogênito mesmo que exista um único filho para não dar problema na questão da herança, é uma questão de praticidade da vida pública da época.

M.Levi
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 147
Data de inscrição : 24/08/2008
Idade : 34
Localização : Petrópolis

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por são vieira em Sab Out 31, 2009 4:34 pm

bem, senhor flávio... se vir no contexto Paulo estava a falar de Cefas, pedro, e que não encontrou mais nenhum outro apóstolo para além dele e , sim encontrou tiago, irmão de Jesus... atenciosamente

são vieira

Mensagens : 578
Data de inscrição : 15/07/2009
Idade : 35
Localização : portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por Yuri07 em Sab Out 31, 2009 10:42 pm

Na Igreja Católica, um dogma é uma verdade absoluta, definitiva, imutável, infalível, inquestionável e absolutamente segura sobre a qual não pode pairar nenhuma dúvida. Uma vez proclamado solenemente, nenhum dogma pode ser revogado ou negado, nem mesmo pelo Papa ou por decisão conciliar. Por isso, os dogmas constituem a base inalterável de toda a Doutrina católica e qualquer católico é obrigado a aderir, aceitar e acreditar nos dogmas de uma maneira irrevogável.

A perpétua virgindade de Maria é um dos quatro dogmas marianos proclados pela Santa Mãe Igreja. Por ser um dogma, é uma verdade de fé inegável, infalível, inquestionável e absolutamente segura. Negar um único dogma é negar toda a fé católica. Ora, não é possível pertencer a uma religião negando a sua fé.

Ninguém pode ter Deus como pai se não tiver a Igreja como mãe... O Senhor adverte-nos nesse sentido dizendo: "Quem não está comigo está contra mim e quem não recolhe comigo dissipa". Aquele que quebra a paz e a concórdia de Cristo age contra Cristo; aquele que colhe fora da Igreja dissipa a Igreja de Cristo.
O Senhor diz: "O Pai e eu somos um" (Jo 10,30). Está escrito ainda a propósito do Pai, do Filho e do Espírito Santo: "Estes três são um" (1 Jo 5,7). Por isso, quem acreditará que a unidade, que tem a sua origem nesta harmonia divina, que está ligada a este mistério celeste, pode ser esquartejada na Igreja... devido a conflitos voluntariosos? Todo aquele que não observar esta unidade, não observa a lei de Deus, nem a fé no Pai e no Filho; não preserva a vida nem a salvação.
Este sacramento da unidade, este vínculo da concórdia numa coesão indissolúvel é-nos mostrado no Evangelho pela túnica do Senhor. Ela não pôde ser de forma alguma dividida ou rasgada, mas foi tirada à sorte para se saber quem revestirá Cristo (Jo 19,24)... Ela é o símbolo da unidade que vem do alto.
(S. Cipriano (cerca de 200-258), bispo de Cartago e mártir
da unidade da Igreja).

O ventre da Virgem Maria é imaculado, pois, caso contrário, não poderia ter recebido o Verbo de Deus feito homem. Esse ventre imaculado não poderia ter sido a morada de um ser humano qualquer.

Em sentido próprio é a integridade física dos órgãos reprodutivos. Muitas vezes a virgindade de Maria foi atacada pelos hereges. É verdade da fé católica que Nossa Senhora ficou perfeitamente sempre virgem, antes do parto, no parto e depois do parto.
No Símbolo apostólico se diz: "Nascido de Maria Virgem"; nas antigas liturgias é frequente o título de Maria sempre virgem. No Concílio Romano do ano 649 se define Maria Imaculada, sempre virgem, que concebeu sem concurso de homem e ficou também intacta depois do parto.
Na Sagrada Escritura temos o famoso trecho de Isaías 7, 14: "Eis que uma virgem conceberá e dará a luz a um filho e o chamará Deus conosco". O texto é certamente messiânico e portanto a Virgem é Maria. No Evangelho cita-se esta profecia (Mt. 1, 18-23) e se conta com exatas palavras o nascimento virginal de Jesus, por obra do Espirito Santo. Os Padres da Igreja, no trecho de Ez. 44,2 vê a virgindade de Maria depois do parto: "este pórtico ficará fechado. Não se abrirá e ninguém entrará por ele, porque por ele entrará Iahweh, o Deus de Israel, pelo que permanecerá fechado".
Toda a Tradição é concorde em defender a virgindade perpétua de Maria: Santo Agostinho afirma: "A Virgem concebeu, a Virgem ficou gravida, a Virgem deu a luz, a Virgem é virgem perpétua". A razão teológica deste dogma é clara e tão simples, ela está na divindade do Verbo e na maternidade de Maria, ao qual repugnou toda a corrupção.

http://www.duc-in-altum.com.br/Duc%20in%20altum!5a.htm#Virgem

Yuri07

Mensagens : 173
Data de inscrição : 30/10/2009
Idade : 26
Localização : Recife, PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Dom Nov 01, 2009 12:05 am

Caro Vieira,
A paz do Senhor!

Sua interpretação está totalmente equivocada. Para esclarecer este equívoco, sirvo-me da tradução bíblica de João Ferreira de Almeida, tradução esta que você tem utilizado várias vezes no nosso fórum. Vejamos:

"Decorridos três anos, então, subi a Jerusalém para avistar-me com Cefas e permaneci com ele quinze dias; E NÃO VI OUTRO DOS APÓSTOLOS, SENÃO TIAGO, O IRMÃO DO SENHOR" (Gl 1,18-19).

Observe que, além de Cefas (Pedro), com quem passou quinze dias, Paulo viu TIAGO, APÓSTOLO E IRMÃO DO SENHOR, e não somente Pedro, conforme você afirmou. Assim sendo, a sua interpretação deturpa, de forma consciente, a Palavra das Sagradas Escrituras, no sentido de, conhecendo a genealogia ascendente de Tiago, ter que admitir que a Virgem Maria não tinha outros filhos.

Fica com Deus!

Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por são vieira em Dom Nov 01, 2009 3:49 am

sr.flávio... a palavra deturpação é um pouco grave que não sugiro que use pois isso pode ofender a susceptibilidade de outros e é ai que entram as qualidades cristãs: a empatia e o amor... em principio não estamos a falar com fariseus...

bem...então vejamos uma situação.... usando então a mesma tradução

atos 12:1 E por aquele mesmo tempo o rei Herodes estendeu as mãos sobre alguns da igreja, para os maltratar;
2 E matou à espada Tiago, irmão de João.(apóstolo)
16 Mas Pedro perseverava em bater e, quando abriram, viram-no, e se espantaram.
17 E acenando-lhes ele com a mão para que se calassem, contou-lhes como o Senhor o tirara da prisão, e disse: Anunciai isto a Tiago e aos irmãos. E, saindo, partiu para outro lugar.

resumo... o apóstolo Tiago foi morto no ano 44 ás mãos de herodes.
mas continua-se a falar de outro Tiago...
tanto Tiago como Judas( que se identifica como irmão de tiago) se manifestam como "escravos do senhor " e Judas não era apóstolo nem irmão do apóstolo Tiago que morreu

são vieira

Mensagens : 578
Data de inscrição : 15/07/2009
Idade : 35
Localização : portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por Flávio Roberto Brainer de em Dom Nov 01, 2009 8:23 am

Caro Vieira,
A paz do Senhor!

Como você insiste em não responder ao questionamento que lhe propus com base nos seus próprios argumentos, estou transcrevendo dois dos treus colóuios, para que possa "refrescar" sua memória:

1º Colóquio:
"Pouco antes de morrer, Jesus entregou sua mãe crente aos cuidados do apóstolo João, o que sugere fortemente que nem Judas nem seus irmãos (Tiago, José e Simão) tinham ainda se tornado discípulos, tornando-se mais tarde (depois da morte de Jesus)."

2º Colóquio:
Se vir no contexto Paulo estava a falar de Cefas, Pedro, e que não encontrou mais nenhum outro apóstolo para além dele (Pedro) e, sim, encontrou Tiago, irmão de Jesus." (Ga 1,18-19)

Aqui transcrevo também a citação de Gl 1,18-19, para que o teu segundo cóloquio possa ser confrontado com o que descreve a Bíblia:

"DECORRIDOS TRÊS ANOS, ENTÃO, SUBI A JERUSALÉM PARA AVISTAR-ME COM CEFAS E PERMANECI COM ELE QUINZE DIAS; E NÃO VI OUTRO DOS APÓSTOLOS, SENÃO TIAGO, O IRMÃO DO SENHOR" (Tradução de João Ferreira de Almeida)

O primeiro colóquio afirma que Tiago José, Simão e Judas se tornaram discípulos depois da morte de Jesus, o que é um tremendo equívoco, uma vez que Tiago, irmão de Judas (Tadeu) consta na lista dos apóstolos (Mt 10,2-4; Mc 3,16-19; Lc 6,13-16; At 1,13).

O segundo colóquio, no sentido de justificar o erro do primeiro, faz uma inversão de termos e de palavras com a finalidade de afirmar que o bispo de jerusalém, Tiago, o irmão do Senhor não era apóstolo.

Assim sendo, a verdade está diante de todos, de maneira que, aquilo que cito como deturpação, só não vê quem não quer.

Observe, Sr. Vieira, que nos meus colóquios afirmei com caridade que você necessitava rever seus conceitos, citei tais erros como equívoco, como coisas que passaram despercebidas. Entretanto, a partir do momento que percebí que você foge pela tangente não respondendo ao que é proposto e desviando o discurso com outras citações sem considerar as anteriores, compreendi que tais coisas não são simplesmente equívocos. São deturpações mesmo! Porquanto, quando Jesus precisou chamar os hereges de "raça de víboras", "sepulcros caiados", "raposas", "lobos com peles de ovelha" e tantos outros predicados, não exitou, mas o fez.

Não posso, portanto, me servir de palavras doces para referendar ou ser conivente com erros grotescos. Não tenho a intenção de ferir ou magoar ninguém, mas não posso entender estes teus colóquios sem ver neles tais deturpações. Não tenho outras palavras para expressar esta verdade a quem não admite seus próprios equívocos e a sua própria falta de percepção.

Fique com Deus!

Flávio Roberto Brainer de
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 1258
Data de inscrição : 13/09/2009
Idade : 58
Localização : Gravatá - PE

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por são vieira em Dom Nov 01, 2009 9:46 am

sr.flávio , tenho colocado alguns pontos apenas em cada colóquio em vez de abranger todos os pontos que o. sr.flávio mencionou mas a sua atitude não me agrada e isso cessa o diálogo... não somos Jesus para julgar quem está do outro lado pois não conhecemos nem a motivação nem o coração, mas Jesus sim tinha autoridade para denunciar os hipócritas mas o senhor não tem esse poder... é de elogiar o facto de defender as suas crenças mas atropelar os outros porque pensam diferente não...atenciosamente

são vieira

Mensagens : 578
Data de inscrição : 15/07/2009
Idade : 35
Localização : portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por alessandro em Dom Nov 01, 2009 10:47 am

ola caros amigos,

a discussão está interessante, mas devo dizer que já foi abordada em profundidade no seguinte tópico:

http://quemtembocavaiaroma.livreforum.com/questoes-biblicas-f8/jesus-teve-irmaos-t303-15.htm?highlight=irmaos+de+jesus

acredito que a discussão bíblica foi conclusiva nos pontos levantado, sobre o fato de que irmão significa 'membro do mesmo clâ".

estou trancando este tópico caso existam alguma dúvida ou discordância, favor mandar uma MP para mim.

abraços

_________________
Só vale a pena viver pelo que vale a pena morrer!!!

alessandro
Tira-dúvidas oficial

Mensagens : 750
Data de inscrição : 16/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os irmãos de Jesus

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 12:55 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum